sábado, 30 de maio de 2009

Jornal “O Pratiano” – semanário de Pratânia, que também circula em São Manuel, edição de hoje, 30 de maio de 2009

● Crianças do Espaço Amigo fazem lanche no MacDonald’s de Botucatu. Foi um dia de muita alegria e diversão para 25 garotos e garotas. A ida a Botucatu fez parte do Projeto Passeio Intinerante.

● Obras do pátio do estacionamento da nova Estação Rodoviária da cidade já foram iniciadas. A nova estação atenderá normas da Secretaria dos Transportes e do DER.

● Campanha do Agasalho 2009 tem grande adesão da população pratiana. Fundo Social de Solidariedade decidiu prorrogar por mais uma semana a campanha. A Prefeitura continua recebendo doações de agasalhos, cobertores e calçados.

● Usina S. Manoel apóia Campanha do Agasalho 2009 em São Manuel. O lema da campanha é: Quem ama cuida, quem cuida aquece!

● 18ª Festa Junina esquenta Pratânia em junho. O evento será realizado nos dias 6 e 7 de junho, na Praça da Matriz.

● Beleza e Saúde traz: Relacionamentos – caminham para o crescimento; É normal sentir ansiedade?; Ervas medicinais e Correção de postura evita dores.

● Na página 5 está a coluna deste blogueiro: Em dia com as Notícias. E tem também “Os selos do correio com gosto de chocolate”, coisa de franceses.

● Aprovado projeto sobre uso das cores municipais. As cores oficiais são o azul e o branco. Se não for vetado pelo prefeito, o projeto torna-se Lei Municipal.

COMENTANDO AS NOTÍCIAS 30/MAIO/2009

● Tem gente contente e tem gente dando murros na mesa... Dólar cai abaixo de R$ 2 e perda no ano já supera 15%. A moeda americana caiu 1,94% ontem e rompeu a barreira dos R$ 2, fechando a R$ 1,97, sendo esta a menor cotação desde 1º de outubro. No ano, o dólar já perdeu 15,6%, desempenho que preocupa exportadores e o governo. A equipe econômica descarta taxar com IOF o ingresso de capital, sobretudo em títulos públicos.

● O governo lança um programa para tirar 11 milhões de trabalhadores da informalidade. Pode se inscrever o pequeno empreendedor, com renda de até R$ 3 mil mensais, que terá direito aos benefícios da Previdência, entre eles aposentadoria e auxílio-doença. Ele terá que pagar menos de R$60,00 por mês para ter esses direitos. O cadastramento pode ser feito a partir de 1º de julho. Vamos ver se desta vez vai dar certo, porque já foram feitas outras tentativas e até agora nada se viu de positivo nesse aspecto.

● De acordo com a rádio CBN, o Ministério Público Federal (MPF) e o estadual do Piauí, determinaram a abertura de procedimento para apurar a responsabilidade pelo rompimento da barragem Algodões I, em Cocal, norte do estado. As equipes de resgate receberam hoje o reforço de 30 homens do Exército. Cerca de 100 famílias continuam em áreas isoladas. Já morreram várias pessoas e outras continuam desaparecidas. O engenheiro da obra que estava sendo feita na barragem disse, em alto e bom som, que não havia perigo de que a barragem se rompesse...

● Uma briga no Ministério de Lula. Um dia depois de reclamar ao presidente que os colegas ministros usam machadinhas contra a lei ambiental, o ministro Carlos Minc (Meio Ambiente) deu nomes a seus alvos: disse que Mangabeira Unger apresentou ao Planalto texto sobre licenciamento sem consultá-lo e que Alfredo Nascimento quer fazer a BR-319 às pressas, sem cumprir regras de preservação. E agora?

● Os coreanos do norte querem mesmo fazer uma guerra, qualquer uma. Os EUA suspeitam que a Coréia do Norte esteja se preparando para lançar mais um míssil de longo alcance. A Coréia do Sul diz temer ataque naval. Ontem, foi lançado outro míssil norte-coreano de curto alcance, o sexto desde o novo teste nuclear no país, na segunda-feira.E a ONU não mostra ter forças para conter o ditador coreano do norte...

● O quinto caso de gripe suína no Rio de Janeiro, identificado por exames de laboratório, é autóctone, ou seja, o vírus foi contraído na cidade. O Brasil tem um total de 16 casos confirmados e 18 sob suspeita. São 16.670 no mundo, com 113 mortes. O Ministério da Saúde não divulgou maiores detalhes do paciente carioca, mas revelou que ele é próximo de uma pessoa que pegou a doença nos EUA.

● A Vale demitiu ontem 300 funcionários por causa da redução na demanda global por seus produtos. Foi feito um acordo para que saíssem os aposentados ainda na ativa e quem já está em condições de se aposentar.

● A Fifa vai anunciar as 12 cidades que receberão partidas da Copa do Mundo de 2014 apenas neste domingo, na cidade de Nassau, na Bahamas, mas elas já estão definidas. Segundo o colunista do jornal “O Globo”, Anselmo Góis, as sedes do Mundial do Brasil foram escolhidas previamente pela entidade máxima do futebol mundial. Seriam estas as escolhidas: Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte, Porto Alegre, Curitiba, Brasília, Cuiabá, Manaus, Fortaleza, Salvador, Recife e Natal. O Rio de Janeiro e o estádio do Maracanã serão palcos da final do torneio, segundo o colunista. Já São Paulo deve ser confirmada como local da partida de abertura do Mundial. Mas, Belo Horizonte, mineiramente, seguirá fazendo lobby para contar com esse jogo inicial.

● Daqui a pouco você terá um resumo das notícias do jornal “O Pratiano”, de Pratânia, que também circula em São Manuel.

sexta-feira, 29 de maio de 2009

Jornal “O Debate” – semanário de São Manuel, edição de hoje, 29 de maio de 2009

● João Buracão chega a São Manuel. O personagem que ganhou as páginas dos jornais depois de posar ao lado de grandes e antigos buracos, para chamar a atenção das autoridades, passou pela cidade.

● Projeto do deputado federal Milton Monti quer que doações à defesa civil sejam abatidas do Imposto de Renda.

● No seu editorial – coluna “Opinião” – o jornal disserta sobre a máxima antiga “quem cala, consente”.

● Sandro Luiz Geraldo Pereira, o Sapé do Bar, é vereador em Pratânia e concede entrevista à coluna “Ponto de Vista”.

● A drª. Edilaine Rodrigues de Góis Tedeschi escreve sobre Festa Junina. Trata, sobretudo, do perigo dos balões, que podem provocar incêndios. Ela lembra leis que proíbem a soltura desses artefatos.

● A Paróquia São Manuel estará promovendo de 10 a 17 de junho, o 2º Cerco de Jericó, evento que teve grande participação dos católicos locais no ano passado, em sua primeira edição.

● Dom Servilio Conti, bispo emérito de Roraima, escreve artigo sobre o Domingo de Pentecostes.

● Conquistar o território do oponente é o objetivo dos praticantes do esporte chamado Paintball, apelidado de “guerra da tinta”.

● Em Pratânia a Prefeitura investe 19,14% do Orçamento Municipal para cuidar da saúde da população, contratando médicos e distribuindo remédios gratuitamente.

● Em Areiópolis o Campeonato Varzeano do Município está na reta final.

● 1ª Mostra de Teatro Infantil do Banco do Brasil é sucesso de público.

● Na coluna “Motivação”, Benê Bassetto escreve: “Há horas em nossa vida”.

● “Viva Bem” – coluna do dr. Tiago Ragozzo, fisioterapeuta e acupunturista. Ele discorre sobre qualidade de vida.

● E mais: coluna Badalação, com fotos em cores das garotas e dos rapazes da cidade, os aniversariantes da semana, os melhores classificados do município, Flash (personalidades da cena da região) e tudo sobre esportes.

COMENTANDO AS NOTÍCIAS 29/MAIO/2009

COMENTANDO AS NOTÍCIAS

● Uma tragédia: nove pessoas morreram e pelo menos 19 estão desaparecidas após o rompimento da Barragem Algodões, em Cocal, a 230 km de Teresina. O estouro da barragem, anteontem à tarde, liberou 52 milhões de litros de água do Rio Pirangi, arrastando 800 casas de comunidades rurais. A tragédia só não foi maior porque, horas antes do desastre, moradores foram avisados e deram o alarme para que os vizinhos fugissem.

● Deputados do DEM e do PSDB retiraram as assinaturas na noite de ontem da PEC (proposta de emenda constitucional) do terceiro mandato e suspenderam a tramitação da proposta na Câmara. Ao todo foram 13 parlamentares da oposição que recuaram: cinco tucanos e oito democratas. Das 194 assinaturas recolhidas pelo deputado Jackson Barreto (PMDB-SE), autor da PEC, apenas 183 foram reconhecidas como válidas pela Secretaria Geral da Câmara. A proposta tem agora o apoio de 170 parlamentares, o que significa um a menos que o número mínimo necessário para poder tramitar na Casa.

● O IGP-M apresentou deflação em maio e fechou em - 0,07%. Com isso, em 12 meses, acumula 3,64%, bem abaixo dos 15% de um ano atrás. A expectativa é que os aluguéis subam menos.

● O novo Enem, a ser aplicado em 3 e 4 de outubro, terá 180 questões, 20 a menos que a versão anterior. A ideia é tornar o exame menos cansativo. Serão quatro blocos de 45 questões cada. Para este ano, são esperados 6 milhões de inscritos, 2 milhões a mais que em 2008, resultado da procura por vagas nas universidades federais, que vão aceitar a nota da prova.

● O real valorizado tornou-se o terror dos exportadores. Mas os economistas, apesar de assustados, admitem que a desvalorização do dólar também tem feito muita gente sorrir nos últimos dias. Afora os consumidores, satisfeitos por comprarem eletroeletrônicos mais baratos ou por refazerem planos de viagem ao exterior, uma boa parte da indústria - mesmo a exportadora - tem se beneficiado com a atual cotação da moeda americana.

● No Brasil, o prejuízo com a pirataria é de R$ 30 bilhões em impostos. A Receita Federal apreendeu, nos últimos cinco anos, R$ 4 bilhões em mercadorias ilegais. A maior parte, tênis, camisetas e medicamentos. Mas o topo da lista é ocupado pelos óculos escuros: foram 12,7 milhões de unidades apreendidas até o ano passado. Para tentar inibir o comércio irregular, o governo lançou um novo plano de ação, que prevê parcerias com comerciantes e fixação de um selo de qualidade - chamado Brasil Original - nas embalagens, assegurando que aquele estabelecimento paga impostos e gera empregos.

● As notas de R$ 1 são a cada dia mais raras no país. Muita gente às guarda para o dia a dia, principalmente comerciantes. Já alguns colecionadores chegam a pagar R$ 20 por uma nota dessas, bem verdinha e em bom estado.

● Em apenas um dia quatro novas ocorrências de gripe suína foram confirmadas no Brasil agora já são 14. Os casos anunciados ontem são de um paciente de Santa Catarina e três de São Paulo. Todos contraíram a doença nos Estados Unidos.

● O caldo, o bagaço e a palha da cana-de-açúcar previstos para serem produzidos nesta safra têm o equivalente energético a 1,97 milhão de barris de petróleo/dia, a mesma produção da Petrobras. A informação é de Celso Zanatto, diretor da Crystalsev, que participou de evento realizado pelo jornal “Gazeta Mercantil” em Ribeirão Preto.

● Os Exércitos de EUA e Coreia do Sul elevaram seu nível de alerta para o grau mais alto em três anos. A decisão foi tomada dois dias após a Coreia do Norte ter realizado o segundo teste nuclear. A expectativa é a de que a ONU torne mais rígidas as medidas já em vigor contra Pyongyang.

● O maior laser do mundo - são 192 feixes independentes - será inaugurado hoje nos EUA. A ideia é disparar raios em cápsula de hidrogênio para obter fusão atômica, como ocorre nas estrelas. Pode ser a resposta à procura por energia barata.

● ATENÇÃO: ainda hoje você vai ver aqui um resumo das principais notícias do jornal são-manuelense “O Debate”, que circula nesta sexta-feira.

quinta-feira, 28 de maio de 2009

COMENTANDO AS NOTÍCIAS 28/MAIO/2009

● Pelo menos 382 mil professores em atividade no Brasil não poderiam dar aulas, porque não têm diploma adequado. Nas escolas públicas e privadas, representam 20,3% do 1,8 milhão de docentes da educação básica. Segundo o MEC, há docentes que não fizeram a licenciatura, só concluíram o ensino médio ou nem isso. O MEC anunciou uma prova nacional para avaliar futuros professores, além de 330 mil vagas em cursos de licenciatura e R$ 600 milhões para o piso do magistério. Enquanto não se melhorar as condições dos mestres, não será sanada a deficiência do ensino no Brasil.

● Pela primeira vez desde 1ºde outubro, o dólar foi abaixo de R$ 2. Ontem a moeda chegou a R$ 1,998, em queda de 0,99%. No fim do dia, voltou a R$ 2,015. O presidente do BC, Henrique Meirelles, disse que, o governo pode taxar com IOF investimentos estrangeiros na renda fixa para conter a enxurrada de dólares. Enxurrada que está desaguando aqui no Brasil...

● O Brasil entrou em recessão já no terceiro trimestre de 2008, mostram cálculos do Comitê de Datação de Ciclos Econômicos, da Fundação Getúlio Vargas. Os economistas do grupo, porém, ainda não estabeleceram quando o período de contração pode terminar. Os critérios usados são semelhantes aos do birô que segue os ciclos econômicos dos EUA. Mas será que dá para comparar Estados Unidos com o Brasil? Fica a pergunta no ar...

● A Coreia do Norte declarou inválido armistício com a Coreia do Sul que encerrou na prática a guerra entre ambas, em 1953, e prometeu "poderosa" resposta militar a eventuais ações contra suas embarcações, aumentando a tensão na região. No domingo, o país fez novo teste nuclear, violando resolução da ONU. Hillary Clinton, secretária de Estado dos EUA, chamou a ação norte-coreana de "provocativa e beligerante". A Coreia do Norte quer fazer uma guerra, qualquer uma, para desviar a atenção de seu povo, que passa fome...

● Sobre o caso do libanês que ficou preso em São Paulo, Jânio de Freitas escreve em sua coluna de hoje na “Folha de S. Paulo”: “Racistas antissemitas do Paraná não ficaram sob investigações sigilosas. Não tiveram nomes omitidos, como foi o do "libanês K." preso em São Paulo, suspeito de ligação com a Al Qaeda. A investigação da Polícia Federal já começou "sob segredo de Justiça", e assim continua. Nenhuma razão para a diferença”?

● Pesquisa revela que 40% das pessoas desistem de fumar quando veem no verso do maço as imagens dos males causados pelo fumo. Novo lote da publicidade é distribuído e deve estampar todas as embalagens até dezembro. Provavelmente as imagens virão dos dois lados do maço...

DEPUTADO FEDERAL MILTON MONTI
Em artigo enviado a este blogueiro, o deputado federal Milton Monti afirma que “o mundo se defronta com uma crise financeira dantesca. Mesmo assim, vemos alguns setores usando a velha receita da criatividade para crescer em meio à tempestade. Por que isso acontece? Porque existe o pensamento criativo, que garimpa a oportunidade de crescimento mesmo nos momentos de adversidades”.
E ele continua: “Lamentar os efeitos desastrosos da crise mundial não ajuda em nada. Criticar os erros de quem busca alternativas ajuda muito menos. O caminho para sair da crise o mais rápido possível é arregaçar as mangas, trabalhar com criatividade e determinação para superar as dificuldades”.
“Neste momento em que a crise mundial é de crédito bancário, volto à mesa do presidente Lula e do seu Conselho Político com outra proposta. Sugeri ao presidente e sua equipe a flexibilização do crédito para pequenas e médias empresas. Falo em crédito de baixo custo, com recursos disponíveis do BNDES para fazer chegar aos empresários o aporte necessário para financiar investimento e crescimento”, prossegue o deputado.
E ele conclui seu artigo afirmando acreditar que “criando alternativas viáveis e propondo caminhos para encurtar a retomada do crescimento e da manutenção do emprego para os milhões de trabalhadores brasileiros, contribuímos para superar o momento difícil pelo qual passa a economia do mundo. Isso é muito diferente do que simplesmente criticar o que está sendo feito e lamentar os efeitos da crise”. Acho essa é uma verdade incontestável.

quarta-feira, 27 de maio de 2009

FESTA DE CORPUS CHRISTI EM SÃO MANUEL


Desde 1948 São Manuel realiza uma grande festa no Dia de Corpus Christi. Foi naquele ano que um grupo denomi¬nado "Ação Católica" , formado por jovens líderes da cristandade, chefiados pela professora Thereza Mazzuco, iniciou a artística or¬namentação das ruas da cidade, para a passagem do Corpo de Cristo. A procissão de Corpus Christi é uma homenagem, feita com louvor e respeito, que os cristãos rendem a Deus no Sacra¬mento da Eucaristia. O professor Pazito deu sequencia ao trabalho nos anos posteriores.
As ruas por onde passa a procissão são ornamen¬tadas com arte especial e o trabalho recebe a cooperação de toda a comunidade. Elas são transformadas em um precioso e magní¬fico tapete colorido, uma obra digna de ser vista e fotografada.
Todas as equipes, empregando o melhor de seus esforços, com entusiasmo sempre renovado, elaboram no chão bruto das ruas, desenhos de grande efeito, que terminam num majestoso altar onde, após a procissão, é celebrada a Missa Campal, assistida por milhares de pessoas, muitas vindas de ci¬dades vizinhas e até da capital e de regiões mais distantes, que visitam São Manuel naquele dia.
Muitos dos desenhos feito no chão, são verdadeiras obras de arte, como esse que vocês observam, executado quando dos festejos do ano passado. Os são-manuelenses estão convidando a todos para virem para cá no próximo dia 11, para apreciar a beleza dos trabalhos feitos nas ruas da cidade. Venha você também!

COMENTANDO AS NOTÍCIAS 27/MAIO/2009

● O governo federal deve adiar o envio ao Congresso do projeto que prevê taxar as aplicações acima de R$ 50 mil na caderneta de poupança. A tendência é o texto seguir para o Legislativo no segundo semestre. Não há consenso na equipe econômica sobre a proposta. Além disso, setores do governo avaliam que ela correria risco de não ser aprovada se fosse encaminhada em meio à disputa com a oposição em razão da CPI da Petrobras. Poupadores ganham um fôlego...

● O governo atropelou a oposição e resolveu ficar com a presidência e a relatoria da CPI da Petrobrás. DEM e PSDB decidiram, em represália, fazer obstrução e impedir que o Senado vote propostas de interesse do Planalto. A ideia é brecar medidas provisórias como a que cria o Fundo Soberano e a que autoriza a União a emprestar R$ 100 bilhões ao BNDES. Essa CPI ainda vai dar muita confusão, ao que tudo indica.

● A queda no preço do dólar - que ontem voltou à cotação mais baixa desde 12 de outubro de 2008 - ainda não trouxe ganhos ao consumidor. Até agora, a redução de 13,5% no ano não foi repassada aos preços dos importados. De acordo com lojistas, esse efeito pode demorar de quatro a seis meses para ocorrer. Quando o dólar se valoriza, ao contrário, os aumentos ocorrem de um dia para o outro. Dá para entender?

● Pela primeira vez em 18 meses, as contas externas voltaram a ficar no azul, com saldo na balança comercial e menos remessas de lucros por parte das empresas, divulgou o Banco Central. Em abril, houve saldo de US$ 146 milhões. O presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, negou que o BC tenha intenção de regular o câmbio. A política de juros, disse, deve ser orientada para manter a inflação dentro da meta e não para impedir valorização excessiva do real.

● Um avião da TAM, que saíra de Miami (EUA), entrou em queda livre, causada por uma turbulência, e deixou os 154 passageiros em pânico, cerca de meia hora antes de aterrissar no Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, anteontem à noite. Durante segundos, pessoas foram arremessadas para o teto da aeronave e jogadas nos corredores. Segundo especialistas em aviação, essas coisas costumam acontecer no mundo todo, mas muito raramente. Para azar nosso, aconteceu com uma aeronave brasileira...

● A Coreia do Norte ignorou a condenação internacional e lançou mais três mísseis de curto alcance. A Rússia, aliada da Coreia, considerou inevitável uma resolução contundente da ONU contra o país. Parece que o que a Coreia do Norte quer é fazer uma guerra, seja ela contra quem for. Seria uma maneira de desviar a atenção de sua população, faminta, para outro lado.

● O presidente venezuelano, Hugo Chávez, com seu colega Lula, em Salvador, não chegaram a um consenso sobre parceria em refinaria pernambucana. O presidente Lula fez uma brincadeira, dizendo que o acordo sai se ele eleger Dilma Rousseff e se tornar presidente da Petrobras.

● Ontem o jornalista Jânio de Freitas, da “Folha de S. Paulo”, informou em sua coluna que um membro da rede terrorista fora preso no Brasil. A notícia foi desmentida hoje, pelo próprio jornal. O caso é que a Polícia Federal manteve preso por 21 dias o libanês K., comerciante de equipamentos de informática que mora em São Paulo, sob suspeita de que propagava conteúdo racista na internet. K. já foi solto e seu advogado nega ligação com a Al Qaeda. A PF disse que não se manifestará sobre a investigação, que corre sob segredo de Justiça. Um caso muito estranho esse...

terça-feira, 26 de maio de 2009

COMENTANDO AS NOTÍCIAS 26/MAIO/2009

● O presidente Lula estava viajando e o jornal “O Globo” noticiou que o que ele determinara que fosse feito pelo Banco do Brasil, ou seja, reduzir suas taxas de juros, não fora feito. O presidente Lula voltou da viagem, e hoje o mesmo jornal noticia que o BB anunciou ontem redução de suas taxas de juros e ampliação dos limites de empréstimo para 10 milhões de correntistas. A queda é de 6,19%, em média e o Banco terá mais R$ 13 bi para emprestar. Que bom!

● Uma onda de condenações que incluiu até a China, maior aliado da Coreia do Norte, se seguiu ao anúncio de que o país havia realizado um teste nuclear subterrâneo. A explosão teria alcançado de 5 a 20 quilotons, o que equivaleria à potência da bomba lançada sobre Nagasaki na Segunda Guerra. O Conselho de Segurança da ONU condenou a explosão por unanimidade e começou a trabalhar em uma nova resolução. Provocante, o governo da Coreia do Norte lançou mais dois mísseis ontem. De curto alcance, mas lançou. O mundo continua apavorado.

● O Brasil queria a vaga que havia na OMC para a ministra Ellen Gracie, do Supremo TrIbunal Federal (STF). Mas seu nome foi rejeitado e para seu lugar foi escolhido o mexicano Ricardo Ramirez. Mais uma derrota para a diplomacia brasileira, infelizmente.

● O Superior Tribunal de Justiça decidiu, em caso iniciado em 1996, que planos de saúde não podem limitar o valor do tratamento ou da internação dos segurados. A decisão, contra a qual não cabe recurso, abre precedente e pode beneficiar os usuários dos chamados planos antigos, contratados antes de 10 de janeiro de 1999. Mas todos os interessados terão que recorrer ao STJ, segundo se informa, pois a decisão não abrange todos os casos.

● O assunto persiste. Continuam falando num terceiro mandato para o presidente Lula. O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, disse que a corte deve rejeitar eventual mudança constitucional que permita ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva disputar um terceiro mandato consecutivo. "Vejo que dificilmente seria aprovado no STF", afirmou Mendes. "A reeleição continuada certamente seria uma lesão ao princípio republicano."

● Uma pesquisa da FioCruz dá esperanças a quem sofre complicações cardíacas causadas pelo mal de Chagas. É a terapia com células-tronco dos pacientes infectados. Já foi verificada diminuição da inflamação do coração, que passou a bombear sangue com mais força. Pode ser este o caminho para a cura dessa doença. Tomara.

● Aposentados vão à Câmara pressionar e obtêm promessa de votação do veto presidencial a reajuste nos benefícios e pensões para o próximo dia 17. Mas não vai ser fácil ganhar essa, pois as autoridades dizem que um aumento como o que o Congresso aprovou (mais de 16%) é impossível. Vamos aguardar...

● Uma nova linha de cosméticos com apelo natural deve contribuir para aumentar ainda mais as vendas do setor, que cresceram 23% no ano passado. A chamada maquiagem mineral, que tomou primeiro o mercado internacional e agora chega ao Brasil, deve aguçar a sede de consumo do público feminino. O principal alvo são as mulheres com peles sensíveis, que costumam sofrer com os ativos químicos presentes na maquiagem tradicional.

● O brasileiro Hélio Castro Neves vai receber U$ 3 milhões por sua vitória em Indianápolis no domingo passado. O dobro do que haviam comentado as emissoras que transmitiram a prova.

segunda-feira, 25 de maio de 2009

COMENTANDO AS NOTÍCIAS 25/MAIO/2009

● A pior notícia de hoje: Em um desafio aberto à comunidade internacional, o governo da Coreia do Norte classificou como "sucesso" o novo teste nuclear que anunciou ter realizado nesta segunda-feira (noite de domingo, no Brasil), informou a agência estatal de notícias norte-coreana KCNA. De acordo com o governo ditatorial, a nova bomba é mais potente que a utilizada no teste de 2006. Líderes mundiais manifestaram preocupação com o ocorrido e a Coréia do Sul colocou suas tropas em alerta. Infelizmente, o mundo ainda tem que viver sob a tensão de países que manipulam armas nucleares.

● A Petrobras terá que esclarecer na CPI do Senado os convênios de R$ 609 milhões, feitos sem licitação, com ONGs e aliados políticos do governo. Parlamentares do DEM e do PSDB consideram que os casos levantados pelo jornal O GLOBO reforçam a necessidade de investigação e demonstram falhas na fiscalização. Os governistas, no entanto, defendem a atuação da Petrobras e pedem que não haja condenação antecipada. Já especialistas em ética pública criticam a estatal por criar privilégios em repasses para a área social.

● O governo e os laboratórios vão negociar com os estados a redução do ICMS cobrado nos remédios. Estudo mostra que o corte da alíquota média atual, de 17,5%, para 12% fará o preço dos medicamentos cair 9%, liberando R$ 2 bilhões na economia. E, obviamente, aliviando nossos bolsos...

● Além de cortar vagas, a crise aumentou a rotatividade no mercado de trabalho, com a substituição de empregados de maior remuneração por outros de menor salário. Levantamento feito pelo presidente do Ipea, Marcio Pochmann, mostra que, em seis meses sob pressão da crise, a taxa média mensal de rotatividade no trabalho com carteira assinada no País atingiu 3,9%, ante 3,7% de outubro de 2007 a março de 2008. Nesse período, a rotatividade afetou 23,4% dos cerca 29,4 milhões de trabalhadores do setor privado.

● Japão e China anunciam aumento do número de pacientes contaminados pela gripe suína. Emirados Árabes e Kuwait confirmam primeiros casos. Vírus já infectou mais de 12 mil pessoas em 43 países.

● Até sexta-feira, 5.371 funcionários aderiram ao programa de demissões voluntárias aberto pela Empresa de Correios e Telégrafos e serão dispensados em 1º de junho. O custo será de R$ 351 milhões, mas a estatal prevê que essa despesa será amortizada em 11 meses. Hoje, os Correios têm uma folha salarial que chega a R$ 6 bilhões (com encargos) e foi inchada pela greve dos carteiros de 2008, que resultou na concessão de um adicional de risco de 30% à categoria, além de abono a 16 mil funcionários.

● A crise desacelerou o crescimento do País e ajudou a equilibrar a oferta e a demanda de energia. Isso abriu espaço para que o setor, sem a corda no pescoço, possa pensar em alternativas de longo prazo, como a energia nuclear e fontes renováveis. Um exemplo são as pesquisas para elevar a eficiência da cogeração energética a partir da queima de biomassa.

domingo, 24 de maio de 2009

RÁDIO CLUBE DE SÃO MANUEL


A Rádio Clube de São Manuel completa 70 anos de existência no próximo dia 30 de julho. É pioneira do rádio brasileiro, tendo sido a 69ª emissora a ser instalada no Brasil. No interior do Estado de São Paulo, foi a 19ª. Tem muita história a Rádio Clube, que viveu os tempos de ouro dos programas de auditório, reportagens externas sempre voltadas para a defesa dos objetivos da população, muita música extraída dos velhos discos de 78 rpm, que os jovens de hoje nem sabem do que se trata... E fez também radioteatro. Em 1960, ano em que foi feita a foto acima, o radioteatro era ao vivo. Na foto, Alberto Santarém Jr. ao microfone, Clóvis Dac de Almeida, Eugênio Martins Maduenho e a saudosa Geni Bioni, interpretando uma peça ou, quem sabe, uma novela.

CRÕNICA DE DOMINGO 24/MAIO/2009

Você já ouviu a expressão “Tudo azul”? A crônica de hoje, publicada há algum tempo pelo jornal O PRATIANO, aborda esse tema. Boa leitura!
Gildo Sanches

QUEM INVENTOU O "TUDO AZUL"?
Vivo relendo livros velhos, desses publicados há mais de 20 ou 30 anos, dos quais tenho muitos em casa. Agora mesmo estou me esforçando para ler, de novo, depois de muitos anos, “A Insustentável Leveza do Ser”, de Milan Kundera. Um livro complicado, uma história que se mistura entre o ontem e hoje, o talvez sim, talvez não, coisas desse tipo. Mas acho bom, me exercita.
Nessa de buscar uma coisa aqui, outra acolá, eis que me deparo com um volume que recebi certa feita do jornal “O Estado de S. Paulo”, o “Estadão” como dizem todos, composto de crônicas e não por acaso chamado “Cronistas do Estadão”, organizado e editado por Moacir Amâncio. É de 1991 o exemplar que tenho.
E foi uma das crônicas que nele está posta que me despertou a atenção. Título: “Tudo Azul”, de Afonso Schmidt, que foi dono de longa carreira literária e jornalística, contemporâneo de Mário e Oswald de Andrade, mas que ficou à margem do movimento modernista de 1922, que julgava exageradamente formalista.
Schmidt conta fatos da redação do jornal em que trabalhava, ao afirmar que até há pouco tempo, na época, acalentava, entre suas vaidades, a de ter lançado na praça a exclamação otimista: Tudo azul!
Ele conta que durante a guerra respirava-se por toda a parte um ar de incertezas angustiantes, chegando mesmo a criar-se a necessidade de perguntar se tal coisa que parecia comezinha era legal ou não. À noite, diz o escritor, os redatores vinham entrando e cada um deles, geralmente, repetia sua frase habitual, tornada clichê ao longo de muitos anos de pontualidade.
Ele lembra de um colega que tinha um cumprimento curioso. Dizia, ao entrar: senhores, senhoras, senhoritas... Outro, depois de guardar seu chapéu, a capa e o guarda-chuva no canto, perguntava: Tudo legal? Certo dia Schmidt deu a esse colega uma resposta: Tudo azul! A expressão saiu quase sem querer.
Todos os que estavam na sala gostaram da novidade. Tiveram um sorriso compreensivo. O escritor, de imediato, alinhou o papel em branco em sua máquina de escrever e traçou a crônica para o dia seguinte, encerrando-a com a expressão “tudo azul”. Considerava-se dono dela...
Diz ele que a frase pegou feito tiririca. Pulou para fora da sala, foi ladeira abaixo, espalhou-se pelo bairro, alastrou-se pela cidade. Sempre que a ouvia, dizia pra ele mesmo: Essa frase é minha! Até cismava em ver-se um dia diante de São Pedro, relatando seus feitos cá na Terra, a dizer-lhe que fora ele quem fizera aquela frase, que voava como borboleta azul pela cidade...
Mas certo dia, um seu amigo, Gonçalves Machado, apareceu como desmancha-prazeres. Disse a Afonso Schmidt que ele fora apenas mais um divulgador da frase “tudo azul” do que outra coisa, seu inventor, por exemplo.
Contou-lhe que há 30 anos havia em Campinas um tipo popular, meio maluco, que andava pela rua a imitar rufos de tambor. De quando em quando ele estacava e gritava para a molecada que o seguia de perto: Tudo azul! E os moleques gozavam com aquilo.
Em resumo, escreve Afonso Schmidt: “A exclamação mais otimista e lírica que já se gritou na cidade, o ‘tudo azul’, foi criada por um maluco. Por mim ou pelo meu simpático colega de Campinas”...

COMENTANDO AS NOTÍCIAS 24/MAIO/2009

COMENTANDO AS NOTÍCIAS – 24/MAIO/2009

● A expectativa de investimentos da indústria caiu mais R$ 5 bilhões em maio. Somando-se o corte de R$ 20 bilhões em janeiro, o recuo chega a 26% ante o valor previsto em dezembro de 2008, diz pesquisa da Fiesp, que não inclui o ajuste anunciado pela Vale, de US$ 5,2 bilhões (R$ 10,5 bilhões). Isso indica que, apesar dos sinais de recuperação econômica, a confiança dos investidores ainda não foi restabelecida.

● Quatorze pessoas (e não quinze como foi dito inicialmente), dez da mesma família, estavam a bordo do avião que caiu no litoral sul da Bahia. A caixa preta já foi localizada e deve esclarecer a causa do acidente. A iluminação da pista também é investigada pela Aeronáutica.

● O jornal “O Globo” denuncia: Petrobras repassou R$ 609 milhões, sem licitação, para financiar 1.100 contratos com ONGs, patrocínios, festas e congressos nos últimos 12 meses. Só com organizações da sociedade civil, foram 230 convênios de R$ 83 milhões. Análise de amostra destes contratos revela que falta controle dos recursos repassados. Entre os beneficiados há desde entidades cujo endereço não existe até outras que pararam de funcionar.

● A “Folha de S. Paulo” cita que, segundo projeção, dívida dos EUA deve superar 8 PIBs do Brasil em 4 anos. Temor derruba cotação do dólar. Embora comecem a surgir sinais de recuperação da crise, as economias avançadas experimentam uma explosão de suas dívidas públicas. Segundo projeções, a dívida pública como proporção do Produto Interno Bruto nos EUA deve passar de 44% para 77% em quatro anos, chegando a mais de US$ 10 trilhões – valor superior a seis PIBs do Brasil. No Reino Unido, o débito praticamente dobrará, de 49% do PIB para 97%.

● A receita de atacadistas paulistas caiu 50% em média desde que, há um ano e meio, foi adotada a substituição tributária, regime de recolhimento antecipado do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços). Dezenas de empresas deixam São Paulo rumo a outros Estados.

AS PRINCIPAIS REVISTAS BRASILEIRAS

VEJA
● Emagrecer pode ser uma delícia, a receitas light de 7 chefs consagrados e o 6 mitos mais resistentes sobre dieta.
● Entrevista com Carlota Pérez – O melhor está por vir – A economista de Cambridge vira estrela acadêmica com a tese de que uma era de ouro impulsionada pela tecnologia da informação espera o mundo depois da crise.
● Ela e os golpistas – A internação da ministra Dilma Rousseff provocou um grave efeito colateral na democracia: a volta do golpe do terceiro mandato para Lula.

ÉPOCA
● O Brasil em 2020 - Por que viveremos num país mais adulto, mais rico e mais feliz. Entrevistas exclusivas – Lula: “Deixo um País mais preparado” e mais: FHC, Luiz Carlos Trabuco, Roberto Setúbal e Jim O’Neill.

ISTOÉ
● Remédios falsos – Um em cada cinco medicamentos vendidos no Brasil é ilegal. Saiba quais são os mais falsificados e como se prevenir.
● Exclusivo – Itamar Franco fala de sua volta à política e ataca Lula
“Estou voltando para a política” – Magoado com o presidente Lula, Itamar Franco entra no PPS, promete dar novo fôlego à oposição e ajudar a derrotar o PT em 2010.
● Quércia faz o PMDB de Serra – Antigo desafeto do PSDB, o ex-governador impede a aliança nacional com o PT e garante dobradinhas com os tucanos em dez estados.
● Alimentos para o mundo – A fusão de Sadia e Perdigão aumenta a influência do País no mercado internacional.