sábado, 5 de setembro de 2009

DESTAQUES DOS JORNAIS LOCAIS NESTE FINAL DE SEMANA

Jornal O DEBATE, de São Manuel, edição de 04 de setembro de 2009

◊◊◊ Fiação é vendida para grupo mineiro – A unidade de São Manuel do Grupo Vicunha, a antiga Fiação São Manuel, foi vendida nesta semana para o Grupo Franco Matos, de Minas Gerais.
◊◊◊ Opinião – O poder incidental extasia, enlouquece, afasta o indivíduo da realidade. Esse é o tema do editorial do jornal nesta edição.
◊◊◊ Cresce o número de roubos e furtos no Estado de São Paulo.
◊◊◊ Polícia Civil realiza operação contra furtos e roubos.
◊◊◊ Operação resulta na apreensão de drogas e prisão de quadrilha em Botucatu.
◊◊◊ Ponto de Vista – Série "Histórias da Rádio Clube AM 1510 kHz" entrevista o comunicador da Rádio Nova São Manuel Sandro Dálio, que começou sua carreira na Rádio Clube.A entrevista foi feita por este blogueiro.
◊◊◊ Pratânia – Rodeo Fest é atração na cidade vizinha neste final de semana.
◊◊◊ Areiópolis – Campanha de Vacinação antirrábica será feita no próximo dia 12 de setembro.
◊◊◊ Festival de Música Sertaneja de Botucatu acontece no dia 13 de setembro,
◊◊◊ Raio X dos Bairros enfoca Jardim Brasil, Vila Consolata e Vila São Luiz.
◊◊◊ Os pioneiros – jornalista Miguel Roberto Nítolo conta a história da Família Menocchi.
◊◊◊ Inauguração do Supermercado Central atrai pessoas de toda região.
◊◊◊ Deputado Milton Monti defende liberdade de expressão em discurso na Câmara Federal.
◊◊◊ Vacinação antirrábica em São Manuel será em duas etapas: neste final de semana e no mês de outubro.
◊◊◊ Confirmado 1º caso de Gripe Suína na cidade – menina de 11 anos se recupera em sua casa.
◊◊◊ Dia do Alfaiate – antiga fotografia mostra o grande número de alfaiates existentes em São Manuel no passado. A foto foi cedida ao jornal por um deles: Raphael Acerra Filho, o Zinhelo – Obs.: veja a matéria e a foto no site da Rádio Clube
www.cluberegional.com.br.
◊◊◊ Neste final de semana tem espetáculos do Circuito Cultural Paulista, no Cine Teatro Municipal. Entrada grátis.
◊◊◊ Alegria! Alegria! – texto da colaboradora Nair Lara, em nome da Pousada da Colina.
◊◊◊ Mix Fighting participa de Seminário em Borebi, e outras notícias do esporte local, por Osmar Correa.
◊◊◊ Colunas: Bloco de Notas (deste blogueiro), Direito em Debate (Drª. Edilaine Rodrigues de Góis Tedeschi), Contexto, Casual (Letícia Castaldi), Motivação (Bene Bassetto).
◊◊◊ Fotografias: Badalação e Flash – páginas com fotos coloridas.
◊◊◊ Homenagem póstuma a Sebastião Geraldo Brollo, colaborador do jornal falecido nesta semana em São Paulo.
◊◊◊ O jornal traz encarte do Balanço Social Anual 2008 da Usina Açucareira S. Manoel.

Jornal O PRATIANO, de Pratânia, edição de 04 de setembro de 2009

◊◊◊ Município firma parceria com a UNESP de Botucatu e Avon para prevenção da Saúde da mulher.
◊◊◊ O jornal traz encarte do Balanço Social Anual 2008 da Usina Açucareira S. Manoel.
◊◊◊ Pratânia Rodeo Fest vai de 03 a 06 de setembro. É a Festa do Peão!
◊◊◊ VIII Campeonato “Prata é Ouro” de Futsal.
◊◊◊ IX Festa da Criança da EMEI “Irene Gomes Vieira” será em 19 de setembro.
◊◊◊ Beleza & Saúde – Emagreça comendo de tudo (terapeuta Everaldo Andrade) – Flexibilidade é a palavra chave (fisioterapeuta dr. André Luís Bertani) – Cuidados na Primavera para um Verão com mais saúde.
◊◊◊ Vacinação contra Paralisia Infantil será no dia 19 de setembro.
◊◊◊ “Em Dia com as Notícias” e a crônica “Há 40 anos os brasileiros assistem ao Jornal Nacional”, escritos por este blogueiro, na página 5.
◊◊◊ Polícia Civil dá sequência ao trabalho de combate ao crime e realiza mega operação em Pratânia.
◊◊◊ Polícia Militar de Pratânia recebeu etilômetro, o conhecido bafômetro.
◊◊◊ País do faz de conta – artigo do professor Gaudêncio Torquato.
◊◊◊ Eunice Weaver: a mãe brasileira dos leprosos – colaboração de Kleber Halfed e Noro Ragozo.
◊◊◊ Programa da Festa em louvor a N. Srª. Consolata em Pratinha – será nos dias 12 e 13 de setembro.
◊◊◊ Baile de escolha da rainha e princesas do Pratânia Rodeo Fest foi coroado de sucesso.
◊◊◊ Matrículas abertas na EMEF “Profª. Antonia Ferreira Assumpção Antunes” – até o dia 18 de setembro.
COMENTANDO AS NOTÍCIAS

● As chuvas previstas para hoje ainda não chegaram. Parece que virão à tarde ou ao anoitecer. De qualquer maneira, é um alento para aqueles que viajaram para o interior de São Paulo para passar o feriadão de 07 de Setembro!

● Amanhã, domingo, tem o Porco no Rolete na residência do deputado federal Milton Monti, aqui em São Manuel. Não é a primeira vez que ele realiza esse evento, destinado a angariar recursos para o Hospital da Casa Pia São Vicente de Paulo aqui da cidade, e que, como todas as casas de saúde, tem problemas de ordem financeira. Os convites já foram vendidos quase todos. Mas, se alguém ainda quiser colaborar poderá tentar obter convite junto aos voluntários do hospital.

● Quando da realização do Porco no Rolete, será lançada a segunda edição do livro de receitas “Multiplicando Talentos”, organizado pela Drª. Michela, delegada de Polícia da DDM. O que for arrecadado com a venda desse livro, assim como aconteceu com a primeira edição, será destinado ao Hospital São Vicente de Paulo. Claro que todo mundo vai ajudar!

● A discussão mais absurda que este blogueiro ouviu no rádio, ontem à noite e hoje pela manhã, foi uma “disputa” entre vendedores de frutas, os feirantes, e a fiscalização estadual. Imaginem que agora há uma lei que determina que a banana nossa de cada dia seja vendida por quilo, e não por dúzia. Então, o feirante reclama: "Vamos perder dinheiro, porque vendida por dúzia, a banana tem variados preços, e por quilo não". Mas onde está a dúvida? Se você quiser ou o freguês desejar, você vende a banana contando as unidades, ou seja, por dúzia, e depois as pesa e cobra o preço por quilo. Não dá para acreditar que estão brigando por causa disso...

● Hoje à noite Brasil e Argentina param e ficam de olho na televisão – alguns no gramado, pois estarão nas arquibancadas do estádio – para ver o jogo entre as seleções de futebol dos dois países. Vai ser uma guerra. Mas tomara que seja uma guerra sem mortos ou feridos...

● Ao participar de reunião dos Bric (Brasil, Rússia, Índia e China), o secretário do Tesouro dos EUA, Timothy Geithner, concordou com as avaliações do grupo sobre a necessidade de ainda não desmontar os pacotes de estímulo e sobre a relevância dos mercados emergentes para a absorção do impacto da crise econômica.

● Por outro lado, o ministro da Fazenda Guido Mantega disse que o Brasil cresceu entre 1,8% e 2% no segundo trimestre ante o primeiro, puxado pela indústria. O número será divulgado na próxima sexta-feira e, se confirmado, apontará que o País saiu da recessão.

● O temor do desgaste eleitoral às vésperas da disputa de 2010 e a revelação de que o Ministério da Saúde só executou 4,29% do seu orçamento para investimentos levaram líderes de partidos do governo a se unir aos da oposição e avisar que o Congresso resistirá à volta da CPMF, agora com o nome de Contribuição Social para a Saúde (CSS). Líder do PT na Câmara, Cândido Vaccarezza disse que o novo imposto não é prioridade.

● O senador petista Delcídio Amaral alertou: “O governo tem que parar com essa discussão sobre a famigerada CSS. É só desgaste. Muda a pauta!” O aliado PMDB também resiste, PSDB e DEM já eram contra. Apesar dos apelos do ministro José Gomes Temporão, o colega José Múcio (Relações Institucionais) avisou: “O governo não vai se envolver”. O presidente Lula percebeu a mancada, e resolveu jogar o abacaxi para governadores e prefeitos. Mas parece que estes não querem descascar a fruta...

● Na mesma semana em que o governo descartou liberar o uso do FGTS para compra de ações da Petrobras, o Fundo vai repassar R$ 3 bilhões para construtoras. O valor soma-se a outros R$ 3 bi já anunciados em dezembro. Com isso, as ações de construtoras subiram até 8%. E o governo continua remunerando indignamente o FGTS: 3% ao ano...

● Quinze mil estrangeiros em situação irregular procuraram a Polícia Federal nos últimos dois meses em busca de anistia. Cerca de 75% vivem em São Paulo. Lei sancionada pelo presidente Lula em julho estabelece que os ilegais podem requerer residência provisória, caso tenham ingressado no País até 1º de fevereiro deste ano. O governo calcula que deverão ser beneficiadas até 40 mil pessoas.

sexta-feira, 4 de setembro de 2009


MEUS AMIGOS DA CIDADE DE TIETÊ-SP

Há alguns dias postei aqui uma foto de minha equipe de trabalho da agência do Banco Itaú, em Espírito Santo do Pinhal – SP, anos 1987/1988. Hoje coloco aqui uma foto da equipe do mesmo banco, na agência de Tietê-SP, onde trabalhei do final de 1988 a meados de 1992, quando me aposentei e retornei para minha cidade natal, São Manuel, onde estou até hoje. Vejam que eram muitos funcionários, todos imbuídos do objetivo de bem atender os nossos clientes. Foi um tempo difícil o que vivi em Tietê, porque houve aquele episódio provocado pela intempestividade do presidente Collor de Mello, que bloqueou o dinheiro de todo mundo para tentar consertar as finanças do País, e deu no que deu... Mas, no todo, foram momentos bons em Tietê, até pela amizade que fizemos entre os funcionários e funcionárias, e em alguns casos, com seus familiares.
Saudades de Tietê e dos amigos, de dentro e de fora do Banco, que também eram muitos...
Meu filho Flávio Renato viu o texto e considerou interessante a análise feita pelo importante órgão britânico que analisa a economia do mundo inteiro. E, realmente, se nossos governantes não tomarem cuidado, acabaremos indo para o fundo do poço... E olhem que o fundo do poço do pré-sal tem 7 quilômetros de fundura... Credo!

Para "The Economist", divisas do pré-sal podem ser 'maldição' para o Brasil
Um artigo na edição desta semana da revista britânica "The Economist" afirma que a exploração das reservas pré-sal pode se transformar em uma "maldição".
O artigo afirma que a preocupação é que "o dinheiro seja gasto hoje e não poupado ou investido, inchando ainda mais um Estado cujos gastos equivalem a 36% do PIB, comparado com 20% do México."
A proposta de criação da Petro-Sal, empresa designada para representar os interesses do Estado na exploração do pré-sal, também preocupa.
"Em tese, ela deveria ser uma entidade pequena, composta por técnicos. Na prática, ela pode inchar, especialmente se controlada por políticos que a podem abarrotar de aliados".
A revista ressalta que gastar bem o dinheiro gerado pelas reservas significa um "problema agradável" para o Brasil e que a nação "está em melhores condições de fazer isto do que muitos países".
"Dependendo de como for usada, esta nova riqueza pode ajudar o país a superar a pobreza e o subdesenvolvimento, ou exagerar seus hábitos gastadores."
"Qualquer um que esteja acompanhando os recentes escândalos de corrupção no Congresso brasileiro sabe que os legisladores do país são capazes deste tipo de desastre", afirma o artigo publicado ontem.
COMENTANDO AS NOTÍCIAS

● Quem esperava curtir um feriadão neste final de semana prolongado, por causa do feriado de 7 de Setembro, vai ter que levar guarda-chuva e galocha (o leitor sabe o que é galocha?...), uma vez que a previsão é de tempo chuvoso, pelo menos até domingo...

● As estradas do litoral e do interior paulista deverão receber 1,7 milhão de veículos no feriado prolongado de 7 de Setembro, volume 13% maior em relação à mesma data de 2008. Mais da metade desse total, 1,2 milhão, deverá partir da capital, segundo projeção da CET. Só que a chuva pode reduzir esses números...

● Finalmente, ontem, sepultaram o corpo de Michael Jackson. Tenho um amigo que me diz não entender por que tanta demora para fazer isso. Olha, eu também não sei...

● De olho nos dividendos econômicos e políticos, o govemo quer a maioria das ações da Petrobras. Hoje a União controla a empresa, mas tem só 32% dos papéis. Segundo o ministro Edison Lobão (Minas e Energia), o aumento de participação é "um desejo e uma meta" do governo. A expectativa é que os minoritários não aportem recursos capazes de manter sua fatia com a capitalização da estatal. Assim, cresceria a parte da empresa nas mãos do governo. A União não quer, porém, passar a ideia de boicote aos minoritários. Mas não vai deixar que se usem recursos do FGTS para comprar ações...

● Presidente Lula mantém caráter de urgência para regras do pré-sal. Essa urgência obriga a Câmara a votar os projetos em um prazo de um mês e meio. O partido Democratas divulgou nota em que declara que o presidente Lula desrespeita o Congresso e que, ao manter a urgência, Lula fechou as portas da Câmara e do Senado com uma matéria que não é urgente.

● Em meio aos apelos do ministro da Saúde, José Gomes Temporão, por uma nova CPMF e mais recursos para o setor, dados da execução orçamentária do próprio Ministério da Saúde mostram que, este ano, a pasta só investiu uma parte ínfima dos recursos previstos. Dos R$ 3,7 bilhões autorizados para investimentos até 31 de agosto de 2008, foram empenhados R$ 387,7 milhões (10,4%), e só R$ 158,7 milhões - apenas 4,29%, portanto - foram efetivamente pagos.

● Temporão não conseguiu apoio público do presidente Lula para, num ano eleitoral, ajudar a criar a Contribuição Social da Saúde (CSS), sucessora da CPMF. Mas Lula, segundo o ministro José Múcio, sugeriu que prefeitos e governadores mobilizem suas bancadas: "Na CPMF, o Planalto se empenhou e não teve sucesso. É preciso mobilização de prefeitos e governadores. O Brasil sabe que a saúde precisa de mais recursos".

● Quem quer apostar com este blogueiro que esse novo imposto vai ser aprovado logo, logo? Não tem jeito...

● O Ministério da Saúde admitiu ontem que o Tamiflu - usado no tratamento da gripe suína - só não chegou às farmácias porque não havia estoque para suprir a demanda. O governo havia restringido o uso do antiviral alegando que a automedicação era perigosa, que somente pacientes em estado grave deveriam ter acesso ao medicamento e até que o vírus HINl poderia se tornar resistente. Quanta enrolação...

● A descoberta de partículas do sistema imunológico humano que atacam o vírus da Aids poderá abrir caminho para uma vacina contra a doença. Pesquisadores americanos usaram uma nova tecnologia com sangue infectado com o HIV e identificaram dois anticorpos capazes de neutralizá-lo.

● Tantos planos, tanto oba-oba, e o trem-bala está estacionado... O governo vai financiar 70% do projeto do trem-bala, que ligará o Rio a São Paulo. Avaliado em R$ 34,6 bilhões, o projeto terá R$ 20,6 bilhões do BNDES e R$ 3,4 bilhões do Eximbank. O trem, no entanto, não ficará pronto para a Copa de 2014...

● Depois da polêmica criada pelo projeto que censura a campanha eleitoral na Internet, o Senado começa a debater mudanças. Novo texto terá de ser discutido com a Câmara. Na verdade, eles lançam a decisão que tomam como balão de ensaio. Se ninguém chiar, tudo bem. Quando há chiadeira, aí eles resolvem discutir de novo a situação...

● Um em cada quatro futuros professores do País se forma em Pedagogia em cursos de má qualidade. É o que mostra cálculo do MEC feito a partir dos resultados de avaliações feitas com formandos e calouros. São 71 mil alunos em 292 cursos de Pedagogia que receberam os mais baixos conceitos nas avaliações.

● Com a expectativa de que o ritmo dos negócios volte ao mesmo nível de antes da crise financeira mundial, a Philips chamou de volta 620 funcionários de sua fábrica de Manaus com os quais havia firmado, em janeiro, um acordo de suspensão temporária dos contratos de trabalho. Os funcionários que retornaram à fábrica representam cerca de 30% do total empregado pela multinacional em sua unidade no Amazonas. Uma boa notícia, sem dúvida.

quinta-feira, 3 de setembro de 2009

COMENTANDO AS NOTÍCIAS

● Não poderia ter sido mais auspiciosa a comemoração do aniversário de 99 anos que o time do Corinthians fez, no jogo contra o Santos F.C., ontem à noite. Perdia por um a zero e virou para dois a um, com o segundo gol marcado por Chicão! Foi uma boa vitória, mas o time do Parque São Jorge ainda está carecendo de um futebol melhorzinho...

● Temer pede a Lula que retire pedido de urgência para regras do pré-sal. Essa urgência obriga a Câmara a votar os projetos em até 45 dias e a oposição quer mais tempo para discutir o assunto. Os governadores do Nordeste começaram uma ofensiva. Não aceitam que São Paulo, Rio de Janeiro e Espírito Santo, estados da região do pré-sal, fiquem com uma fatia maior do dinheiro que será arrecadado com o petróleo.

● O projeto de reforma eleitoral aprovado em duas comissões no Senado restringe a cobertura jornalística de campanhas na internet. Sites teriam de seguir as regras das emissoras de rádio e TV, mas alguns senadores protestaram. Acórdão do Supremo sobre o fim da lei de imprensa publicado ontem deixa claro o caráter livre da Internet. Com a polêmica, a votação final foi adiada.

● O Comitê Olímpico Internacional divulgou o último relatório sobre as cidades candidatas a sediar as Olimpíadas de 2016, com elogios ao projeto do Rio, que recebeu o maior conceito e foi considerado o único de qualidade multo alta, à frente de Madri, Chicago e Tóquio. Os técnicos elogiaram o vigor econômico do País, a torcida da população e a parceria entre as três esferas de governo, mas fizeram ressalvas à área de transporte e ao setor hoteleiro, que teria poucas vagas.

● O Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom) interrompeu a trajetória de queda da taxa de juros após cinco reuniões seguidas e manteve a taxa básica em 8,75% ao ano. A decisão entre os diretores foi unânime.

● Na reunião do conselho político, hoje, Lula pedirá aos líderes da base para aprovar a criação da Contribuição Social para a Saúde, em substituição à CPMF. Governistas terão de derrubar destaque do DEM contra a volta do imposto. A população se mostra revoltada com a tentativa de fazer voltar a cobrança dessa nova taxa dos correntistas de bancos.

● O Brasil continua sendo o que tem maior número de óbitos no mundo, decorrentes da gripe suína, à frente dos Estados Unidos e Argentina. A taxa de mortalidade ficou mais alta, mas, segundo o Ministério da Saúde, a quantidade de casos graves da doença caiu nos últimos dias.

● Governo quer que novos veículos reduzam emissão de poluentes em 33%. Carros movidos a gasolina e álcool terão de sair das fábricas emitindo 33% em média menos poluentes a partir de janeiro de 2014, segundo o Conama (Conselho Nacional do Meio Ambiente). Para veículos a diesel, o prazo é janeiro de 2013.

● O Congresso da Colômbia aprovou a realização de referendo para autorizar o presidente Álvaro Uribe, eleito pela primeira vez em 2002, a tentar, em 2010, seu terceiro mandato. Aliado mais forte dos EUA na América latina, Uribe poderá, assim, ficar no cargo até 2015.

● O crime de Brasília - As principais linhas de investigação da Polícia Civil reforçam a tese de que o assassinato do casal José Guilherme e Maria Carvalho Mendes Villela, e da empregada deles, Francisa da Silva Costa, foi cometido por mais de uma pessoa e que os criminosos eram conhecidos da família, sabiam da existência de joias no apartamento e tiveram a entrada autorizada no imóvel. Ontem à noite, peritos e a delegada responsável pelo caso voltaram ao local do crime, ocorrido na sexta-feira, em busca de novas provas. Dois suspeitos são monitorados.

● Depois de 15 anos de seu lançamento, a Sony passará a trazer diretamente a linha Playstation ao Brasil. Os produtos chegam ao varejo antes do Natal. A fábrica da empresa em Manaus tem condições de fazer a produção, mas inicialmente os consoles serão importados.

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

COMENTANDO AS NOTÍCIAS

● Antigos inimigos e aliados participaram ontem de cerimônias na Polônia, para lembrar o 70° aniversário do início da Segunda Guerra Mundial (1939-1945), que matou 60 milhões de pessoas. Aquele país foi o primeiro a ser invadido pela Alemanha nazista. Hoje relembra-se o final daquele trágico episódio que marcou a humanidade. A Segunda Guerra Mundial terminou oficialmente em 02 de setembro de 1945, quando foi assinada a ata de rendição incondicional do Japão, rendição essa que já ocorrera em agosto daquele ano.

● Um dia após o lançamento das regras do pré-sal, governadores e partidos, aliados e da oposição, deflagraram uma guerra política. Em protesto contra o regime de urgência dos projetos enviados pelo Executivo, o DEM, PPS e o PSDB obstruíram votações em plenário. Na base governista, PT e PMDB se digladiaram pelas relatorias dos projetos. Novamente, o PMDB levou a melhor e indicou o relator que cuidará do regime de partilha e da divisão da renda do pré-sal.

● O governador Eduardo Campos (PE) disse que o atual modelo de distribuição, que beneficia RJ, ES e SP, é "da Idade da Pedra" e quer convocar colegas do Nordeste para fechar uma proposta. Sérgio Cabral prometeu mobilizar parlamentares do Rio. Em Vitória, o presidente Lula disse que o governo é uma mãe que precisa "aumentar o cobertor ou colocar todo mundo mais juntinho". Apesar de bancos recomendarem ações da Petrobras, o valor dos papéis caiu.

● Não vai ser nada fácil para o presidente Lula segurar essa barra... Afinal de contas, dessa riqueza toda que se espera encontrar no fundo do oceano, cada um quer uma parte um pouquinho maior...

● Os gastos com pessoal e encargos sociais do governo federal devem chegar este ano a 5,11% do PIB. Se as previsões se confirmarem, será a primeira vez que os gastos ultrapassam 5% do PIB - a média no governo Lula era de 4,6%. A proposta de Orçamento divulgada pelo Planejamento mostra que, em 2010, os gastos com a folha devem somar R$ 168 bilhões, atingindo 5,09% do PIB.

● A Comissão de Assuntos Econômicos do Senado autorizou o governo federal a tomar empréstimos de 6,1 bilhões de euros para financiar construção de submarinos e helicópteros das Forças Armadas. Já surgem críticas quanto à compra anunciada de submarinos franceses. Dizem que não é o melhor negócio.

● O Censo Demográfico de 2010, do IBGE, abordará, pela primeira vez, os temas de emigração internacional, etnias indígenas e casamento gay. Os pesquisadores trocarão o formulário e a caneta por computadores de mão com GPS, para agilizar as coisas.

● O ex-ministro do Tribunal Superior Eleitoral José Guilherme Villela pode ter sido morto por conhecidos seus, suspeita a polícia do Distrito Federal. Villela, que foi advogado do ex-presidente Fernando Collor, levou 38 facadas. Sua mulher e a empregada também foram mortas.

● O desmatamento acumulado na Amazônia em 12 meses foi o menor desde 2004, quando estreou o sistema mais rápido de detecção da devastação, mostra o Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Especiais). Os números de julho completam o período de coleta da taxa oficial de desmatamento, a ser divulgada no fim do ano. Para ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, dados definitivos deverão mostrar menor devastação em 20 anos.

● A Câmara Federal deve votar hoje projeto que aumenta em 14.09% os vencimentos dos ministros do STF - que passarão de R$ 24,500 para R$ 27.952. O reajuste deve causar efeito cascata no Judiciário, elevando os gastos em R$ 372,35 milhões.

● A redução do imposto que incide sobre vendas de veículos garantiu a preservação de 50 mil a 60 mil empregos diretos e indiretos na economia, calcula o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea).

● Balanços financeiros do segundo trimestre sugerem que melhorou o cenário do setor de mídia nos EUA. A editora do "New York Times" teve receita líquida US$ 39,1 milhões, ante US$ 21,2 milhões em igual período do ano anterior. Já a do "Washington Post" teve receita líquida de US$ 11,4 milhões, ante perda de US$ 2,7 milhões em 2008.

● O Irã anunciou ontem que levará à mesa de negociações sobre seu programa nuclear medidas que, segundo Teerã, deverão reabrir o diálogo com a comunidade internacional. O governo informou que se esforçará para “remover preocupações comuns". Há suspeitas de que o Irã queira desenvolver armas nucleares. O gesto de abertura foi dado em meio aos sinais de que os EUA vão intensificar as sanções contra o Irã.

terça-feira, 1 de setembro de 2009


Hoje é Dia do Professor de Educação Física. Cumprimentamos a todos, pois atualmente são muitos os profissionais dessa área que atuam em São Manuel e região. Mas, no meu tempo de Ginásio, já lá se vão anos, tínhamos em São Manuel apenas um mestre desse setor, que nos dava aulas de ginástica... Pois é! Nunca dizíamos Educação Física para a matéria...
Era ele o professor Newton Frossard, que veio do Rio de Janeiro e lecionou durante anos na Escola "Dr. Manuel José Chaves". Alegre e falante, torcedor do Fluminense, guardamos dele as melhores recordações. Como a foto acima, que ele tirou com sua máquina, à frente da referida escola, mostrando as três posições de um exercício de apoio sobre o solo. Este blogueiro está do lado direito da foto, no centro um xará, Gildo Mistreta, e à esquerda Luiz Antonio, se não me falha a envelhecida memória. Bons tempos aqueles!
COMENTANDO AS NOTÍCIAS

● Hoje é um dia especial aqui na vida deste blogueiro. Fazem aniversário, minha mulher, Elza, com quem estou casado há 41 anos (o aniversário de casamento será dia 21 deste mês), e o S.C. Corinthians Paulista, fundado em 1910, completando então seus 99 anos de vida! O centenário será no ano que vem. Parabéns!

● Ontem pela manhã fui fazer uma ligação pelo celular e eis que me diz a telefonista da VIVO que não havia saldo para fazer a tal chamada. Mas eu sabia que havia. O que ocorreu foi que eu, novamente, me esqueci de fazer a recarga no prazo estipulado, ou seja, no dia 30 de agosto. Fiz a recarga ontem pela manhã, e comprovei que eu tinha saldo, sim. Será que não tem ninguém que consiga fazer essa VIVO (não sei sobre as outras...) nos atender enquanto tivermos saldo e não até quando vence o prazo que eles estipulam para que se faça nova recarga? Me parece ser isso uma usurpação dos direitos do cidadão. Ou não?

● Morreu no começo da madrugada de hoje o ministro do Supremo Tribunal Federal Carlos Alberto Menezes Direito. Ele estava afastado do trabalho, tinha operado um tumor no pâncreas, estava se recuperando, mas passou mal no final de semana e teve que voltar ao hospital. Não resistiu e morreu aos 66 anos de idade.

● José Guilherme Villela, ex-advogado de Collor, foi encontrado morto em seu apartamento junto da mulher, Maria, e da governanta, Francisca. Corpos apresentam perfurações. Um crime bárbaro, sem sinais de arrombamento nem uso de armas de fogo. Assim é descrito o assassinato de Villela, que é ex-ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

● O presidente Lula anunciou as propostas do marco regulatório para a exploração do pré-sal e confirmou ainda a capitalização da Petrobras em operação estimada em R$ 100 bilhões. Deve ser a maior injeção de recursos já feita no País. Foi oficializada ainda a proposta de criar a Petro-Sal, que administrará a riqueza. Muitos analistas acham que há exagero nessa história. Consideram que o pré-sal ainda vai demorar bastante para dar resultados. Anos, dizem eles. Muitos anos.

● Nova avaliação do MEC reprovou 36,4% das instituições de ensino superior no País - universidades, faculdades e centros universitários. Só 1,3% desses estabelecimentos ganharam nota máxima. A Unifesp, em São Paulo, teve o melhor desempenho entre as universidades. O exame avalia aluno, professor e infraestrutura. No Rio, a melhor nota foi da Escola de Administração da FGV. Então, se as escolas estão nessa pinimba, como é que vamos querer que os estudantes brasileiros aprendam alguma coisa?

● A Organização Mundial de Comércio autorizou o Brasil a retaliar os EUA por subsídios ao algodão. O valor, entre US$ 294,7 milhões e US$ 800 milhões, gerou dúvidas. A sanção pode ser em serviços ou propriedade intelectual. Ganhamos uma, pelo menos...

● O Banco do Brasil lança hoje um pacote com linhas de credito de R$ 14,5 bilhões para micro e pequenas empresas. A medida integra estratégia para ganhar mercado dos bancos privados. Estes, por sinal, que se cuidem. O Banco do Brasil está agindo no terreno da competição como faziam os melhores bancos privados no passado, no tempo em que este blogueiro foi gerente do Itaú...

● A casa do secretário da Saúde de SP, Luiz Roberto Barradas Barata, foi assaltada na última quarta-feira. O roubo ocorreu dois dias antes do assalto à residência de outro secretário do governador José Serra (PSDB), Guilherme Afif Domingos, secretário do Emprego e Relações do Trabalho. Também um grupo armado assaltou, anteontem à noite, uma casa onde moram parentes do deputado estadual Salim Curiati. Será que os bandidos estão perdendo o medo de verdade? Ou já o perderam há tempos?

● O jornal “The New York Times”, em sua edição de ontem, abordou a censura judicial imposta ao “Estadão”. A reportagem coloca o caso no contexto das recentes ameaças à liberdade de imprensa na América Latina. Segundo o jornal, a decisão contra o jornal paulistano é "amplamente vista como um retrocesso”. O 'Estadão' está sob censura há 32 dias.

● A luta da Anvisa para tirar do mercado 14 princípios ativos presentes em mais de 200 agrotóxicos ganhou um aliado: a Assembleia Legislativa paulista votará lei que determina a retirada desses produtos em todo o Estado de São Paulo. Pimentão e morango são os campeões de alimentos com resíduos tóxicos.

● A expectativa de déficit global na safra 2009/10, sustentada pela menor produção de cana-de-açúcar na Índia e pelas chuvas no Centro-Sul do Brasil, impulsionou as cotações do açúcar, que chegaram ao maior preço em 28 anos na Bolsa de Nova York.

segunda-feira, 31 de agosto de 2009

COMENTANDO AS NOTÍCIAS

● Chegamos ao último dia do mês de agosto de 2009. Começa amanhã o mês de setembro, o mês das flores, porque é o mês da Primavera. Que setembro seja bom para todos nós!

● Fontes oficiais informaram que o presidente da Colômbia, Álvaro Uribe, está com gripe suína. O ministro de Proteção Social, Diego Palacio, assegurou que o estado de saúde do presidente é bom. Uribe está em observação em Bogotá e recebe tratamento com Tamiflu. Segundo as primeiras informações, ele teria voltado da Cúpula da Unasul, realizada na semana passada na Argentina, com a gripe.

● O presidente Luiz Inácio Lula da Silva anuncia hoje os projetos com as regras para exploração do petróleo da camada de pré-sal já sob críticas e ameaças da oposição. PSDB, DEM e PPS divulgaram nota conjunta ontem atacando o "oba-oba palaciano" que teria o "objetivo explícito de transformar o tema em plataforma eleitoral", e afirmando que trabalharão de forma articulada para barrar as propostas. O governo pretende implementar o regime de partilha, pelo qual será dono dos campos e receberá a maior parte do petróleo produzido no pré-sal.

● Se a oposição receber a adesão total das bancadas dos três estados produtores - Rio, São Paulo e Espírito Santo, contrários à mudança no sistema -, o Planalto já teria como adversários 218 dos 513 deputados (42,5% da Câmara) e 35 dos 81 senadores (43% do Senado). Os governadores Sérgio Cabral (RJ), Paulo Hartung (ES) e José Serra (SP) se reuniram ontem com Lula para discutir as novas regras.

● Ao som de gritos de "Brasil, urgente, Marina presidente", a senadora Marina Silva se filiou ontem ao PV, num ato em clima de campanha que lotou um auditório em São Paulo, com cerca de mil pessoas. A senadora, que evitou criticar o presidente Lula e o PT, não anunciou sua candidatura, mas dirigentes do PV disseram que já negociam aliança com outras siglas, de olho no tempo de TV.

● Depois de mais de cinco décadas no poder, o Partido Liberal Democrata foi derrotado por ampla margem pelo Partido Democrata do Japão, do futuro premier Yukio Hatoyama, que obteve mais de 300 das 480 cadeiras do Parlamento. Hatoyama, que já começou a formar a nova coalizão, disse que as pessoas pediram mudanças em suas vidas.

● Projeto de lei do governador José Serra (PSDB-SP), que abre a possibilidade de terceirização de toda a rede estadual de saúde, deve ser aprovado em São Paulo. Proposta permite que organizações privadas atuem em todas as áreas da saúde. Antes era só para os novos serviços. Para o governo, o modelo é mais barato. Resta saber se desse jeito o atendimento vai melhorar ou piorar para a população...

● Apesar da crença de que os jovens sempre comandam a popularização das inovações, somente 11% dos usuários do Twitter têm entre 12 e 17 anos. A explosão da ferramenta eletrônica da Internet é impulsionada por um grupo com idade mais avançada.

● A partir de hoje, os Três Poderes da União serão obrigados a publicar nos sites oficiais quem são e quais funções desempenham funcionários públicos, concursados ou não, conforme determinação da Lei de Diretrizes Orçamentárias. Também precisarão divulgar as remunerações referentes aos cargos que ocupam.

● Cresce o número de homens que optam pela vasectomia no Brasil. Entre 2006 e 2008, cirurgias pelo Sistema Único de Saúde aumentaram 57%. No DF, salto foi de 50% em apenas um ano.

● Está com os dias contados o atual sistema do Banco Central de destruição do dinheiro "velho" que é retirado de circulação. Hoje, é uma tarefa intensiva de mão-de-obra e precisa ser acompanhada por equipes formadas por sete funcionários do BC. Um vigia o outro e todos são monitorados por câmeras de vídeo. Depois de destruído, o dinheiro vai para o lixo.

● Agora, o BC abriu uma licitação internacional para modernizar o processo. Máquinas de última geração vão checar a autenticidade, triturar e compactar cerca de 1,5 bilhão de cédulas velhas por ano. O resíduo, hoje depositado em aterros sanitários, será entregue a projetos de reciclagem para ser usado na produção de adubo, papel comum e tijolos. Como explica o chefe do departamento do Meio Circulante do BC, João Sidney de Figueiredo Filho, "o dinheiro é um dos cartões de visita do País, por isso precisa estar sempre em boas condições".

● A Femsa (Bavaria, Kaiser e Sol) vai entrar no mercado de garrafas de 1 litro. Essa embalagem, hoje explorada apenas pela AmBev, foi a maior responsável pelo aumento das vendas de cerveja neste ano, de 2,7% até julho, em volumes. As vendas de vasilhames tradicionais, de 600 ml, caíram 1,25%.

domingo, 30 de agosto de 2009

CRÔNICA DE DOMINGO

Alô gente! Bom domingo e boa semana!
Neste domingo nossa crônica lembra um episódio histórico ocorrido na China. Todos haverão de se lembrar dele, sem dúvida. Foi publicada há alguns meses no jornal O PRATIANO. Boa leitura!
Gildo Sanches

Aconteceu na Praça da Paz Celestial, há 20 anos
A cena eu já a vi dezenas de vezes, sobretudo nos meses de junho, quando se relembra o acontecimento que ocorreu na Praça da Paz Celestial, em Pequim, China. Um chinês se interpõe ao trajeto de tanques de guerra chineses que percorrem a praça, de braços abertos, tentando evitar que a máquina de guerra prosseguisse. O nome dele, ninguém sabe. O que aconteceu com ele depois daquele episódio, também ninguém sabe. Mas ele ficou registrado na fotografia de Jeff Widener, conhecida como "O Rebelde Desconhecido de Tiananmen".
Um outro personagem, esse conhecido, foi libertado da prisão em janeiro deste ano, pouco antes de o fato completar 20 anos, em 04 de junho de 2009. Seu nome era Liu Zhihua, um dos prisioneiros condenados por "hooliganismo" nos protestos de 1989 que culminaram com o massacre da praça de Tiananmen, em Pequim, a mesma Praça da Paz Celestial que o mundo conhece.
Liu tinha 24 anos quando ajudou a organizar uma greve na fábrica na qual trabalhava na cidade natal de Mao Tsetung, na província de Hunan. A greve na empresa estatal de mais de 10.000 trabalhadores era contra a supressão violenta das manifestações em favor da democracia. O crime de Liu foi incitar multidões com discursos contra o governo. Ele passou 20 anos na prisão.
Até hoje, o governo chinês insiste em afirmar que o movimento pela democracia de 1989 foi um conflito contra-revolucionário e defende a repressão aos manifestantes pacíficos em Pequim e em outras partes da China, na qual centenas, ou milhares talvez, foram mortos pelo Exército da Libertação do Povo. Para aqueles fora da elite governante chinesa talvez seja difícil entender por que o governo diz que lidou corretamente com o incidente, apesar da morte de manifestantes desarmados e transeuntes inocentes.
Depois do incidente, por mais de uma década a China foi governada por homens diretamente envolvidos na decisão de enviar tanques, tais como o ex-primeiro-ministro Li Peng e outros elevados aos seus cargos como resultado do conflito, inclusive o ex-presidente Jian Zemin. Muitos de seus sucessores no poder hoje não são diretamente associados aos eventos de 20 anos atrás, mas não demonstraram a menor inclinação pela reavaliação ou reconciliação.
As manifestações em 1989 se concentraram em pedidos por liberdade política e pelo fim da corrupção oficial, duas questões com as quais o partido tem dificuldade de lidar até hoje. "Os supressores de 4 de junho tinham armas pesadas, mas não tinham noção da história", disse Xu Youyu, professor de filosofia da Academia Chinesa de Ciências Sociais, acrecentando que “massacrar civis é rir da justiça e com esse ato os líderes perderam toda legitimidade".
Estas informações foram recolhidas do jornal “Financial Times”, num artigo de autoria de Jamil Anderlini. Ele acha que cerca de 30 pessoas ainda estejam presas por ofensas cometidas nos protestos na China em 1989. Dos libertados, ao menos oito, e provavelmente muitos mais, foram presos novamente, em geral acusados de ativismo político ou de defender direitos humanos. Isso é lamentável.
COMENTANDO AS NOTÍCIAS

● Um bom domingo a todos os que nos acompanham neste Blog! O tempo está bom, não está frio, e o domingo com certeza poderá ser muito bem aproveitado!

● Às vésperas do primeiro aniversário do marco da crise global – a quebra do Lehman Brothers, em 15 de setembro de 2008 –, analistas como Armínio Fraga e José Alexandre Scheinkman concordam que o Brasil está saindo da turbulência maior do que quando entrou. “O fato de que o Brasil passou tão bem pela crise tinha mesmo de instilar confiança”, disse Kenneth Rogoff, da Universidade Harvard, ex-economista-chefe do Fundo Monetário Internacional (FMI). Uma boa notícia!

● Levantamento feito pelo Jornal do Brasil nos balanços de grandes companhias multinacionais – como Volkswagem, Carrefour, Coca-Cola, General Motors e Nokia – revela que elas estão se recuperando do baque da crise econômica graças aos resultados obtidos nos países emergentes. E o Brasil contribuiu decisivamente. Esse dado explica o aumento expressivo das remessas de lucro ao exterior, detectado pelo Banco Central na semana passada.

● A descoberta da camada pré-sal foi anunciada em 2007. As reservas de petróleo e gás estão depositadas a até 7.000 metros de profundidade, abaixo da camada de sal, formada há mais de 100 milhões de anos. Esses reservatórios se estendem do Espírito Santo até Santa Catarina, com 800 quilômetros de extensão e 200 quilômetros de largura. Hoje o presidente Lula se reúne com os governadores do Rio de Janeiro, Espírito Santo e São Paulo, para ver se chegam a um acordo sobre quem fica com quanto do que render a exploração. Claro que cada um quer mais do que o outro...

● O “Estadão” de hoje informa que o governo pretende transformar o anúncio do modelo de exploração de petróleo do pré-sal, previsto para amanhã, em trunfo para a candidatura de Dilma Rousseff à sucessão presidencial. A ministra-chefe da Casa Civil será a estrela da festa. Inspirada na campanha “O petróleo é nosso”, dos anos 50, a cerimônia reunirá aliados e adversários do governo.

● Pela primeira vez em sua história, o Banco do Brasil estuda comprar instituições financeiras no Cone Sul e nos Estados Unidos. Segundo a estatal, nesses mercados há boas oportunidades, já que a crise internacional reduziu os preços dos ativos.

● Cinco meses após lançar o Minha Casa, Minha Vida, o governo Lula iniciou obras de 3,7% do total de 1 milhão de imóveis prometidos. A maior dificuldade tem sido construir unidades para a população mais pobre, alvo de 40% do programa. Essas casas atenderão às famílias que ganham até R$ 1.395 por mês e serão subsidiadas pelo Tesouro Nacional.

● A “Folha de S. Paulo” afirma, hoje, que a recusa de processo contra Antonio Palocci fez mais do que livrá-lo de indícios óbvios de responsabilidades na quebra de sigilo contra o caseiro. Ficam relegadas apurações significativas para a moralidade administrativa. Depoimentos deixaram registrada a frequência, em casa discreta em Brasília, de reuniões sigilosas da chamada “república de Ribeirão Preto”, envolvida em numerosos inquéritos.

● Principal opositor do acordo militar entre a Colômbia e os EUA, o presidente Hugo Chávez caiu em uma espécie de arapuca. O texto final da reunião da União de Nações Sul-Americanas (Unasul) pode barrar futuras alianças envolvendo países do bloco. Entre elas, uma entre Venezuela e Irã.

● A Polícia Federal descobriu rotas alternativas para trazer cocaína ao Brasil. A droga boliviana é transportada em aviões e armazenada em fazendas goianas próximas ao Entorno. Para a PF, a droga seria distribuída no Sudeste e no Nordeste.

DESTAQUES DAS PRINCIPAIS REVISTAS SEMANAIS BRASILEIRAS

VEJA
□□□ Abrimos o cofre do MST – Como o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra desvia dinheiro público e verbas estrangeiras.
□□□ Entrevista – Marina Silva, candidata do PV à Presidência: “Não vou me colocar na posição de vítima da ministra Dilma”.
□□□ José Rainha, o rei dos pelegos – O dissidente do MST achou um jeito de embolsar mais dinheiro: apoiando, sem vergonha de ser feliz, o governo federal e abrindo uma nova fronteira de invasões.

□□□ O legado de Aécio em concreto – A cidade Administrativa encomendada pelo governador mineiro a Oscar Niemeyer retoma o projeto urbanístico traçado por Juscelino Kubitschek para Belo Horizonte.
□□□ Palocci de volta ao jogo – O ex-ministro escapa de ação no STF pela quebra de sigilo do caseiro e vira alternativa do PT para disputar o governo paulista ou até mesmo substituir Dilma na corrida presidencial.

ÉPOCA
□□□ Alergia a comida – Por que o número de casos está aumentando – As novas pesquisas que dão esperança de cura para quem não pode comer certos alimentos.
□□□ O papel de Mantega – Como o ministro da Fazenda contribuiu para a confusão que hoje paralisa a Receita Federal.

□□□ Qual é o futuro de Palocci? – A rejeição pelo Supremo da denúncia no caso Francenildo abre a perspectiva de uma volta do ex-ministro ao centro do palco político.
□□□ Negócios e doações – Contratada para fazer a base dos submarinos comprados pela Marinha, a Odebrecht deu dinheiro para a campanha do relator do projeto no Senado.

ISTOÉ
□□□ Serra versus Aécio – O dilema do PSDB – O que cada um representa para o futuro do partido – As estratégias da oposição para enfrentar Lula – Compare como eles governam São Paulo e Minas.
□□□ Economia – O que está por trás da rebelião da Receita.
□□□ Palocci liberado – Absolvido pelo STF, o ex-ministro passa a ser o curinga de Lula para a eleição de 2010.

□□□ Jobim vai à guerra – O ministro da Defesa reduz cargos, autonomia e poder político de militares e compra briga com o alto comando.
□□□ A revolta do Leão – O ministro Mantega faz vista grossa para o aparelhamento da Receita Federal e quando decide domar o corporativismo descobre que ele ruge alto e morde forte.