sábado, 5 de dezembro de 2009


REFORMA DA ESTAÇÃO

O jornal O DEBATE publica nesta semana notícia informando que a reforma da Estação Ferroviária de São Manuel deve recomeçar em breve. O Conselho de Preservação do Patrimônio Cultural do município, presidido ´pelo empresário Ciro D'Avino, e a Diretoria Municipal de Turismo, que tem à frente Paula Brei, estão trabalhando em conjunto buscando recursos para reforma e restauração do prédio da Estação Ferroviária. A iniciativa privada deve participar desse trabalho e uma verba de R$ 100 mil já foi conseguida pela Diretoria de Turismo junto ao Governo do Estado. Sem dúvida, uma boa notícia para São Manuel. Na foto, a nossa Estação Ferroviária, em seus velhos e gloriosos tempos, quando os principais veículos utilizados na cidade eram as carroças!
DESTAQUES DOS JORNAIS LOCAIS NESTE FINAL DE SEMANA

Jornal O DEBATE, de São Manuel, edição de 04 de dezembro de 2009

♦♦♦ Câmara analisa remanejamento de R$ 1,2 milhão do orçamento – Sessão Extraordinária da Câmara será nesta segunda-feira.
♦♦♦ Milton Monti quer abatimento no Imposto de Renda para doações à Defesa Civil.
♦♦♦ Jornal O DEBATE não circulará na próxima sexta-feira, para preparação da edição especial de Natal, que sairá no dia 18 de dezembro.
♦♦♦ Opinião – As conseqüências nefastas da manipulação de pessoas.
♦♦♦ Clubes – Lions e Rotary – realizam mais uma campanha de coleta de sangue, no dia 16 de dezembro, uma quarta-feira.
♦♦♦ A partir de segunda-feira próxima comércio ficará aberto até as 22 horas.
♦♦♦ Spaço Corpo e Beleza comemora 10 anos de bom atendimento – Falam as proprietárias: Cristina Moreto, Márcia Dega Justo e Vânia Oliveira Juliani.
♦♦♦ Body Piercing, a moda entre meninos e meninas – entrevista com Leley Casquel, proprietária do estúdio Rock Star, Body Piercing e Tatuagem.
♦♦♦ Areiópolis receberá micro-ônibus.
♦♦♦ Pratânia realiza Festival da Viola neste domingo, homenageando José Ferreira Godinho, o “Zé Germano”.
♦♦♦ Jovem é flagrado tentando jogar drogas para dentro da Cadeia Pública.

♦♦♦ Reforma da Estação Ferroviária deve começar em breve.
♦♦♦ A Dengue ainda representa perigo.
♦♦♦ Ponto de Vista – Série Histórias da Rádio Clube AM 1510 kHz – entrevista com Genésio Simões: um longo tempo produzindo e apresentando programas na Clube AM.
♦♦♦ Os vencedores do 2º Festival de Música do Atílio.
♦♦♦ Igrejas Caminho da Paz vão realizar encontro no dia 13, domingo.
♦♦♦ Beleza: o que é flacidez? – matéria da Clínica Harmonia.
♦♦♦ Bazar da Vila Vicentina já está funcionando, na sede da entidade.
♦♦♦ Uma escola risonha e franca – foto dos alunos da 3ª Série do Curso Primário, de 1956, no Grupo Escolar Dr. Augusto Reis. A professora era Dona Mafalda Tedesco.
♦♦♦ Diáconos Cristiano Aparecido dos Santos e Reginaldo A. da Silva, são-manuelenses, serão ordenados sacerdotes no próximo dia 12 de dezembro, às 17 horas, no Santuário de Santa Teresinha, em São Manuel.
♦♦♦ Os pioneiros – o jornalista Miguel Roberto Nítolo escreve sobre a Família Pagan, que conduziram a Pensão Espanhola em São Manuel, a mais concorrida de seu tempo.
♦♦♦ COLUNAS: Esporte (Osmar Corrêa), Bloco de Notas (coluna deste blogueiro), Direito em Debate (drª. Edilaine Rodrigues de Góis Tedeschi), Casual (Letícia Castaldi), Motivação (Bene Bassetto), Momento Religioso (Irmã Maria Antônia de Santana Galvão).
♦♦♦ Flash – as personalidades da cena de nossa região.
♦♦♦ Badalação – moças e rapazes da cidade em fotos coloridas.
♦♦♦ Classificados – os melhores classificados da cidade.

Jornal O PRATIANO, de Pratânia, edição de 04 de dezembro de 2009

♦♦♦ Casas da CDHU: terraplanagem deve ser iniciada em breve.
♦♦♦ Formaturas: Escolas realizam cerimônias no Ginásio Municipal de Esportes.
♦♦♦ Festival da Viola de Pratânia vai homenagear Zé Germano.
♦♦♦ Beleza & Saúde: Por que as costas doem? (terapeuta Everaldo Andrade) /// Beber moderadamente pode prevenir derrame (Fisioterapeuta e acupunturista André Luís Bertani) /// Mais Saúde – Nada como uma boa noite de sono.
♦♦♦ Revisão do Código de Trânsito endurece a Lei Seca.
♦♦♦ Saúde vai ampliar lista de medicamentos gratuitos.
♦♦♦ A arrogância como ameaça – artigo do professor Gaudêncio Torquato.
♦♦♦ Coluna “Em Dia com as Notícias” e a crônica “Para os diabéticos e os não diabéticos”, ambas de autoria deste blogueiro, estão na página 5.
♦♦♦ Mega-sena acumula e sorteia R$ 20 milhões neste sábado – também já é possível apostar na Mega-sena da virada, que será sorteada no final do ano.
♦♦♦ AIDS: 25 milhões de mortos, mas contágio caiu 17% em oito anos.
♦♦♦ Medo de impotência afasta 10% dos homens de operação de próstata.
♦♦♦ Pesquisa mostra que analfabetismo funcional atinge 28% da população brasileira.
♦♦♦ Uso da Internet gratuita em São Manuel, no Telecentro e no Acessa São Paulo.
♦♦♦ São Manuel confirma novamente o selo Verde e Azul.
♦♦♦ Contrato para construção da agência do INSS em São Manuel será assinado nesta sexta-feira.
♦♦♦ Academia Ckeck Mate entrega faixas.
♦♦♦ Programa Ação Jovem apresenta o espetáculo “Relatos de Adolescentes”.

COMENTANDO AS NOTÍCIAS

● A Polícia Federal decidiu pedir a quebra do sigilo bancário do governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda (DEM), e dos demais investigados no escândalo do mensalão do DEM. O STJ é que deverá aprovar ou não esse pedido.

● Transação cria empresa com o quinto maior faturamento anual e o maior empregador privado do País. O Pão de Açúcar adquiriu o controle da Casas Bahia em negócio que não envolveu desembolso de dinheiro, mas definição de participação acionária dos grupos numa nova empresa.

● A operação criou a quinta maior companhia do País em faturamento anual, com R$ 39,6 bilhões, atrás de Petrobras, Vale, Gerdau e AmBev. O negócio também torna o grupo o maior empregador privado do Brasil, com 137 mil funcionários. Segundo o empresário Abílio Diniz, as marcas Casas Bahia e Ponto Frio, que já pertenciam ao Pão de Açúcar, serão mantidas.

● As operações da PM para ocupar morros da Zona Sul da cidade do Rio de Janeiro, com vistas à instalação das Unidades de Polícia Pacificadora (UPP), forçaram a migração de bandidos para os complexos do Alemão e da Penha, que estão voltando a ser as maiores fortalezas do tráfico no estado, como ocorria antes dos Jogos Pan-Americanos. A região da Zona Norte passa por obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), o que dificulta as operações policiais contra os bandidos.

● Ministra Dilma Roussef admite aceitar a eleição presidencial de Honduras, em discurso contrário ao de Lula. Só Deus sabe o que vai dar isso tudo...

● Em treino de fim de festa, jogadores do Corinthians do segundo escalão, trocam socos e ponta-pés em frente às câmeras de televisão e objetivas dos fotógrafos dos jornais e revistas. Que coisa feia!

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

COMENTANDO AS NOTÍCIAS

● Por cinco votos a três, o Supremo Tribunal Federal (STF) abriu ontem ação penal para investigar denúncias de participação do senador Eduardo Azeredo (PSDB) no mensalão mineiro, um esquema de desvio de dinheiro público para políticos aliados na campanha de 1998, quando o tucano disputou a reeleição para o governo do estado. Azeredo, que agora é réu no STF como os quase 40 do caso do mensalão do PT, responderá por peculato e lavagem de dinheiro.

● Um dos operadores do escândalo, também chamado de valerioduto mineiro, é o mesmo Marcos Valério que, em 2005, foi peça-chave na distribuição de dinheiro para aliados do governo Lula. O senador tucano afirmou que é inocente, negou que tenha existido mensalão durante seu governo e voltou a dizer que as provas apresentadas são falsas.

● Sem quórum, a Câmara Legislativa do DF não conseguiu abrir a sessão que discutiria os pedidos de impeachment do governador José Roberto Arruda (DEM), acusado de comandar um mensalão no governo. Os governistas, maioria na Casa, alegaram falta de segurança e não compareceram. A Câmara está ocupada por manifestantes que pedem o afastamento de Arruda. Também não foi criada a CPI para investigar o governo do DF. O relator do processo disciplinar contra Arruda no DEM, José Thomaz Nonô, disse que fará uma análise política e não jurídica do caso.

● O presidente Lula saiu mais uma vez em defesa do Irã, dizendo que os EUA e a Rússia não têm "autoridade moral" para criticar o programa nuclear do país, porque possuem arsenal atômico. Em visita à Alemanha, Lula divergiu publicamente da chanceler Angela Merkel, pedindo paciência com o Irã. Merkel disse que o Irã viola os acordos internacionais sobre o tema há quatro anos.

● Tendo a ministra Dilma Rousseff à frente, o Brasil enviará uma delegação de 700 pessoas para a conferência do clima. Cerca de 220 são dos governos federal e estaduais e do Congresso. Também fazem parte da delegação ONGs e empresas privadas.

● O governador Sérgio Cabral anunciou ontem a contratação da empresa de consultoria do ex-prefeito de Nova York Rudolph Giuliani, para preparar o estado para a Copa do Mundo de 2014 e para as Olimpíadas de 2016. O político americano ficou famoso pelo sucesso da política de Tolerância Zero, que reduziu a criminalidade em Nova York.

● Temporal de 40 minutos causou mortes e parou São Paulo. Na região metropolitana, soterramentos mataram cinco pessoas. De madrugada, um casal morreu num deslizamento em Pinhalzinho, no interior. O volume de água na tarde de ontem em São Paulo correspondeu a 20% da precipitação prevista para dezembro. Segundo a meteorologia, chove hoje também.

● Prevista maior cobertura nos planos de saúde. Ampliação da lista de procedimentos obrigatórios está sob análise da Agência Nacional de Saúde Suplementar. Tratamentos como transplante de medula óssea e inseminação artificial serão oferecidos pelas seguradoras em 2010.

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

COMÉRCIO
As casas comerciais de São Manuel, Pratânia e Areiópolis começam a atender em horário diferenciado a partir de segunda-feira, dia 7. Abrem até as 22 horas. Veja detalhes no site abaixo:

http://www.cluberegional.com.br/site/noticia.php?id=192
COMENTANDO AS NOTÍCIAS

● Segundo o Jornal da Record, o mensalão no governo do DF ganha dimensão nacional e pode influenciar na estratégia de campanha dos candidatos às eleições de 2010. A Câmara Legislativa instalou CPI para investigar as denúncias e na próxima semana o Democratas decide se expulsa ou não o governador Arruda. O presidente Lula, agora, condena o episódio. No dia anterior ele não foi muito claro em suas declarações.

● A gravação de uma conversa entre investigados no escândalo do mensalão do DEM revela que eles chamavam de big boss o governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda. No vídeo em poder da Polícia Federal, o ex-secretário de Relações institucionais Durval Barbosa e o chefe da Casa Civil, José Geraldo Maciel, negociam como direcionar licitações - tudo, segundo Maciel, a mando de Arruda. Ao tratar da arrecadação da propina, Durval diz: "Sempre quem conduz é o big boss lá”. Na Câmara Legislativa do DF, foram lidos seis pedidos de impeachment do governador.

● Ontem, manifestantes invadiram a Câmara Distrital do DF em protesto contra o escândalo de corrupção que envolve o governador Arruda. Houve duas invasões e não foi nada fácil conter os manifestantes.

● Documentos apreendidos pela Operação Castelo de Areia na casa de um funcionário da empreiteira Camargo Corrêa mostram que cerca de US$ 345 mil teriam sido repassados ao atual presidente da Câmara dos Deputados, Michel Temer (PMDB-SP), entre os anos de 1996 e 1998. O parlamentar qualificou o fato como infâmia, pois, segundo ele, o registro encontrado é apócrifo.

● A Justiça Federal em SP condenou Estevam e Sonia, Hernandes, fundadores da Igreja Renascer, a quatro anos de prisão por crime de evasão de divisas. A pena foi transformada em prestação de serviços a entidades filantrópicas. Cada réu pagará multa de R$ 297 mil. Nos EUA, o casal ficou 140 dias preso, cumpriu cinco meses de prisão domiciliar e pagou multa de US$ 60 mil.

● O Ministério da Educação decidiu enviar ao Congresso um projeto que determina que só poderão entrar no ensino fundamental crianças que completem seis anos até o começo do ano letivo. Depois que a duração do ensino fundamental passou de oito a nove anos, mudança que entra em vigor em 2010, cada Estado adotou um mês de "corte".

● A Agência Nacional de Energia Elétrica prometeu apresentar correção nos contratos para evitar distorções que têm provocado perdas para o consumidor. O diretor-geral Nelson Hubner descartou ressarcimento e ameaçou quem não adotar a nova tarifa. Quer dizer, vai sobrar “pra nóis”...

● O Congresso de Honduras acabou com a última chance de Manuel Zelaya, deposto em junho, voltar à Presidência.

● Comissão do Senado aprovou projeto que fixa limites para o tratamento de pacientes terminais e torna lícita a ortotanásia, quando se abandonam procedimentos para prolongar a vida de doentes graves e incuráveis. Antes da sanção presidencial, o texto precisa ser aprovado pela Câmara.

● A estratégia para o Afeganistão anunciada pelo presidente dos EUA, Barack Obama, foi atacada por republicanos e democratas no Congresso. Para a oposição, o envio de mais 30 mil soldados é correto, mas ela criticou a definição de uma data para a retirada. Já o partido de Obama condenou a mobilização militar e a cooperação com o presidente Hamid Karzai, visto como corrupto.

● O Produto Interno Bruto (PIB) pode crescer acima de 6% em 2010. Um crescente número de consultorias aposta em recuperação muito forte da economia brasileira e pelo menos uma instituição, o Credit Suisse, já projeta que o crescimento pode chegar a 6,5% no próximo ano. A variável-chave para o maior ou menor crescimento, dizem os economistas, está no investimento.

● A Petrobras concluiu a instalação do maior supercomputador da América Latina, capaz de realizar 160 trilhões de cálculos por segundo. São 13 mil servidores espalhados por três Estados.

● Barreiras comerciais, crise e câmbio prejudicaram as exportações de frango, cuja receita caiu 19,16% de janeiro a novembro, frente a igual período de 2008. Setor ainda espera repetir o ano passado em volume.

● Ontem o Fluminense venceu, mas não levou. Os 3 a 0 sobre a LDU de Quito, Equador, não foram suficientes e o time equatoriano ficou com a Copa Sul-americana deste ano. Agora, o tricolor carioca vai em busca da permanência na Série A no ano que vem. A decisão será no domingo.

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009


MORRE LOMBARDI, O LOCUTOR DE SILVIO SANTOS

Luiz Lombardi Neto, locutor oficial do apresentador Silvio Santos, morreu aos 69 anos nesta quarta-feira, na cidade de Santo André/SP, em sua casa. Segundo o irmão do locutor, Reinaldo Lombardi, ele foi encontrado morto às 8h desta quarta-feira por sua mulher Eni, na cama de seu quarto . Até o momento ainda não se sabe o que causou a morte do locutor. Durante muitos anos Lombardi ficou incógnito, tendo apenas sua voz conhecida pelos telespectadores. Seu rosto jamais apareceu na televisão de Sílvio Santos. Mas, de uns tempos para cá, vinha aparecendo em outros canais, em jornais e revistas. A foto acima é uma das muitas mostradas hoje pelos sites da Internet.
COMENTANDO AS NOTÍCIAS

● Diante das imagens mostrando o pagamento de propina a políticos ligados ao governo do DF e ao próprio governador José Roberto Arruda (DEM), o presidente Lula desconversou: "A imagem não fala por si. O que fala por si é todo o processo de apuração e investigação". Lula insistiu na necessidade de esperar o resultado do inquérito da Polícia Federal e disse que o presidente da República não pode ficar dando palpites para dizer se algo é bom ou ruim.

● Arruda terá oito dias para apresentar sua defesa à executiva do DEM. O partido está dividido sobre a expulsão sumária do governador do DF, que fez ameaças veladas caso fosse sacrificado. Seu trunfo é ter ajudado financeiramente várias campanhas do partido. O presidente do DEM, deputado Rodrigo Mala, confirmou a ajuda financeira de Arruda a candidatos do partido nas últimas eleições, mas negou caixa dois.

● Flagrado escondendo na meia o dinheiro da propina, o presidente da Câmara Legislativa do DF, Leonardo Prudente (DEM), pediu afastamento por 60 dias. Dos 18 envolvidos na Operação Caixa de Pandora, que apura o caso, dez eram investigados pelo Coaf por movimentações bancárias consideradas suspeitas.

● No primeiro mês em que o capital externo teve de pagar IOF para realizar operações no Brasil, a participação estrangeira nos pregões da Bovespa desceu ao menor patamar em quase cinco anos. Os investidores externos responderam por 28,1% do total movimentado na Bolsa em novembro, até o penúltimo pregão do mês. E o mais baixo percentual desde dezembro de 2004 (27%). Em julho, ele foi de 38%.

● Dez meses após sua posse, o presidente Barack Obama anunciou sua nova estratégia para a guerra no Afeganistão. Ela envolve o envio de 30 mil novos soldados para o front nos próximos oito meses, dá um prazo inicial de julho de 2011 para o começo de retirada das tropas norte-americanas e exige um maior comprometimento do governo afegão com as metas dos EUA.

● Essa medida este blogueiro não entende: se Obama vai retirar os soldados americanos do Afeganistão a partir de julho de 2011, por que enviar mais 30 mil soldados pra lá agora? É complicado...

● O governo aceitou acordo para retomar a votação do marco regulatório do pré-sal na Câmara. Após enfrentar reclamações de quase todos os Estados, a União resolveu ceder parte das receitas a que terá direito na exploração dos campos já licitados, garantindo assim mais recursos para Estados e municípios que não produzem petróleo na costa e mantendo intactas as receitas de Rio e Espírito Santo, os maiores produtores.

● A vacinação contra a gripe comum reduziu em 20% a mortalidade de idosos por enfarte na capital paulista, revela pesquisa do Instituto do Coração de São Paulo (Incor). Isso acontece porque os efeitos da gripe, como desidratação, taquicardia, febre e inflamações, podem atuar como gatilho para problemas cardíacos. A expectativa da população agora é que a nova campanha de vacinação de idosos, inclua também a vacina contra a Gripe A, a tal de gripe suína.

● A expectativa devida do brasileiro é hoje de 72 anos, 10 meses e 10 dias, segundo o IBGE. Em 1998, era de 69 anos, 7 meses e 29 dias. O aumento interfere no cálculo das aposentadorias. Em 2050, os idosos serão 22,7% e as crianças, 13%. "Nosso envelhecimento está se dando a passos muito largos", diz Juarez de Castro, do IBGE.

● A queda do dólar em 26,15% no ano favorece a compra de bebidas importadas para o Natal e o Réveillon. Os supermercados esperam aumento de 12% na venda de vinhos e espumantes, que podem custar até 15% menos que no ano passado.

● Pesquisa da Fiocruz divulgada ontem, Dia Mundial Contra a Aids, revela que 20% dos portadores do vírus perderam seus empregos após o diagnóstico e 58% não trabalham atualmente. O preconceito é uma das principais queixas.

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

COMENTANDO AS NOTÍCIAS

● O governador José Roberto Arruda (DEM) reagiu com ameaças diante da pressão de seu partido para deixar a legenda, três dias após a revelação do pagamento de mensalão no Distrito Federal. Em reunião com a cúpula do DEM, na qual chegou a ser proposta sua expulsão, Arruda disse que tem como se defender e falou em "radicalizar". No fim de semana, ele já havia prevenido interlocutores do partido de que não se calaria se fosse expurgado. Afirmou que revelaria os recursos que saíram do Distrito Federal para várias campanhas do DEM, incluindo a do prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab.

● Janio de Freitas escreve em sua coluna na Folha de São Paulo: “O efeito político mais importante da presença de José Roberto Arruda no novo mensalão é o seu reflexo no esquema previsto pelo PSDB para a sucessão presidencial. A figura que o DEM construiu para a eleição só pode ser candidata a votos de sentença criminal”.

● Um dia depois de Porfírio "Pepe" Lobo, ser declarado o presidente eleito de Honduras, a dúvida ontem era se a votação de domingo passaria no teste da comunidade internacional. A votação tranquila facilita o reconhecimento do resultado. Ainda há divergências sobre quantos eleitores foram às urnas (61% ou 47%). Países como EUA, Colômbia, Peru, Costa Rica e Panamá se mostraram satisfeitos com o andamento da eleição.

● O Brasil começou a recuar de sua rejeição às eleições em Honduras. Marco Aurélio Garcia, assessor do presidente Lula, disse que, se o País considerar que tem que mudar de posição, mudará". O continente está dividido.

● Oscar Arias, presidente da Costa Rica, que é Prêmio Nobel da Paz, disse em seu discurso que estranha um país apoiar as eleições do Irã e do Afeganistão, visivelmente fraudadas, e não apoiar as eleições de Honduras. Sem súvida, um recado direto para o Brasil...

● Todos os contratos em vigor no Detran de São Paulo passarão por auditoria da Secretaria da Fazenda e do Tribunal de Contas do Estado. A devassa foi motivada pelas irregularidades constatadas no emplacamento de veículos. O esquema de fraudes, mostrado ontem pelo jornal O Estado de S. Paulo, provocou rombo de ao menos R$ 40 milhões. A principal irregularidade é o superfaturamento da medição do serviço, pois a prestação de contas incluía número superior de veículos emplacados.

● O Banco do Brasil (BB) vai investir R$ 800 milhões em São Paulo nos próximos cinco anos, após a incorporação da Nossa Caixa. O dinheiro será aplicado em três frentes: renovação do parque tecnológico, abertura de agências e melhora da infraestrutura do banco em São Paulo, o que inclui a contratação de mais funcionários. "Queremos consolidar nossa posição de liderança no Estado", afirmou o presidente do BB, Aldemir Bendine.

● Das 131.700 vagas temporárias criadas no comércio brasileiro neste fim de ano, 19% - ou 25 mil - devem virar emprego com carteira assinada, segundo a Confederação Nacional do Comércio. De 1.442 lojas que abriram vagas temporárias na região metropolitana do Rio, 84,5% pretendem efetivar pelo menos um funcionário.

● O BNDES vai destinar R$ 1 bilhão para que a Fiocruz dê suporte tecnológico a instituições que atuam nas áreas de pesquisa e produção de medicamentos, vacinas e matérias-primas. O Brasil tem déficit comercial de US$ 8 bilhões no setor.

● Os violentos temporais dos últimos dois meses, com ventos fortes, enchentes e granizo, já causaram prejuízos de R$ 4,5 bilhões ao Rio Grande do Sul, segundo a Defesa Civil do Estado. A estimativa, que inclui os estragos provocados na agricultura, nas redes de energia, estradas, prédios públicos e residências particulares, é 3,6 vezes maior que o orçamento de investimentos de R$ 1,25 bilhão para o ano.

● Flamenguistas, Colorados, Palmeirenses e São-paulinos continuam fazendo contas... Embora o Flamengo tenha maiores chances, pois basta apenas vencer o Grêmio no domingo, os demais também podem chegar ao título do campeonato brasileiro deste ano. Um campeonato tão complicado como esse, de repente, pode mostrar mais surpresas no final. Ou não?

segunda-feira, 30 de novembro de 2009

COMENTANDO AS NOTÍCIAS

● O Campeonato Brasileiro mais imprevisível desde o início dos pontos corridos, em 2003, chegará à sua última rodada com quatro equipes com chances matemáticas de conquistar o título. Depois das partidas deste domingo, quem entra com vantagem nessa disputa é o Flamengo, que assumiu a liderança com 64 pontos, pela primeira vez na competição, após vencer o Corinthians (que não jogou nada outra vez) por 2 a 0. Com isso, depende apenas das suas forças contra o Grêmio, no Maracanã, para faturar mais um troféu na sua história.

● Também têm chances, dependendo da combinação de resultados, Internacional, Palmeiras e São Paulo, todos com 62 pontos ganhos, disputando no número de vitórias e no saldo de gols. Na rabeira, o Santo André tenta fugir do rebaixamento, mas para isso precisa vencer o Internacional, no Beira-Rio. Tarefa ingrata essa... Também estão na luta contra a queda para a Série B, Fluminense, Coritiba e Botafogo.

● Terminou o Campeonato da Série B. Sobem no ano que vem, Vasco da Gama, Guarani, Ceará e Atlético Goianiense. Caem para a Série C, Juventude, Fortaleza, Campinense e ABC de Natal.

● O grande destaque no futebol brasileiro ontem foi o gol impressionante de Diego Souza, para o Palmeiras, contra o Atlético Mineiro, de sem-pulo, do meio do campo. Algo fora do comum.

● Conforme o jornal O Estado de S. Paulo, a cúpula do DEM quer o governador José Roberto Arruda (DF) fora do partido. Ele é apontado pelas investigações da Polícia Federal, no âmbito das Operação Caixa de Pandora, como líder do esquema conhecido como “mensalão do DEM", o pagamento de propina para pelo menos quatro secretários e quatro parlamentares do Distrito Federal com recursos uma empresa privada. Há vídeos em poder da polícia que mostram o governador recebendo dinheiro. Ele alega que usaria o montante para comprar panetones e distribuir à população carente.

● O ex-guerrilheiro tupamaro José Mujica foi eleito ontem presidente do Uruguai, batendo nas urnas o ex-presidente Luis Alberto Lacalle, da direita. Segundo as pesquisas de boca de urna, Mujica teve pouco mais de 50% dos votos. Ele já anunciou que quer maior aproximação com o Mercosul.

● Disfarçados de policiais, seis homens invadiram ontem de manhã a carceragem da Polinter, vizinha ao Morro dos Macacos, no Grajaú, e libertaram 30 presos. Cinco deles foram recapturados horas depois. Apenas dois plantonistas tomavam conta de 150 detentos. Os bandidos simularam uma prisão para conseguir entrar na unidade, onde arrombaram cinco celas. O delegado Orlando Zacconi, responsável pelo controle de pessoas na Polinter, reconheceu que o sistema de segurança é frágil.

● Ministros e assessores começaram a defender que o presidente Lula recue e reconheça as eleições de Honduras. Eles avaliam que o Brasil já fez o possível para defender o retorno ao poder do presidente deposto Manuel Zelaya. Em Portugal, Lula manteve a posição brasileira, mas chamou de “piada” a hipótese de Zelaya voltar ao cargo. Pesquisa de boca-de-urna indica vitória de Porfírio Lobo, do conservador PN e rival de Zelaya, com 55% dos votos válidos. Lobo já se declarou vencedor, ontem à noite.

● O governo de Mahmoud Ahmadinejad vai construir mais dez usinas de enriquecimento de urânio. A decisão é uma reação à censura da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), na sexta-feira. Vem mais encrenca por aí...

● Basta dar uma volta pelo centro velho de São Paulo para ver que o ambiente é o mesmo de sempre: correria de pedestres, gritaria de ambulantes e pedintes. Mas começa a desaparecer um dos personagens dessa balbúrdia diária, o “pastinha", funcionário de financeiras que oferecia crédito aos passantes. Restam alguns desses profissionais, que vendem crédito consignado. A crise pode ser a pá de cal para duas das modalidades mais tradicionais do financiamento ao consumo: o empréstimo pessoal, oferecido pelos “pastinhas”, e o crédito direto ao consumidor (CDC).

● Depois de três meses de testes, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) desistiu de usar netbooks na realização do próximo censo demográfico, a maior coleta de dados do país, marcada para agosto de 2010. O desempenho dos netbooks, computadores portáteis de tamanho reduzido, foi um fiasco no teste realizado em Rio Claro (SP). Houve perda de informações, aquecimento excessivo e incompatibilidade para rodar sistemas desenvolvidos pelo IBGE. Os problemas levaram o órgão a cancelar a licitação para adquirir 150 mil equipamentos.

domingo, 29 de novembro de 2009

CRÔNICA DE DOMINGO

Alô gente! Bom domingo e boa semana!
Qual é a verdadeira arte de conviver? Ela existe, e se chama empatia. Experimente ler esta crônica, recentemente publicada no jornal O PRATIANO, para entender o que queremos dizer com a convivência moderna. Boa leitura!
Gildo Sanches

O que é mesmo empatia?
Dia destes, numa roda de amigos, alguém perguntou: o que é empatia? Lembrei-me que havia escrito sobre isso há muito tempo, em meados dos anos 90, e que o texto estava em meu livro “Caderno de Notas”. Encontrei um exemplar no porta-luvas do carro e dei para a pessoa ler. Acho que ela compreendeu então o que significava aquele termo que lhe pareceu tão estranho, até porque, é muito pouco utilizado no nosso dia a dia. Como acredito que muita gente também tenha a mesma dúvida, resolvi reproduzir aqui o texto do livro, que foi publicado com o título “A moderna arte de conviver”.
Segundo o “Aurélio”, empatia é a tendência para sentir o que se sentiria caso se estivesse na situação e circunstâncias experimentadas por outra pessoa. Segundo Daniel Goleman, autor do livro Inteligência Emocional (“A teoria revolucionária que redefine o que é ser inteligente”), que continua sendo um dos mais vendidos nas melhores livrarias do País, a empatia está colocada como uma espécie de principal alavanca para proporcionar o entendimento entre os seres humanos.
A chamada arte de uma pessoa pôr-se em lugar de outra, para estudar ou “sentir” o seu comportamento, é necessária e importante não somente nas diferentes situações da vida, mas também nas trocas de argumentações. Não é de agora que se sabe disso. Qualquer manual de Relações Humanas, por mais antigo que seja, vai registrar isso, lembrando que no dia em que cada indivíduo for capaz de pôr-se no lugar de seus semelhantes, antes de sobre eles expender qualquer pensamento, muitos desentendimentos terão sido eliminados, e haverá maior compreensão e harmonia entre os homens.
Na verdade, quando somos levados a nos indignar ou criticar o comportamento ou atitude de alguém, o fazemos fora de uma situação real e movidos unicamente pelos ímpetos da emoção. A empatia permite não somente maior aproximação da justeza dos nossos conceitos, como também nos inspira a dizer o que é correto, sem descambar para a intolerância, que pode nos levar a ofender os outros, por falta de tato ou mesmo de respeito à pessoa humana.
Quando alguém nos pergunta: “O que é que você faria no meu lugar?”, não podemos dar a resposta na posição em que estamos. Precisamos nos transferir para a posição ocupada por nosso interlocutor, o que vai exigir de nós um alto grau de positivismo e muita sensibilidade.
A prática da empatia necessita que se compreenda o ponto de vista alheio e que se utilize do maior grau de tolerância possível. Temos que nos lembrar que o amor-próprio é a característica fundamental de cada pessoa e que, feri-lo, é desvirtuar a finalidade da comunicação, é fechar as portas ao entendimento e à amizade, entravando qualquer possibilidade de se progredir e obter as boas coisas que a vida tem para oferecer.
Voltando ao livro Inteligência Emocional, vemos que seu autor lembra que a empatia é alimentada pelo autoconhecimento, pois quanto mais conscientes estivermos acerca de nossas próprias emoções, mais facilmente poderemos entender o sentimento alheio.
E mais: ele diz que a incapacidade de registrar sentimentos de outra pessoa, significa que existe um grande déficit de inteligência emocional e uma trágica falha no entendimento do que significa ser um ser humano, pois todo o relacionamento, que é a raiz do envolvimento, vem de uma sintonia emocional, isto é, da capacidade de empatia, que pode – por que não? – ser definida como a moderna arte de conviver.
COMENTANDO AS NOTÍCIAS

●Com a expansão do crédito e do consumo interno, a economia brasileira está aquecida e vários dos seus indicadores já superam os números de setembro de 2008, quando o agravamento da crise mundial atingiu o País em um bom momento. No ano passado, o crescimento foi de 5,1%, apesar da freada no último trimestre. Importante termômetro da atividade econômica, a produção de papelão (usado em embalagens) bateu recorde em outubro, assim como o número de brasileiros em voos domésticos.

● O consumo de energia residencial, por sua vez, registra alta de 7,6%. Já os shoppings preveem que este será o melhor Natal em cinco anos. Economistas alertam que a forte retomada pode antecipar, para 2010, a necessidade de conter a alta de preços com um eventual superaquecimento. Quer dizer, uma forte retomada, pode pressionar a inflação no ano que vem.

● O jornal O Globo afirma em sua edição de hoje que o relatório da PF sobre um esquema de pagamento de propina a deputados do Distrito Federal, que seria comandado pelo governador José Roberto Arruda (DEM), informa que eram repassados R$ 600 mil mensais a políticos do grupo. As investigações, feitas com a ajuda de Durval Barbosa Rodrigues, secretário de Arruda, envolvem também o vice, Paulo Octávio.

● Está na Folha de S. Paulo de hoje: “Criar igreja e se livrar de impostos custa R$ 418 – Religiosos ainda têm direito a prisão especial e dispensa do serviço militar. Bastaram cinco dias úteis e R$ 418,42, somando gastos com cartório e obtenção de CNPJ, para a reportagem da Folha de São Paulo criar uma igreja. Com o número no Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica, os três fundadores da igreja puderam abrir uma conta bancária e fazer aplicações livres de Imposto de Renda e Imposto sobre Operações Financeiras”.

● E a notícia se amplia: “Livrar-se de tributos é a principal vantagem material de abrir uma igreja. Conforme a Constituição, templos estão dispensados de taxas como o IPTU (imóveis urbanos), o IPVA (veículos) e o ISS (serviços). No Brasil, ministros religiosos também têm direito a prisão especial e não precisam prestar serviço militar. Segundo defensores, o objetivo das isenções é evitar que o Estado interfira na liberdade de culto”.

● Ferreira Gullar diz hoje, na Folha de S. Paulo, que “vivência indica que droga leve é 1ª etapa das pesadas”. E complementa: “Vejo com apreensão pessoas e instituições responsáveis defenderem a descriminação das drogas, de todas ou das chamadas drogas leves, como a maconha. A experiência que tenho – eu e muita gente – indica que a droga leve é, quase sempre, a etapa inicial que conduz às drogas pesadas”.

● Do jornal O Estado de S. Paulo de hoje: “UNE é suspeita de fraudar convênios. Entidade recebeu R$ 2,9 milhões do Ministério da Cultura, mas apresentou documentos suspeitos e não prestou contas”. O presidente da UNE, Augusto Chagas, negou má-fé por parte da entidade, que recebeu R$ 10 milhões durante o governo Lula. “A UNE também tem seus problemas administrativos”.

● A eleição de hoje em Honduras está envolta em clima de medo, violência e repressão. Mas o pleito tem o apoio da maioria dos hondurenhos. No Uruguai também tem eleições hoje para presidente, em segundo turno.

● O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) vai passar por uma reformulação. Em 2010, entre as novidades reveladas ao Jornal do Brasil pelo ministro da Educação, Fernando Haddad, está a previsão de serem duas as provas por ano, o que melhora as chances dos alunos. A nota, por sinal, passará a valer por um biênio.

PRINCIPAIS DESTAQUES DAS GRANDES REVISTAS SEMANAIS BRASILEIRAS

VEJA

♦♦♦ O poder da autoajuda – Não adianta torcer o nariz. Entenda por que milhões de brasileiros encontram nesses livros inspiração, amparo e soluções reais para seus problemas.
♦♦♦ Dossiê Polícia – Pesquisa CNT/Sensus – Policiais brasileiros analisam as raízes da corrupção
♦♦♦ Maílson da Nóbrega – Pré-sal, a vingança do retrocesso – Na verdade, a guindada estatizante – que traz novos riscos de privilégios, corrupção e desperdício – pode reduzir as chances de melhor aproveitamento dessa riqueza.

♦♦♦ Será que genro é parente? – Marcelo Sato, casado com a filha mais velha de Lula, aparece em investigação da Polícia Federal conversando com empresário acusado de formação de quadrilha, estelionato e corrupção.
♦♦♦ O mensalão de Brasília – O governador do Distrito Federal é investigado pela PF por suspeita de uso de doações de caixa dois para comprar deputados distritais.
♦♦♦ Derrota da diplomacia petista – Ao insistir em restaurar Manuel Zelaya no poder, o governo brasileiro se torna adversário da saída mais democrática para a crise em Honduras: as urnas.
♦♦♦ Coca para ele; cocaína para nós – Com Evo Morales na Presidência da Bolívia, mais droga passou a entrar pela fronteira brasileira. Nas próximas eleições, ele ganhará mais cinco anos.

ÉPOCA

♦♦♦ O Brasil empreendedor – As histórias inspiradoras de gente que abriu um negócios próprio, mudou de vida, e está construindo um novo País.
♦♦♦ Casas em Brasília – Bolha imobiliária ou negócios escusos?
♦♦♦ Abriram a Caixa de Pandora – Uma nova operação da Polícia Federal investiga irregularidades e corrupção no governo do Distrito Federal.

♦♦♦ Carona VIP nas asas da FAB – A história do voo da Presidência que levou Fábio Luís da Silva, filho do presidente Lula, e mais 15 amigos para um feriado em Brasília.
♦♦♦ Marina na alta-roda – Sem maquiagem, a pré-candidata do PV entra no mundo luxuoso dos empresários e das socialites em busca de apoiadores e financiadores.
♦♦♦ A guerra dos Mendes – Como uma disputa entre os herdeiros de Chico Mendes levou a uma investigação sobre desvio de dinheiro público no Acre.
♦♦♦ O candidato saiu da toca – Ele fala como candidato, anda como candidato, age como candidato. e até beija como candidato. Só falta José Serra dizer o óbvio: é mesmo candidato.

♦♦♦ As histórias inspiradoras de quem constrói um novo Brasil – As classes C e D não estão só consumindo mais. Elas estão empreendendo. O que isso significa para o País.
♦♦♦ O valor dos céticos – Um escândalo sugere que pesquisadoras do clima censuraram vozes dissidentes para superestimar o aquecimento global. E agora?
♦♦♦ O ataque dos drones – Em breve estarão nos céus do Brasil as aeronaves sem piloto que a Polícia Federal comprou para combater o tráfico.

ISTOÉ

♦♦♦ 11 perguntas que a ciência não consegue responder – Tudo sobre misteriosos fenômenos, como a cura pela fé, o fim do mundo e a premonição, que ainda desafiam o conhecimento humano.
♦♦♦ Marajás - Tribunal de contas descobre mais de mil funcionários públicos com salários milionários.
♦♦♦ Ser ou não ser – O tucano José Serra tem muito a perder se deixar o governo paulista e só entrará na briga nacional se conseguir fazer da campanha uma disputa entre ele e Dilma e não entre FHC e Lula.

♦♦♦ A Caixa de Pandora – Polícia Federal envolve governador de Brasília em esquema de corrupção para subornar deputados.
♦♦♦ O assessor da discórdia – Ação atrapalhada de Garcia causa rusga com os EUA.
♦♦♦ Conquista ameaçada – Com apenas três anos em vigor, a Lei Maria da Penha, que une a violência contra a mulher, pode ser extinta pelo Senado Federal.
♦♦♦ Meu filho sumiu. E agora? – Governo cria cadastro de crianças desaparecidas. Mas os pais precisam fazer a sua parte.

CARTA CAPITAL

♦♦♦ Personagem do mundo – Lula não é só o presidente mais popular do Brasil. Ganha também aprovação planetária.
♦♦♦ Ditadura – O Ministério Público volta à carga contra os crimes da repressão.
♦♦♦ Editorial – Mino Carta – Lambari exemplar – Retorno ao caso Battisti, infelizmente. Para acentuar a diferença entre os anos de chumbo lá deles e os nossos.

♦♦♦ Linha de Frente – Wálter Fanganiello Maierovitch – Genro, Garibaldi às avessas – Por favor, presidente Lula, leia estas histórias.
♦♦♦ Os vencidos não se entregam – MST – Visita ao acampamento dos invasores rechaçados das terras da Cutrale.
♦♦♦ Sextante – Antonio Delfim Netto – Os problemas de Obama – O maior desafio do presidente americano, com quase um ano de governo, ainda é provar que fará mais do que salvar os bancos do colapso.