sábado, 30 de janeiro de 2010


MEU AMIGO ZILDO
Fomos colegas de Ginásio, na década de 50. Ele era alguns anos mais velho que eu. Depois eu segui a carreira bancária e ele a de professor. Ensinou Matemática em várias escolas do Estado de São Paulo. Foi diretor do nosso antigo Colégio Agrícola, e mantinha uma forte amizade com meu pai, Tomás Sanches, que por sua vez era muito amigo do pai dele, o “Seu” Pedrão, funcionário da Escola Normal e Colégio Estadual “Dr. Manuel José Chaves”. Há alguns anos Zildo Pereira de Almeida veio residir na mesma rua em que eu moro, defronte à minha casa. Gostava de ler e me emprestava livros. Eu fazia o mesmo com ele, e o municiava com os jornais O DEBATE e O PRATIANO, todas as semanas. Conversávamos quase que diariamente, sobre um ou outro assunto. Neste final de semana não deu tempo de entregar os exemplares a ele. Meu amigo Zildo Pereira de Almeida morreu. Ele tivera um AVC há algum tempo, mas vinha se recuperando. Caminhava sozinho, conversava com facilidade, parecia estar bem. Nossa saudade! Que Deus o tenha!
DESTAQUES DOS JORNAIS LOCAIS NESTE FINAL DE SEMANA

Jornal O DEBATE, de São Manuel, edição de 29 de janeiro de 2010

♦♦♦ Chuvas colocam pontes de São Manuel em risco.
♦♦♦ Opinião – O lobo perde o pelo, mas não perde o vício.
♦♦♦ Mulher é seqüestrada por motivos passionais.
♦♦♦ 1º Porco na Brasa acontece no dia 7 de fevereiro, na Creche Dona Leonor Mendes de Barros, numa promoção do Grupo de Ajuda aos Portadores de Câncer de São Manuel.
♦♦♦ Igreja Matriz inicia reforma na segunda-feira.
♦♦♦ Trilha Sonora – Renato Bragiato escreve sobre o saudoso locutor da Rádio Bandeirantes Muibo Cesar Cury.
♦♦♦ Polícia localiza possível cativeiro de rapaz sequestrado em Bocaina.
♦♦♦ Bauru tem 80 casos com supervirus da aids.
♦♦♦ Acompanhe os resultados do Campeonato de Bocha no Bar do Campo.
♦♦♦ Ponto de Vista – Série Histórias da Rádio Clube AM 1510 kHz – entrevista com Rodrigo Neves, diretor da Rede Bandeirantes de Campinas.
♦♦♦ Os pioneiros – o jornalista Miguel Roberto Nítolo escreve sobre a Família Cella.
♦♦♦ COLUNAS: Esporte (Osmar Corrêa), Bloco de Notas (coluna deste blogueiro), Direito em Debate (drª. Edilaine Rodrigues de Góis Tedeschi), Casual (Letícia Castaldi), Motivação (Bene Bassetto), Momento Religioso (Irmã Maria Antônia de Santana Galvão), Viva Bem (Dr. Thiago Ragozzo).
♦♦♦ Flash – as personalidades da cena de nossa região.
♦♦♦ Badalação – moças e rapazes da cidade em fotos coloridas.
♦♦♦ Classificados – os melhores classificados da cidade.

Jornal O PRATIANO, de Pratânia, edição de 29 de janeiro de 2010

♦♦♦ Mutuários aguardam início da construção das casas da CDHU.
♦♦♦ Alunos do Instituto Ana Nery são contratados por empresas de São Manuel.
♦♦♦ ACESM empossa nova diretoria.
♦♦♦ Surtos e Sustos – artigo do professor Gaudêncio Torquato.
♦♦♦ Beleza & Saúde: Qualidade de vida - fundamental (terapeuta Everaldo Andrade) /// Mais Saúde – O tratamento do câncer e a saúde cardiovascular /// Autotratamento – Cuidado!!! (fisioterapeuta Marcos Vinícus de Oliveira Neto).
♦♦♦ Coluna “Em Dia com as Notícias” e a crônica “Os obstáculos estão em sua cabeça”, ambas de autoria deste blogueiro, estão na página 5.
♦♦♦ Câmara esteve reunida em sessões extraordinárias.
♦♦♦ DE SÃO MANUEL: Primeira etapa da pavimentação do Ouro Verde deverá ser iniciada nos próximos dias /// Obras da Creche da COHAB I irão consumir mais de R$ 378 mil /// Cemitério terá sepulturas com gavetas e 600 novas vagas serão abertas /// Empreiteiras realizam visita técnica na Ponte do Silva.

DICA DO DIA
Olha no teu jardim as rosas entreabertas, e nunca as pétalas caídas.
Observa em teu caminho a distância vencida, e nunca o que falta ainda.
Guarda no teu olhar os brilhos de alegria, e nunca as névoas de tristeza.
Lança com tua voz risadas e canções, e nunca os teus gemidos.
Conserva em teus ouvidos as palavras de amor, e nunca as de ódio.
Grava em tua pupila o nascer das auroras, e nunca os teus poentes.
Conserva no teu rosto as linhas do sorriso, e nunca os sulcos do teu pranto.
Conta aos homens o azul das tuas primaveras, e nunca as tempestades do verão.
Guarda da tua face apenas as carícias e esqueça as bofetadas.
Conserva de teus pés os passos retos e puros e esqueça os transviados.
Guarda de tuas mãos as flores que ofertaram e esqueça os espinhos que ficaram.
De teus lábios conserve as mensagens bondosas e esqueça as maldições.
Relembra com prazer as tuas escaladas e esqueça o prazer fútil das descidas.
Relembra os dias em que foste água limpa e esqueça as horas em que fostes brejo.
Conta e mostra as medalhas das tuas vitórias e esqueça as cicatrizes das derrotas.

Olha de frente o sol que existe em tua vida e esqueça a sombra que fica atrás.
A flor que desabrocha é bem mais importante do que mil pétalas caídas. E só um olhar de amor pode levar consigo calor para aquecer muitos invernos.
A bondade é mais forte em nós e dura muito mais do que o mal que nós mesmos praticamos.
Seja otimista e não esqueça de que é no fundo das noites sem luar que brilham muito mais as estrelas!
(autoria desconhecida)

COMENTANDO AS NOTÍCIAS

● Conforme o jornal Folha de S. Paulo, o Brasil deve enviar na próxima semana missão técnica de alto nível para tentar minimizar a crise energética na Venezuela. A ajuda foi acertada em Caracas, em encontro de Marco Aurélio Garcia, assessor internacional do Planalto, e do secretário-executivo do Ministério de Minas e Energia, Márcio Zimmermann, com Alí Rodríguez, ministro de Energia Elétrica, pasta recém-criada pelo governo Hugo Chávez.

● Milhares de estudantes não conseguiram se cadastrar no primeiro dia de funcionamento do Sistema de Seleção Unificada. Por ele, quem fez o Enem pode concorrer a mais de 47 mil vagas em instituições públicas. As inscrições têm de ser feitas até quarta pelo site do Sisu, que falhou ao longo do dia. Até as 19h, foram 45 mil inscrições num universo de 2,9 milhões de alunos. O MEC atribuiu a situação ao número de acessos.

● Três anos após o país ter enfrentado o caos aéreo, o governo decidiu fixar padrões de qualidade no atendimento aos usuários nos aeroportos. Um decreto enviado pelo Ministério da Defesa à Casa Civil, a ser assinado por Lula antes do carnaval, vai estabelecer o tempo máximo que a empresa aérea terá para fazer o check-in do passageiro após ele chegar ao balcão, para a devolução da bagagem e para as filas de controles de Polícia Federal, Receita Federal e Anvisa. O decreto dará à Infraero poderes de coordenação sobre os serviços prestados por vários órgãos públicos que atuam, isoladamente, nos aeroportos.

● Em entrevista após descer de um de seus primeiros palanques sem Lula, a ministra Dilma disse que gostaria de substituí-lo: “O presidente tem de ter sucessor à altura. Gostaria que me escolhessem”, afirmou, ressalvando que ainda não foi indicada. Marina Silva, pré-candidata do PV, reclamou: “Anteciparam a campanha, infelizmente. Não dá para você antecipar o jogo e dizer aos outros: ‘Não joguem!”.

● O presidente Luiz Inácio Lula da Silva agradeceu, na voz do chanceler Celso Amorim, o prêmio de “estadista global” do Fórum Econômico Mundial, com proposta nada modesta. “É hora de reinventarmos o mundo e suas instituições”, afirmou. O discurso teve tom de louvação de seu governo e de crítica ao resto do mundo.

● Lula, que não viajou para a Suíça por causa de crise de hipertensão, realiza hoje pela manhã exames médicos em São Paulo. Ontem, ele não saiu de sua casa em São Bernardo do Campo.

● O PIB dos EUA cresceu 5,7% no último trimestre de 2009, a maior expansão em seis anos. O crescimento superou as expectativas do mercado, de 4,8%. Mas o PIB avançou sobretudo por causa da desaceleração na redução de estoques, e não por uma alta do consumo ou de investimentos.

sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

DICA DO DIA
Pense em todas as coisas pelas quais você luta hoje. Você está vivo, cheio de energia. Você é inteligente, eficiente e capaz de conquistar qualquer coisa para a qual você se empenhar. Você está vivendo num mundo cheio de oportunidades, num tempo em que o conhecimento está se expandindo mais rápido do que nunca. As inovações tornam a vida mais interessante a cada dia. Você está cheio de entusiasmo e propósito. Você tem todo um arsenal de experiências e perspectivas únicas que permitem criar valor em um grande número de situações. Você pode fazer as coisas acontecerem. Você pode ter pensamentos grandiosos. Você pode amar e cuidar. Você pode inovar. Você pode resolver problemas. Você pode compreender. Um mundo de oportunidades está hoje aos seus pés, esperando que você entre nele com confiança e faça a diferença.
(www.diabetenet.com.br/motivacional).

COMENTANDO AS NOTÍCIAS

● Esta noite choveu muito aqui em São Manuel. Não foi uma chuva muito forte, foi daquelas chamadas criadeiras, mas está chovendo até agora...

● Conforme o jornal O Estado de S. Paulo, o ministro Guido Mantega (Fazenda) disse que as medidas fiscais para socorrer a economia, como o corte de IPI, serão eliminadas. "Achamos que, se a economia está crescendo, ela não precisa mais da ajuda do Estado." Ele adiantou que a isenção para a linha branca acabará neste fim de semana. Segundo Mantega, a indústria sofreu contração de 5% a 6% em 2009, mas as perspectivas são de crescimento.

● Mas é bom aguardar a palavra do chefe, quero dizer, do presidente Lula. O ministro Mantega já voltou atrás várias vezes em situações parecidas...

● Depois de ser internado às pressas ontem de madrugada no Recife, devido a uma crise de hipertensão, o presidente Lula cancelou seus compromissos até domingo. Lula, que já demonstrava sinais de cansaço desde terça-feira, passou mal dentro do avião que estava pronto para decolar com destino a Davos, na Suíça, onde receberia o título de Estadista Global 2009, no Fórum Econômico Mundial. Exames diagnosticaram ainda um princípio de infecção respiratória, que está sendo tratada com antibióticos.

● O médico da comitiva presidencial atribuiu a pressão alta (que chegou a 18 por 12) a estresse e fadiga. Às voltas com atividades de governo e com a pré-campanha da ministra Dilma Rousseff à sua sucessão, Lula teve, em apenas três dias desta semana, dez compromissos públicos em cinco cidades. Por causa da agenda carregada, deixou de fazer check-up em 2009.

● Em atividades de governo e de pré-campanha à sua sucessão, Lula cumpriu, só nesta semana dez compromissos públicos em cinco cidades - São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Brasília e Recife. Em 2009, foram 83 dias viajando pelo Brasil e 91 dias no exterior (três meses), visitando 31 países. Quando está em Brasília, a agenda de Lula nunca é mais curta do que 12 horas. Desde 2003, quando assumiu, Lula passou 426 dias no exterior. Já as viagens nacionais somaram 69 dias, incluindo, sábados e domingos, Lula ficou 136 dias longe de Brasília. Já há sugestões da equipe para que Lula mude sua rotina de trabalho.

● O governo decidiu renovar as concessões do setor elétrico que vencem entre 2015 e 2020. Minuta de medida provisória que regulamenta a decisão está em fase final. Com essa decisão, o governo descartou a possibilidade de tomar as concessões para fazer um novo leilão. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva ainda não decidiu quando encaminhará a MP ao Legislativo. Tudo indicava que a decisão ficaria para o próximo governo. Mas, como a indefinição prejudica o setor elétrico, o governo resolveu encaminhar agora uma solução para o problema.

● O governo teve de contabilizar como investimento R$ 13,9 bilhões em gastos do Programa de Aceleração do Crescimento para cumprir a meta fiscal do setor público em 2009. Ao longo do ano, a meta já havia sido reduzida de 3,8% do PIB para 2,5%. Sem esse artifício, União, Estados e municípios teriam registrado superávit primário menor que o piso. Segundo o Banco Central, o setor público poupou R$ 64,5 bilhões para pagar juros da dívida - 2,06% do PIB -, o pior resultado da década.

● Das 18 agências que disputam a conta de publicidade da Petrobras, de R$ 250 milhões, 15 lançaram em ata dúvidas sobre a lisura da licitação após um site publicar o nome das três primeiras colocadas duas horas antes da divulgação oficial. Segundo a Petrobras, a disputa ainda não terminou.

● O delegado-geral da Polícia Civil paulista contestou reportagem da Folha de S. Paulo de domingo que apontou que a Corregedoria-Geral da corporação investiga 800 dos 3.313 delegados do Estado. Em nota, Domingos Paulo Neto disse que, em 2009, houve 48 investigações de casos considerados graves. Os 800 casos apontados pela reportagem não se resumem ao ano passado.

● Nas quatro áreas que compuseram o Enem 2009, sem contar a redação, metade dos candidatos teve notas inferiores aos 500 pontos estabelecidos como média. Pela primeira vez, os estudantes receberam cinco notas no exame.

● Os expurgos no governo venezuelano mostram que o presidente Hugo Chávez decidiu fazer uma "revolução geracional". Segundo analistas do país, a velha-guarda chavista estava resistindo ao aprofundamento do caráter socialista de seu governo. Os novos escolhidos fazem questão de tornar pública sua lealdade a Chávez.

● O vice-primeiro-ministro da China, Li Keqiang, disse ontem no Fórum Econômico Mundial que a economia chinesa vai mudar e o crescimento dependerá mais do mercado interno, especialmente do consumo. "Faremos todo o esforço para aumentar o emprego e ajustar a distribuição de renda." A mudança está sendo precipitada por causa da crise global.

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

DICA DO DIA
Para viver a vida que você quer, você deve ser quem você é. Isso pode soar como um bonito jogo de palavras, mas pense a respeito. Você pensa seus próprios pensamentos? Você sonha seus próprios sonhos? Você determina suas próprias metas? Ou você os pega emprestados de outros? Ter mais e mais do que você não quer realmente não lhe trará felicidade.A vida que você deseja não está em seguir os sonhos de outros, a idéia de outros sobre o melhor lugar para viver, ou a idéia de outros sobre o melhor carro para dirigir. A verdadeira felicidade e realização requerem que você tenha coragem de ser você mesmo. Existe uma razão para você querer as coisas que você quer. Você é a pessoa melhor equipada para alcançá-las. Quando você perseguir o que você realmente deseja da vida, então você estará satisfazendo seu conjunto de oportunidades, dando sua própria e especial contribuição, criando valores como só você pode fazer. Seja você de verdade. Você e o mundo inteiro serão mais ricos com isso. (www.diabetenet.com.br/motivacional).


LULA PASSA MAL E É INTERNADO
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva passou mal no começo da madrugada passada, quando já estava no avião para seguir viagem para Davos (Suíça), onde receberia o prêmio de Estadista do ano. Sua pressão arterial, segundo seu médico particular, chegou a 18/12, e ele não é hipertenso. Fez exames e nada de anormal foi constatado. Segundo a Folha On-line o presidente saiu às 6h58 desta quinta-feira do Hospital Português, no Recife, com aparência abatida, vestido com um conjunto de moleton branco. Ele estava acompanhado pelos ministros Dilma Rousseff (Casa Civil) e Alexandre Padilha (Relações Institucionais), que passaram toda a noite com o presidente. Lula cumprimentou a equipe médica e não deu declarações à imprensa. Ele seguiu para São Paulo e depois irá para seu apartamento em São Bernardo do Campo, onde ficará em repouso até domingo.

COMENTANDO AS NOTÍCIAS

● O presidente Lula ignorou o relatório do Tribunal de Contas da União (TCU) e liberou quatro obras da Petrobras com indícios de irregularidades graves. Os repasses e convênios das obras incluídas na lista do TCU estavam suspensos até que falhas fossem sanadas. Mas, ao sancionar o Orçamento da União, deste ano, Lula retirou da lista as quatro obras da Petrobras. O governo alega que, com a paralisação seriam perdidos 25 mil empregos. A oposição, porém, tentará derrubar o veto presidencial a partir do próximo dia 2, quando o Congresso retoma os trabalhos.

● Diante do público abaixo do esperado de "Lula, o filho do Brasil", o produtor Luiz Carlos Barreto planeja uma caravana para exibir o filme a preços populares, em cidades sem salas de cinema. A ideia é chegar a 12 milhões de espectadores. "Lula" foi visto por 800 mil, e o público esperado era de até 20 milhões. Para Barreto, foi um erro ter exibido o filme no Festival de Brasília. "A polêmica o transformou num filme político. E filme político é um saco, ainda mais nas férias".

● A promessa de construir 1 milhão de imóveis não saiu de onde começou: os palan­ques. Embora tenha dobra­do o crédito, a Caixa não atingiu a meta de 400 mil moradias financiadas no programa Minha Casa, Mi­nha Vida em 2009. Foram 275 mil. Com isso, terá de triplicar o total de imóveis financiados para atingir a meta em 2010.

● O ministro Paulo Vannu­chi (Direitos Humanos) ad­mitiu que o Programa Na­cional de Direitos Humanos errou ao defender a descri­minalização do aborto. Ele assumiu a responsabilidade pelo erro e disse que o tex­to será alterado.

● A recusa do governo pe­ruano às ofertas de helicópteros de países vizinhos, entre eles o Brasil, está atra­sando o resgate de 1.400 tu­ristas retidos em Machu Picchu. Há ao menos 200 brasileiros, que reclamam do caos.

● As estradas paulistas sob controle do Estado tinham ontem 123 trechos interdi­tados devido às chuvas, em uma malha rodoviária de 15.000 km; em 9 trechos, as interdições eram totais. Desde novembro, foram feitos 600 bloqueios nas ro­dovias em razão de erosões e quedas de barreiras. Para Delson Amador, superin­tendente do DER-SP (De­partamento de Estradas de Rodagem), há risco de pro­blemas no Carnaval.

● O governo abrirá amanhã as inscrições no site do Sis­tema de Seleção Unificada, no qual alunos que fizeram o Enem poderão se candida­tar a 47,9 mil vagas em uni­versidades públicas e outras instituições. Hoje sairão as notas individuais do exame. Segundo o Ministério da Educação, a página terá es­trutura suficiente para não apresentar problemas de acesso. A prova do Enem em 2009 foi realizada por 2,5 milhões de alunos.

● Após "lua de mel", o mer­cado passou a considerar o Brasil "caro", reflexo da va­lorização do dólar e da aver­são ao risco. O pais perdeu US$ 1,5 bilhão em dois dias. No ano passado, houve saldo positivo de US$ 19 bilhões. A Bolsa, brasileira, que su­biu em dólares 145% em 2009, teve a segunda maior baixa global em 2010 - 11%, após cinco dias de perdas. O real se desvalorizou em 6% neste ano. O câmbio fechou com o dólar em R$ 1,859 ontem.

● A minuta do decreto pre­sidencial que autoriza a Te­lebrás a oferecer acesso à in­ternet em locais pouco aten­didos pelo setor privado provocou forte reação das companhias telefônicas. Operadoras ameaçam ir à Justiça para que a estatal não atue na internet, área em que está o futuro das teles. Empresário, chamou o projeto de "loucura". Inves­timento do governo pode superar R$ 4 bilhões.

● Uma onda de boatos tomou con­ta da Venezuela na noite de ter­ça-feira, após um dia de protes­tos e luto pela morte de dois ma­nifestantes. Na TV, o presidente Hugo Chá­vez desmentiu os rumores de que teria sido preso ou assassinado, por militares.

● Cientistas da Universidade Stanford desenvolveram uma técnica que transforma células da pele diretamente em neurô­nios. É mais um passo para su­perar as complicações éticas que envolvem pesquisas com cé­lulas-tronco embrionárias. Fo­ram feitos testes in vitro em cé­lulas de camundongo.

quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

DICA DO DIA
Diz uma antiga fábula que um camundongo vivia angustiado com medo do gato. Um mágico teve pena dele e o transformou em gato. Mas aí ele ficou com medo do cão, por isso o mágico o transformou em pantera. Então ele começou a temer os caçadores. A essa altura o mágico desistiu. Transformou-o em camundongo novamente e disse: “Nada que eu faça por você vai ajudá-lo, porque você tem apenas a coragem de um camundongo. É preciso coragem para romper com o projeto que nos é imposto”. Mas, saiba que coragem não é a ausência do medo, é sim a capacidade de avançar, apesar do medo; caminhar para frente e enfrentar as adversidades, vencendo os medos... É isto que devemos fazer. Não podemos nos derrotar, nos entregar por causa dos medos. Assim, jamais chegaremos aos lugares que tanto almejamos em nossas vidas... Muita força e coragem! (Thais Gardel, no www.diabetesnet.com.br/motivacional).

CHUVA
Desde 1° de dezembro, a chuva causou prejuízos em 132 das 645 cidades de São Paulo - de cada cinco municípios, um teve cheias, deslizamentos, transbordamentos de rios ou mortes provocadas pelas chuvas. Situação de emergência foi decretada em 26 cidades. Em protesto contra as enchentes, moradores do Jardim Pantanal, na zona leste da capital, fecharam a rodovia Ayrton Senna. Balanço: 62 mortes no Estado de SP, desde 1ºdez; 35 dias de chuvas contínuas na capital; 419,5 mm: é o volume de chuva acumulado em janeiro até ontem; 407,7 mm era recorde mensal de chuvas do CGE, de fev. 95.
Duas das quatro represas do sistema de produção de água Cantareira, o maior da Grande São Paulo, transbordaram ontem por causa do excesso de chuvas. Isso não ocorria havia 11 anos. Pelo menos nove municípios, onde vivem 770 mil pessoas, correm risco de inundação. O temporal de ontem causou 52 pontos de alagamento na capital.

COMENTANDO AS NOTÍCIAS

● Mais de três meses após a depredação de fazenda da empresa Cutrale em São Paulo, a Polícia Civil desencadeou a Operação Laranja, com o objetivo de cumprir 20 mandados de prisão de pessoas ligadas ao MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra). As prisões ocorreram na região de Iaras e Bauru (noroeste do Estado). Foram cumpridas sete ordens de prisão, mas duas pessoas que não estavam na lista foram detidas por porte ilegal de armas, levando a nove o total de detidos. Ao final do dia, havia 13 foragidos.

● Entre os detidos estão o ex-prefeito de Iaras Edilson Xavier, do PT, a vereadora Rosimeire Serpa (também petista) e o marido dela, Miguel Serpa, da direção estadual do MST, acusados de liderar a invasão. Foram apreendidos ainda computadores e celulares. Em nota, o MST disse que foram "apreendidos pertences pessoais de muitos militantes e exigidas notas fiscais e outros documentos para forjar acusações de roubos e crimes afins". A Cutrale disse que teve prejuízos de R$ 1,2 milhão com a invasão.

● O governo brasileiro vai vacinar, entre 8 de março e 7 de maio, 62 milhões de pessoas contra a gripe suína. Em quatro etapas, a vacinação vai abranger profissionais de saúde, índios, doentes crônicos, crianças entre 6 meses e 2 anos, gestantes, adultos de 20 a 29 anos e idosos com doenças crônicas. Clínicas particulares terão de importar as vacinas

● O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) afastou do cargo o corregedor-geral do Tribunal de Justiça do Rio, desembargador Roberto Wider. Ele responderá a processo disciplinar pela suspeita de favorecimento ao lobista Eduardo Raschkovsky, acusado de vender decisões judiciais em troca de propina. A decisão do CNJ foi motivada por reportagens publicadas pelo jornal O Globo a partir de novembro passado, mostrando a atuação de Raschkovsky nos bastidores do TJ do Rio.

● Novos protestos contra a falta de liberdade de expressão no governo Chávez e a demissão de Eugenio Vasquez Orellana, presidente do Banco de Venezuela, estatizado em julho, elevaram a tensão no país. Segundo o governo, dois estudantes chavistas morreram nas manifestações ocorridas na véspera em Mérida.

● Tropas brasileiras que participavam da distribuição de alimentos e água em frente ao Palácio Presidencial de Porto Príncipe, no Haiti, precisaram usar gás lacrimogêneo e de pimenta para dispersar a multidão que disputava furiosamente a comida.

● Decreto que esta sendo elaborado pelo governo propõe recriar a Telebrás e permite que ela atue no varejo e no atacado, criando subsidiárias. Com isso, a estatal poderá oferecer banda larga a usuários e a1ugar rede a empresas.

● Honduras tenta encerrar hoje sua crise política com a posse do direitista Porfírio Lobo na Presidência e a saída rumo ao exílio do mandatário deposto Manuel Zelaya, que está há mais de quatro meses na embaixada brasileira, e deve ir para a República Dominicana. A Suprema Corte anulou o processo contra a cúpula das Forças Armadas pela expulsão do deposto. Até que enfim...

● Uma proposta em estudo no governo torna obrigatória o pagamento, por empresas brasileiras, de 5% do lucro líquido a seus empregados. A idéia lançada no Fórum Social Mundial, e sua divulgação desencadeou versões conflitantes no governo. Depois que a discussão foi revelada na capital gaúcha pelo ministro Carlos Lupi (Trabalho) e pelo secretário de Reforma do Judiciário, Rogério Favreto, o ministro Tarso Genro (Justiça) afirmou em Brasília que “não há posição fechada” sobre o tema e que existem só “estudos”, divulgados prematuramente por assessores. Para entidades empresariais, há interesse eleitoreiro no debate. Já os sindicalistas criticaram o fato de não terem sido chamados para participar da elaboração da proposta.

● Uma turista argentina e um guia morreram no caminho para Machu Picchu em decorrência das fortes chuvas que caem no Peru. Cerca de 2 mil turistas ficaram isolados. Entre eles, 200 brasileiros.

● A crise econômica mundial custou 27 milhões de postos de trabalho em 2009, elevando o total de desempregados no mundo ao recorde de 212 milhões. Segundo a OIT, mais 3 milhões perderão suas vagas nos países ricos neste ano.

terça-feira, 26 de janeiro de 2010

DICA DO DIA
Pense por um momento no emprego ideal. O que você faria se pudesse fazer qualquer coisa? O que lhe daria o dinheiro, a satisfação, a realização profissional e o desafio que você sempre quis? Se lhe oferecessem o emprego ideal agora, você teria condições de aceitá-lo? Você estaria pronto para assumir as responsabilidades? Teria você as habilidades, o conhecimento, os contatos e o discernimento necessários para se sair bem? Você estaria pronto para a oportunidade da sua vida se ela surgisse agora? A concretização de uma oportunidade depende de mais que uma simples vontade. Depende de preparação. Quanto melhor você estiver preparado, maiores e melhores serão as oportunidades. (http://www.diabetenet.com.br).

COMENTANDO AS NOTÍCIAS

● O presidente Luiz Inácio Lula da Silva apresentou ontem diante de José Serra (PSDB), governador de São Paulo e líder nas pesquisas de intenção de voto para a Presidência, o PAC (Programa de Aceleração de Crescimento) como solução para o combate aos estragos das chuvas em São Paulo. Programa símbolo da ministra Dilma Rousseff (Casa Civil), pré-candidata do PT ao Planalto, o PAC foi alvo recente de críticas do PSDB. O discurso de Lula foi uma resposta à fala do prefeito Gilberto Kassab (DEM), que cobrou mudanças nos critérios de distribuição de recursos para municípios. Homenageado, ao lado de Serra, no 456° aniversario da capital, Lula lembrou enchentes que viveu desde que chegou ao Estado.

● 0 Haiti pediu ontem a representantes de 14 países doadores reunidos em Montreal, no Canadá, ajuda por 10 anos para reconstruir o país. 0 chanceler Celso Amorim defende a abertura dos mercados para produtos importados do Haiti, como têxteis. Ele revelou que, no Brasil, o governo já discute com o setor privado a redução das tarifas de importação de bens do país.

● Uma adolescente de 14 anos foi retirada com vida das escombros de sua casa em Porto Príncipe, capital haitiana. Ela passou 13 dias soterrada após o terremoto. Guerlane Guay afirmou à Folha de S. Paulo que não se a1imentou e só sobreviveu porque teve acesso a galões de água.

● Conforme o jornal O Estado de S. Paulo, o Congresso aprovou, em votação simbólica, o envio de até 1.300 militares brasileiros para o Haiti, 90 agora e outros 400 caso haja necessidade. O pedido foi feito pelo presidente Lula. Dos 900 militares que têm o embarque confirmado, 750 são de batalhão de infantaria e 150 da Polícia do Exército. Hoje, o Brasil já tem 1.300 militares no Haiti.

● O vice-presidente e ministro da Defesa da Venezuela, Ramon Carrizález, pediu demissão dos cargos, assim como sua mulher Yuvirí Ortega, que estava à frente da pasta do Ambiente. Militar aposentado e considerado um dos homens de confiança do presidente Hugo Chávez, ele alegou problemas pessoais, mas a sua saída agrava a crise na Venezuela, que já enfrenta falta de água e energia, inflação alta e desabastecimento, entre outros problemas. A decisão do governo de tirar do ar a RCTV Internacional provocou manifestações de estudantes nas ruas das principais cidades e críticas de organizações do país e do exterior.

● A União Européia recomendou ontem aos médicos pararem de receitar medicamentos para emagrecer a base de sibutramina, os mais utilizados no Brasil. Segundo estudos, eles causariam aumento do risco de infarto e derrame. A Anvisa disse que decidirá até o fim desta semana se as vendas serão proibidas no Brasil.

● Numa manobra para retornar o controle da Câmara do DF, a tropa de choque do governador José Roberto Arruda obteve duas vitórias: Leonardo Prudente deixou a presidência da Casa e o depoimento de Durval Barbosa foi adiado.

● Um trecho da Rodovia SP-29, que liga a Rodovia Castelo Branco ao município de Itapevi, ficou destruído após a terra ceder com as fortes chuvas; outras estradas que cruzam o Estado de São Paulo foram interditadas por causa de alagamentos.

● A Secretaria de Saúde do Guarujá, na Baixada Santista, confirmou 21 casos de dengue e 172 suspeitas só em janeiro. Em todo o ano passado, foram 81. Moradores de bairros carentes afirmam que duas pessoas morreram. A prefeitura aguarda a comprovação da causa das mortes.

● A elevação dos preços do álcool combustível que ganhou impulso nos ú1timos meses, levou o governo a anunciar, ontem, que vai formar um grande estoque regulador para combater os seguidos reajustes. O ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes, disse que o estoque será financiado prioritariamente com recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), que vai investir cerca de R$ 2,5 bilhões até dezembro.

● Há quem não acredite no aquecimento global, mas um estudo da Nasa revela que a última década foi a mais quente da história. O ano de 2005 registrou as maiores temperaturas desde o monitoramento pela agência espacial americana. Naquele ano, o Ártico foi a região mais atingida em relação à temperatura média.

segunda-feira, 25 de janeiro de 2010


ANIVERSÁRIO DE SÃO PAULO

A fotografia antiga, da Rua XV de Novembro, centro velho da capital paulista, está aqui postada para homenagear a grande cidade, que completa hoje seus 456 anos! Eh, eh, eh, eh São Paulo! Parabéns!
DICA DO DIA
Aprender é uma operação que não se resume a adquirir noções, mas consiste em reter o que foi lido, reproduzir e reconhecer uma série de experiências e pensamentos. Portanto, é imprescindível educar a memória. Logo após o estudo de algum ponto ou matéria, nota-se que o esquecimento também trabalha: a mente elimina noções dispensáveis. Sem disciplina, entretanto, nunca haverá um jogo útil entre memória e esquecimento, entre horas de estudo e horas de descanso.Para facilitar o aprendizado e fixar na memória os conteúdos aprendidos, basta proceder a uma série de operações sucessivas e gradativas no tempo. Repetir é importante, mas não só: saber de cor nem sempre vai além de um papaguear mecânico. As técnicas psicológicas de memorização são complexas, mas podem ser utilizadas simplificadamente pelo estudante. Algumas indicações: ler mentalmente e compreender o assunto; reler em voz alta; concentrar a atenção em aspectos específicos: nomes, datas, ambientes, etc.; notar semelhanças, diferenças, relações; repetir várias vezes em voz alta ou escrever os conhecimentos adquiridos (os pontos principais); fazer fichas com esquemas que incluam, de um lado, a seqüência das noções principais e, do outro, detalhes referentes a cada uma delas; nunca esquecer de repousar, pois uma mente cansada aprende pouco e retém com dificuldade. (Dica Tilibra)

COMENTANDO AS NOTÍCIAS

● O governo do Haiti anunciou ontem que o número de corpos enterrados em fossas coletivas, 12 dias após o terremoto que devastou a capital, Porto Príncipe, já alcança 150 mil. Hoje, chanceleres de vários países e representantes da ONU e da OEA realizam uma reunião de emergência em Montreal no Canadá, para começarem a reconstrução do Haiti. Na principal favela de Porto Príncipe, Cité Soleil, militares brasileiros e americanos fizeram uma operação conjunta de distribuição de alimentos e água aos desabrigados. Os dois comandantes negaram divergências.

● Depois de seis décadas com investimentos insuficientes, o Rio agora terá de gastar cerca de R$ 7 bilhões para dotar a cidade de urna rede viária e de transportes de massa eficiente até a abertura das Olimpíadas em 2016. A conta, que não inclui o trem-bala entre Rio e São Paulo, pode aumentar, mas já significa mais de R$ 1 bilhão por ano.

● Criada para fiscalizar o bilionário setor dos fundos de pensão que movimenta R$ 460 bilhões, a nova Superintendência Nacional de Previdência Complementar terá o comando do PT e do PMDB. A agência reguladora será instalada amanhã pelo presidente Lula.

● O canal a cabo independente venezuelano RCTV foi tirado do ar, ontem, junto com outras 5 emissoras, por, segundo as autoridades, descumprir a legislação. No sábado, o RCTV não transmitiu a íntegra de um discurso do presidente Hugo Chávez.

● Levantamento da Cetesb aponta que 70% de 600 rios e riachos analisados no litoral do Estado de São Paulo levam muito esgoto doméstico para o oceano Atlântico e oferecem riscos à saúde. As cidades com pior qualidade de água são Mongaguá e Praia Grande (98% dos rios contaminados), seguidas por Santos.

● O mercado de trabalho brasileiro volta a sofrer com a falta de mão de obra qualificada. Superada a crise, empresas, comércio e serviços agora têm dificuldade para preencher vagas. O número de brasileiros empregados já é maior do que no fim de 2008, e estima-se que o País precisará treinar 15 milhões de pessoas até 2015.

● Crianças e jovem com idades entre 8 e 18 anos acumulam, em média, 11 horas de uso de diferentes mídias diariamente, segundo estudo realizado pela Fundação Kaiser Family, dos EUA. O número de horas seria ainda maior, pois a pesquisa não computou a utilização do Twitter, que virou uma febre mundial.

domingo, 24 de janeiro de 2010

MEMÓRIA
A maior cidade do Brasil comemora aniversário amanhã. O programa “Memória” da Rádio Bandeirantes de São Paulo, apresentado em três edições, nas últimas três semanas, relembrou fatos importantes da história dessa cidade imensa, adorada por uns, odiada por outros. O programa, feito por Milton Parron, é um documento importante, que deveria ser guardado por cada paulistano, e até por cada paulista, como uma espécie de homenagem à cidade fundada há 456 anos.


DICA DO DIA
Um amigo meu reclamava da vida num dia destes. “Rapaz, não sei como fazer! Estou trabalhando feito doido, mais de 12 horas por dia, e ainda invado a noite quase sempre, e não consigo realizar tudo o que me cabe! Não sei mais o que fazer!”, dizia ele.
Trata-se de uma reclamação muito comum hoje em dia. Você mesmo já deve ter reclamado sobre isso ou, pelo menos, já deve ter ouvido alguém reclamar, não é verdade?
Pois bem. Há uma maneira de resolver essa questão. Basta saber administrar o seu tempo. Eu estou falando de saber administrar o tempo em casa, no trabalho ou em ambos os locais, o que é uma necessidade de todos nós, e que sempre pode ser aprimorada, seja para ganhar produtividade no trabalho, seja para esticar as horas de lazer.
Pense no modo como você utiliza o tempo atualmente. Certamente haverá maneiras mais eficientes, dentro e fora do trabalho, de aproveitar este que é o mais valioso dos recursos de que dispõe o ser humano.
A atitude das pessoas em relação ao tempo é complexa e variada. Quem pretende usar o tempo de modo eficiente, a fim de atender todas as necessidades pessoais e profissionais, precisa ter consciência plena de seu comportamento atual. Precisa dedicar um tempo diário para rever suas prioridades.


CRÔNICA DE DOMINGO
Alô gente! Bom domingo e boa semana! Esta crônica é bastante antiga, tanto que está publicada em meu livro “Caderno de Notas”, que foi editado em 1998. É um fato verídico, ocorrido com nossa turma de futebol dos sábados à tarde, dessa vez na quadra de cimento do antigo Seminário de Santa Teresinha. Juruba, amigo de tantos anos, ainda está ligado aos esportes, apresentando programa esportivo na Rádio Nova de São Manuel. Boa leitura!
Gildo Sanches

O estranho desmaio do Juruba
Não há quem não conheça o Juruba, aqui em São Manuel. Por João Dálio, seu nome verdadeiro, pode ser que não sejam tantos os que se lembrem dele, mas pelo apelido, Juruba, todo mundo, sobretudo as pessoas ligadas em esportes. Sim, porque o Juruba, que foi funcionário durante muitos anos do CAFÉ GRAVA, hoje é taxista (transporta alunos da zona rural para escolas da cidade) e, nas horas vagas - melhor seria dizer em todas as outras horas de sua vida - lida com as coisas do esporte, como assessor do Departamento Municipal de Esportes e Recreação. Para mim, é um abnegado. Nos tempos de juventude, ele também gostava de jogar futebol e, por incrível que pareça, de atuar como árbitro.
Em meados da década de 70 - acho que em 1974 ou 1975 - tínhamos um grupo de amigos que jogavam futebol de salão na quadra do Seminário Santa Terezinha, todos os sábados à tarde. O compromisso era quase que religioso (sem qualquer referência ao local das "peladas"), e um passava na casa do outro, para poder levar gente suficiente para compor, pelo menos, dois times de futebol de salão. João Abílio Moreto, Aparecido Achiles Sartorelli, Celso "Pastéis" Di Santis, Twenty, eu, e o próprio Juruba, entre muitos outros, fazíamos parte do grupo, e corríamos feito loucos atrás da bola pesada do futebol de salão da época, sem prazo para encerrar o "treino". Começávamos por volta das três da tarde e parávamos quando a noite chegava. As contagens eram elevadíssimas, tal a quantidade de gols que aconteciam.
Numa daquelas tardes, tirado o tradicional "par ou ímpar", escolhidos os componentes das duas equipes, convencidos os designados como goleiros, de que eles seriam substituídos no devido tempo para jogar "na linha", começa a correria. Juruba jogava atrás, feito zagueiro, e dividia todas. Num desse lances mais bruscos, ele pisou na bola e caiu de costas. Coisa normal, tanto que ninguém se preocupou muito quando Juruba disse que ia tomar um pouco d'água e já voltava. O jogo devia estar uns 3 a 2 para um dos lados.
Juruba foi e não voltou. Pediu mais um pouco de tempo para se recuperar, e permanceu sentado atrás de uma das metas, atento ao jogo. E todos estávamos tão ligados na brincadeira, que continuamos jogando, mesmo sem o Juruba, que permanecia sentado, atrás do gol. Bola pra lá, bola pra cá, o tempo foi passando, os gols acontecendo um atrás do outro, o sol querendo se esconder no horizonte, até que, quase uma hora depois da queda, Juruba se levanta e pede para voltar.
Entra e pergunta logo qual era o placar. Alguém lhe diz que está 15 a 12. Ele esquece que estava jogando, encarna o árbitro que sempre carregava em seu íntimo, pega a bola e pára o jogo: "Como é que está 15 a 12, se há menos de um minuto, quando eu me esborrachei no cimento, estava 3 a 2? Como, heim?", esbraveja o Juruba. Perplexos, levamos algum tempo para entender o que se passara. Na verdade, o Juruba "apagou" quando caiu, provavelmente porque bateu a cabeça na quadra. Estranhamente, ficou meio que "fora de sintonia", mas não perdeu os sentidos. Assistiu ao treino sentado atrás do gol, de olhos abertos, mas, mentalmente, parece que esteve bem longe dali aquele tempo todo. Quando percebemos a situação, caímos todos na gargalhada. Juruba também, claro.
Faz mais de 20 anos que isso aconteceu. Mas nem eu nem o Juruba, esquecemos aquele dia. Ainda há pouco tempo, na Sauna do São Manuel Tênis Clube, relembramos o fato. Até hoje Juruba não consegue entender o que se passou com ele naquela tarde de sábado, quando brincávamos de jogar futebol de salão na Quadra do Seminário. Só nos restou rir de novo, como há 20 anos, quando aconteceu o estranho desmaio do Juruba...


COMENTANDO AS NOTÍCIAS

● A pedido do governo do Haiti, a ONU encerrou os trabalhos de busca por sobreviventes do terremoto de dez dias atrás. Foram resgatadas com vida 132 pessoas. A estimativa até o momento é de que 111 mil tenham morrido na tragédia e 193 mil tenham sido feridas. A prioridade agora é garantir apoio aos sobreviventes. A reconstrução do país é um desafio de proporções jamais enfrentadas pelos haitianos. Estavam previstas eleições parlamentares em fevereiro e presidenciais em novembro, mas o Conselho Eleitoral nem sequer se reuniu para decidir se as datas serão mantidas.

● O Banco Central prepara para este ano a primeira reforma nas cédulas de real desde que a moeda foi criada, em 1994. As notas devem passar a ter tamanhos diferentes: quanto mais alto o valor, maior a cédula. Também pode haver mudanças nas cores. A ideia é evitar falsificações e facilitar a identificação.

● Amigo de Dilma Rousseff há 42 anos, desde os tempos da luta contra a ditadura, o petista Fernando Pimentel, ex-prefeito de BH, é personagem central do "estado-maior" da campanha da ministra, que se reúne toda semana. Ele diz que Dilma deve se mostrar ao eleitor como é: "Não é operária, não passou fome e não nasceu no Nordeste. Nunca vai ser igual (ao Lula)".

● Desde setembro, o patrimônio dos fundos "offshore" cresceu 52% e alcançou inéditos R$ 50,51 bilhões. Esses fundos são constituídos fora do Brasil e têm em sua carteira papéis brasileiros, como títulos da dívida. O aumento está ligado à cobrança de 2% de IOF (Imposto sobre Operações Financeiras), adotada pelo governo em outubro, sobre o capital externo que entra no país para comprar ações ou títulos de renda fixa.

● Pesquisas do Instituto Análise mostram que 67% dos entrevistados com baixa renda preferem um presidente que reduza impostos dos alimentos a um que amplie o Bolsa-Família. Além disso, 65% trocariam programas sociais por redução de tributos para cortar preços.

● O fim de um acordo de exclusividade vai mexer com o varejo brasileiro e com o próprio consumidor. A partir de julho, as máquinas de cartão de crédito usadas em lojas deverão passar a aceitar todas as bandeiras de cartão, e não apenas uma em cada. A mudança decorre do fim da exclusividade mantida pela empresa que opera as transações entre o comércio e os bancos. Segundo analistas, o usuário ganhará com a maior concorrência e o eventual repasse aos preços da economia para os comerciantes, calculada em R$ 250 milhões por mês.


DESTAQUES DAS PRINCIPAIS REVISTAS SEMANAIS BRASILEIRAS

VEJA

♦♦♦ Haiti - Do caos à esperança
♦♦♦ Isso é apenas o começo - A campanha presidencial - ou pré-campanha, como prefere o governo - tem início em alta temperatura com Lula chamando de "babaca" o presidente do PSDB, que, por sua vez, disse que Dilma Rousseff é "mentirosa".

♦♦♦ Bolsa-cabresto - Dez meses antes das eleições presidenciais, o governo muda regras do Bolsa Família para evitar a exclusão regulamentar de 5,8 milhões de pessoas do programa. A medida vale até 31 de outubro, data do segundo turno.
♦♦♦ A obsessão totalitária - Censurar a imprensa e impedir o fluxo de ideias no Brasil é a única bandeira genuinamente comunista que sobrou aos petistas.
♦♦♦ Vitória na era do consenso - Chilenos elegem Sebastián Piñera, um político de direita com uma agenda centrista parecida com a da coalizão de esquerda que governava o país.
♦♦♦ Maílson da Nóbrega - Banco Central antidemocrático - "Como Lula provou, politicamente esperto é o cara capaz de abandonar velhas visões e atribuir ao BC a missão de manter a estabilidade, fonte básica de popularidade".

ÉPOCA

♦♦♦ Diabetes - Ele vai pegar você? – Uma perversa combinação de obesidade com diabetes - a diabesidade - é hoje o maior desafio da saúde no mundo. Como escapar dessa ameaça.
♦♦♦ Exclusivo – Nossa repórter virou sem-terra e ganhou vaga e desconto na faculdade.
♦♦♦ Especial Haiti – O drama das crianças, as maiores vítimas do terremoto – A tensão entre os EUA e o Brasil.
♦♦♦ Serra arma o palanque – O governador inicia o ano com acordos fechados em mais de 20 Estados e comemora os sinais da adesão de Aécio Neves a sua campanha presidencial.

♦♦♦ Nossa Economia - Paulo Guedes - Nossa democracia é como um saci-pererê - No Brasil, a política só tem a perna esquerda. No Chile, a vitória da direita liberal coroa o sucesso do país.
♦♦♦ Na lama com Kassab - A conta chegou para o prefeito de São Paulo, após ações desastradas, aumento de impostos e alagamentos sem fim.
♦♦♦ O berço do esquema do panetone – Carta de um ex-deputado ao governador Arruda lança suspeitas sobre o governo de Joaquim Roriz.
♦♦♦ O fiasco do Brasil - O filme de Lula esperava atrair 12 milhões de espectadores. Em três semanas, não vendeu nem 1 milhão de ingressos. ajuda internacional.
♦♦♦ O futuro brasileiro no Haiti - Depois da tragédia, o Brasil quer comandar o esforço internacional para tirar o Haiti dos escombros do terremoto. Vai conseguir?

ISTOÉ

♦♦♦ Exclusivo - Polícia e Receita investigam o enriquecimento do presidente da Casa da Moeda.
♦♦♦ Haiti – Nosso repórter narra o dia a dia dos militares brasileiros.
♦♦♦ Entrevista – Roberto Luiz D’Ávila – “Faremos uma varredura nas clínicas de lipo” – Presidente do Conselho Federal de Medicina anuncia ampla fiscalização nos consultórios onde são feitas as cirurgias e uma avaliação dos cursos de medicina.

♦♦♦ A hora do medo – Alas do PT aproveitam o temor provocado por eleição no Chile na campanha de Dilma, levam a ministra a uma postura agressiva e Lula reage contra o que chama de baixaria eleitoral.
♦♦♦ O verde pragmático – Para tentar vencer o governo do Rio, Fernando Gabeira abre mão de dogmas históricos e alia-se ao PSDB e ao DEM.
♦♦♦ A volta de nossos heróis – Eles dedicaram suas vidas a uma guerra sem tiros e barbáries, em que os principais inimigos são a fome, a injustiça e a miséria em seu estado mais bruto.

CARTA CAPITAL

♦♦♦ Mas que belo panorama... – São Paulo completa 456 anos e confirma ser capital da desigualdade.
♦♦♦ Justiça? – O bravo De Sanctis paga por sua bravura.
♦♦♦ Inflação – Basta um soluço do dragão para assustar – Preços – A possibilidade de repique da inflação leva à grita por mais juro.
♦♦♦ Editorial – Mino Carta – Os primeiros responsáveis – Pelos crimes de lesa-humanidade, os ditadores da casa fardada. Aqui também se fala de “monopólio midiático”.

♦♦♦ A semana – Em pele de lobo – Cordero – Ao contrário de Battisti, o torturador uruguaio é preso no Brasil e extraditado.
♦♦♦ Sextante – Antonio Delfim Netto – Arrogância e patifaria – Os excessos de arrogância dos banqueiros diante do escândalo dos bônus milionários talvez acabem ajudando o presidente Obama a vencer a resistência no Congresso e aprovar algumas das medidas que propôs para melhorar a regulação nos mercados financeiros.

♦♦♦ Corrida contra o tempo – The Observer – Luta-se no Haiti para levar ajuda aos sobreviventes do terremoto, antes que seja tarde.
♦♦♦ Tempo de reflexão – Chile – Vitória de Piñera muda correlação de forças nas Américas e exige renovação do centro-esquerda do país.