sábado, 13 de fevereiro de 2010

DESTAQUES DOS JORNAIS LOCAIS NESTE FINAL DE SEMANA

Jornal O DEBATE, de São Manuel, edição de 12 de fevereiro de 2010

♦♦♦ Liliana Monti é pré-candidata a prefeita pelo PR – esposa do deputado federal Milton Monti, ela confirmou esta semana, com exclusividade ao jornal O DEBATE, que é candidata a prefeita de São Manuel em 2012 pelo PR – Partido da República.
♦♦♦ Carnaval 2010: diversão para todas as idades – Desfiles de rua, bailes populares na Tenda, bailes nos Clubes (Água Nova e Recreativo), além de matinês. Em Pratânia haverá bailes e desfiles de rua.
♦♦♦ Força Pública – Polícia Militar de São Paulo voltará a se chamar Força Pública, como no passado.
♦♦♦ Rei do Mar e Pantaneiro lançam primeiro CD e gravam DVD.
♦♦♦ Opinião: editorial do jornal aborda a CEI dos Remédios, instaurada na Câmara Municipal.
♦♦♦ Ponto de Vista – Série Histórias da Rádio Clube AM 1510 kHz republica entrevista feira com o saudoso professor Lino José Saglietti, em 2005. Uma pequena biografia da vida desse grande são-manuelense, numa homenagem póstuma do jornal.
♦♦♦ Contra a Sacolinha: Supermercado Lolita lança campanha para que clientes evitem o uso da sacolinha de plástico, utilizando sacolas reaproveitáveis como antigamente.
♦♦♦ Porco na Brasa: promoção do Grupo de Voluntários de Ajuda aos Portadores de Câncer de São Manuel reúne centenas de pessoas em almoço.
♦♦♦ Areiópolis: Grupo de Gestantes Amor de Mãe e integrantes do Projeto Ação Jovem e Projovem participam de palestras.
♦♦♦ As solicitações dos vereadores apresentadas e aprovadas na Sessão de 08 de fevereiro.
♦♦♦ Marcos Monti, presidente da Associação Paulista de Municípios, conclui curso de MBA pela Fundação Getúlio Vargas.
♦♦♦ Campanha da Fraternidade Ecumênica discute economia e vida.
♦♦♦ Karina Bacchi venceu A Fazenda 2.
♦♦♦ IMES – Início de 2010 com trote solidário.
♦♦♦ Os pioneiros – o jornalista Miguel Roberto Nítolo escreve sobre a Família Geronutti.
♦♦♦ COLUNAS: Esporte (Osmar Corrêa), Bloco de Notas (coluna deste blogueiro), Direito em Debate (drª. Edilaine Rodrigues de Góis Tedeschi), Casual (Letícia Castaldi), Motivação (Bene Bassetto).
♦♦♦ Flash – as personalidades da cena de nossa região.
♦♦♦ Badalação – moças e rapazes da cidade em fotos coloridas.
♦♦♦ Classificados – os melhores classificados da cidade.

Jornal O PRATIANO, de Pratânia, edição de 12 de fevereiro de 2010

♦♦♦ Foliões se preparam para o Carnaval 2010 – Blocos Karnazoando, Turma do Boteco e Os Chaleiras participam dos desfiles de rua.
♦♦♦ Fagulhas Autoritárias – artigo do professor Gaudêncio Torquato.
♦♦♦ Beleza & Saúde: Câncer de pele – defenda-se! (terapeuta Everaldo Andrade) /// Cuidados com a Coluna (fisioterapeuta Marcos Vinícus de Oliveira Neto) /// Lentes de contato coloridas.
♦♦♦ Coluna “Em Dia com as Notícias” e a crônica “Confete, pedacinho colorido de saudade ”, ambas de autoria deste blogueiro, estão na página 5.
♦♦♦ Aprovado Projeto de Lei que cria o “Espaço de Lazer”.
♦♦♦ Projetos do Executivo Aprovados pela Câmara Municipal.
♦♦♦ Indicações e requerimentos apresentados pelos vereadores.
♦♦♦ DE SÃO MANUEL: Karina Bacchi vence reality show da TV Record /// IMES: início de 2010 com trote solidário /// Chop Belco com água do Aquífero Guarani.
♦♦♦ Horário de Verão termina em 21 de fevereiro.
DICA DO DIA
Conta certa lenda que estavam duas crianças patinando num lago congelado. Era uma tarde nublada e fria, e as crianças brincavam despreocupadas. De repente, o gelo se quebrou e uma delas caiu, ficando presa na fenda que se formou. A outra, vendo seu amiguinho preso e se congelando, tirou um dos patins e começou a golpear o gelo com todas as suas forças, conseguindo por fim quebrá-lo e libertar o amigo. Quando os bombeiros chegaram e viram o que havia acontecido, perguntaram ao menino:- Como você conseguiu fazer isso? É impossível que tenha conseguido quebrar o gelo, sendo tão pequeno e com mãos tão frágeis! Nesse instante, um ancião que passava pelo local, comentou:- Eu sei como ele conseguiu. Todos perguntaram:- Pode nos dizer como?- É simples. - respondeu o velho - Não havia ninguém ao seu redor, para lhe dizer que não seria capaz. "Deus nos fez perfeitos e não escolhe os capacitados, capacita os escolhidos. Fazer ou não fazer algo só depende de nossa vontade e perseverança". - (Albert Einstein)

C A R N A V A L

Um texto de Renato Bragiato, músico que escreve sobre música, vai aqui postado, para lembrar que hoje é sábado de carnaval. O site do Renato é www.renatobragiato.com.br. Acesse, você vai se interessar!

As eternas marchinhas de carnaval
Renato Bragiato

Apesar da grande miscelânea rítmica que atualmente marca o carnaval, as tradicionais marchinhas ainda são o símbolo supremo da maior festa popular brasileira.
Esta supremacia teve seus primeiros passos no ano de 1899 quando, a pedido dos foliões do cordão “Rosa de Ouro”, Chiquinha Gonzaga compôs “Ó abre alas” que se tornaria a primeira música criada especialmente para o carnaval.
Entre as décadas de 1920 e 1960 as marchinhas ganharam forte repercussão no Rio de Janeiro, sobressaindo-se com relação ao samba que, até então, era o gênero mais executado durante as festividades carnavalescas. A fórmula para a explosão do sucesso das marchinhas surgiu da combinação entre seus ritmos acelerados (compostos em compassos binários), suas melodias simples e suas letras que contemplavam a irreverência, a crítica social e uma leve pitada de sensualidade (tão leve que nem de longe merecem quaisquer comparações com as atuais “apelações musicais”). Mais do que isso, as letras de cada canção refletiam fidedignamente a vida do povo carioca, seus hábitos, sua rotina e sua alegria de viver.
Outro tema bastante utilizado pelos compositores carnavalescos era o fictício triângulo amoroso entre Colombina, Pierrô e Arlequim, personagens lembrados em dezenas de marchinhas.
Na referida época (de 1920 a 1960, aproximadamente), o Rio de Janeiro ainda era a capital do Brasil, concentrando sob seu município as principais emissoras de rádio e gravadoras fonográficas do país, fato este que facilitou a difusão das composições por todo o território nacional.
Uma das mais conhecidas canções do gênero (para não dizer a mais popular de todas), “Mamãe eu quero mamar”, de José Luís Rodrigues Calazans (Jararaca) e Vicente Paiva, foi composta em 1937 e tornou-se um verdadeiro hino dos foliões sendo fortemente executada nas noites e nas matinês ainda hoje.
Quando se remete aos “carnavais de marchinhas”, não se pode esquecer da “pequena notável” Carmen Miranda, que em 1930 estourou nas paradas de sucesso interpretando “Para você gostar de mim” (popularmente conhecida por “Taí”), de Joubert de Carvalho. Outro grande nome a ser lembrado é o do célebre Lamartine Babo, compositor de inesquecíveis marchinhas, dentre elas “Linda morena”.
Tantas outras músicas e compositores poderiam ser aqui lembrados, mas de que vale falar sobre marchinhas e não poder ouvi-las? Por isso, neste carnaval, busque retornar aos bons tempos e procure participar de eventos que ainda prestigiam os grandes carnavais eternizados pelas marchinhas.

COMENTANDO AS NOTÍCIAS

● O desfile de carnaval de São Paulo atrasou mais de duas horas em sua primeira noite. Terminou agora pouco já com o dia claro, com a passagem da Escola de Samba Vai-Vai, a octagenária escola que entrou na avenida quando o céu já havia clareado. O último desfile da madrugada deste sábado (13) celebrou os 80 anos de história da escola e também homenageou o maior evento internacional do futebol, a Copa do Mundo, que também completa oito décadas de existência em 2010. "80 anos de Arte e Euforia. É bom no Samba, É Bom no Couro" foi o título do samba enredo da Vai-Vai.

● Hoje tem o primeiro desfile de Escolas de Samba e Blocos Carnavalescos aqui em São Manuel, na Avenida José Horácio Mellão, o chamado “Sãobódromo”. Torcida para que não chova na hora H!!!

● Acusado de chefiar uma organização criminosa que operava o chamado mensalão do DEM e de tentar subornar testemunhas, o governador afastado do Distrito Federal, José Roberto Arruda, passará o carnaval na cadeia. O ministro Marco Aurélio, do Supremo Tribunal Federal, negou habeas corpus para Arruda, preso pelo STJ e que está numa sala espaçosa da PF, sem grades e com ar-refrigerado. Aliados disseram que ele não dormiu e se sente humilhado. Quatro pedidos de impeachment do vice-governador Paulo Octávio, que assumiu o governo, foram protocolados na Câmara do DF.

● Apesar de ter aumentado em 55,3% seus empréstimos em 2009, a Caixa Econômica Federal viu seu lucro no ano encolher 23%. O resultado vai na contramão dos bancos privados. Uma amostra de oito deles registrou alta de 24% nos lucros.

● Os 27 países da União Européia (UE) tiveram queda de 4,1% no PIB em 2009. No último trimestre do ano, a economia regional ficou estagnada. A Alemanha, que tem maior peso no bloco, registrou retração de 5% na sua economia.

● O Brasil deve elevar o tom contra o Irã no Conselho de Direitos Humanos da ONU, que se reúne na segunda-feira. A tática é manter no Conselho de Segurança o discurso contra as sanções aos iranianos e tentar se credenciar como país mediador.

● Empresários e formadores de opinião de 29 países estão no Rio para assistir ao desfile no Sambódromo e, principalmente, fechar bons negócios no país. No ano passado, ação similar promovida pela Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimento (Apex) rendeu US$ 10 milhões em investimentos. Como se vê, também se trabalha no Carnaval...

● Daqui a pouco vou postar aqui os principais destaques dos jornais O DEBATE e O PRATIANO, aqui da terrinha!

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

DICA DO DIA
Os homens caminham sobre a Terra em fila indiana, cada um carregando uma sacola na frente e outra atrás. Na sacola da frente nós colocamos as nossas qualidades. Na sacola de trás guardamos os nossos defeitos. Por isso, durante a jornada pela vida, mantemos os olhos fixos nas virtudes que possuímos, presas em nosso peito. Ao mesmo tempo, reparamos impiedosamente, às costas do companheiro que está adiante, todos os defeitos que ele possui. E nos julgamos melhores que ele, sem perceber que a pessoa andando atrás de nós está pensando a mesma coisa a nosso respeito... Mude, ainda dá tempo... E não esqueça!

(www.diabetnet.com.br/motivacional)

COMENTANDO AS NOTÍCIAS

● Os jornais destacam hoje a prisão do governador José Roberto Arruda, do Distrito Federal, dois meses e meio após a descoberta do mensalão do DEM. Ele se entregou à Polícia Federal que o recolheu ontem à sua carceragem, em Brasília. A prisão dele foi determinada pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ). Na História do País, foi a primeira prisão de um governador no exercício do cargo, por corrupção. O presidente Lula, segundo um assessor, ficou abatido e lamentou que “o escândalo tenha chegado a esse ponto”, desfecho que, em sua avaliação, não contribui para a “consciência política nacional”. Lula mandou a Polícia Federal agir com cautela para evitar a exposição de Arruda, que foi preso, perdeu o cargo de governador e ainda resta a expectativa de que o Distrito Federal possa sofrer uma intervenção.

● A Justiça decidiu, de forma provisória, alterar a distribuição de aulas dos professores temporários da rede estadual em São Paulo. O governo deu a prioridade da escolha aos melhores de exame adotado para 2010. A Justiça privilegiou tempo de serviço. Há risco de atraso no início das aulas. O secretário Paulo Renato Souza orientou dirigentes de ensino a manter a escala.

● Temendo perdas para seus grandes bancos, a União Europeia decidiu socorrer a Grécia. Mas exige que o déficit do país seja reduzido de 12,7% para 4%. O euro caiu 1% ontem.

● O apagão que atingiu parte de Norte e Nordeste do Brasil anteontem foi causado por um galho de árvore que atraiu um raio e provocou um curto-circuito, derrubando a transmissão. Parece brincadeira...

● Armando Falcão, ministro da Justiça nos governos Juscelino Kubitschek (1956-61) e Ernesto Geisel (1974-79), morreu anteontem no Rio, de pneumonia, aos 90 anos. Foi o criador da lei que limitava a propaganda eleitoral na TV apenas a exibição de foto e narração do currículo do candidato, Falcão se notabilizou na ditadura pela expressão “nada a declarar”.

● No 31º aniversário da Revolução Islâmica, o presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, disse que o país é um “Estado nuclear” capaz de enriquecer urânio para fabricar bombas atômicas. Ahmadinejad afirmou, porém, não estar interessado em ter a bomba. O chanceler Celso Amorim criticou a posição do Irã. Ontem, sites relataram repressão a protestos contra o regime daquele país.

● Após sentir dores no peito, o ex-presidente dos EUA Bill Clinton, 63, foi hospitalizado e submetido a uma cirurgia cardíaca em Nova York. Os médicos colocaram dois “stents” (tipo de mola usada para desobstruir as artérias) em uma coronária. Clinton, que atua como enviado da ONU ao Haiti, já recebera pontes mamárias e de safena em 2004.

● Testes realizados na área de Tupi, no pré-sal da Bacia de Santos, mostram que a estimativa inicial de 5 bilhões a 8 bilhões de barris no reservatório pode ser conservadora. Técnicos afirmam que, por ora, a preocupação não é ampliar a produção, mas conhecer melhor a área.

● A validade do visto americano deve ser ampliada de 5 para 10 anos, conforme acordo entre Brasil e EUA. A Comissão de Relações Exteriores do Senado aprovou a ampliação para visitantes americanos. Quando o plenário confirmar a medida, os EUA farão o mesmo para os brasileiros.

● O mundo olímpico se reúne hoje em Vancouver, Canadá, na abertura da 21ª Olimpíada de Inverno. A cerimônia no BC Place Stadium, à meia-noite (de Brasília), terá 5.500 atletas, incluindo os cinco que integram a delegação brasileira. Nossa bandeira será carregada pela snowboarder carioca Isabel Clark.

● Aos 91 anos, Nelson Mandela assistiu ontem às comemorações nacionais dos 20 anos de sua libertação da prisão, um dos marcos do fim do regime racista da África do Sul. O primeiro presidente negro do país, mesmo afastado da vida pública, ainda é a figura política mais reverenciada da nação.

● O governo federal definiu as regras que vão orientar a nova fase do programa Um Computador por Aluno, iniciativa que passa a contar com uma linha de financiamento de R$ 650 milhões do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Com os recursos, operados pelo Banco do Brasil e pela Caixa Econômica Federal, a expectativa é financiar mais de 1 milhão de laptops escolares, que serão entregues a estudantes das redes públicas de ensino de Estados e municípios.

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010


Karina Bacchi venceu em A Fazenda 2!
(Do site
www.r7.com.br)

A atriz, modelo e escritora são-manuelense Karina Bacchi é a grande vencedora da segunda temporada de A Fazenda! Após 88 dias de confinamento e seis Roças, a peoa coloca o pé na estrada em grande estilo: em sua mala, R$ 1 milhão.
Discreta, meiga, bela, companheira, franca, divertida, sensível, são vários os elogios para a vencedora. Mas há um especial, constatado com o recebimento do prêmio: Karina é também uma excelente jogadora.
Eram 14 peões, todos muito carismáticos, cheios de garra e vontade de ganhar. Alguns foram mais afoitos, com muita "sede ao pote" e morreram na praia. No jogo rural, ser o centro das atenções é extremamente perigoso. Conquista-se o foco, porém, em evidência, basta um pequeno deslize para pegar o rumo da cidade rapidinho! Fingir de morto também não é uma boa tática, e apagado, o peão vira o alvo na tão temida Roça.
E, exatamente, nesse jogo de esconde-esconde desaparece, Karina soube ser mestra. A campeã do time rural se colocou quando necessário e "saiu de fininho", ao notar o perigo à vista. Conquistou o público e o cobiçado prêmio.

FOTO: Na foto acima, a são-manuelense Karina Bacchi e este blogueiro, quendo de uma visita que fez a São Manuel há algum tempo.

DICA DO DIA

E se tudo que você sempre quis estivesse bem à sua frente e ao seu alcance, e você nem se desse conta? E se você estivesse tão acostumado a pensar em seus limites e suas carências, que não conseguisse enxergar a magnífica opulência que o cerca? E se todo dia fosse belo e você nem ligasse? E se você já estivesse a ponto de se tornar mesmo a pessoa que gostaria de ser e não percebesse? E se todos os problemas que você encontra lhe dessem a força e a determinação necessárias para transformá-los em oportunidades? E se o dia de hoje acabasse antes de você decidir fazer dele o melhor? Pense bem...

COMENTANDO AS NOTÍCIAS

● A Receita Federal anunciou ontem regras mais flexíveis para quem vai acertar as contas com o Leão a partir de 1º de março. Sócios de empresas, pessoas sem renda mas com patrimônio inferior a R$ 300 mil não estão mais obrigadas a declarar o Imposto de Renda Pessoa Física 2010 (ano-base 2009). Até agora, quem tinha patrimônio acima de R$ 80 mil já era obrigado a declarar. De acordo com as novas regras anunciadas pela Receita Federal, pelo menos 10 milhões de contribuintes não terão que prestar contas ao Fisco este ano.

● Quem recebeu rendimentos tributáveis acima de R$ 17.215,08 no ano passado está obrigado a fazer a declaração anual. Este também será o último ano em que a Receita vai receber formulários de papel. Reduzindo o número de declarantes, a Receita espera fazer mais rapidamente as análises da malha fina, evitando que restituições fiquem retidas por muito tempo. Governo também anuncia aumento da faixa de isenção a partir de 2011.

● Na comparação entre os governos de Lula e Fernando Henrique, os números da reforma agrária mostram um empate. De acordo com os dados mais recentes do Incra, os dois assentaram um número semelhante de famílias: 540.704, entre 1995 e 2002, na gestão de FH, e 574.609 entre 2003 e 2009, na de Lula. Hoje existem 906,8 mil famílias assentadas pelo Incra, pois nem todas que receberam terras continuaram no programa.

● O general de Exército Maynard Santa Rosa foi demitido da chefia do Departamento Geral do Pessoal da Força por ter divulgado na internet um texto chamando de fanáticos integrantes da Comissão da Verdade, que será criada pelo governo para investigar crimes cometidos na ditadura. Ele já tinha sido punido por criticar a desocupação de Raposa Serra do Sol.

● Depois de dizer que há incompatibilidade entre gays e as Forças Armadas, o general Raymundo Nonato de Cerqueira Filho, indicado ao STM, enviou ao Senado carta se retratando e dizendo que não discrimina homossexuais.

● O líder do PT, Aloizio Mercadante (SP), chegou atrasado, e a oposição conseguiu aprovar a convocação da ministra Dilma Rousseff para tentar explicar o polêmico Programa Nacional de Direitos Humanos na Comissão de Constituição e Justiça do Senado.

● Helicóptero da Record caiu no Jockey Club de São Paulo e matou piloto, deixando o cinegrafista em estado grave. Para presidente de associação de pilotos, falha na hélice traseira causou o acidente, que pode ter até 1 ano de investigações da Aeronáutica.

● A Cesp (Companhia Energética de São Paulo), controlada pelo governo paulista, abandonou de vez seu plano de privatização após três tentativas frustradas. O governador José Serra ordenou que a empresa retome planos de investimento.

● Um apagão atingiu todo o Nordeste brasileiro e dois Estados do Norte, Tocantins e Pará, ontem à tarde. Ele durou de dois minutos a duas horas e afetou pelo menos oito capitais - Fortaleza, Salvador, Recife, Maceió, João Pessoa, Aracaju, Teresina e Palmas. Segundo o ONS (Operador Nacional do Sistema Elétrico), houve pane na linha de transmissão que interliga o Norte e o Nordeste, o que provocou desligamento em cascata do sistema. O ONS não soube informar a causa do apagão.

● Banco do Brasil, Bradesco e Santander anunciarão hoje em São Paulo a decisão de compartilhar sua rede de terminais de autoatendimento. Entre as grandes instituições, ficou de fora só o Itaú Unibanco, o maior banco privado brasileiro. No país, o BB tem cerca de 40 mil caixas eletrônicos, o Bradesco tem 30,7 mil, o Santander tem 7.600 e o Banco Real (comprado pelo Santander), 11 mil.

● Documentos apreendidos pela Polícia Federal apontam que o governador do DF, José Roberto Arruda (sem partido), recebeu doações de R$ 1,39 milhão para comprar panetones entre 2004 e 2007. A PF suspeita de fraude para ocultar dinheiro de propina. A defesa do governador nega.

● O governo americano apertou ainda mais o cerco ao Irã, ao anunciar ontem novas sanções unilaterais contra a Guarda Revolucionária - braço armado do regime que, segundo analistas, controla os programas nuclear e balístico de Teerã. O Departamento do Tesouro congelou ativos de um dos comandantes da guarda e de subsidiárias de uma empresa que ele administra. A medida não tem relação direta com o pacote de sanções que os EUA estão negociando no Conselho de Segurança da ONU.

● Mais de 8 anos após os ataques ao World Trade Center, a rede de TV ABC divulgou ontem imagens inéditas do momento em que as Torres Gêmeas vieram abaixo. As fotos, tiradas de um helicóptero da polícia, único com permissão para ficar no espaço aéreo, foram obtidas após a rede invocar o Ato de Liberdade de Informação.

● A onda de calor na Baixada Santista - com temperatura de até 39 graus e sensação térmica de 45 graus - pode estar relacionada à morte de mais de 50 pessoas, a maioria idosos, entre domingo e terça-feira. Em Santos, foram registradas 32 mortes. Os idosos tinham doenças como hipertensão, diabetes, cardiopatias e problemas renais. Em São Vicente, 24 pessoas morreram, índice 30% acima da média.

● Com 230 mil mortes já confirmadas, o terremoto que devastou parte do Haiti no mês passado já é considerado o mais grave desastre natural do milênio. Até então, um relatório da ONU apontava o tsunâmi que atingiu o Sudeste Asiático em 2004 como o evento que mais matou, com 220 mil vítimas.

● O calor que atinge o Rio desde o início do ano levou advogados a pedirem à Justiça a liberação do uso de paletó e gravata em tribunais.


● Alerta para o golpe do protesto de títulos – Criminosos telefonam para pessoas endividadas e afirmam ser funcionários de cartórios de Brasília. Eles cobram o débito com a ameaça de execução judicial caso parte do valor não seja depositado em contas bancárias. Além de perder o dinheiro, as vítimas ainda continuam como devedoras

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

DICA DO DIA
Quando sua vida começa, você tem apenas uma mala pequenina de mão. À medida que os anos vão passando, a bagagem vai aumentando porque existem muitas coisas que você recolhe pelo caminho, coisas que você pensa que são importantes.Num determinado ponto do caminho, começa a ficar insuportável carregar tantas coisas, pesa demais. Então você pode escolher: ficar sentado à beira do caminho, esperando que alguém ajude – o que é difícil, pois todos que passarem por ali já terão sua própria bagagem. Você pode ficar a vida inteira esperando, até que seus dias acabem. Ou pode aliviar o peso, esvaziar a mala.Mas o que tirar? Você começa tirando tudo. Veja o que tem dentro: Amor, Amizade... Nossa! Tem bastante... curioso, não pesa nada.Tem algo pesado... você faz força para tirar... era a Raiva - como ela pesa! Aí você começa a tirar, tirar e aparecem a Incompreensão, o Medo, o Pessimismo.Nesse momento, o Desânimo quase te puxa pra dentro da mala.Mas você o puxa para fora com toda a força e, no fundo, aparece um Sorriso, sufocado no fundo da sua bagagem.Pula para fora outro Sorriso e mais outro, e aí sai a Felicidade.Então você coloca de novo as mãos dentro da mala e tira a Tristeza.Agora, você vai ter que procurar a Paciência dentro da mala, pois vai precisar bastante dela. Procure então o resto: Força, Esperança, Coragem, Entusiasmo, Equilíbrio, Responsabilidade, Tolerância e o Bom e Velho Humor. Tire a Preocupação também. Deixe de lado, depois você pensa o que fazer com ela.Bem, sua bagagem está pronta para ser arrumada de novo. Mas, pense bem o que vai colocar lá dentro de novo, hein?Agora é com você. E não se esqueça de fazer isso mais vezes, pois o caminho é longo. Muito longo. Lembre-se disso sempre.
(www.diabetenet.com.br)

COMENTANDO AS NOTÍCIAS

● Vale lembrar que o noticiário aqui postado é fornecido graciosamente pela Agência Brasil de Notícias (Radiobras). Alguns temas este blogueiro anota de jornais falados, do rádio e da televisão, para comentá-los.

● Conforme o jornal O Estado de S. Paulo, o chanceler Celso Amorim reiterou a oposição do Brasil à adoção de novas sanções ao Irã para diplomatas europeus, essa disposição tem atrapalhado o esforço de obter consenso no Conselho de Segurança da ONU para pressionar Teerã a respeito de seu programa nuclear. "Não sou ingênuo sobre as dificuldades de um acordo. Mas o outro caminho, o das sanções, foi perseguido nos casos do Iraque e da Líbia sem que nada tivesse acontecido". disse Amorim, salientando que sanções afetam "setores mais frágeis da sociedade".

● Segundo a TV Brasil, a Companhia Nacional de Abastecimento(Conab) aumentou em 2 milhões de toneladas a estimativa de produção de grãos na safra deste ano. O volume deverá ser 5,9% maior do que a safra passada. Se confirmada a previsão, o resultado será o segundo melhor da história.

● Apesar da crise global que freou a economia brasileira, o lucro de oito bancos privados que já publicaram seus balanços aumentou 24,1% no ano passado, na comparação com 2008. O Itaú Unibanco registrou o maior ganho da década do setor bancário no país: R$ 10,067 bilhões, 29% a mais do que o lucro contábil informado no ano anterior.

● Na indústria, porém, os efeitos da crise internacional atingiram em cheio o nível de emprego, que encolheu 5,3%, a maior queda desde 2002, quando o IBGE iniciou a sua série histórica. A folha de pagamento das fábricas, por sua vez, recuou 2,8%. Segundo projeções da Fiesp, foram fechadas cerca de 180 mil vagas no setor industrial em 2009. Para analistas, a recuperação do emprego nas indústrias deve se acentuar em meados do ano.

Do jornal O Globo – Se a campanha eleitoral seguir o ritmo de Lula e Dilma ontem em Minas, o eleitor vai precisar tomar muito cuidado. O presidente saiu de Brasília para inaugurar apenas 98 casas populares e, no mesmo ritmo, abriu às pressas uma universidade em Teófilo Otoni sem água, sem acessos e com falta de professores. Apesar das vaias dos estudantes, Lula não se abalou: "Vou continuar viajando até o dia 31 de dezembro à meia-noite. Até lá, a festa é minha".

● Numa decisão que abre caminho para o reconhecimento de direitos de casais homossexuais, o STJ concedeu a um homem benefício de pensão da Previ, plano de previdência privada do Banco do Brasil, após a morte de seu companheiro.

● O governador José Serra (PSDB) mudou o critério de aumento do piso salarial de São Paulo ao usar como referência, pela primeira vez, o crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) estadual, em vez da taxa nacional. Em ano de eleições, o índice do Estado superou o do salário mínimo nacional. Os reajustes propostos para as três faixas salariais pelo governo estadual variam de 6,42% a 10,89%. O governo federal concedeu 9,68% para o mínimo em 2010. Enquanto o piso nacional é de R$ 510, o paulista ficará entre R$ 560 e R$ 580. A Assembléia Legislativa - onde Serra tem maioria - precisa aprovar o projeto.

● Desde 2007, São Paulo adota um mínimo regional, a exemplo do Rio de Janeiro, de Santa Catarina, do Rio Grande do Sul e do Paraná, que registra o piso mais alto do país - de R$ 605,52 para trabalhadores rurais e R$ 610,12 para empregados domésticos e dos setores de comércio e serviços.

● O governo José Serra (PSDB) liberou os reajustes nos preços do curso e da prova de direção defensiva e de primeiros socorros para a renovação da carteira de habilitação em São Paulo. Os valores, que eram limitados pelo Detran com a justificativa de evitar abusos, serão cobrados de acordo com a conveniência de cada autoescola do Estado.

● O presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, considera que a crise europeia acabou com o "excesso de euforia" sobre a recuperação da economia mundial. Em entrevista a Beatriz Abreu e Leandro Modé, no entanto, ele disse que o Brasil não será afetado pela incerteza: "As perspectivas de crescimento da economia seguem sólidas, com expansão baseada no mercado interno".

● Depois de declarar estado de emergência no setor elétrico, a Venezuela lançou um plano de economia de energia que inclui metas e multas para consumidores que ultrapassarem limites estabelecidos pelo governo e incentivos para quem reduzir o consumo. O Brasil adotou sistema semelhante após o apagão de 2001.

● Liminar da Justiça Federal suspendeu resolução do Conselho Federal de Biologia que proibia a concessão de registro profissional a alunos formados em cursos a distância. Segundo o texto da decisão, os diplomas de cursos superiores reconhecidos e registrados pelo Ministério da Educação são válidos, e não apenas os de cursos na modalidade presencial.

● Minas é o primeiro Estado a transformar em lei um projeto que prevê subsídios para estimular a reinserção de detento sem liberdade condicional e ex-detentos no mercado de trabalho. A cada contratação, o governo mineiro pagará R$ 1.020 mensalmente à empresa. Em outra frente, o Conselho Nacional de Justiça fecha parcerias com órgãos públicos e a iniciativa privada nos Estados para obter vagas.

● O Orçamento do governo federal para melhorar a alimentação dos brasileiros será, este ano, 36% maior que o do ano passado. Os R$ 960 milhões serão investidos na instalação de restaurantes populares, cozinhas comunitárias, bancos de alimentos, construção de cisternas na região do semiárido, entre outros programas de combate à fome.

terça-feira, 9 de fevereiro de 2010


PENA BRANCA E XAVANTINHO
Morreu nesta noite, em São Paulo, o cantor Pena Branca, remanescente da dupla Pena Branca e Xavantinho, respeitadíssima no mundo da canção sertaneja e folclórica do Brasil. Pena Branca se apresentava sozinho desde que perdeu o irmão, morto em 1999. Recebeu vários prêmios e, com sua humildade, conquistava a todos. Não tinha problemas de saúde, estava bem, mas sofreu um infarto fulminante. Foi levado ao hospital pela esposa (ele não tinha filhos), mas não resistiu. Pena Branca tinha 70 anos. Os seus fãs estão tristes com essa lamentável perda.


DICA DO DIA
A frustração pode ser um círculo vicioso e descendente. Se você se frustra com o seu trabalho, este se torna ainda mais difícil, o que leva a mais frustração. Quando você se frustra com as ações de outras pessoas, suas atitudes frequentemente reforçam o comportamento ofensivo delas, o que aumenta sua frustração.Na frustração existe ressentimento, mas também o desejo de melhorar. Esqueça o ressentimento. Ele só serve para tornar a situação ainda pior. Em vez disso, concentre-se na motivação necessária para transformar essa situação em algo proveitoso.Use a energia de sua frustração não para responder com raiva e ressentimento, mas para seguir em frente de maneira positiva. Não veja sua frustração como uma desculpa para sentir pena de si mesmo. Considere-a como uma forma de identificar oportunidades de crescimento em sua vida. Esforce-se para eliminar o ressentimento e a autopiedade da sua frustração, e ela se tornará uma força poderosa e positiva. (diabetenet.com.br/motivacional)

COMENTANDO AS NOTÍCIAS

● Os Estados Unidos e a França elevaram a pressão sobre o Irã ontem, depois de o governo Ahmadinejad comunicar formalmente a agência de energia nuclear da ONU que inicia hoje o enriquecimento de urânio a 20%. O Irã anunciou também a construção de dez novas usinas nucleares até 2011. O secretário de Defesa dos EUA, Robert Gates e o chanceler francês, Bernard Kouchner, concordaram, em reunião em Paris, que as sanções são o único caminho que resta. Já o chanceler brasileiro, Celso Amorim, disse que não crê que estejam esgotadas as possibilidades de acordo com o Irã.

● Conforme o jornal O Estado de S. Paulo, diplomatas europeus reclamam, nos bastidores, que a posição brasileira tem dificultado a imposição de novas sanções ao Irã pelo Conselho de Segurança da ONU, informou o jornal francês Le Monde. Segundo a França, seria necessária uma atuação em bloco dos membros do Conselho para que uma resolução seja aprovada. Só a unanimidade colocaria pressão sobre a China, membro permanente e com poder de veto, que não está disposta a apoiar novas sanções.

● O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso voltou a comparar seu governo com o do presidente Lula e subiu o tom das críticas à ministra Dilma Rousseff, afirmando que ela ainda não inspira confiança: “Por enquanto ela não é líder, é ref1exo de um líder." O ministro Alexandre Padilha destacou o papel de Dilma nos projetos. Para o ministro Tarso Genro, a comparação é boa para o governo Lula.

● A crítica de FHC a Lula contrariou a estratégia de José Serra (PSDB) como pré-candidato à Presidência. Em público, o governador evitou a polêmica.

● O ex-ministro José Dirceu também respondeu às críticas de FH a Dilma. Por todo o país, ele tem negociado apoios à ministra. Lula já pediu que esvaziem o poder de Dirceu, principal réu do mensalão petista.

● Projeto de lei enviado pelo Planalto ao Congresso para reprimir a corrupção contra a administração pública prevê aplicar multas de até R$ 6 milhões e, em casos mais graves, fechar empresas. A maioria das punições deverá ser aplicada administrativamente pelo governo. O fechamento dependerá de decisão judicial e poderá atingir empresas criadas para lavar dinheiro.

● O governo federal pretende que a concessão ferroviária funcione como em rodovias. O concessionário vai ter de construir e manter as linhas, além de controlar o tráfego de trens. A ideia é usar o novo sistema em leilões que devem ser realizados neste ano.

● Aqui em São Manuel sempre se tem esperança de que a manutenção da ferrovia, antiga Sorocabana, e a recuperação das pequenas estações do trecho que nos liga a Botucatu e Bauru, além da estação local, aconteça. E a esperança sempre é a última que morre...

● Dados do Banco Central mostram que, proporcionalmente, a dívida do governo nunca esteve tão atrelada ao juro básico da economia, a taxa Selic. Em dezembro do ano passado, 62% de todo o endividamento líquido do setor público era remunerado pela taxa, um novo recorde anual. Em 2006, a fatia era de 41,7%. Uma eventual alta dos juros, esperada pelo mercado, fará crescer a dívida.

● A partir de março, os passageiros com embarque em aeroportos brasileiros terão de apresentar documento de identidade com foto na porta de acesso as aeronaves. Segundo a Anac, a novidade é uma adequação a procedimentos já adotados na Europa e nos EUA, que visam aumentar a segurança de voo.

● Maior produtor de grãos do país, o Mato Grosso também colhe outro recorde, o de produtividade da soja, que nas últimas três décadas aumentou 70%. O Estado, que colhia uma média de 29,9 sacas por hectare em 1981, vai produzir pelo menos 50,6 sacas, em média, na temporada atual, o maior volume do Brasil e um dos maiores do mundo. De acordo com o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos, a safra americana deste ano dever ter um rendimento médio inferior a 50 sacas. Ate agora, a colheita no Mato Grosso atingiu 17% da área plantada e para alguns produtores os números finais deverão ser ainda melhores.

● Em 2009, pela primeira vez a balança comercial brasileira de petróleo e derivados teve superávit, registrando diferença de US$ 592 milhões entre exportações e importações, segundo dados da Agência Nacional do Petróleo (ANP). O saldo resultou de US$ 15,368 bilhões embarcados e compras de US$ 14,776 bilhões.

● Características comumente associadas a religiosidade, como a moralidade e o instinto de cooperação, são inatas ao ser humano e independem da religião, segundo um novo artigo científico. Um dos autores do estudo, Marc Hauser, de Harvard, disse ao Estadão que a religião molda opiniões sobre temas específicos, como aborto, mas não é fonte da moralidade intuitiva humana.

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010


Na foto, Marcos Monti, ex-prefeito de São Manuel e presidente da APM – Associação Paulista de Municípios, ao lado do presidente Lula

Presidente Lula confirmou participação no 54º Congresso Estadual de Municípios

O Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, confirmou presença no 54º Congresso Estadual de Municípios, que será realizado pela APM – Associação Paulista de Municípios – no período de 22 a 26 de março, no município de Serra Negra.
O convite foi entregue pessoalmente pelo Presidente da APM, Marcos Monti e pelos Diretores Aquevirque Nholla e Carlos Cruz, no dia 22 de janeiro, em audiência especial, durante a inauguração da sede do Sindicato dos Trabalhadores em Processamento de Dados e Empregados de Empresas de Processamento de Dados do Estado de São Paulo, no centro de São Paulo.
O presidente foi bastante solícito e, na ocasião, afirmou que gostaria muito de participar e faria de tudo para estar presente. Na tarde do dia 1º de fevereiro, sua presença foi confirmada: Lula fará a abertura do Congresso, no dia 22 de março, às 15h00.
DICA DO DIA
O que é difícil? O que é fácil? É apenas uma questão de percepção e atitude.Seja qual for o trabalho a ser feito ou a tarefa a ser realizada, encare-os como um compromisso com a excelência. Em geral, isso só requer um esforço um pouco maior do que você normalmente faria.Quando você está apenas fazendo um trabalho, este pode ser tedioso e difícil. No entanto, quando você o faz com excelência, mesmo que o esforço seja maior, ele não parece tão difícil. De fato, o que com frequência torna o trabalho difícil é a relutância em fazê-lo.Quando você encara seu trabalho como uma oportunidade de alcançar a excelência, ele se torna mais do que apenas um trabalho. Seja qual for a tarefa, ela é uma oportunidade para você se expressar e dar o seu melhor.O fato é que existe trabalho a ser feito. E você tem uma escolha: pode encará-lo como uma irritação, e atormentar-se enquanto o faz, ou enxergá-lo como uma oportunidade de alcançar a excelência e sentir a satisfação de ter criado algo valioso. (diabetnet.com.br/motivacional)

COMENTANDO AS NOTÍCIAS

● "Não estou desmerecendo ninguém, estou dizendo que o nosso caminho é melhor". Foi assim que a ministra Dilma Rousseff (Casa Civil), pré-candidata do PT à Presidência, reagiu ao artigo publicado ontem no jornal Estadão em que o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso acusa o presidente Luiz Inácio Lula de mentir quando compara os dois governos. O ministro Alexandre Padilha (Relações Institucionais) e o presidente eleito do PT, José Eduardo Dutra, também partiram para o ataque a FHC. "Quem escondeu os processos do governo dele foi o Alckmin. Ele ficou envergonhado de defender o governo FHC", provocou Dutra. O líder do PSDB no Senado, Arthur Virgílio (AM), classificou a forma como Lula compara sua gestão à de FHC – não reconhecendo méritos no governo tucano – de "desonesta".

● Conforme o jornal Folha de S. Paulo, uma pesquisa recente da consultoria europeia Bernstein Research colocou o minuto de celular no Brasil em segundo lugar entre os mais caros do mundo. O país só perde para a África do Sul e está à frente da Nigéria. O que o levantamento não revelou é que as tarifas são elevadas porque o governo brasileiro não abre mão de impostos e as operadoras não querem baixar o valor extra cobrado por minuto de seus clientes quando estes telefonam para um assinante da concorrente. Com R$ 0,45 por minuto, o país só perde para a África do Sul (R$ 0,50) e paga uma tarifa que é mais de quatro vezes a cobrada nos Estados Unidos (R$ 0,10 em média). Uma das razões do preço elevado no Brasil é que o governo não abre mão de impostos, que correspondem a 42% do valor total pago.

● Segundo a TV Globo,o MEC está oferecendo 165 mil bolsas em quase 1.400 estabelecimentos de ensino superior; 86 mil dessas bolsas são integrais. Só serão concedidas a estudantes que tenham renda familiar de até 1,5 salário-mínimo por pessoa. As outras 79 mil bolsas,que dão direito a 50% de desconto na mensalidade são para estudantes que tenham renda familiar de até três salários-mínimos por pessoa. As inscrições vão até o dia 10, quarta-feira, e só podem ser feitas pela internet.

● De acordo com a rádio Jovem Pan, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que ainda não existe decisão sobre a compra dos caças para renovar a frota da Força Aérea Brasileira. Em entrevista ao Jornal do Comércio, de Porto Alegre, Lula explicou que só vai escolher o modelo após um relatório final.

● Empresas acusadas de formação de cartel e venda casada, entre outros delitos, vêm usando artifícios legais para atrasar sua condenação pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). Só em 2009, 132 diferentes tipos de instrumentos legais foram usados. Com isso, processos administrativos que poderiam levar nove meses para ser concluídos têm se arrastado por dois anos.

● O Irã voltou a desafiar o mundo, ao anunciar que começará a processar no país o urânio enriquecido a 20%, no que pode ser um passo a mais rumo à capacidade de produzir a bomba atômica. EUA e Europa reagiram duramente.

● Concessionárias de energia elétrica foram chamadas em reunião de emergência pelo governo de São Paulo, para explicar os blecautes da última semana. Na capital, 16 bairros ficaram sem luz por mais de 24 horas. A Eletropaulo alega que quedas de árvores causaram as panes. Para o governo, porém, isso não explica a demora na volta do fornecimento.

● Estudo mostra que curvas em avenidas e rodovias do país podem causar desastres. As falhas partem dos próprios manuais de construção, produzidos pelo governo federal, que deverão passar por revisão. Entre as curvas "mortais" estão alças de acesso às marginais, em São Paulo, e a do km 69 da Fernão Dias, onde um acidente causou oito mortes na semana passada.

● Um mês após ataque que afundou uma de suas embarcações, a organização ambiental Sea Sheperd voltou a ter um navio atingido por baleeira japonesa. Nos mares da Antártica, a luta em defesa desses animais não tem fim.

● O ex-presidente da Argentina, Néstor Kirchner, passou mal ontem e foi internado em um hospital de Buenos Aires. Ele passou por uma cirurgia na carótida, segundo informações chegadas daquele país e divulgadas hoje de manhã pelo rádio. Ele é marido da atual presidente da república daquele país, Cristina Kirchner.

domingo, 7 de fevereiro de 2010

Na foto acima o professor Lino José Saglietti aparece ladeado pela dupla Tonico e Tinoco, que foram apresentados por ele, pela primeira vez no rádio, na Rádio Clube de São Manuel


Professor Lino José Saglietti
Com tristeza, recebi a notícia do falecimento do professor Lino José Saglietti, poucos dias depois do falecimento de sua esposa, professora Iole Correa Saglietti. O professor Lino teve papel importante na vida deste blogueiro. Foi meu professor de Português na Escola Técnica "Prof. Carlos Bon", e sempre me incentivou, dando-me impulso para trabalhar na carreira bancária ou mesmo nos meus escritos, como colaborador dos jornais da cidade e da Rádio Clube de São Manuel, onde ele foi seu primeiro gerente. Jamais me esquecerei de ter ele escrito o prefácio de um de meus livros, PALAVRAS, publicado no ano 2000. Saudades do professor Lino José Saglietti, minhas condolências à sua família, minha orações por sua alma!
DICA DO DIA
Ao não definir claramente a razão da busca da produtividade pessoal, você corre o risco de ceder à tentação de agregar novos compromissos e atividades à sua vida, sem considerar se eles realmente aproximam você de suas necessidades e objetivos pessoais, ou se são apenas um ganho ilusório. O ideal é concentrar-se no que é indispensável e no que agrega valor. É difícil perceber esse problema em nós mesmos, pois sempre parece, a princípio, que tudo o que fazemos é essencial. Mas olhe ao seu redor, e pense no número de pessoas que você conhece que vivem estressadas e insatisfeitas por tentar, de forma não sustentável, fazer mais coisas do que são capazes. Então, simplifique as coisas! (
www.efetividade.net)

CRÔNICA DE DOMINGO

Alô gente! Bom domingo e boa semana! A crônica de hoje foi por mim escrita em março de 2003, e vai postada aqui um pouco resumida. Hoje em dia os CDs até estão ficando para trás, substituídos pelos tocadores de MP3, MP4 e outros que tais. Porém, de outro lado, há cantores jovens que estão se encantando com o vinil, e gravando suas obras tanto em CD como em vinil, que é para contentar as duas torcidas! Boa leitura!
Gildo Sanches


As velhas bolachas sonoras de antigamente

Eu morava em Tietê quando comprei o primeiro aparelho de CD. Não para mim, mas para meu filho Renato, que já morava aqui em São Manuel, após ter servido no Tiro-de-Guerra 02-039. Anos depois, já morando em São Manuel, esse aparelho de CD foi o meu primeiro desse tipo, acoplado a um velho 3x1. Renato adquirira um outro, mais moderno, e me cedera o seu, não sem alguma resistência de minha parte, que achava que o melhor mesmo seria continuar ouvindo meus bolachões de vinil.
Não há muito tempo, menos de uma década, com certeza, dispensei aquele meu antigo aparelho de som e o substituí por um aparelho Philips, com rádio, toca-fitas, gravador, rádio AM/FM, mas, também com toca-discos de vinil, equipamento que jamais consegui dispensar.
Disponho de uma razoável coleção de LPs, os quais, vez em quando, ouço em lugar dos CDs, ainda que com o desconforto de ter que ficar mudando o disco de lado a cada seis canções. Pode ser coisa de saudosista, mas essa ligação com o LP, no meu caso, é muito mais forte do que parece, até porque, nos meus tempos de infância, vi essas gravações surgirem em lugar dos antigos discos de 78 rotações (rpm), que, tenho certeza, poucos jovens saberão dizer de que se trata.
Acho que é por causa dessa paixão pelo velho LP que fiquei interessado em saber coisas sobre o filme brasileiro chamado “Durval Discos”, que está sendo levado nos cinemas brasileiros nestes dias, e que participou do Festival de Gramado no ano passado, onde ganhou os prêmios de melhor filme, melhor direção, melhor roteiro, melhor fotografia, melhor direção de arte, além do prêmio do júri popular e do prêmio da crítica. Quer dizer, ganhou tudo, ou quase tudo, o filme dirigido por Anna Muylaert, quem tem no elenco, entre outros, os veteranos e sempre bons, Ary França (que faz o Durval) e Etty Fraser (que interpreta a mãe dele).
O filme conta a história de um vendedor de LPs quarentão que vive atrelado aos caprichos de uma mãe extremamente carinhosa, porém muito excêntrica. A trilha sonora, dizem os críticos, é fantástica. Os Novos Baianos, Jorge Ben Jor, Mestre Jonas, Sá, Rodrix e Guarabira, em versão do grupo Mulheres Negras, entre outras maravilhas do repertório brasileiro dos anos 70, dão um certo tempero de nostalgia ao universo de sonhos em que vive Durval, um pequeno comerciante de LPs que sente crises de urticária só de pensar em ter que vender CDs em sua loja e imaginar que os LPs vão deixar de existir.
É bem por causa disso que me senti atraído pelo filme. Afinal, acho que passei por coisa semelhante – e outros devem ter passado também – quando tive que aceitar o fato de que os LPs estavam mesmo sumindo, dando lugar aos CDs.
Um outro detalhe: quem acusa o LP de ter um som inferior, dizem os entendidos, é porque não tem conhecimento de seu poder. As boas agulhas são caríssimas, as caixas de som de qualidade também. Como muitos ouvem discos de vinil em aparelhos baratos, acabam tendo uma falsa impressão sobre o som que eles proporcionam.
E, a favor do vinil, lembram os saudosistas como eu, que na era do LP não existia pirataria. Era muito caro fazer reproduções de LPs. Quem sabe não seria essa uma dica para as gravadoras? Poderiam ganhar muito dinheiro prensando as velhas bolachas sonoras de antigamente, sem medo dos piratas que se fartam das facilidades de cópias baratas que lhes oferecem os CDs...


COMENTANDO AS NOTÍCIAS

● Pela primeira vez na história, a classe C do Brasil, cujos lares recebem de R$ 1.115 a R$ 4.807 por mês, passou a representar a maior fatia da renda nacional. Segundo a Fundação Getulio Vargas, o segmento detém 46% dos rendimentos das pessoas físicas. Já as classes A e B correspondem a 44%. Entre 2003, quando a classe C tinha 37% da renda, e 2008, 26,9 milhões chegaram a este grupo, que soma 91 milhões de brasileiros. O novo público está mudando o conceito de classe média, padrões de consumo e investimentos das empresas.

● Apenas 18% das crianças até três anos têm acesso a creches no país, segundo os dados oficiais mais recentes, o que representa 1,9 milhão de matrículas. Há no Brasil 10,7 milhões de crianças nessa faixa etária. Para melhorar essa situação, o governo federal prevê a construção de seis mil creches no PAC-2.

● A safra recorde de 65,1 milhões de toneladas de soja vai agravar a situação do já caótico sistema logístico nacional. O Estado limita a produção por falta de porto. O Ministério da Agricultura e a CNA, confederação dos agricultores, calculam que a fronteira agrícola deixa de produzir 3 milhões de toneladas devido ao apagão portuário. O país perde o equivalente a US$ 1 bilhão.

● Embora tenha deixado o dólar subir nas últimas semanas, o Banco Central vai ser obrigado a intervir no câmbio vendendo a moeda americana, avalia o economista e ex-ministro Luiz Carlos Mendonça de Barros. Para Mendonça, haverá um momento em que a alta da moeda pesará na inflação e prejudicará empresas e investidores. "Não tenha dúvida de que o BC vai vender dólar. Vai fazer atrasado, como sempre, mas ai".

● Em três meses, nove poços próximos à unidade da estatal Indústrias Nucleares do Brasil em Caetité (BA), local da única mina de urânio em atividade no país, foram fechados por causa do alto índice de radioatividade, até 47 vezes o limite legal. O fechamento dos poços atemoriza a população, de 46 mil habitantes. Se o urânio tiver vazado da mina, o que não foi confirmado, a atividade da fábrica poderá ser suspensa. A estatal contesta o laudo sobre radioatividade, feito por órgão do governo estadual.

● Quando chegar ao fim do segundo mandato, em dezembro, o presidente Lula terá contratado cerca de 100 mil pessoa apenas para o Poder Executivo. O número equivale aos 110 mil empregos gerados por todas as montadoras de carros instaladas no Brasil. Dados do Ministério do Planejamento mostram que, entre dezembro de 2002 e outubro de 2009, aumentou em 63.270 o número de servidores públicos civis, chegando a 549 mil. E o Orçamento já autoriza mais 46.151 vagas neste ano.

● O deputado Michel Temer (SP) venceu as resistências do grupo liderado pelo ex-governador de São Paulo, Orestes Quércia e conseguiu apoio majoritário para a convenção nacional do PMDB, ontem em Brasília. Em jogo, a recondução de Temer à presidência do partido, solidificando seu nome como vice na chapa da ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, para a corrida presidencial.

● A era da propaganda boca a boca está ficando para trás. Facções criminosas como o Comando Vermelho e o PCC de São Paulo já descobriram o potencial da internet para divulgar suas ações. O 'Proibidão digital' é um sucesso no You Tube, com centenas de vídeos musicais, com 5 a 6 minutos em média, no qual os bandidos destacam o assassinato de policiais, exibem o armamento, expõem alianças e demonstram o controle ferrenho de determinadas áreas.

● Protestos contra o governo de Hugo Chávez vêm sendo liderados, em Caracas, por grupos ainda incapazes de se unirem em torno de uma estratégia comum. A oposição sabe que é preciso ir além das palavras de ordem e oferecer aos venezuelanos um projeto político que sirva, de alternativa viável ao chavismo.

DESTAQUES DAS PRINCIPAIS REVISTAS SEMANAIS BRASILEIRAS

VEJA

♦♦♦ Por que chove tanto – Uma rara combinação de fatores atmosféricos é a causa do dilúvio que há mais de 40 dias castiga o Sul e o Sudeste do Brasil.
♦♦♦ Omelete sem quebrar ovos – É o equivalente culinário de fazer campanha eleitoral sem parecer que está pedindo votos. Orientada pelo chef Lula, Dilma vai cozinhando o TSE e subindo nas pesquisas.

♦♦♦ Bandeiras ideológicas - A análise das notas oficiais do Itamaraty durante o governo lula mostra subserviência aos interesses de Chávez e desrespeito a princípios universais.
♦♦♦ Sem o dedo do Estado - O anúncio da União entre Cosan e Shell foge ao figurino das últimas grandes fusões no país - todas com a influência do governo.
♦♦♦ A campanha das enchentes - Em meio ao caos provocado pelas chuvas, dirigentes do PT tentam converter a tragédia dos paulistas em trunfo eleitoral da ministra Dilma Rousseff.
♦♦♦ Prestígio zero - Pesquisa mostra que os bons alunos não querem mais seguir o magistério - um desastre para o ensino.

ÉPOCA

♦♦♦ O corpo biônico – As novas tecnologias que são capazes de substituir - e às vezes até melhorar - braços, pernas, olhos, ouvidos, coração...
♦♦♦ O general e os gays – Um militar reacende o debate sobre homossexuais no Exército
♦♦♦ A encruzilhada está em Minas - Todos os caminhos para o Palácio do Planalto passam pelo segundo maior colégio eleitoral do País. As definições dos políticos mineiros podem ditar os rumos de Dilma e de Serra. Do aliado para a escolhida – Dilma Rousseff recolhe os dividendos de uma pré-campanha em ritmo acelerado e sobe nas pesquisas ao tirar votos de Ciro Gomes.
♦♦♦ Um tiro no pé? - A PF investiga a participação de Arruda em suborno de testemunha do escândalo do panetone.

♦♦♦ Mais uma praga ataca o emprego – A pretexto de garantir a segurança no trabalho, o governo adota uma péssima - e tradicional - solução: aumentar os impostos.

ISTOÉ

♦♦♦ Santo Daime liberado – O governo autoriza o uso do chá alucinógeno em rituais religiosos, mesmo com casos de morte após o seu consumo. A medida abre um novo e perigoso precedente na discussão sobre a legalização das drogas.
♦♦♦ Eleição – Pesquisa mostra crescimento de Dilma e aumenta a pressão de aliados sobre Serra.
♦♦♦ Especial – Por que passageiros levam até 24 horas para embarcar no maior aeroporto do País.
♦♦♦ Togas em chamas – O futuro presidente do STF abre guerra contra o Conselho Nacional de Justiça e ameaça a campanha de moralização do Judiciário.

CARTA CAPITAL

♦♦♦ Vai ou não vai? – - Serra diz esperar o momento “certo” para se candidatar, mas corre o risco de decidir na hora errada.

♦♦♦ Dilma cresce e pode liderar as pesquisas em breve.
♦♦♦ Ciro Bate o pé – O deputado está cada vez mais disposto a ficar no páreo.
♦♦♦ A batalha das compras – Atingidos pelas inundações, moradores interferem no fluxo de uma barragem em Atibaia.

♦♦♦ Nosso destino é a fazenda? – Economia – O real valorizado, a dependência da China e outros riscos à indústria nacional.