sábado, 27 de fevereiro de 2010


FESTA DO MILHO
Neste final de semana tem a FESTA DO MILHO aqui na cidade, promovida pela Paróquia São Manuel. Será no Colégio Hollus, amanhã e depois de amanhã. Renato Bragiatto faz show ao vivo amanhã à noite. Tem curau, pamonha, milho verde cozido, suco de milho, bolo de milho, sopa de milho, enfim, tem milho de tudo quanto é jeito! Participe!



DICA DO DIA
Todos desejam crescer interiormente e poucos se permitem tal avanço. Muitas vezes, atitudes benéficas são abortadas, atrasando constantemente uma nova consciência. Liberdade de expressão é permitir-se o novo, é deixar para trás o que não faz parte do seu crescimento pessoal, é direcionar a sua atenção somente para o seu propósito de vida: evolução espiritual e o enobrecimento de seu ser. Ser livre é romper as suas próprias barreiras, é permanecer atento às suas próprias atitudes, no sentido de determinar o bem-estar e o seu autocrescimento. Liberte-se de seus bloqueios, de seus medos, de suas aflições, sinta o amor em seu coração e permita-se bem viver o que está reservado ao seu destino.


COMENTANDO AS NOTÍCIAS

● O Observatório de Astronomia daUnesp de Bauru dá início hoje às atividades de 2010 promovendo, às 19h30, sessão de observação do céu com telescópios a todos os interessados. Os visitantes, além de observar a Lua, o planeta Marte, constelações, nebulosas e aglomerados, poderão conhecer detalhes dos telescópios. (Jornal da Cidade)

● Um terremoto de magnitude 8,8 graus atingiu o centro-sul do Chile neste sábado, o maior tremor no país em 25 anos. Pelo menos 64 pessoas morreram no tremor, segundo o ministro chileno do Interior, Edmundo Perez Yoma. O terremoto provocou alguns reflexos em áreas do Estado de São Paulo, segundo informações do professor George Sand, do Observatório Sismológico da Universidade de Brasília.

● De acordo com o professor, esses reflexos são normais em casos de terremotos dessa magnitude e devem ser sentidos nas regiões mais altas e em prédios. Segundo ele, foram relatados tremores na cidade de São Paulo e na cidade de Praia Grande (litoral de SP). Apesar disso, ele afirma que o reflexo pode ter sido sentido em outros Estados brasileiros.

● De acordo com o Corpo de Bombeiros de São Paulo, foram recebidas diversas chamadas de moradores que relataram ter sentido tremores de terra nas regiões central e leste da cidade e na avenida Paulista. As ocorrências aconteceram durante a madrugada. Já na rua Brigadeiro Tobias, no centro de São Paulo, um prédio precisou ser vistoriado após os abalos, mas nenhum dano na estrutura foi encontrado, segundo informações do Corpo de Bombeiros. Também não houve registro de danos ou feridos nas outras ocorrências.

● Conforme o jornal O Globo, pela primeira vez desde outubro de 2008, no auge da crise global, praticamente todas as aplicações financeiras perderam, em fevereiro, para a inflação de 1,18%, medida pelo IGP-M. Esse percentual superou os rendimentos dos fundos de ações e de renda fixa, dos FGTS Petrobras, da poupança e do dólar. O presidente do BC, Henrique Meirelles, deixou claro que as taxas podem subir no curto prazo: “Enganam-se aqueles que esperam mudanças na conduta do BC em função do calendário cívico”, frisou, referindo-se às eleições. Segundo ele, o BC poderá tomar “decisões antipáticas ou impopulares”.

● A comissão especial da Câmara do DF aprovou o relatório pelo impeachment do governador José Roberto Arruda. E o “deputado da meia”, Leonardo Prudente, renunciou.

● Após a morte de preso político, pelo menos cinco dissidentes entraram em greve de fome em Cuba. Pedem a libertação de 25 presos que estão em precário estado de saúde. “Se brasileiros entrassem em greve de fome, e você fosse o governante, você iria liberar todos?”, disse o presidente Lula em El Salvador.

● Os resultados do Saresp, prova de português e matemática aplicada pelo governo paulista, mostram que, na rede estadual, o desempenho dos alunos do 3º ano do ensino médio não chega ao esperado para a 8ª série. O exame avalia os estudantes da 4ª e da 8ª séries do ensino fundamental e da 3ª série do médio. Em 2009, foi registrada melhora na 4ª série: a média subiu de 180 para 190,4 em português, numa escala que vai até 500.


● O avanço foi mais tímido na 8ª série e inexistente no 3º ano do ensino médio, ambos com desempenho abaixo do que é considerado ideal. Em matemática, houve pequeno recuo na média geral (de 273,8 para 269,4). A gestão José Serra alega que, embora a situação não seja satisfatória, políticas adotadas pelo governo melhoraram os resultados. Especialistas classificaram como “pífio” ou “tímido” o desempenho dos alunos.

● Este blogueiro continua achando que se voltássemos ao tempo das cartilhas, das sabatinas mensais, dos exames escritos de meio de ano, dos exames escritos e orais de final de ano, os estudantes aprenderiam melhor. Mas, parece que ninguém pensa nisso...

● Os EUA levarão ao governo brasileiro um recado: é um “erro” o Brasil não apoiar sanções contra o Irã no Conselho de Segurança da ONU, disse o principal diplomata de Washington para a América Latina, Arturo Valenzuela. A secretária de Estado, Hillary Clinton, vai subir o tom em sua visita a Brasília na quarta-feira, nos encontros com o presidente Lula e com o chanceler Celso Amorim. Hillary vai insistir na necessidade de unidade internacional para pressionar o Irã.

●Reportagem da revista IstoÉ vincula recursos estatais ao mensalão do PT e afirma que o nome do petista Fernando Pimentel, ex-prefeito de Belo Horizonte, consta do processo que corre no Supremo Tribunal Federal para investigar o caso. Segundo a revista, ele teria participado de esquema para enviar dinheiro ao exterior. Pimentel negou a acusação e afirmou que se trata de uma tentativa de “jogar suspeição” sobre ele, porque agora é coordenador de Dilma Rousseff (PT).

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010


O Dauphine
Há muito tempo os carros brasileiros eram bem diferentes dos de agora. Tivemos o DKV, tivemos o Sinca, o Aero-Willys, o Gordini, mas, antes deste, apareceu o Dauphine, que para aqueles tempos, era um carrão. Vejam aí uma propaganda dele, em revistas da época. Recordar é viver, não é mesmo?
DICA DO DIA
Participe de algum programa social, um curso de pós-graduação ou aprenda uma língua estrangeira. Busque algo que seja NOVO para você e que o ajude a desenvolver capacidades que você considera deficitárias ou, ao contrário, algo que aprimore ainda mais os seus pontos fortes: atividades que estimulem seu espírito de equipe, liderança ou que aumente o seu contato com as pessoas, enfim, tudo o que pode e deve ser aplicado no seu dia-a-dia profissional. (www.diabetenet.com.br/motivacional)

COMENTANDO AS NOTÍCIAS

● Neste final de semana tem a FESTA DO MILHO aqui em São Manuel, promovida pela Paróquia São Manuel. Será no Colégio Hollus, amanhã e depois de amanhã. Renato Bragiatto faz show ao vivo amanhã à noite. Tem curau, pamonha, milho verde cozido, suco de milho, bolo de milho, enfim, tem milho de tudo quanto é jeito! Participe!

● Os bancos brasileiros conseguiram aumentar seus lucros na esteira da crise global. Enquanto isso, grandes empresas - como siderúrgicas e mineradoras, que perderam mercado principalmente no exterior, viram seus resultados desabarem no ano passado. Um levantamento com 22 balanços publicados até ontem mostra que os lucros no setor produtivo encolheram 44% em 2009. A Vale, por exemplo, teve um lucro de R$ 10,249 bilhões, mas isto significou uma queda de 51,8%.

● O Banco do Brasil obteve o maior ganho anual apurado entre as instituições financeiras do país. O lucro líquido de R$ 10,15 bilhões anunciado pelo BB em 2009 inclui R$ 3 bilhões de receitas resultantes do acerto de contas com a Previ, fundo de pensão de seus funcionários. Outros fatores também influenciaram o resultado. Enquanto o mercado ampliou em 14,5% a oferta de crédito, o BB expandiu em 33.8% a sua carteira de empréstimos. A inadimplência do banco girou em 3,3%. Já a do sistema financeiro como um todo ficou em 4,4%.

● O temor de mais calotes por causa da crise não se confirmou. Para este ano, o BB prevê um acirramento na concorrência entre os bancos, com maior disposição das instituições privadas para os financiamentos. Mesmo assim, projeta crescer 23% no segmento.

● O corpo do preso político cubano Orlando Zapata, que morreu na terça após greve de fome, foi sepultado ontem sob virtual estado de sítio. A cerimônia foi marcada pelo silêncio da imprensa local e pela detenção de ao menos 100 dissidentes, para evitar protestos no enterro. A morte de Zapata, que provocou críticas internacionais, coincidiu com a visita do presidente Lula a Havana, anteontem.

● A ausência de condenação ao desrespeito aos direitos humanos em Cuba gerou críticas ao presidente Lula, que visitava a ilha quando o preso político Orlando Zapata morreu após greve de fome. Analistas de relações internacionais dizem que Lula não deveria guiar a política externa por preferências ideológicas ou relações de amizade. O jornal "El País" criticou o silêncio de Lula. Mil policiais e militares cercaram o povoado onde ocorreu o enterro de Zapata e impediram o acesso de jornalistas.

● O Palácio do Planalto já faz consultas a órgãos técnicos para a elaboração de um acordo nuclear com o Irã, que seria assinado em maio, durante visita de Lula àquele país, informa Merval Pereira. O que preocupa é que o mundo inteiro está contra os planos do Irã com relação à energia nuclear, e o Brasil apóia. Isto não será outro tiro n’água?

● Documentos secretos do antigo Deops (Departamento Estadual de Ordem Política e Social) foram encontrados em uma sala da Polícia Civil em Santos (litoral de SP). São cerca de 600 pastas e caixas infestadas por cupins, que incluem relatos sobre um show de Chico Buarque e sobre o guerrilheiro Carlos Marighella. Segundo delegado, elas serão transferidas para o Arquivo do Estado.

● O Ministério da Saúde teve um rasgo de bom senso e incluirá pessoas entre 30 e 39 anos sem doenças crônicas na campanha contra a gripe A (H1N1), que começará em 8 de março na rede pública. Antes só seriam vacinadas pessoas até 29 anos. Serão gastos R$ 1,8 bilhão com remédios e vacinas para a gripe suína, mais que o R$ 1,4 bilhão usado no combate à Aids em 2009. O que, convenhamos, á absolutamente natural.

● Marina Silva, pré-candidata do PV à Presidência, afirmou que, se eleita, quer fazer um "realinhamento histórico" e governar com "os melhores" do PSDB e do PT. Em entrevista à TV, que vai ao ar na segunda, a senadora criticou alianças à direita das duas siglas.

● O Superior Tribunal de Justiça aceita libertar José Roberto Arruda se ele renunciar ao governo do Distrito Federal. Na avaliação dos juízes, por ter ficado preso durante duas semanas, Arruda não ameaça mais as investigações sobre o mensalão do DEM. Mas o STJ não aceita que Arruda seja "governador licenciado até o fim das investigações", como ele queria.

● Apenas 23 de 435 estabelecimentos públicos que fazem mamografia tiveram produtividade adequada, diz o Tribunal de Contas da União. O TCU aponta que 40% dos aparelhos não foram utilizados. O Instituto Nacional do Câncer contesta.

● Uma funcionária da lotérica gaúcha que não registrou o bilhete vencedor de um grupo de apostadores da Mega Sena disse ontem à polícia que esqueceu de computar o bolão. A lotérica, porém, ainda é investigada por suspeita de estelionato.

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

DICA DO DIA
É fácil estipular objetivos para si mesmo. Ainda assim, eles não têm sentido se você não acredita que é capaz de alcançá-los. Então, quando definir um objetivo, pense em todas as ações que podem levar ao seu objetivo. Melhor ainda: tome nota deles. Quanto maior for o número de objetivos de que você conseguir se lembrar, melhor. Quando você começa a levar em consideração os detalhes envolvidos na conquista do seu objetivo, este se torna mais real e passa a estar ao seu alcance. Desenvolver uma lista de ações específicas permitirá mentalizar sua realização. Quando você começa a agir dessa forma, seu objetivo começa a tornar-se cada vez mais real para você. Se você acredita que pode, você pode. E essa crença vem de um conjunto de ações claras e específicas que você pode ver-se realizando. Em sua mente, construa um caminho para esse objetivo. E então, comece a caminhar pela estrada do sucesso. (diabetenet.com.br/motivacional)

COMENTANDO AS NOTÍCIAS

● Conforme o jornal O Estado de S. Paulo, o Banco Central reverteu praticamente toda a flexibilização do recolhimento de depósitos compulsórios promovida no auge da crise global. Na prática, as medidas anunciadas vão significar o enxugamento de R$ 70 bilhões do sistema financeiro, o que pode ajudar a conter a inflação. De acordo com o presidente do BC, Henrique Meirelles, a mudança se insere na estratégia brasileira de saída das medidas adotadas durante a crise. Cá entre nós, parece que vai faltar crédito no mercado...

● Segundo o Jornal Nacional, o pedido de habeas corpus de José Roberto Arruda deveria ser julgado nesta quinta-feira, mas, o STF foi surpreendido com um estranho pedido, para que declarasse suspeito o relator, Marco Aurélio Mello, sob alegação de que ele teria antecipado o voto pela permanência de Arruda na prisão. A assinatura no pedido, segundo o advogado que o teria assinado, é falsa.

● Em Cuba, dezenas de opositores que tentavam ir ao velório do dissidente Orlando Zapata Tamayo, morto após quase três meses de greve de fome, foram detidos ontem ou mantidos em prisão domiciliar pelo governo cubano. O presidente Raúl Castro lamentou a morte do preso político, disse que ele foi tratado "nos melhores hospitais" e culpou os EUA, assegurando que não há tortura em Cuba.

● Os EUA, a União Europeia e entidades como a Anistia Internacional protestaram contra a situação que levou à morte de Zapata, e pediram a libertação dos presos políticos. Já o presidente Lula, que visita o país e foi alvo de críticas de dissidentes, lamentou a morte, mas condenou o recurso da greve de fome. Ele negou que tenha recebido carta de opositores. Os demais líderes latino-americanos optaram pelo silêncio absoluto.

● Enquanto isso, na Venezuela, em relatório de 300 páginas, a Comissão Interamericana de Direitos Humanos, ligada à OEA, acusa o governo do presidente Chávez de adotar práticas típicas de países totalitários, como limitações à liberdade de expressão e de mídia, perseguição a opositores e manipulação do sistema judiciário.

● Na Grécia, em protesto contra a intenção do governo de adotar medidas drásticas para reduzir o déficit do PIB, milhares de pessoas tomaram as ruas de Atenas, em greve geral de um dia.

● Relatório do International Narcotics Control Board, ligado à ONU, revela que em alguns países o abuso de remédios legais, como tranquilizantes, é mais comum que o de drogas ilícitas. Nos EUA, 6,2 milhões de pessoas abusaram de drogas legais em 2008, mais que o número total de consumidores de cocaína, heroína e ecstasy juntos. Não há dados sobre o Brasil, mas especialistas apontam alta no mau uso desses remédios.

● IBGE abre as inscrições para o Censo. Serão contratados mais de 191 mil trabalhadores temporários em todo o País para a apuração de dados para o Censo 2010. A remuneração será de acordo com a produção de cada recenseador e pode chegar a R$ 1,5 mil, com exigência de nível fundamental completo.

● Por 356 votos a um, a Câmara aprovou o uso de parte do dinheiro do pré-sal para a Previdência. O objetivo é bancar a diferença entre os reajustes do salário mínimo e de outros beneficiários.

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

DICA DO DIA
Um dia você vai lembrar de hoje e se perguntar por que teve tanto medo de agir. Um dia você vai olhar para trás e se perguntar por que deixou que tantos pequenos contratempos lhe atingissem. Um dia você vai olhar para trás e se perguntar por que não foi um pouco mais disciplinado e focado.Se pudesse olhar para trás daqui a dez anos, o que você lamentaria não ter feito? Se pudesse olhar para trás, o que consideraria importante no dia de hoje? Que oportunidades, que passam despercebidas hoje, seriam evidentes no futuro? Uma vida de real valor e significado é algo que se constrói com o tempo, não um prêmio que se ganha com sorte ou habilidade. O dia de hoje é uma oportunidade de construir a vida que você quer, uma oportunidade que não voltará. O futuro é imprevisível, mas uma coisa é certa: você jamais se arrependerá de dar o melhor de si a cada momento. (diabetenet.com.br/motivacional)

COMENTANDO AS NOTÍCIAS

● Conforme o jornal Folha de S. Paulo, apenas 12 dias depois de assumir o lugar de José Roberto Arruda, preso desde o dia 11, o governador interino do Distrito Federal, Paulo Octávio, alegou falta de apoio político, renunciou ao cargo e se desfiliou do DEM. Arruda e Paulo Octávio são suspeitos de comandar o mensalão do DEM, esquema de formação de caixa dois para a campanha que os elegeu em 2006, além de coleta e distribuição de propina.

● O governo agiu rápido diante das denúncias de que o ex-ministro José Dirceu teria feito lobby em favor de uma empresa privada que poderia ser beneficiada no Plano Nacional de Banda Larga, uma das prioridades da atual gestão. O empresário Nelson dos Santos, da Star Overseas, sócio da Eletronet, dona de uma rede de fibras ópticas, afirmou que pagou a Dirceu R$ 620 mil entre 2007 e 2009. Essa rede, hoje pertencente a subsidiárias da Eletrobrás, poderia ser usada pela Telebrás, que, reativada, expandiria a banda larga no País. Com declarações da cúpula do governo sobre a reativação da Telebrás, as ações já subiram 248% este ano. A oposição quer abrir CPI para investigar a denúncia.

● O Tribunal de Justiça do Rio anulou ontem a inclusão do jovem condenado pelo assassinato do menino João Hélio num programa de proteção do governo federal. A Justiça determinou que o rapaz seja apresentado pela ONG que o protege.

● Horas antes da chegada do presidente Lula a Havana, o dissidente Orlando Zapata morreu ontem após 82 dias de greve de fome. O grupo do qual fazia parte pedira a intercessão do presidente brasileiro e queria encontrá-lo. Mas a embaixada não o recebeu.

● Velhos rivais, os presidentes da Venezuela, Hugo Chávez, e da Colômbia, Álvaro Uribe, discutiram num almoço da reunião de cúpula continental no México. Uribe disse a Chávez para "ser macho” e criticá-lo pela frente, e o venezuelano o mandou "al carajo". Quanta baixaria...

● Números fechados de 2009 mostram que as multas de trânsito bateram recorde em São Paulo e as autuações por excesso de velocidade subiram bem acima da média: 70%, de 902 mil para 1,54 milhão de veículos. Para a CET, a alta deve-se à quantidade de radares em operação, que passou de 300 a quase 450 desde 2008. Especialistas elogiam o aperto na fiscalização, mas questionam o modo como os radares são implantados.

● Yvo de Boer, que deixará em junho a chefia da ONU para o clima, disse em entrevista que não crê em acordo no México no fim do ano e classificou como "retrocesso" a cúpula de Copenhague. Com esse pensamento negativo, é bom que ele vá mesmo para casa...

● Apesar de vetar o bolão de lotérica, a Caixa tem só 242 funcionários para fiscalizar 10,2 mil casas no País. Ela suspendeu a lotérica do Rio Grande do Sul que não apresentou a aposta de ao menos 35 pessoas, valendo R$ 53 milhões.

● Termômetro no centro do Rio marca 48 graus, temperatura superior à real, segundo meteorologistas, por causa do concreto, asfalto e concentração de prédios ao redor; ontem todas as capitais do País registraram níveis elevados de raios ultravioleta. Aqui por São Manuel também o calor está, como dizemos nós, os caipiras, de rachar sabugo...

● Na cúpula de países da América Latina e do Caribe, o presidente Lula condenou a ONU por não defender a Argentina"Qual é a explicação geográfica, política e econômica de a Inglaterra estar nas Malvinas?", questionou o presidente brasileiro.

● A Novo Nordisk, da Dinamarca, volta a fornecer insulina para o governo brasileiro. Embora tenha sua fábrica mais moderna aqui no País, vai importar o produto, diz seu presidente, Lars Rebien.

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

DICA DO DIA
Quando ficar irritado, frustrado ou impaciente, lembre-se do que é realmente importante na sua vida. Pergunte-se se vale mesmo a pena gastar seu tempo e energia com tanto transtorno e frustração. Às vezes reagimos por força do hábito e nos irritamos com coisas que na realidade não têm importância. Este tipo de comportamento gasta uma energia enorme, que poderia ser direcionada para o que realmente importa. Quando você começa um novo dia, antes de ser atropelado por prazos de entrega, "precisamos disso" e "queremos aquilo", reserve um momento para pensar no que é realmente importante para você. Coloque tudo isso em perspectiva. Concentre-se no todo. Isso o ajudará a ir na direção certa. (diabetenet.com.br/motivacional)

COMENTANDO AS NOTÍCIAS

● Conforme o jornal O Globo, previsto para abril, o leilão da hidrelétrica de Belo Monte, no Pará, ganhou um concorrente de peso: a Vale se aliou à construtora Andrade Gutierrez, à Votorantim Energia e à Neoenergia para disputar a construção da megausina, orçada em até R$ 30 bilhões. Outro grupo, formado por Camargo Corrêa e Odebrecht, já estava na disputa da usina, que será a terceira do mundo. O governo tenta ainda criar um terceiro consórcio e, para isso, poderá acionar a Eletrobrás e o BNDES.

● Segundo a TV Brasil, o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, vai permanecer no cargo. O mesmo juiz que havia cassado o seu mandato, aceitou o recurso da defesa, apresentado ontem, e vai esperar o julgamento do caso pelo Tribunal Regional Eleitoral(TRE).

● De acordo com a Rádio BandNews, o governo, o Ministério Público e o poder Judiciário lançaram a Estratégia Nacional de Justiça e Segurança Pública(Enasp). A proposta pretende acabar com as prisões irregulares e facilitar a prevenção, denúncia e julgamento de crimes hediondos.

● Um grupo de 40 apostadores gaúchos comprou cotas de um balão da Mega-Sena e acertou os números sorteados, mas não receberá os R$ 53,3 milhões. É que a lotérica não registrou a aposta. Funcionários admitiram a hipótese de erro humano.

● O estouro da bolha imobiliária levou a Espanha a um mergulho no abismo econômico pela segunda vez desde a entrada na União Europeia. Os espanhóis perderam a confiança no país, que tem 20% de desempregados. Situação terrível, sem dúvida.

● O ex-ministro e deputado cassado José Dirceu (PT) recebeu ao menos R$ 620 mil do principal grupo empresarial que será beneficiado caso a Telebrás seja reativada, como promete o governo. O dinheiro foi pago entre 2007 e 2009 pelo empresário Nelson dos Santos, dono da Star Overseas, companhia sediada nas Ilhas Virgens Britânicas.

● O sistema de processos eletrônicos da Justiça Federal de São Paulo sofre "apagão" desde o início do ano. As panes deixam inacessíveis informações de mais de 200 mil ações em tramitação e 1,5 milhão no arquivo. O "apagão" afeta principalmente o Juizado Especial Federal, em que boa parte dos processos é de revisão de aposentadorias. Há casos de audiências remarcadas para 2011. A Justiça diz que o problema só deve se resolver em abril.

● Bombardeio da aliança militar Otan matou ao menos 21 civis ontem no Afeganistão, em mais um revés para a estratégia americana de conquistar apoio da população contra o Taleban. O general dos EUA Stanley McChrystal, comandante das forças militares, pediu desculpas ao governo afegão, que qualificou as mortes de "injustificáveis". Desde que a atual ofensiva começou, outras duas operações da Otan mataram ao menos 19 civis.

● O MEC e o Conselho Nacional de Educação divulgarão novas diretrizes para o ensino fundamental com a indicação de que não haja reprovação aos seis anos. "Antecipar o fracasso escolar é grave", diz a secretária de Educação Básica do MEC, Maria Pilar Lacerda. Dados inéditos, obtidos pela Folha de S. Paulo, mostram que 79,3 mil alunos do novo primeiro ano foram reprovados em 2008. O número representa 3,5% das matriculas dessa série.

● A presidente argentina, Cristina Kirchner, obteve da Cúpula de Cancún (México) o respaldo dos presidentes latino-americanos e do Caribe para pedir à Grã-Bretanha a devolução das Malvinas à Argentina. "Vamos insistir em nossa reivindicação", afirmou Cristina. No momento em que ela discursava, porém, funcionários de uma empresa petrolífera britânica começavam a exploração na região. Ali esperam encontrar petróleo, o pivô da nova crise entre Buenos Aires e Londres.

● O financiamento de unidades habitacionais com depósitos da poupança atingiu no ano passado 302,7 mil imóveis, totalizando R$ 34 bilhões. O número é recorde, e a marca deve ser batida neste ano. Para especialistas, a poupança deve se esgotar como fonte de financiamento, e os bancos começam a discutir alternativas.

● O relógio começou a correr. O processo de impeachment contra José Roberto Arruda teve início ontem na Câmara Legislativa, com a definição de Chico Leite (PT) e Cristiano Araújo (PTB) como respectivos relator e presidente da comissão especial que avalia os pedidos de cassação. A escolha de um representante da oposição para a relatoria é vista como mais um sinal de que os antigos aliados de Arruda lançaram-no à própria sorte.

● Tirar um cochilo ao longo do dia, a tradicional siesta de países como México e Espanha, entre outros, estimula a aprendizagem. Cientistas da conceituada Universidade da Califórnia, em Berkeley, garantem que uma hora de sono já é suficiente para ampliar os processos cognitivos de homens e mulheres.

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

DICA DO DIA
Se você acredita que algo é possível, tentará realizá-lo. Se você sabe que algo é possível, esse algo acontecerá. Como alcançar um estado além de apenas acreditar, um estado de saber? Agindo. Não existem atalhos. Não existem truques mentais ou tecnológicos. Arregace as mangas e ponha as mãos na massa. Em breve, você não apenas acreditará, como também saberá. Você pode acreditar que é capaz de correr uma maratona. Mas somente quando você acordar todo dia às 5 horas da manhã e se exercitar dia após dia que você saberá que é capaz de correr a maratona. Como diz o ditado, “ver é acreditar”. Da mesma forma, fazer é saber. É ótimo acreditar nas possibilidades. Você pode especular a respeito e imaginar toda sorte de coisas maravilhosas. Mas a ação é o que vai tornar todas essas coisas possíveis. Arregace as mangas e comece a agir. Assim você saberá o que é capaz de conquistar. E, sabendo disso, com absoluta certeza você fará com que as coisas aconteçam.
(diabetenet.com.br/motivacional)

COMENTANDO AS NOTÍCIAS

● Conforme o jornal O Estado de S. Paulo, os grandes projetos nas áreas de energia e de telecomunicações continuarão a liderar a expansão da infraestrutura do País, que deve receber R$ 274 bilhões em investimentos nos próximos quatro anos. A projeção consta de estudo do BNDES, que prevê alta de 37,3% nos investimentos do setor entre 2010 e 2013, ante R$ 199 bilhões entre 2005 a 2008.

● Segundo o Jornal Nacional, a preocupação com a dengue aumentou muito em algumas regiões brasileiras e 101 municípios estão em alerta. Para o Ministério da Saúde, a prevenção é a única maneira de evitar a dengue. Agentes de saúde batem de porta em porta em diversas cidades, dando orientação aos moradores.

● O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (DEM), afirmou não temer a perda do mandato em razão da sentença da Justiça Eleitoral que determinou sua cassação. Ele negou ter recebido doações ilegais na campanha de 2008. "Não temo [perder o mandato]. Estou realmente confiando na Justiça, sempre confiei. E volto a afirmar que tudo foi feito corretamente", disse Kassab, acusado de receber irregularmente mais de R$ 10 milhões.

● A secretária de Estado do governo Barack Obama, Hillary Clinton, visita o Brasil e outros paises da América Latina na semana que vem. Ela deve chegar ao nosso País entre o domingo e a segunda-feira e se encontrar com o ministro de Relações Exteriores, Celso Amorim.

● Mais de 37 milhões de pessoas recebem hoje caixas emergenciais de alimentos nos EUA, segundo o relatório Fome na América 2010. São 12 milhões a mais que em 2006. No Tennessee, o centro de distribuição de alimentos zerou os estoques várias vezes em 2009. Como se observa, não é só no Brasil que existem pessos que, se não forem ajudadas pelo governo, passam fome.

● Aumenta a quantidade de doadores no Brasil. Número subiu de 1.317 para 1.658 entre 2008 e o ano passado, diz associação de transplantes. Órgãos mais transplantados em 2009 foram fígado e rins.

● Investigações da Polícia Federal e do Ministério Público podem complicar o governador interino do Distrito Federal, Paulo Octávio. Uma delas, sobre suposto esquema de distribuição de dinheiro, tem como alvo o policial aposentado Marcelo Toledo, homem de confiança de Octávio. Outra envolve propina em secretaria do DF, então ocupada por Octávio.

● O presidente Luiz Inácio Lula da Silva iniciou ontem um périplo de cinco dias pelo México, Cuba, Haiti e El Salvador. Lula chega a Cancún, para a Cúpula da América Latina e Caribe (CALC), com posição mais maleável em relação a Honduras, defendendo a busca pelo "entendimento" e o retorno de Honduras à Organização dos Estados Americanos (OEA), primeiro passo para o reconhecimento do governo eleito em janeiro de Porfirio "Pepe" Lobo.

● Vistos com desconfiança no início, os medicamentos genéricos já caíram no gosto do consumidor brasileiro, atento ao preço, em média, 50% mais em conta. No ano passado, a indústria de genéricos, há 11 anos em atividade no Brasil, ampliou em 24% seu faturamento. As expectativas para 2010 são ainda melhores, tendo em vista que fabricantes de produtos farmacêuticos famosos e de elevada comercialização, como Diovan e Viagra, devem perder as patentes sobre esses remédios. Participação dos genéricos no mercado brasileiro já é de 19%.

● União e Estados ampliam o uso da telemedicina para tornar mais eficaz o diagnóstico das doenças, especialmente do coração. A prefeitura de São Paulo foi a primeira a investir na tele-eletrocardiografia digital, em 2008. A tecnologia é importada, mas a Epeople e a Universidade Federal de São Paulo obtiveram recursos para desenvolver protótipo de tele-eletrocardiógrafo digital.

● O Palmeiras se superou e venceu o São Paulo ontem por 2 a 0. Infelizmente, os torcedores, de novo, se engalfinharam em brigas estúpidas. Dentro do Estádio tudo esteve calmo. Mas, na proximidades dele e em cidades mais afastadas, os confrontos de torcedores são-paulinos e palmeirenses foram intensos. Em Jundiaí um torcedor morreu depois de ser ferido a bala no rosto e outro perdeu a mão, quando uma bomba caseira que carregava explodiu. Isso tudo mancha o futebol brasileiro, sem nenhuma dúvida.

domingo, 21 de fevereiro de 2010


MEMÓRIA
Milton Parron apresentou no programa MEMÓRIA da Rádio Bandeirantes de São Paulo, neste final de semana, trechos de um show feito por Gilberto Gil (FOTO) no ano de 1973, para estudantes da USP de São Paulo, no auditório da própria universidade. Descontraído, mesmo estando vivendo tempos difíceis, Gilberto Gil levou os estudantes daquele tempo a refletir, pelas letras de suas músicas e pelo seu falar entrecortado, digamos assim, sobre o Brasil e os brasileiros. Mais um grande programa esse MEMÓRIA que ouvi hoje pela manhã, em retransmissão da Rádio Clube de São Manuel, emissora que você pode ouvir pela Internet, em qualquer parte do planeta Terra, no www.cluberegional.com.br.

DICA DO DIA
Adotar integralmente algum dos métodos de produtividade pessoal prontos do mercado editorial raramente dura, embora a experiência em si possa ser positiva. Não somos feitos em moldes, e cada pessoa tem suas próprias necessidades e aptidões. Reconheça a sua situação, e lembre-se sempre que o que você quer não é uma técnica, e sim uma solução para o seu problema específico. Mudar de atitude é difícil, é só funciona a longo prazo se a motivação for baseada nas suas necessidades e nos seus valores, de forma a construir uma nova rotina que seja adotada de forma autêntica e genuína. (http://www.efetividade.net)

COMENTANDO AS NOTÍCIAS

● A Justiça Eleitoral condenou o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (DEM), à perda do mandato pelo suposto recebimento de doações ilegais na campanha de 2008. A decisão deve ser publicada no "Diário Oficial" na próxima terça-feira, é o que informa a reportagem de Flávio Ferreira e Fernando Barros de Mello, publicada na edição deste domingo da FOLHA DE S. PAULO, que já está nas bancas. Em nota, a defesa do prefeito diz que as contas "foram analisadas e aprovadas sem ressalvas pela Justiça Eleitoral" e que a tese da sentença já foi vencida no TSE. Os advogados vão recorrer.

● Segundo o jornal O GLOBO, desde o primeiro ano do governo Lula, as categorias da elite do funcionalismo estão entre as principais beneficiadas com grande s aumentos salariais. Funcionários das áreas jurídica e financeira, como procuradores do Banco Central, analistas de finanças e planejamento e auditores fiscais, além dos servidores do Itamaraty, da Polícia Federal e da Abin, receberam reajustes que variaram de 157% a 281%, informa Regina Alvarez.

● O governo também tornou mais cara a máquina pública. Ao mesmo tempo em que o Executivo elevou em 13% o número de servidores nos últimos sete anos, a despesa com cada funcionário federal da ativa subiu em média 60%, mostra Gustavo Paul. Mas, enquanto na Presidência da República o efetivo mais que dobrou, na Saúde o aumento de pessoal foi um dos menores, apenas 0,5%. Na Educação, o número de servidores subiu 19,2%.

● A ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, 62, foi oficializada ontem pré-candidata única do PT à sucessão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, prometendo um governo de coalizão, manter estabilidade econômica e promover avanços na área social. Durante sua fala, ela não entrou em temas polêmicos e fez questão de dizer que seu programa inda não foi elaborado. A cautela aparece um dia depois de o congresso do PT ter incluído nas diretrizes de seu plano de governo propostas da ala mais à esquerda do partido. Retomando pontos do discurso feito pouco antes por Lula, Dilma reafirmou a proposta de fortalecimento do Estado, "recompondo sua capacidade de planejar, gerir e induzir o desenvolvimento do País".

● O governador de São Paulo, José Serra, vai fazer uma visita ao colega mineiro, Aécio Neves, ainda nesta semana. O objetivo é mostrar que fará gestos para não deixar dúvida de que será o candidato do PSDB a presidente. Diversas alas do partido concordam que os prejuízos para Serra por causa da superexposição de Dilma Rousseff (PT) vão se manter até maio, o que tornaria inútil apressar o lançamento do candidato.

● A FOLHA DE S. PAULO informa que neste ano eleitoral, o comando da Receita Federal vai selecionar previamente o grupo de grandes empresas que serão fiscalizadas. Portaria centralizou controle das auditorias e reduziu autonomia dos fiscais. Nenhuma das delegacias fiscais poderá agir isoladamente contra grandes contribuintes que não estiverem na relação central. O subsecretário de Fiscalização da Receita, Marcos Neder, diz que as medidas têm caráter técnico.

● Pelas projeções do mercado financeiro, a taxa básica de juros, hoje em 8,75%, subirá para 10,75% ou 12,75% até o fim do ano. Há cinco reuniões do Copom até o primeiro turno das eleições, em outubro, e quatro das cinco instituições ouvidas pelo ESTADÃO preveem aumentos em quatro delas. Economistas acham as projeções exageradas.

● Quem recorre às despesas médicas para dar um aliviada na declaração de Imposto de Renda terá de se precaver. A Receita Federal apertou o cerco a esse tipo de mecanismo para aumentar o abatimento, obrigando hospitais, clínicas, laboratórios e médicos autônomos a entregarem uma declaração com datas de atendimentos, nome do paciente e tipo de procedimentos realizados. Os dados serão cruzados com as declarações dos pacientes. Se não forem aceitas, o contribuinte terá o desconto negado e ainda pagará multa de 75% do valor declarado indevidamente.

● STF julga futuro de Arruda na quinta-feira. Com o voto do relator Marco Aurélio Mello concluído, Gilmar Mendes marca sessão para decidir sobre hábeas corpus.

DESTAQUES DAS PRINCIPAIS REVISTAS SEMANAIS BRASILEIRAS
VEJA
♦♦♦ "A realidade mudou, e nós com ela" – A candidata e os radicais do PT.
♦♦♦ O PT aceita oficialmente a candidatura imposta por Lula. Resta saber o que Dilma aceitará do PT no caso de chegar à Presidência da República.
♦♦♦ De bico fechado – Diante da fanfarra petista, o tucano José Serra mantém a estratégia de adiar o anúncio de sua candidatura.
♦♦♦ Faroeste caboclo - Com o governador preso e o substituto agonizando, Brasília afunda na crise - e a única solução pode ser o que ninguém quer: uma inédita intervenção federal.

ÉPOCA
♦♦♦ Exclusivo: "Você acha que sou um poste?" – Na primeira entrevista como candidata, Dilma desafia quem questiona suas credenciais, fala de sua experiência no governo, da influência de Lula e do PT, das plásticas, do câncer... e da expectativa de ser avó.
♦♦♦ A construção da candidata Dilma – Ela chegou ao governo como a ex-guerrilheira durona, que dominava reuniões com planilhas e dados. Sai como uma política treinada por Lula na arte de caçar votos.
♦♦♦ Obra de alta velocidade – Dilma garante o trem-bala até 2016. Por que essa será uma promessa difícil de cumprir.
♦♦♦ Corrupção – Os 3 cenários para o fim da crise em Brasília.
♦♦♦ A impunidade vai a julgamento – A decisão do Supremo sobre a prisão de José Roberto Arruda e a intervenção no Distrito Federal podem representar um marco no combate à corrupção.

ISTOÉ
♦♦♦ A medicina da meditação – A ciência comprova que a técnica milenar é um poderoso remédio no tratamento de doenças cardíacas, depressão, artrite, câncer e até Aids, e os hospitais já usam a nova descoberta com bons resultados.
♦♦♦ Corrupção – No ano do cinquentenário, Brasília procura um governo.
♦♦♦ Vice escreve carta de renúncia, amplia crise de governabilidade no Distrito Federal e a população já sente os efeitos da falta de comando.
♦♦♦ O que P.O. não conseguiu comprar - Paulo Octávio usou a fortuna pessoal de R$ 1 bilhão para construir sua carreira política, que agora pode ser destruída por investigações do Ministério Público.
♦♦♦ Quem é a estrela do PT? - Há 30 anos, Gramsci fazia a cabeça do partido que hoje vive vazio intelectual e só pensa nas urnas.
♦♦♦ Direita, volver – Ele é a valor da pena de morte e da prisão perpétua, promete rever o Bolsa Família, é contra a universidade pública gratuita e quer o seu voto para ser o próximo presidente do Brasil.

CARTA CAPITAL
♦♦♦ Atolado até o pescoço – O interino Paulo Octávio tenta ganhar tempo à frente de Brasília, mas seu destino depende de Marcelo Toledo, um íntimo auxiliar que negocia a delação premiada com a PF.
♦♦♦ Venezuela – O problema de Chávez tem sido ele mesmo.
♦♦♦ Novos Delúbios? – Ferreira e Sereno causam mal-estar no PT.
♦♦♦ Cidade paralisada – Brasília II – Com o governador preso e o interino sem sustentação política, a capital federal está catatônica, à espera de uma decisão do Supremo Tribunal. Boas-novas a granel – Agricultura – Chuva na hora certa e ganhos de produtividade garantem a segunda maior safra da história.
♦♦♦ O aquecimento global é fato – Mudanças Climáticas – O vezo ideológico na ofensiva dos cientistas “céticos”.