sábado, 9 de outubro de 2010

DICA DO DIA
Os seus direitos são sagrados e você não só não deve, como não pode abrir mão deles, quando se trata de princípios substanciais. Abra mão dos seus bens materiais. Dos seus privilégios sociais. Das regalias que a sua condição lhe dá. Não abra mão da verdade, verse ela sobre o que versar. O seu direito substancial é como a sua vida, da qual você não pode dispor. Mas, saiba que, quem está perto de você também tem direitos iguais aos seus. Habitue-se a respeitá-los. Os direitos do seu próximo começam exatamente nos limites dos seus. (J.S.Nobre)

NOTÍCIA DE CAIR O QUEIXO
"Cachorro morde homem" não é notícia, mas "homem morde cachorro", aí sim, é notícia. O dia de colocar em prática esse clássico bordão das aulas de jornalismo finalmente chegou: Roderick Lewis, do Estado norte-americano de West Haven, mordeu um cachorro da polícia. Tudo começou quando o policial Scott Bloom estava patrulhando nas ruas com seu cão, Onyx. Roderick apareceu e começou a gritar que queria drogas. Depois, ele tentou mexer na arma do policial. Scott não teve escolha: segurou o braço de Roderick. Mas o doidão reagiu: socou o tira na cara. O cachorro, como grande amigo que é, avançou no agressor. Para se defender, Roderick mordeu o cachorro... Mas a história teve final "feliz": o agressor foi preso (inclusive por maus tratos com animais), enquanto Scott e o cão Onyx foram tratados e estão bem. Áu, áu, áu... (contaoutra.com)

COMENTANDO AS NOTÍCIAS

Do jornal O Globo de hoje: As estratégias para o segundo turno dos Candidatos à Presidência, Dilma Rousseff (PT) e José Serra (PSDB), ficaram claras na reestréia do programa eleitoral no rádio e na TV, ontem: troca de acusações, comparação entre os governos Lula e FH, e apelos a Deus, à família e à pátria, em meio à polêmica com evangélicos sobre o aborto. Desta vez, porém, Serra já estreou defendendo o legado de Fernando Henrique, cuja imagem foi mostrada quatro vezes no programa. O tucano lembrou que o PT não apoiou o Plano Real e a eleição de Tancredo Neves. Já a propaganda de Dilma levou ao ar um depoimento do presidente Lula, que fez uma invocação de fundo religioso, e defendeu programas como o Bolsa Família e o Minha Casa, Minha Vida. Amanhã, os dois candidatos se enfrentam no primeiro debate.

Do jornal O Estado de S. Paulo de hoje: Os presidenciáveis Dilma Rousseff (PT) e José Serra (PSDB) deram a largada ontem no horário eleitoral na TV no segundo turno enfatizando a questão do aborto, polêmica que teria levado a petista a um revés inesperado no primeiro turno da eleição. O programa de Dilma optou por mensagens menos explícitas, vendendo a candidata como "mulher honesta que respeita a vida e as religiões". 0 vídeo tentou desfazer a polêmica em torno do tema, atribuindo-a a uma “corrente do mal" que usou a internet para disseminar “mentiras" sobre Dilma. Já o filmete do tucano foi enfático: "Este é José Serra, o homem que nunca se envolveu em escândalos e que sempre foi coerente, que sempre foi contra o aborto e defendeu a vida". Ao falar sobre o Mãe Brasileira, um dos principais projetos de Serra para a área da saúde, a campanha tucana exibiu mulheres grávidas, todas com a barriga de fora.

● Além das cansativas viagens, carreatas, comícios e atividades de corpo a corpo na campanha, uma série de cinco debates agendados nas principais redes de televisão do País vai consumir as energias de Dilma Rousseff (PT) e José Serra (PSDB). A partir deste domingo, quando estarão frente a frente no estúdio da Rede Bandeirantes, os dois candidatos vão debater por cerca de 10 horas, até seu último encontro, na Globo, dia 29. Especialistas, no entanto, acham que a maratona serve mais às emissoras do que aos candidatos.

● O presidente do PT, José Eduardo Dutra, admitiu a "frustração" pela "expectativa que não se concretizou" de vitória de Dilma no primeiro turno. Para ele, Dilma Rousseff perdeu votos por causa de boatos relacionados ao tema do aborto e devido ao caso Erenice Guerra.

● A candidata derrotada à Presidência Marina Silva apresentou as propostas do PV para negociar apoio no segundo turno. Entre elas estão o veto às alterações no Código Florestal que reduzam reservas legais e a destinação de 7% do PIB para educação. As propostas ainda poderão ser alteradas na convenção do PV do dia 17.

● A China reagiu duramente à premiação do dissidente Liu Xiaobo, de 54 anos, ao Nobel da paz de 2010. Considerado inimigo do regime, o professor, crítico literário e ativista político está preso e condenado há 11 anos, sob a acusação de incitar a subversão contra o poder do Estado, e não foi informado sobre a prêmio. O governo considerou a premiação "uma blasfêmia contra os próprios princípios do Nobel" e acionou a máquina estatal da censura, a chamada Muralha de Fogo, bloqueando notícias sobre o Nobel. Horas após o prêmio, sites oficiais mencionaram o anúncio enfatizando apenas o protesto do governo. A casa de sua mulher foi cercada pela polícia. Liu é um dos autores de um manifesto em defesa da liberdade política. "Temos que falar pelos que não podem", justificou o presidente do Comitê do Nobel, Thorbjoern Jagland.

● As companhias aéreas começaram mal o feriadão: houve atrasos de ate 39%, no caso da Gol. Mas outras empresas não ficaram longe: 31,9% na Webjet e 29,7% na TAM. A partir de março de 2011, o número de voos será reduzido em Guarulhos, para obras.

● Controlado pelo partido do presidente Evo Morales, o Senado deu sinal verde a uma polêmica legislação que prevê punição para meios que divulguem informações racistas. A oposição e os meios de comunicação acusaram o governo de buscar a censura.

● Tremor de terra em Brasília. A creche do Tribunal de Justiça do DF teve de ser esvaziada às pressas. O terremoto foi sentido em vários pontos. Na Esplanada dos Ministérios, servidores deixaram vários prédios. Não houve registro de estragos ou de vítimas. Segundo o serviço sismológico da UnB, o abalo teve magnitude 4,5 na escala Richter. O epicentro ocorreu no município goiano de Mara Rosa, a 300 quilômetros de Brasília.

● Este blogueiro pode dizer que só faltava essa em Brasília: terremoto...

● A crise nos Correios fez o governo prorrogar por sete meses os contratos de agências franqueadas que venceriam em novembro. 0 objetivo é evitar um "apagão postal" e conter o desgaste político durante as eleições. Em 2008, o governo deu prazo de dois anos para que as franquias participassem de licitação ou seriam fechadas. Só 277 das 1.300 o fizeram; em 504, o processo está em andamento e, em 519, paralisado por liminares. O atraso na concorrência é reflexo do caos que atingiu a gestão da estatal e levou a demissão de seu presidente, provocado sobretudo pela disputa entre o PT e o PMDB mineiro por poder e cargos na empresa.

● Mais de mil jornalistas estão no deserto do Atacama, no Chile, para acompanhar o resgate iminente dos 33 homens presos numa mina de cobre desde 5 de agosto. Familiares "submergem" em meio a câmeras e microfones.

● Na verdade, o mundo inteiro está de olho nesse milagre lá no Chile.

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

DESTAQUES DOS JORNAIS LOCAIS DESTA SEMANA

Jornal O DEBATE, de São Manuel, edição de 08 de outubro de 2010

□□□ São Manuel é Milton Monti – Com votação consagradora, ele foi reeleito para o seu 4º mandato na Câmara Federal.
□□□ Domingo tem almoço beneficente para o Hospital.
□□□ Jornal O Debate completa 7 anos.
□□□ Pezão do Rádio na TV TEM – Ele foi entrevistado pelo programa “De Ponta a Ponta”.
□□□ Vamos adiantar os relógios – Horário de Verão começa dia 17.
□□□ Festa de Santa Tereza D’Avila no Bairro Boa Vista será no próximo final de semana.
□□□ Hospital das Clínicas da UNESP inaugura nova Enfermaria.
□□□ Termina neste domingo a X Copa de Futebol Amador “Américo Sartorelli”.
□□□ BFC/São Manuel está fora do Campeonato Paulista e da Copa do Brasil.
□□□ FATEC de Jaú abre inscrições para vestibular 2011.
□□□ Centro de Treinamento da UNIMED realizará Festival Interno de Basquete Feminino no Poliesportivo.
□□□ Opinião – População reclama para o deputado Milton Monti sobre problemas da cidade.
□□□ Ponto de Vista – Histórias da Rádio Clube de São Manuel AM 1510 kHz – O entrevistado desta semana é Mauro Pereira de Moraes, o Maurão da Sabesp, que também foi locutor da Rádio Clube AM.
□□□ Os pioneiros – Nesta edição o jornalista Miguel Roberto Nítolo resgata a história da Família Consorti.
□□□ COLUNAS: Esporte (Osmar Corrêa), Bloco de Notas (coluna deste blogueiro), Direito em Debate (drª. Edilaine Rodrigues de Góis Tedeschi), Casual (Letícia Castaldi), Motivação (Bene Bassetto), Cornetando (Sandro Dálio).
□□□ Flash – as personalidades da cena de nossa região.
□□□ Badalação – moças e rapazes da cidade em fotos coloridas.
□□□ Classificados – os melhores classificados da cidade.

Jornal O PRATIANO, de Pratânia, não circulou neste final de semana.
DICA DO DIA
O folclore alemão conta a história de um homem que, ao acordar, reparou que seu machado desaparecera. Furioso, acreditando que seu vizinho o tivesse roubado, passou o resto do dia a observá-lo.Viu que o vizinho tinha jeito de ladrão, andava furtivamente como ladrão, sussurrava como um ladrão que deseja esconder seu roubo. Estava tão certo de sua suspeita que resolveu entrar em casa, trocar de roupa e ir até a delegacia dar queixa.Porém, assim que entrou em casa, encontrou o machado, que sua mulher havia colocado em outro lugar. O homem, então, tornou a sair, examinou de novo o vizinho, e percebeu que ele andava, falava e se comportava honestamente como qualquer outra pessoa...
(Paulo Coelho no livro “Histórias para pais, filhos e netos”


NOTÍCIA DE CAIR O QUEIXO
Um casal de ingleses foi abordado por um vendedor que lhes ofereceu um laptop de última geração e um iPhone. O preço do pacote: aproximadamente R$ 1.720, ou 650 libras no dinheiro deles. O casal aceitou a oferta e pagou pelos objetos, que estavam em uma mochila preta, prontos para serem transportados.Assim que recebeu o dinheiro, o golpista entregou a mochila ao casal e deu no pé... Quando eles abriram a bolsa, não era aquela mesma bolsa em que tinham visto o laptop e o iPhone... Ali dentro havia apenas um monte de batatas... (contaoutra.com)

COMENTANDO AS NOTÍCIAS

● Do jornal O Globo de hoje: Diretor de Gestão Corporativa da Empresa de Pesquisas Energéticas (EPE), estatal ligada ao Ministério de Minas e Energia, lbanês César Cássel tem a Petrobras como cliente de sua empresa particular de eventos. Cássel é ligado à candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, desde que ela foi secretária de Energia do Rio Grande do Sul. Sua empresa, a Capacità Eventos Ltda., assinou com a Petrobras, em 2008, dois contratos no valor total de R$ 538.755,65. Cássel está na EPE desde 2005, a convite da então ministra Dilma. Cássel disse que tem 1% de participação na Capacità. A mulher dele, Eliana Azeredo, é diretora-geral da empresa. Ontem, rumores acerca da publicação de reportagens sobre irregularidades na Petrobras derrubaram ações da companhia na Bovespa. A ação ordinária fechou em queda de 2,98%.

● O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse ontem, em discurso em Angra dos Reis, que a Petrobras não é mais uma caixa-preta, como no passado, quando "ninguém sabia o que acontecia lá dentro". Lula disse que hoje a estatal é "uma caixa-branca, e transparente. Nem tanto assim, mas é transparente".

● O ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência, Franklin Martins, disse ontem, em Londres, que o projeto do governo para um marco regulatório da radiodifusão poderá criar uma agência fiscalizadora de conteúdo. "A imprensa é livre. Não quer dizer que é boa", disse Franklin.

● De olho no voto dos evangélicos, o comando da campanha da petista Dilma Rousseff está procurando o deputado federal eleito Anthony Garotinho (PR). A discussão em torno do aborto continuou fortemente ontem. Em Belo Horizonte, onde foi levada por correligionários a uma capela, Dilma voltou a falar do assunto, e de novo se disse "a favor da vida". Na campanha da oposição, o candidato a vice da chapa tucana, Índio da Costa, e a mulher de José Serra, Mônica Serra, pediram apoio de pastores.

● Editorial de O Globo: “No debate sobre o aborto que abriu o segundo turno, curvar-se ao fundamentalismo religioso, como faz Dilma, é trair o princípio da laicidade do Estado, uma conquista do Iluminismo, em um lance de esperteza eleitoreira”.

● O cardeal-arcebispo de São Paulo, d. Odilo Pedro Scherer, defendeu que os candidatos à Presidência tenham um "posicionamento claro" sobre o aborto. "É questão que merece consideração política".

● O escritor peruano Mario Vargas Llosa ganhou ontem o Prêmio Nobel de literatura, depois de anos sendo citado entre os fortes candidatos à honraria máxima da área. A Academia Sueca justificou a escolha "pelas incisivas imagens da resistência, da revolta e da derrota do indivíduo" que marcam a obra de Llosa. O escritor disse que sua surpresa com o anúncio do Nobel foi total e que espera ter conquistado o prêmio apenas por sua obra literária. "Agora, se minhas opiniões políticas em defesa da democracia e da liberdade, contra as ditaduras, tiverem sido levadas em conta, em boa hora, me alegra muito".

● A lama tóxica vermelha provocada pelo vazamento de uma fábrica de alumínio na Hungria atingiu o Rio Danúbio e pôs a União Europeia em alerta. O premier húngaro chamou a tragédia de "desastre ecológico sem precedentes", causado por falha humana.

● O governo do Estado de São Paulo definiu o traçado do trecho norte do Rodoanel. A obra ficará pronta em 2014 e vai facilitar os acessos ao aeroporto de Guarulhos e à marginal Tietê. Seus 42,8 km vão exigir R$ 5 bilhões. O trecho sul, com 57 km, não atingiu o valor de R$ 5,5 bilhões. A Secretaria dos Transportes prevê que o novo trecho do Rodoanel leve à diminuição de 10% do tráfego na marginal. O Estado projeta economia de 34 minutos (de 125 para 91) na viagem da rodovia dos Bandeirantes à Dutra, segundo estudo de impacto ambiental. Para evitar efeitos mais drásticos no Parque Estadual da Cantareira, prevê-se a desapropriação de 2.784 imóveis, 54% mais que o trecho sul. Além do dinheiro do Estado, estão em negociação um empréstimo internacional e a participação do governo federal.

● Do jornal O Estado de S. Paulo de hoje: Em dois dias marcados por intensa boataria entre operadores do mercado financeiro e pelos efeitos de relatórios bancários desfavoráveis para o comportamento de suas ações, a Petrobras perdeu R$ 24,9 bilhões de valor em bolsa. Na comparação com o início da semana, a perda foi ainda maior: R$ 28,4 bilhões. A queda foi de 7,5% ante os R$ 380,82 bilhões que a empresa valia na segunda-feira, contabilizados os ganhos da capitalização. As ações preferenciais registraram ontem a menor cotação em 18 meses, afetadas pela expectativa de supostas denúncias de irregularidades na empresa e no processo de capitalização. "O mercado acionário é movido por inúmeras variáveis difíceis de quantificar", disse o diretor financeiro da Petrobras, A1mir Barbassa. Desconsiderando as oscilações, o presidente Lula disse ontem ter orgulho de "ter participado da maior capitalização da humanidade".

● A Polícia Federal quer ter acesso aos arquivos do computador da ex-ministra da Casa Civil Erenice Guerra. O delegado do inquérito sobre a suspeita de tráfico de influência envolvendo a ex-ministra e os filhos dela também já decidiu que chamará Erenice para depor.

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

DICA DO DIA
Morre lentamente quem não troca de idéias, não troca de discurso, evita as próprias contradições. Morre lentamente quem vira escravo do hábito, repetindo todos os dias o mesmo trajeto e as mesmas compras no supermercado. Quem não troca de marca, não arrisca vestir uma cor nova, não dá papo para quem não conhece. Morre lentamente quem faz da TV o seu guru e seu parceiro diário. Como podem 14 polegadas ocupar tanto espaço em uma vida? Morre lentamente quem evita uma paixão, quem prefere o "preto no branco" e os "pingos nos is" a um turbilhão de emoções indomáveis, justamente as que resgatam brilho nos olhos, sorrisos e soluços, coração aos tropeços, sentimentos. Morre lentamente quem não vira a mesa quando está infeliz no trabalho, quem não arrisca o certo pelo incerto atrás de um sonho, quem não se permite, uma vez na vida, fugir dos conselhos sensatos. Morre lentamente quem não viaja, quem não lê, quem não ouve música, quem não acha graça de si mesmo. Morre lentamente quem destrói seu amor próprio, quem não se deixa ajudar. Morre lentamente quem passa os dias queixando-se da má sorte ou da chuva incessante, desistindo de um projeto antes de iniciá-lo, não perguntando sobre um assunto que desconhece e não respondendo quando lhe indagam o que sabe. Evitemos a morte em suaves prestações, lembrando sempre que estar vivo exige um esforço bem maior do que simplesmente respirar! (diabetenet.com)

NOTÍCIA DE CAIR O QUEIXO
Na Malásia, Noor Azhariah Adnan uma encantadora de cobras, entrou em uma jaula com 100 cobras durante uma apresentação no Museu Nacional e quebrou o recorde do país. A maluquice da encantadora, foi assistida por centenas de pessoas que a observavam na jaula através de um vidro. Alguém tem coragem de imitar essa moça? (contaoutra.com)

COMENTANDO AS NOTÍCIAS

● Depois de esconder Fernando Henrique, o tucano José Serra iniciou o segundo turno defendendo o legado do ex-presidente. Em reunião com governadores e senadores eleitos, Serra elogiou as privatizações. A defesa mais enfática de FH foi feita pelo senador eleito Aécio Neves (MG): "Se querem condenar as privatizações, estão dizendo a cada brasileiro que pegue o celular e jogue na lata de lixo." Dilma fez carreata na Baixada Fluminense. A campanha petista divulgará um programa de governo para deixar claro que, se eleita, Dilma não defenderá aborto.

● A candidata do PV à Presidência, Marina Silva, criticou o interesse que dirigentes do partido demonstraram por ministérios do novo governo. Em reunião fechada, ela disse que não vai "se apequenar" nas negociações do segundo turno. Marina mostrou irritação com a ideia da campanha de José Serra (PSDB) de oferecer quatro ministérios em troca do apoio do PV contra Dilma Rousseff (PT). Ela voltou a indicar que pretende ficar neutra. Com ironia, a senadora atacou o fisiologismo de parte da cúpula verde: "Do jeito que tem gente aí, basta pensar num conselho de estatal, já estaria muito bom". A decisão do PV sobre o segundo turno deve ocorrer no dia 17, em convenção. Ao reclamar do assédio a aliados, ela prometeu não se curvar a práticas da "velha política". Marina ainda manifestou incômodo com a sugestão de que ela poderia apoiar Dilma por gratidão e pela amizade com o presidente Lula.

● A campanha de Dilma Rousseff, candidata do PT à Presidência, lançará na próxima semana programa de governo que, além de defender "liberdade religiosa" e "direito à vida", vai dar ênfase a questões ambientais. O objetivo, dizem aliados, é evitar que o PV - de Marina Silva, terceira colocada na eleição - paute o debate sobre o ambiente e rebater a polêmica sobre descriminalização do aborto.

● Incomodado com a falta de referências à capitalização da Petrobras na campanha de Dilma, o presidente Lula batiza hoje a plataforma P-57, jogando a estatal no centro do debate. O momento, no entanto, é ruim: a empresa cai na Bolsa e não deverá cumprir, pelo quarto ano consecutivo, as suas metas de produção.

● A presença de Ciro Gomes - que já chamou Michel Temer, vice de Dilma, de "chefe de um ajuntamento de assaltantes" - abriu uma crise com o PMDB. O partido quer definir agora seu poder num eventual governo. "Ou ganhamos juntos ou não ganha ninguém", disse Henrique Alves.

● Senadores aliados ao Planalto esvaziaram reunião da CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) que votaria convites a Dilma Rousseff e a ex-ministra da Casa Civil Erenice Guerra para explicar acusações de lobby. Segundo Eduardo Suplicy (PT-SP), a orientação partiu do ministro Alexandre Padilha (Relações Institucionais), que vai sair de férias para reforçar a campanha de Dilma.

● Preocupado com o forte aquecimento do mercado imobiliário, o governo vai criar o Índice Nacional dos Preços de Imóveis, que será calculado pelo IBGE já em 2011. 0 objetivo e monitorar o setor.

● Numa nova tentativa para que o dólar suba, o governo autorizou o Tesouro a comprar ate US$ 10,7 bilhões em moeda estrangeira para saldar dívida externa que vence até 2014. A regra anterior permitia a antecipação em até dois anos. O País registrou entrada mensal recorde de dólares (US$ 16,7 bilhões em setembro), atribuída à capitalização da Petrobras.

● O governo russo entrega amanhã ao Brasil documentos inéditos sobre o líder comunista brasileiro Luiz Carlos Prestes (1898-1990). A maioria é do período 1931-1934, quando Prestes viveu exilado na União Soviética. O teor dos arquivos não foi divulgado.

● Um método capaz de produzir moléculas orgânicas complexas rendeu o Prêmio Nobel de Química para o cientista americano Richard Heck e os japoneses Ei-ichi Negishi e Akira Suzuki. A técnica já é usada para fins tão diferentes quanto produção de remédios e síntese de plásticos. "Eles descobriram o cálice sagrado da Química Orgânica", afirma Adelino Vieira de Godoy Neto, pesquisador da Unesp.

● Levantamento da Polícia Rodoviária Federal divulgado ontem apontou a existência de 1.820 focos onde crianças são exploradas sexualmente ao longo dos 66 mil km da malha rodoviária federal. O pior índice foi registrado em São Paulo.

● A Hungria luta para impedir que materiais tóxicos cheguem ao 2º maior rio da Europa e contaminem seis países banhados por ele. O vazamento foi provocado por um acidente numa fábrica de alumínio.

● A ação atingiu 25 caminhões-tanque; a frota estava impedida de seguir para o Afeganistão por represália do Paquistão a ataque da Otan que matou dois paquistaneses.

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

DICA DO DIA
SINCERA é uma palavra doce e confiável.
SINCERA é uma palavra que acolhe... e essa é uma palavra que deveria estar no vocabulário de toda alma. SINCERA foi uma palavra inventada pelos romanos.Sincero vem do velho, do velhíssimo latim...

Eis a poética viagem que fez sincero de Roma até aqui:Os romanos fabricavam certos vasos de uma cera especial. Essa cera era, às vezes tão pura e perfeita que os vasos se tornavam transparentes. Em alguns casos, chegava-se a distinguir um objeto, um colar, uma pulseira ou um dado, que estivesse colocado no interior do vaso. Para o vaso, assim fino e límpido, dizia o romano vaidoso:- Como é lindo... Parece até que não tem cera!!!"Sine-cera” queria dizer "sem cera", uma qualidade de vaso perfeito, finíssimo, delicado, que deixava ver através de suas paredes. E da antiga cerâmica romana, o vocábulo passou a ter um significado muito mais elevado.Sincero, é aquele que é franco, leal, verdadeiro, que não oculta, que não usa disfarces, malícias ou dissimulações.O sincero, à semelhança do vaso, deixa ver através de suas palavras, os nobres sentimentos de seu coração. (Malba Taham)

NOTÍCIA DE CAIR O QUEIXO
Um menino de nove anos brincava de pegar bichos de pelúcia em um Wal Mart quando percebeu que conseguiria passar por aquela portinha por onde os bichos caem. E subiu.O tenente Dan Cotter, um dos bombeiros, disse que foi fácil tirá-lo de lá, mas que, na verdade, ele não queria sair. - Nós tentamos conseguir a atenção dele algumas vezes, porque ele estava brincando lá dentro. Ele estava feliz lá. Mas não acho que papai e mamãe também estavam felizes. O garoto teve aproveitamento melhor do que a maioria das pessoas: ele foi embora com dois brinquedos. Saiu no lucro... (contaoutra.com)

COMENTANDO AS NOTÍCIAS

● De O Globo: Em reunião no Palácio da Alvorada com governadores, senadores e deputados aliados, o presidente Lula e o comando da campanha de Dilma Rousseff admitiram que houve "salto alto" no primeiro turno e que será preciso "humildade" para se aproximar de Marina Silva (PV) e seu eleitorado. "É jogar o salto alto e a blindagem na lata lixo. Agora, é usar sandálias Havaianas", disse o líder do PMDB na Câmara, Henrique Alves (RN). A ordem de Lula é buscar eleitores perdidos por causa da discussão do aborto e da promessa tucana de levar o mínimo a R$ 600. Lula reconheceu que radicalizou em alguns estados e prometeu retomar a estilo "paz e amor". O presidente do PT, José Eduardo Dutra, disse que Marina aceitou conversar sobre eventual apoio a Dilma. Marina, porém, negou que vá discutir qualquer apoio sem antes ouvir o PV.

● De O Estado de S. Paulo: Governadores eleitos e parlamentares aliados do Planalto e da candidata Dilma Rousseff querem, no embate do segundo turno, uma participação menos agressiva do presidente Lula. Em duas reuniões realizadas ontem e domingo, no Palácio da Alvorada, os aliados pediram que o presidente, considerado o maior cabo eleitoral de Dilma, evite ironias, faça mais promessas e, acima de tudo, elimine os ataques à imprensa. Sem citar o presidente, o governador Eduardo Campos (PSB), reeleito em Pernambuco com recorde de votos, reprovou o embate com a mídia: "Nós vivemos além das pancadas que recebemos", ensinou. Segundo relatos colhidos pelo Estadão, o governador da Bahia, Jaques Wagner, disse, na presença de Dilma, que as críticas enfurecidas à imprensa "são entendidas como tentativas de coerção". E acrescentou que isso desfoca o próprio PT.

● Há um ano, o PT puniu o deputado federal Luiz Bassuma, da Bahia, por condenar a legalização do aborto. Bassuma teve de se transferir para o PV, depois que os petistas suspenderam sua atividade parlamentar por 12 meses. Ontem, o parlamentar criticou a petista Dilma Rousseff: "0 PT fechou questão a favor da legalização do aborto, e Dilma sempre defendeu essa tese. Se o Congresso aprovar essa lei, Dilma vai dar o seu aval".

● A estratégia da campanha de Dilma Rousseff (PT) para recuperar votos perdidos após a polêmica sobre o aborto prevê um discurso de "valorização da vida" por parte da candidata. 0 novo tom aparecerá na reestréia do programa de TV. “Eu sou e sempre fui a favor da vida. Se não fosse assim, não tinha colocado a minha vida em risco em determinado momento”, disse.

● Investigados por tráfico de influência, Israel e Saulo Guerra, filhos da ex-ministra da Casa Civil Erenice Guerra, ficaram calados no depoimento à Polícia Federal. Isso aumenta a chance de Erenice ser chamada a depor.

● No primeiro dia de vigência do novo Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) de 4% sobre capital estrangeiro no País, o dólar recuou 1% e fechou em R$ 1,675. 0 ministro da Fazenda, Guido Mantega, minimizou: "Há remédios que não fazem efeito no dia seguinte."

● Participantes do comitê eleitoral de José Serra (PSDB) consultaram a assessoria jurídica da campanha sobre a possibilidade de troca do vice, o deputado Índio da Costa (DEM- RJ). Fernando Gabeira (PV) e o tucano Aécio Neves foram citados para o cargo. Assessores desaconselharam a mudança. Serra nega ter cogitado a substituição e acalmou o DEM.

● A Corregedoria da Receita concluiu que foram ilegais os acessos aos dados do tucano Eduardo Jorge feitos por um petista em Minas. MP do presidente Lula prevê demissão de servidores envolvidos em quebra de sigilo fiscal.

● O PPS viu crime político nas reuniões promovidas domingo e ontem no Palácio da Alvorada pelo presidente Lula com correligionários. O partido pedirá abertura de inquérito.

● A Corte Suprema de Justiça Argentina manteve a suspensão do polêmico artigo da lei aprovada no Congresso, que obriga empresas de rádio e TV a venderem parte de suas concessões. A presidente atacou a Corte pelo Twitter.

● Ligados à Universidade de Manchester, dois cientistas de origem russa foram laureados pelo desenvolvimento do grafeno, cristal de carbono bidimensional e excelente condutor de eletricidade e calor. Ganharam o Prêmio Nobel de Física.

terça-feira, 5 de outubro de 2010

DICA DO DIA
O maior sucesso de comunicação do século 20 é o filme publicitário; mas ele não teria a eficácia que tem se não considerasse como fator determinante – em sua criação e produção – a que público ele se destina. Por isso, é o sucesso que todos conhecemos. Esses filmes, em apenas 30 segundos conseguem passar um mundo de informações que sugerem soluções, despertam e satisfazem expectativas e, sobretudo, dão prazer. Tratando-se de Marketing Pessoal, para que haja boa comunicação – tal como nos ensinam algumas dessas maravilhas desenvolvidas em 30 segundos – é preciso, em primeiro lugar, que você conheça o produto; ou seja, você mesmo.Em segundo, que você saiba tudo sobre a pessoa com quem vai falar – ou seja, o seu “público-alvo”. E, para completar, é preciso saber “passar a sua mensagem”. O bom comunicador é parcimonioso no uso do tempo e das palavras: a tagalerice e a verborragia estão na contramão da comunicação. Pessoas que falam demais, que falam durante muito tempo e que, sobretudo, falam à toa, tendem a ser maus comunicadores. Ignoram o valor e o peso das palavras. Bons comunicadores são recíprocos: falam menos do que ouvem e dão aos seus interlocutores o que eles desejam, sem impor nada. Excesso de mensagens polui o entendimento, gerando confusão. Por isso, lembre-se dos filmes publicitários. Afinal, não nos comunicamos pelo que falamos: nos comunicamos pelo que somos; quem tem autoridade sobre o que fala, quem é confiável de um modo geral, quem se compromete com seu próprio discurso, certamente é um bom comunicador. (Lúcia de Bidart, no livro "Marketing Pessoal")

NOTÍCIA DE CAIR O QUEIXO
Pelo valor de 95 mil libras (R$ 250 mil), réplicas do batmóvel estão sendo construídas por uma empresa no estado de Indiana (EUA). A fabricante Fibreglass Freaks já produziu 12 batmóveis, para clientes americanos, ingleses e italianos. O batmóvel moderno chega a alcançar mais de 150 km/h. Como se observa, o Batmam ainda tem os seus seguidores fiéis espalhados pelo mundo... (contaoutra.com)

COMENTANDO AS NOTÍCIAS

● Após a decepção com a necessidade de segundo turno, a campanha da candidata petista, Dilma Rousseff, iniciou ofensiva para conter a sangria de votos evangélicos e católicos registrada na reta final do primeiro turno, Dilma e aliados reconheceram que agiram tarde contra boatos na internet afirmando que ela era contra a vida e a favor do aborto. Dilma terá ajuda de governadores e senadores eleitos, chamados às pressas a Brasília. "Foi uma campanha perversa, com inverdades sobre o que penso", afirmou Dilma. Em busca dos votos de Marina Silva, José Serra (PSDB) disse esperar aproximação com o PV, que integrou seu governo. Mas a decisão do PV pode levar 15 dias.

● O PT e o PSDB começaram articulações para tentar atrair o apoio de Marina Silva (PV). Os tucanos escalaram o ex-presidente FHC para o contato. Os petistas atribuíram a tarefa ao baiano Jaques Wagner e aos acrianos Tião e Jorge Viana. Marina defendeu que uma "convenção nacional" do PV, a ser convocada em até 15 dias, decida sobre o segundo turno.

● Marina Silva (PV) não descarta a neutralidade entre Dilma Rousseff (PT) e José Serra (PSDB). 0 debate, insiste Marina, se dará com base em propostas - ela quer investimentos em educação e "acordos mais transparentes" na política. No PV, porém, Fernando Gabeira, derrotado na disputa pelo governo do Rio, anunciou apoio a Serra - que já conta com a adesão do diretório verde de São Paulo.

● No primeiro dia de campanha do segundo turno, Serra foi a Belo Horizonte, para o enterro do pai de Aécio Neves, e classificou o senador eleito de "peça-chave" - em troca, tucanos mineiros querem apoio a Aécio para a Presidência em 2014. Dilma, por sua vez, atacou a promessa de Serra de elevar o salário mínimo para R$ 600.

● Um dia após ser reeleito com 66% dos votos válidos, o governador do Rio Sergio Cabral disse que a eleição deste ano foi a última que disputou. "Juro por Deus. Falei para minha mulher, meus filhos", afirmou. Cabral disse que vai se dedicar a campanha de Dilma e prometeu investir R$ 1 bilhão em estradas no Rio.

● Os erros dos institutos de pesquisa trouxeram à tona debate sobre a capacidade que a divulgação de dados de intenção de voto tem de alterar a decisão do eleitor. Institutos e especialistas falam nas causas para os erros: entre elas, os altos índices de abstenção, não contabilizados nos levantamentos.

● O PT discute retirar de seu programa a defesa do aborto. Para petistas e aliados do PMDB, a exploração do tema na internet fez a candidata Dilma Rousseff perder votos entre eleitores religiosos - que migraram para a evangélica Marina Silva - e levou ao segundo turno contra José Serra (PSDB).

● Dilma defendia a legalização, mas hoje se diz pessoalmente contra. Segundo José Eduardo Cardozo, que coordena a campanha ao Planalto, a posição pró-aborto não é unânime no PT. "Foi um erro ser pautado internamente por algumas feministas", declarou André Vargas, secretário de Comunicação do partido.

● Ontem, a CNBB (Confederação Nacional dos Bispos do Brasil) entrou no debate e lançou campanha "em defesa da vida."

● 0 PT saiu das urnas com a maior bancada da Câmara: 88 deputados. Com este, número, deve ganhar a presidência da Casa. Já o Senado deverá ser comandado pelo PMDB: o partido elegeu o maior número de senadores, 20.

● O resultado da eleição vai possibilitar a um eventual governo Dilma Rousseff (PT) mudar com folga a Constituição, tarefa que exige ao menos 60% do apoio de senadores e deputados. Os partidos que integram o bloco governista controlarão 73% de cada uma das Casas. Em caso de vitória de José Serra(PSDB), ele terá de negociar apoio de siglas como o PMDB.

● 0 presidente Lula, que fez em média dois comícios por dia em favor de Dilma no primeiro turno, completou ontem 24 horas sem qualquer comentário sobre o resultado das eleições. Coube ao ministro da Articulação Política, Alexandre Padilha, falar por ele: "0 presidente está muito feliz”.

● O ministro da Fazenda, Guido Mantega, anunciou ontem que dobrou de 2% para 4% o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) para aplicações de investidores estrangeiros no Brasil. 0 objetivo é segurar a entrada de recursos no País e, assim, evitar que o real fique excessivamente valorizado, o que prejudica exportações, o dó1ar fechou ontem a R$ 1,692, em a1ta de 0,65%.

● O britânico Robert Edwards, de 85 anos, ganhou ontem o Prêmio Nobel de Medicina por ter inventado a técnica de fertilização in vitro, em 1978. O método, já gerou 4 milhões de pessoas em todo o mundo e revolucionou a medicina. 0 Vaticano criticou a escolha, mas reconheceu a validade científica dessa descoberta.

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

ELEIÇÕES

□□□ O deputado federal Milton Monti, aqui de São Manuel, foi reeleito com uma expressiva votação. Ele recebeu 131.654 votos, sendo um dos mais bem votados entre os 70 eleitos por São Paulo.

□□□ Outro político ligado a São Manuel, João Mellão Neto, não foi reeleito, pois sua votação não atingiu o número necessário de votos: ele teve 54.193. Equivocadamente, postamos agora pouco neste Blog que ele houvera sido eleito. Pedimos desculpas pelo engano, lamentando que ele não tenha conseguido sua reeleição.

□□□ Imprensa destaca hoje as “furadas” dos Institutos de Pesquisa em várias previsões, como a de vitória de Dilam Roussef no primeiro turno, para a Presidência da República, e o terceiro lugar de Aloysio Nunes Ferreira, que acabou sendo eleito com a maior votação entre todos os candidatos. Na verdade, faz tempo que esses institutos precisam modernizar seus métodos...

□□□ A Rádio Clube de São Manuel realizou a melhor cobertura da apuração dos votos ontem. Durante o dia integrantes da equipe falaram dos vários pontos onde estava instaladas as urnas eletrônicas e, após as 16 horas, a emissora, com Sandro Dália, este blogueiro e toda a equipe, permaneceram no ar até perto das 22 horas, informando aos ouvintes tudo o que ocorria, em São Manuel, em cidades próximas e, claro, em todo o Brasil. Embora digam que elogio em boca própria é vitupério, a verdade é que fizemos um ótimo trabalho, junto aos companheiros todos da emissora!

DICA DO DIA
Um dia, Deus e os anjos se reuniram e decidiram criar o homem à sua imagem e semelhança. Então, um deles disse: - Esperem! Devemos pensar em algo que o diferencie de nós, senão estaríamos criando um novo deus. Devemos tirar-lhe algo, mas o que poderíamos tirar? Depois de muito pensarem, chegaram à conclusão que deveriam tirar-lhe a FELICIDADE. Mas onde escondê-la para que o homem nunca a encontrasse? - Vamos escondê-la na montanha mais alta da Terra! - Não te recordas que demos força a ele? Ele conseguirá subir até o topo desta montanha. - Então vamos escondê-la no fundo do mar! - Também não seria um bom lugar, pois lhe demos a inteligência que o fará criar máquinas que o leve ao fundo do mar. - Quem sabe, possamos escondê-la em um planeta bem distante! - Também não seria eficaz, pois lhe demos a curiosidade e a ambição. Ele irá querer ultrapassar limites e logo criará algo para voar pelo espaço. Após muita discussão, não chegaram a nenhuma conclusão. O único anjo que não havia falado pediu a palavra:- Creio que sei o lugar onde poderemos colocar a FELICIDADE sem que ele a descubra! Todos ficaram espantados e lhe perguntaram... - Então nos diga, onde?- Colocaremos a FELICIDADE dentro do homem, pois ele estará tão preocupado buscando-a fora, que nunca a descobrirá. Todos ficaram de acordo e desde então tem sido assim: o homem passa a vida toda buscando a felicidade, sem saber que a traz consigo... (diabetenet.com)

NOTÍCIAS DE CAIR O QUEIXO
Um homem de 40 anos foi condenado a 90 dias de cadeia após jogar um ovo em um juiz durante uma audiência no tribunal do condado de DuPage, no estado de Illinois (EUA), segundo reportagem do jornal "Daily Herald". Agim Demiri foi condenado pelo ataque contra o juiz Timothy J. McJoynt ocorrido no dia 24 de março. O juiz não foi atingido, mas a confusão gerada pelo incidente provocou prejuízo de U$ 616,78 na corte. (contaoutra.com)

COMENTANDO AS NOTÍCIAS

● Do jornal Estadão: Os candidatos Dilma Rousseff (PT) e José Serra (PSDB) disputarão o segundo turno da aleição presidencial no dia 31 de outubro. Marina Silva (PV), que cresceu na reta final e chegou a quase 20% dos votos válidos, impediu a vitória de Dilma no primeiro turno e foi a grande surpresa da eleição. A petista obteve cerca de 46% dos votos - abaixo do que previam as pesquisas. Serra, por sua vez, ficou com 33% e venceu em Estados onde Dilma era tida como favorita na véspera da votação, como São Paulo. Além disso, o desempenho da petista ficou abaixo do esperado em Estados do Nordeste. Marina festejou o fato de que haverá segundo turno, mas não definiu quem irá apoiar.

● Tucanos e petistas já assediam o PV. PSDB cogita liberar vaga de vice para Fernando Gabeira (PV) e presidente do PT, José Eduardo Dutra, vai pedir o apoio de Marina a Dilma.

● O candidato Geraldo Alckmin (PSDDB), com pouco mais de 50% dos votos (apoenas uma fração), obteve a vitória no primeiro turno. Aloizio Mercandante (PT) ficou em 2º lugar, com algo em torno de 35% 35,07% dos votos.

● O ex-governador Aécio Neves (PSDB) conseguiu várias vitórias ontem: foi o mais votado na eleição para o Senado por Minas Gerais, elegeu seu vive, Antonio Anastasia, governador em primeiro turno - derrotando Hélio Costa(PMDB), candidato do presidente Lula - e apoiou o segundo senador mais votado do Estado, Itamar Franco (PPS). A vitória completa da chapa dá mais impulso ao projeto nacional de Aécio e de Minas, que sonha ver seu maior líder na Presidência da República.

● O tucano Aloysio Nunes Ferreira surpreendeu na disputa por uma vaga de senador por São Paulo e recebeu quase 11 milhões de votos, deixando para trás os favoritos Marta Suplicy (PT) e Netinho (PC do B). Marta, com cerca de 8 milhões de votos, obteve a segunda vaga. Entre as surpresas estão as derrotas dos senadores Tasso Jereissati(PSDB) no Ceará, Marco Maciel (DEM) em Pernambuco e Arthur Virgilio (PSDB) no Amazonas. Lindberg Farias (PT) e Marcelo Crivella (PRB) serão os senadores pelo Rio de Janeiro.

● Do jornal Correio Braziliense: O brasileiro deu um alerta aos candidatos que confiavam no favoritismo. Dilma Rousseff (PT) vai para o segundo turno com José Serra(PSDB), após conquistar 46,8% dos votos, contra 32,6% do rival tucano. O excesso de confiança de Lula, o caso Erenice e os boatos sobre as convicções de Dilma acerca do aborto prejudicaram a presidenciável. A arrancada de Marina Silva (PV), com 19,6 milhões de votos, também contribuiram para a votação em duas etapas. O fenômeno se repetiu no Distrito Federal. Agnelo Queiróz (PT) reuniu 48,4% dos votos , à frente de Weslian Roriz (PSC), com 31,5%.

● Jornal Valor Econômico conjectura: Mesmo antes da totalização dos resultados, até o fechamento desta edição, a apuração do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) apontava para uma folgada maioria governista no Senado. O PT deve elevar de 8 para 15 o número de senadores e o PMDB, 18 para 20. Os dois maiores partidos de oposição, PSDB e DEM, foram os que mais perderam cadeiras: O DEM, com 14 senadores, deve passar a 6. O PSDB, hoje com 14 senadores, terá 10.

● Do jornal O Globo: O PSDB ganhou força como partido de oposição ao eleger no primeiro turno Geraldo Alckmin, em São Paulo, Antonio Anastasia, em Minas Gerais, e Beto Richa, no Paraná. Em São Paulo, Alckmin teve 50,64% dos votos válidos. Dos 18 governadores eleitos ontem, o DEM fez dois: Raimundo Colombo, em Santa Catarina, e Rosalba Ciarlini, no Rio Grande do Norte. Foi num comício em Santa Catarina que o presidente Lula afirmou que o DEM precisava "ser extirpado" da política brasileira.

domingo, 3 de outubro de 2010

Mais uma vez indicamos nosso candidato a deputado federal: Milton Monti - nº 2255, na foto em entrevista que concedeu à Rádio Clube de São Manuel, antes do início da Campanha Política, relatando detalhes de seu trabalho na Câmara Federal.

A Rádio Clube de São Manuel, 1510 kHz-AM, irá mais uma vez, como em todas as eleições, realizar a cobertura regional da apuração da votação de 2010.
Durante todo o dia a equipe da Rádio Clube estará nas ruas informando aos ouvintes a movimentação nos locais de votação nas 84 seções eleitorais de São Manuel, além de informações da Polícia, da Justiça Eleitoral e notícias das cidades de Botucatu, Areiópolis, Igaraçu do Tietê, Barra Bonita, Lençóis Paulista e Bauru.
Às 17h Gildo Sanches, Sandro Dálio e convidados estarão nos estúdios da emissora levando à população comentários, detalhes da apuração extraoficial, informações sobre o que ocorre ainda dos locais de votação, e, claro, as informações oficiais sobre as eleições 2010.
Virando a noite – a Rádio Clube ficará no ar durante toda a apuração de São Manuel e região, e às 0h de hoje entrará em cadeia com a Rádio Bandeirantes de São Paulo com informações das eleições de todo o Brasil. “O ouvinte ficará bem informado sobre as eleições 2010”, diz Tânia Casquel, diretora da emissora. “Estaremos com uma equipe espalhada por toda São Manuel e cidades vizinhas com flashs durante todo o dia e em cadeia com a Rádio Bandeirantes durante a madrugada. Iremos levar todas as informações aos nossos ouvintes até o último voto computado”, finaliza a jornalista.
(OUÇA A RÁDIO CLUBE DE SÃO MANUEL AQUI NA INTERNET, NO SITE: www.cluberegional.com.br

DICA DO DIA
Depois de algum tempo você aprende a diferença, a sutil diferença, entre dar a mão e acorrentar uma alma. E você aprende que amar não significa apoiar-se, e que companhia nem sempre significa segurança. E começa a aprender que beijos não são contratos e presentes não são promessas. E começa a aceitar suas derrotas com a cabeça erguida e olhos adiante, com a graça de um adulto, e não com a tristeza de uma criança. E aprende a construir todas as suas estradas no hoje. Depois de um tempo você aprende que o sol queima quando ficamos expostos a ele por muito tempo. E aprende que não importa o quanto você se importe, algumas pessoas simplesmente não se importam... E aceita que não importa quão boa seja uma pessoa, ela vai feri-lo de vez em quando e você precisa perdoá-la por isso. Aprende que falar pode aliviar dores emocionais. Descobre que pode levar anos para construir a confiança e apenas segundos para destruí-la, e que você pode fazer coisas em um instante, das quais poderá se arrepender pelo resto da vida. Aprende que verdadeiras amizades continuam a crescer mesmo a longas distâncias...
(diabetenet.com)

NOTÍCIA DE CAIR O QUEIXO
Na Califórnia, nos EUA, cerca de 1.580 pessoas prestigiram o encontro de super-heróis fantasiados e entraram para o Guinness, o livro dos recordes. O recorde anterior era de 1.501 pessoas, mas ontem, em frente ao Staples Center em Los Angeles, o novo recorde acabou sendo batido. Obviamente, cada um estava com sua fantasia de super-herói... (contaoutra.com)

CRÔNICA DE DOMINGO
Alô gente! Bom domingo! Hoje é dia de Eleições. O povo parece que não está muito entusiasmado com isso, depois das atrapalhadas que originaram essa confusão toda de candidatos ficha limpa e candidatos ficha suja... Mas, aqui é lugar de crônica. Vamos a uma, engraçada, que está publicada em meu livro “Caderno de Notas”, editado em 1998. Boa leitura!

O ESTRANHO DESMAIO DO JURUBA
Não há quem não conheça o Juruba, aqui em São Manuel. Por João Dálio, seu nome verdadeiro, pode ser que não sejam tantos os que se lembrem dele, mas pelo apelido, Juruba, todo mundo, sobretudo as pessoas ligadas em esportes. Sim, porque o Juruba, que foi funcionário durante muitos anos do CAFÉ GRAVA, hoje é taxista (transporta alunos da zona rural para escolas da cidade) e, nas horas vagas - melhor seria dizer em todas as outras horas de sua vida - lida com as coisas do esporte, como assessor do Departamento Municipal de Esportes e Recreação. Para mim, é um abnegado. Nos tempos de juventude, ele também gostava de jogar futebol e, por incrível que pareça, de atuar como árbitro.
Em meados da década de 70 - acho que em 1974 ou 1975- tínhamos um grupo de amigos que jogavam futebol de salão na quadra do Seminário Santa Terezinha, todos os sábados à tarde. O compromisso era quase que religioso (sem qualquer referência ao local das "peladas"), e um passava na casa do outro, para poder levar gente suficiente para compor, pelo menos, dois times de futebol de salão. João Abílio Moreto, Aparecido Achiles Sartorelli, Celso "Pastéis" Di Santis, Twenty, eu, e o próprio Juruba, entre muitos outros, fazíamos parte do grupo, e corríamos feito loucos atrás da bola pesada do futebol de salão da época, sem prazo para encerrar o "treino". Começávamos por volta das três da tarde e parávamos quando a noite chegava. As contagens eram elevadíssimas, tal a quantidade de gols que aconteciam.
Numa daquelas tardes, tirado o tradicional "par ou ímpar", escolhidos os componentes das duas equipes, convencidos os designados como goleiros, de que eles seriam substituídos no devido tempo para jogar "na linha", começa a correria. Juruba jogava atrás, feito zagueiro, e dividia todas. Num desse lances mais bruscos, ele pisou na bola e caiu de costas. Coisa normal, tanto que ninguém se preocupou muito quando Juruba disse que ia tomar um pouco d'água e já voltava. O jogo devia estar uns 3 a 2 para um dos lados.
Juruba foi e não voltou. Pediu mais um pouco de tempo para se recuperar, e permanceu sentado atrás de uma das metas, atento ao jogo. E todos estávamos tão ligados na brincadeira, que continuamos jogando, mesmo sem o Juruba, que permanecia sentado, atrás do gol. Bola pra lá, bola pra cá, o tempo foi passando, os gols acontecendo um atrás do outro, o sol querendo se esconder no horizonte, até que, quase uma hora depois da queda, Juruba se levanta e pede para voltar.
Entra e pergunta logo qual era o placar. Alguém lhe diz que está 15 a 12. Ele esquece que estava jogando, encarna o árbitro que sempre carregava em seu íntimo, pega a bola e para o jogo: "Como é que está 15 a 12, se há menos de um minuto, quando eu me esborrachei no cimento, estava 3 a 2? Como, heim?", esbraveja o Juruba. Perplexos, levamos algum tempo para entender o que se passara. Na verdade, o Juruba "apagou" quando caiu, provavelmente porque bateu a cabeça na quadra. Estranhamente, ficou meio que "fora de sintonia", mas não perdeu os sentidos. Assistiu o treino sentado atrás do gol, de olhos abertos, mas, mentalmente, parece que esteve bem longe dali aquele tempo todo. Quando percebemos a situação, caímos todos na gargalhada. Juruba também, claro.
Faz mais de 20 anos que isso aconteceu. Mas nem eu nem o Juruba, esquecemos aquele dia. Ainda há pouco tempo, na Sauna do São Manuel Tênis Clube, relembramos o fato. Até hoje Juruba não consegue entender o que se passou com ele naquela tarde de sábado, quando brincávamos de jogar futebol de salão na Quadra do Seminário. Só nos restou rir de novo, como há 20 anos, quando aconteceu o estranho desmaio do Juruba...

COMENTANDO AS NOTÍCIAS

● Os brasileiros vão às urnas hoje, na sexta eleição presidencial desde a redemocratização. São 135,8 milhões de eleitores que escolherão o sucessor de Lula. Também serão renovados os governos de 26 Estados e do DF, a Câmara, parte do Senado e as assembleias estaduais. Na disputa presidencial, Dilma Rousseff (PT) lidera as pesquisas e pode vencer já no primeiro turno. Vêm a seguir José Serra (PSDB) e Marina Silva (PV). A campanha deu-se à sombra de Lula, que usou sua popularidade para impulsionar Dilma, desconhecida até o final de 2009. Em várias ocasiões, o presidente confundiu o papel de chefe de governo com o de líder de partido, atropelando a legislação a ponto de ser multado sete vezes pela Justiça Eleitoral.

● Pesquisa Datafolha realizada sexta e ontem mostra a candidata Dilma Rousseff (PT) com 50% dos votos válidos, seu pior patamar desde 12 de agosto. É o mesmo índice obtido pelos seus adversários somados. Marina Silva (PV) variou dois pontos para cima e atingiu 17%, seu melhor desempenho nas pesquisas do instituto. A margem de erro é de dois pontos percentuais.Na simulação de segundo turno, Dilma venceria hoje com 52% contra 40% de Serra, exatamente os mesmos percentuais no caso de a petista enfrentar Marina.O levantamento é o mais extenso realizado pelo Datafolha nesta campanha eleitoral. Foram entrevistadas 20.960 pessoas em 521 municípios. A sondagem foi encomendada por Folha de S. Paulo e Rede Globo.

● O líder nas pesquisas da eleição ao governo paulista, Geraldo Alckmin (PSDB), diz que, se eleito, vai governar com "inovação". Em entrevista ao Estadão, ele afirmou que pretende "avançar com ética". Já seu adversário mais próximo, Aloizio Mercadante, quer questionar os 16 anos de PSDB em São Paulo num eventual segundo turno. "Meu Deus! Como eu quero debater com o Alckmin cara a cara", disse o petista ao Estado.

● O resultado da eleição em Minas pode confirmar o ex-governador Aécio Neves como líder capaz de desafiar a hegemonia paulista do PSDB. Além do governador, Aécio pode emplacar no Senado, além dele mesmo, o ex-presidente Itamar Franco.

● Com o apoio do presidente Lula, de 16 partidos e 91 prefeitos, o governador Sérgio Cabral (PMDB) deve se reeleger no Rio com mais de 60% dos votos válidos. O principal adversário, Fernando Gabeira (PV), não repetiu o desempenho de 2008.

● O “Estadão” refere-se ao fato como “O Fiasco da Internet”: A rede teve atuação periférica durante a campanha. Mesmo a participação dos eleitores foi fria.

● Também no “Estadão” de hoje: A espera da Ficha Limpa: Desta vez, vamos dormir sem saber o que fazer com os resultados das eleições. Uma pena.

● A menos de 48 horas para a eleição, os três candidatos à Presidência mais bem colocados nas pesquisas jogaram as últimas fichas na busca pelo apoio dos eleitores. Marina Silva criticou José Serra, que, por sua vez, atacou o PT. Já Dilma Rousseff se disse tranquila até para encarar um segundo turno.

● Forte aquecimento da economia brasileira, dólar em baixa e a antecipação das encomendas para o Natal levaram o Brasil a bater recorde histórico de importações em setembro - US$ 17,74 bilhões, segundo o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. Foi o maior valor desde a criação do índice, em 2003, o que já provoca preocupação em setores da indústria nacional. Em relação ao mesmo período de 2009, o aumento foi de 35,9%.

DESTAQUES DAS PRINCIPAIS REVISTAS SEMANAIS BRASILEIRAS

Veja

□□□ As grandes propostas para o Brasil feitas na campanha presidencial.
□□□ A partir da página 88, as questões essenciais das quais os candidatos fugiram.

Época

□□□ Depois de Lula - O legado do presidente e sua sombra sobre o futuro governo
□□□ Como o presidente que se tornou mito preparou o País para quem vai sucedê-lo.

ISTOÉ

□□□ A edição desta semana da revista Isto É não circulou na data habitual. Portanto, não pôde ser incluída neste resumo.

CartaCapital

□□□ A edição desta semana da revista Carta Capital não circulou na data habitual. Portanto, não pôde ser incluída na Sinopse.