sábado, 25 de dezembro de 2010

DESTAQUES DOS JORNAIS LOCAIS DESTA SEMANA

Jornal O DEBATE, de São Manuel, edição de 22 de dezembro de 2010

□□□ Cicarelli é o novo presidente da Câmara Municipal de São Manuel.
□□□ Baroni terá R$ 78 milhões pára administrar em 2011 – esse o total do Orçamento Municipal aprovado pela Câmara de Vereadores.
□□□ São Manuel tem um novo milionário – ele ganhou R$ 1,8 milhão na Quina da quinta-feira passada.
□□□ Feira Cultural na Escola “Milton Monti”.
□□□ Encontro de Radioamadores em São Manuel acontece no dia 30 de janeiro.
□□□ Jovens são-manuelenses são campeões da Olimpíada Brasileira de Foguetes realizada em Passa Quatro, Minas Gerais.
□□□ Cidades faturam com pedágios.
□□□ Reajuste Salarial dos trabalhadores afiliados ao Sincovasa.
□□□ Tinoco recebeu a Ordem do Mérito Cultural.
□□□ Usina São Manoel realiza seu 1º Programa de Preparação para Aposentadoria.
□□□ Equipe do jornal O Debate entra em férias – jornal volta a circular em 21 de janeiro de 2011 ou a qualquer momento caso algum fato jornalístico assim o exija.
□□□ Opinião – Retrospecto da Administração Municipal em 2010.
□□□ Ponto de Vista – Histórias da Rádio Clube de São Manuel AM 1510 kHz – Gildo Sanches entrevistou a jornalista Tânia Casquel, que já trabalhou em emissoras como Rádio CBN, Rádio Globo e Rádio Capital, e que é responsável pela Rádio Clube de São Manuel.
□□□ Os pioneiros – Nesta edição o jornalista Miguel Roberto Nítolo conta a história da Família Condicelli, do padre Durvalino, pároco da Paróquia São Manuel.
□□□ COLUNAS: Esporte (Osmar Corrêa), Bloco de Notas (coluna deste blogueiro), Direito em Debate (drª. Edilaine Rodrigues de Góis Tedeschi), Casual (Letícia Castaldi), Motivação (Bene Bassetto), Cornetando (Sandro Dálio).
□□□ Flash – as personalidades da cena de nossa região.
□□□ Badalação – moças e rapazes da cidade em fotos coloridas.
□□□ Classificados – os melhores classificados da cidade.
□□□ Circulando com o jornal um Caderno de Fim de Ano com 16 páginas, contendo artigos, entrevistas e mensagens dos patrocinadores para o Natal e o Ano-Novo.

Jornal O PRATIANO, de Pratânia, edição de 22 de dezembro de 2010

□□□ Custódio Fávero foi eleito presidente da Câmara Municipal de Pratânia para o biênio 2011/2012.
□□□ Natal do Núcleo “Ângela Martin Bassetto” foi realizado no dia 20 de dezembro.
□□□ Cooperados da Credicitrus doam 94 cestas a entidades de São Manuel e Pratânia.
□□□ Beleza & Saúde: Dieta do índice glicêmico (nutricionista Érika Pinho Fávero) /// Petiscos do Natal ajudam na dieta e fazem bem à saúde /// Homocisteína: o colesterol do século 21 (terapeuta Everaldo Andrade).
□□□ Encerrado o IX Campeonato Prata é Ouro de Futsal.
□□□ Coluna “Em Dia com as Notícias” e a Crônica “Mais um conto de Natal”, ambas de autoria deste blogueiro, estão na página 05.
□□□ João Buracão visita Pratânia: população protesta contra situação de abandono de rua.
□□□ Presidente da CVT, deputado Milton Monti questiona: “Temos capacidade para tantos vôos?”.
□□□ Tinoco recebeu a Ordem do Mérito Cultural.
□□□ 1º Festiva da Viola do Rancho dos Amigos tem dupla Augusto César e Gustavo, de São Manuel, como campeã.
□□□ Usina São Manoel realiza seu 1º Programa de Preparação para Aposentadoria.
□□□ Câmara de Pratânia aprova pagamento de abono para servidores.
□□□ Preidente da Câmara sanciona lei denominando o Ginásio de Esportes: Ginásio da “Emancipação Pratiana”.
□□□ Relato das matérias apresentadas pelos vereadores em 12/12/2010.
□□□ Noite de autógrafos do livro “Por que não?” da professora Mara Thaís Adriana Rahal Grava – o livro contém série de contos e crônicas da autora publicadas em O Pratiano.
□□□ Discurso do novo presidente da Câmara Municipal 2011/2012, Custódio Fávero (Dê).

Flávio Renato “Shã” Sanches
Nascido no Dia de Natal, meu filho foi entrevistado na Edição de Fim de Ano do jornal O Debate. A seguir, o inteiro teor da entrevista. Acima, a foto que ilustrou a matéria.

Flávio Renato Sanches, cujo apelido é “Shã”, em relação ao próprio sobrenome, é filho de Elza e Gildo Sanches, este, nosso colaborador. Ele é pai da garotinha Lívia Maria, hoje com 7 anos de idade, já indo para o 2º ano do Ensino Fundamental em 2011. Shã considera-se um privilegiado por ter nascido num dia 25 de dezembro.
“Foi em 1970. Meu pai conta que estava angustiado, preocupado, minha mãe já perdera um filho numa primeira gestação, ainda quando eles moravam em Porto Alegre. A gravidez ia razoavelmente bem, com ela sendo cuidada pelo saudoso dr. Adolpho Rugai. Mas o médico resolveu viajar justo naquela época, o que trouxe mais preocupação ainda para meus pais”, conta Flávio Renato.
No dia do Natal, lá pelas 11 horas da noite, as coisas começaram a acontecer. O rompimento da bolsa, o caminhar até o hospital – eles não tinham automóvel – que ficava a poucas quadras de onde moravam na época.
“Lá chegando, minha mãe foi logo atendida por uma freira que lidava com partos naquele tempo. Foi ela quem me trouxe ao mundo, quando faltavam 10 minutos para a meia-noite. Por muito pouco não nasci no dia 26”, diz nosso entrevistado.
(extraído do jornal O Debate)

DICA DO DIA
Uma luz brilha na escuridão. Nasce o Salvador! Um rei bem diferente do esperado. Seu trono, um berço de palha. E como palácio, um estábulo. Fora dos padrões hipócritas, suas propostas nada têm com a promoção de uns e a exclusão de outros. Mas tudo, tudo a ver com o amor, a justiça e a construção de um mundo solidário. (Vicente Carvalho)

NOTÍCIA DE CAIR O QUEIXO
Jenny Hoang, de 27 anos, ganhou um "presente" inesperado quando levou os filhos de um amigo para ver o Papai Noel em um shopping em Costa Mesa, no estado da Califórnia (EUA).Quando estava ajudando a colocar as crianças no colo do Papai Noel, ele a chamou e disse que ela ganharia um presente especial por ser uma pessoa muito boa. Em seguida, seu namorado Jonathan Nguyen, de 27 anos, surgiu de joelhos e a pediu em casamento depois de nove anos de namoro. O noivo contou que pediu a ajuda do shopping e do Papai Noel para fazer o pedido surpresa. Ela gostou muito! (contaoutra.com)

COMENTANDO AS NOTÍCIAS

● O ex-governador de São Paulo Orestes Quércia (PMDB) morreu ontem, aos 72 anos, vítima de câncer na próstata. O enterro está marcado para as 9h de hoje, no Cemitério do Morumbi. Ex-radialista, Quércia começou sua carreira política nos anos 60, ao se eleger vereador em Campinas. No início de setembro, ele abandonou a candidatura ao Senado após exame revelar o retorno de um tumor tratado em 1997.

● Conforme o jornal O Estado de S. Paulo, o faturamento dos shoppings centers neste Natal, o melhor da década, cresceu 13% em relação ao do ano passado. O valor médio das compras também foi bem maior: variou entre R$ 80 e R$ 120, ante R$ 70 e R$ 110 em 2009. O ano registrou alta de 12% nas vendas, segundo pesquisa feita com 150 empresas de varejo, que reúnem 6,3 mil lojas. Na esteira dos bons resultados, o setor se prepara para dar um salto. Serão investidos R$ 6,331 bilhões até meados de 2013 para erguer 124 empreendimentos em todo o País.

● Risoto, panetone e até uma verdadeira festa de Natal são alguns dos agrados que voluntários oferecem a moradores de rua no Rio. O número de pessoas que se dispõe a dedicar parte de seu tempo, dinheiro e carinho aos menos favorecidos cresce a cada ano na cidade. A Lapa é o principal reduto da solidariedade.

● Com a disparada do preço dos alimentos, a inflação este ano teve um peso maior no bolso dos brasileiros mais pobres, que gastam um terço do que ganham com comida. Até novembro, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), que se refere às famílias com renda de um a seis salários mínimos, variou 5,83%. O resultado foi influenciado pelos preços dos alimentos, que subiram 9,59% em média. Já o IPCA - índice usado no regime de metas do governo - acumula alta menor no ano, de 5,25%, assim como os alimentos: 8,95%. O alívio para os brasileiros de todas as faixas de renda, no entanto, não deverá chegar em 2011. Os preços internacionais dos alimentos estão próximos às máximas históricas, segundo a ONU.

● Após as longas filas e os atrasos de 50% dos voos na quinta-feira, a situação nos aeroportos do país ontem foi mais tranquila. Mesmo assim, pela manhã, 18,2% das 984 partidas ainda estavam atrasadas. No aeroporto do Galeão, o índice de atraso era maior, 22,4%, e em Guarulhos (SP), de 30%.

● Desde 2005, o Conselho Nacional de Justiça condenou 45 magistrados no Brasil por desvio de conduta. Desses, menos da metade teve punição máxima: aposentadoria compulsória, quando o juiz é proibido de trabalhar, mas recebe vencimentos proporcionais ao tempo de serviço. Só este ano, 21 juízes foram punidos. O CNJ diz que as punições cresceram porque aumentou a fiscalização sobre as corregedorias estaduais. As sanções são poucas se comparadas ao total de magistrados na ativa, cerca de 14 mil.

● Os empresários brasileiros têm apostado cada vez mais nos mercados europeus em detrimento dos vizinhos da América do Sul. Os cinco primeiros destinos europeus receberam 16,9% da aplicação total em 2010, ante 3,7% dos cinco maiores há quatro anos. Na França, o investimento até novembro foi de US$ 1,1 bilhão, ante US$ 1 milhão nesse período de 2006. A conta exclui paraísos fiscais. Na América do Sul, com exceção do Chile, a destinação de recursos está em queda. A mais afetada é a Argentina, onde a participação brasileira foi de 5,9% em 2006 a 1,7% neste ano. Para o embaixador Sérgio Amaral, ministro do Desenvolvimento na gestão FHC, o recuo ocorre porque as grandes empresas já estão consolidadas na América Latina e agora buscam novas oportunidades.

● Nome do PT à disputa da presidência da Câmara, o deputado Marco Maia (RS) usou R$ 230 mil do Ministério do Turismo para autopromoção. Maia destinou a verba para associação de lobby da aviação regional realizar, em 2008, evento de balanço da CPI do Apagão Aéreo - da qual foi relator. O petista, principal estrela do seminário, diz não ver irregularidade no caso e que achou "interessante" a proposta da associação.

● As ofertas públicas iniciais de ações (IPOs) retomaram fôlego no País em 2010. O volume cresceu 10,4% em relação ao ano passado e atingiu R$ 11,3 bilhões. Para analistas, o ritmo de operações deve se acelerar no primeiro trimestre e 2011 pode ser o melhor ano da historia para IPOs.

● Meus votos de um Feliz Natal a todos!

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010


DICA DO DIA
Um momento doce e cheio de significado para as nossas vidas.É tempo de repensar valores, de ponderar sobre a vida e tudo que a cerca. É momento de deixar nascer essa criança pura, inocente e cheia de esperança que mora dentro de nossos corações. É sempre tempo de contemplar aquele menino pobre, que nasceu numa manjedoura, para nos fazer entender que o ser humano vale por aquilo que é e faz, e nunca por aquilo que possui. Noite cristã, onde a alegria invade nossos corações trazendo a paz e a harmonia. O Natal é um dia festivo e espero que o seu olhar possa estar voltado para uma festa maior, a festa do nascimento de Cristo dentro de seu coração. Que neste Natal você e sua família sintam mais forte ainda o significado da palavra amor, que traga raios de luz que iluminem o seu caminho e transformem o seu coração a cada dia, fazendo que você viva sempre com muita felicidade!
Feliz Natal!

NOTÍCIA DE CAIR O QUEIXO
O americano James Phelps, de 51 anos, que mora no estado de Michigan (EUA), começou a alimentar um esquilo no início deste ano, mas ficou assustado quando o animal ficou obeso."Ele é o esquilo mais bem alimentado de Michigan. Essa a razão pela qual ele ficou tão grande", disse Phelps, destacando que o esquilo é muito inteligente e curioso. E ele, todo orgulhoso, mostra o seu esquilo gorducho em uma foto que conseguiu tirar... (contaoutra.com)

COMENTANDO AS NOTÍCIAS

● Diante da imposição, pelo Tribunal Superior do Trabalho, de limites rígidos ao movimento dos trabalhadores do setor aéreo até janeiro, fracassou a greve geral marcada para a antevéspera do Natal. A paralisação foi suspensa em bases importantes, como São Paulo (Guarulhos e Congonhas), Porto Alegre e Recife, mas os brasileiros enfrentaram atrasos nos principais aeroportos. Líderes sindicais dos aeroviários comandaram atos em Salvador, Brasília, Confins (BH) e no Galeão - onde 20% dos funcionários de solo cruzaram os braços e, às 20h, o índice de atrasos chegou a 52,5%, multo acima da média de 39% no país.

● Já o Sindicato Nacional dos Aeronautas planeja retomar a greve a 10 de janeiro. A Justiça Federal proibiu qualquer greve até essa data, sob pena de multa diária de R$ 3 milhões. Os sindicalistas prometem continuar a mobilização nos próximos dias, mas eventuais paralisações estão limitadas a 20% dos funcionários, conforme determinou o TST. As empresas oferecem reajuste salarial de 8%, mas a categoria considera insuficiente.

● O relatório final da CPI da Venda de Sentenças, instalada na Alerj, conclui que o ex-corregedor de Justiça Roberto Wider manteve "parcerias obscuras" com o lobista Eduardo Raschkovsky - que atuava nos bastidores do TJ do Rio oferecendo blindagem em processos em troca de vantagens financeiras. O relatório seguirá para Polícia Federal, Ministério Público e Conselho Nacional de Justiça.

● O crescimento do poder aquisitivo das classes C e D e a popularização das compras on-line estão obrigando as empresas a inovar nas entregas dos seus produtos. Elas têm sido feitas por bicicleta, triciclo, carrinho de mão ou mesmo a pé. A transportadora Direct Express, que montou base na Vila Cruzeiro (Rio) em maio, hoje faz 500 entregas por dia nas favelas da área do Complexo do Alemão. No país, a empresa deve faturar R$ 130 milhões este ano, alta de 60% ante 2009. Luiz Nascimento, sócio da transportadora, estima que, em 2010, 40% das entregas tenham sido feitas em bairros periféricos, contra 20% nos anos anteriores. Pesquisa mostra que hoje 52% dos compradores pela internet são da classe C. Empresas como Nestlé e AmBev mudaram sua logística para atender a novos consumidores, com iniciativas como microdistribuidores nas periferias.

● Dados preliminares divulgados pelo Banco Central indicam que o pacote anunciado no dia 3 para conter o crédito começa a fazer efeito. O custo de captação de dinheiro no setor financeiro já subiu para 1l,6% anuais, índice mais alto desde janeiro de 2009, quando a crise estava no auge. Só o aumento do depósito compulsório - parcela dos recursos dos bancos retida no BC - tirou de circulação R$ 61 bilhões. Há menos moeda disponível e quem tem dinheiro passa a cobrar mais por ele. Um dos efeitos é o aumento de 1,2 ponto nos juros do crédito pessoal registrado nos nove primeiros dias do mês - para 43,2% ao ano. "A medida faz parte de um conjunto de ações para tentar segurar a inflação", diz a economista Thaís Zara, da Rosenberg & Associados.

● O vice-presidente José Alencar, 79 anos, apresentou melhora no quadro de hemorragia digestiva grave, mas continua na UTI do Sírio-Libanês. Alencar recebeu a visita do presidente Lula e da eleita, Dilma Rousseff. Mais tarde, em cooperativa de catadores, o presidente se emocionou ao falar do estado de saúde do vice. "Queria pedir que rezássemos um pai-nosso para nosso José Alencar".

● Em meio à expansão de mais de 20% no crédito este ano, os bancos reforçaram o setor de cobrança e têm registrado níveis recordes de recuperação de calotes. O Itaú Unibanco se destacou entre as grandes instituições financeiras. Conseguiu reaver RS 2,95 bilhões entre janeiro e setembro, 104,6% a mais que no mesmo período do ano passado.

● Explosões nas embaixadas da Suíça e do Chile aumentaram o temor por uma onda de atentados na Europa. Duas pessoas ficaram feridas e a polícia italiana reforçou a segurança nas representações diplomáticas, entre elas a do Brasil.

● A assembleia venezuelana, de maioria chavista, aprovou lei que diz que a educação superior deve "contribuir para a construção do modelo socialista". A lei é rejeitada por reitores e pelas maiores organizações estudantis, que protestaram. Segundo os seus críticos, ela elimina a autonomia das universidades. Em 15 dias, foram aprovadas a toque de caixa dez leis que ampliam os poderes do presidente Hugo Chávez antes que os novos deputados tomem posse.

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

DICA DO DIA
Diz uma antiga fábula que um camundongo vivia angustiado com medo do gato. Um mágico teve pena dele e o transformou em gato. Mas aí ele ficou com medo de cão, por isso o mágico o transformou em pantera. Então ele começou a temer os caçadores. A essa altura o mágico desistiu. Transformou-o em camundongo novamente e disse: - Nada que eu faça por você vai ajudá-lo, porque você tem apenas a coragem de um camundongo. É preciso coragem para romper com o projeto que nos é imposto. Mas saiba que coragem não é a ausência do medo, é sim a capacidade de avançar, apesar do medo; caminhar para frente e enfrentar as adversidades, vencendo os medos... É isto que devemos fazer. Não podemos nos derrotar, nos entregar por causa dos medos. Assim, jamais chegaremos aos lugares que tanto almejamos em nossas vidas... (diabetenet.com)

NOTÍCIA DE CAIR O QUEIXO
Dois homens armados, vestidos de Papai Noel, invadiram um supermercado e roubaram uma quantia não revelada de dinheiro na cidade alemã de Lichterfelde, informou a polícia nesta quarta-feira. "Eles não aparentavam que iriam roubar alguém quando entraram", disse a polícia em comunicado sobre o assalto, ocorrido na noite de segunda-feira. Quando um vendedor pediu aos homens que tirassem a fantasia, um deles sacou uma pistola e anunciou o assalto. Os dois fugiram com o dinheiro roubado. Ninguém ficou ferido. (contaoutra.com)

COMENTANDO AS NOTÍCIAS

● O temor de que o caos aéreo vire o marco de encerramento da sua gestão fez o presidente Lula mobilizar ministros para intermediar negociações entre as companhias aéreas e sindicatos de trabalhadores, que poderiam entrar em greve hoje, antevéspera do Natal. Por determinação de Lula, o ministro da Defesa, Nelson Jobim, conversou com aeroviários e empresas. Ele também articulou com o Ministério Público que este entrasse com pedido de liminar no TST. O Tribunal decidiu que 80% do efetivo das empresas devem ser mantidos até 2 de janeiro. A categoria realizou, hoje de manhã, assembléias, decidindo suspender a greve, adiando o movimento para o dia 03 de janeiro próximo. Ontem, às 20h, os atrasos atingiram 33,6% dos voos. Em Guarulhos, chegou a 52,8%. A Anac culpou operação padrão de trabalhadores pelos atrasos.

● Terminada a indicação dos ministros de Dilma Rousseff, começou a guerra entre aliados por estatais e cargos do segundo escalão. A bancada do PMDB de Minas não quer o correligionário Hélio Costa no comando de Furnas e enviou outra indicação. Cargos na Eletrobras e Petrobras também estão em disputa. Dois petistas foram escalados para o Desenvolvimento Agrário e a Secretaria da Mulher.

● Envolvido num escândalo por ter apresentado uma conta R$ 2.156 num motel para ser paga com a verba indenizatória da Câmara, o futuro ministro do Turismo, Pedro Novais (PMDB-MA), se tornou motivo de constrangimento no governo de transição. Para o PT, é um problema que o PMDB terá de resolver. Por ora, ele fica no cargo. Novais diz que houve um erro de sua assessoria e negou ter ido ao motel.

● A futura ministra da Pesca, senadora Ideli Salvatti (PT-SC), gastou mais de R$ 4.000 em verba indenizatória do Senado com pagamento de diárias de um hotel em Brasília ao mesmo tempo que recebia auxílio-moradia, a que é ilegal. Ela mora na capital federal. A assessoria de Ideli diz que a verba será devolvida e alega "erro administrativo" na análise da prestação de contas pelo Senado.

● Documentos do WikiLeaks sugerem que o governo dos EUA se arrependeu de ter dado fôlego ao presidente Lula para mediar o conflito com o Irã. Mostram também que tanto o Itamaraty quanto Lula manifestaram desconfiança sobre o regime iraniano.

● O vice-presidente José Alencar, 79 anos, foi submetido a nova cirurgia no hospital Sírio-Libanês, em SP, para tentar estancar hemorragia abdominal. Alencar luta contra o câncer há 13 anos. Segundo o cirurgião Raul Cutait, a operação, que durou três horas, não conseguiu conter a hemorragia. Para o médico, "é o momento mais difícil pelo qual ele está passando".

● Auditores e delegados da Policia Federal que investigam o Banco PanAmericano suspeitam que executivos do banco tenham desviado dinheiro de outras empresas de Silvio Santos. Segundo a investigação, ao menos três ex-diretores tem patrimônio incompatível com os salários que recebiam. A defesa dos executivos não quis falar a respeito.

● Em sua primeira entrevista a um jornal latino-americano desde que deixou a prisão, Julian Assange, organizador do WikiLeaks, disse ao Estadão que haverá vazamentos ainda mais explosivos em relação aos EUA em 2011. Os documentos, afirmou, "terão um impacto político enorme". Assange informou que pode usar o Brasil como base de operações e disse esperar que a presidente eleita, Dilma Rousseff, tenha "cuidado" com os americanos.

● Uma semana após a ata do Copom trazer dúvidas sobre a elevação da Selic em janeiro, o relatório trimestral do Banco Central elevou o tom e deixou tudo pronto para que o futuro presidente da instituição, Alexandre Tombini, inicie sua gestão subindo os juros, atualmente em 10,75%, para conter a inflação. O relatório mostrou que, no cenário com juros e câmbio constantes, o IPCA ficará em 5% em 2011.

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

DICA DO DIA
Ciccone German conta a história de um homem que, graças à sua imensa riqueza e sua infinita ambição, resolveu comprar tudo o que estava ao seu alcance. Depois de encher suas muitas casas de roupas, móveis, automóveis e jóias, o homem resolveu comprar ainda outras coisas mais. Comprou a ética e a moral, e nesse momento foi criada a corrupção. Comprou a solidariedade e a generosidade, estava criada – assim – a indiferença. Comprou a justiça e suas leis, fazendo nascer na mesma hora e impunidade. Comprou o amor e os sentimentos, e surgiu a dor e o remorso. O homem mais poderoso do mundo comprou todos os bens materiais que queria possuir e todos os valores que desejava dominar. Até que um dia, já embriagado por tanto poder, resolveu comprar a si mesmo. Apesar de todo o dinheiro, não conseguiu realizar seu intento. Então, a partir desse momento, criou-se na consciência da Terra um único bem que nenhuma pessoa pode pôr preço: seu próprio valor. (Paulo Coelho, em "Histórias para pais, filhos e netos")

NOTÍCIA DE CAIR O QUEIXO
Uma orquestra de metais do estado de Victoria, na Austrália, pretende tocar canções natalinas por 40 horas sem parar. O grupo começou nesta segunda-feira (20), em Melbourne (Austrália), a tentativa de entrar para o Guinness, livro dos recordes. Devem terminar o concerto hoje... Se aguentarem... (contaoutra.com)

COMENTANDO AS NOTÍCIAS

● Conforme o jornal O Globo, após três horas de reunião, fracassou a tentativa de acordo entre dirigentes das companhias aéreas e dos sindicatos dos trabalhadores do setor para evitar uma greve da categoria, que reivindica reajuste salarial. O desfecho torna iminente a paralisação nacional de pilotos, comissários e pessoal de solo amanhã, antevéspera do Natal. Nesse dia, estão programadas assembleias em várias capitais, e a categoria promete ao menos uma operação-padrão, o que deverá gerar atrasos em cascata nas principais rotas.

● Pesquisa Datafolha feita em todo o país revela que, para 83% da população, a presidente eleita, Dilma Rousseff (PT), fará um governo igual ou melhor que o de Luiz Inácio Lula da Silva. Para 53%, a gestão dela será igual a dele. Segundo 30%, porém, ela se sairá melhor. O futuro governo será ótimo ou bom para 73%. É a segunda expectativa mais otimista desde a redemocratização - perde para Lula, que tomou posse em 2003 com 76%. Fernando Henrique teve 70% no primeiro mandato e 41% no segundo. Fernando Collor, 71%. Para quase um quinto dos entrevistados (18%), a saúde é a área em que Dilma deve se sair melhor. Já o pior desempenho da petista aparece na expectativa de combate à corrupção, quesito em que 20% consideram que sua atuação será ruim ou péssima.

● O presidente Lula, em sua última visita oficial ao Rio, inaugurou e testou ontem as gôndolas do teleférico do Complexo do Alemão, que no entanto só será aberto ao público em marco. Através de um telão, ele inaugurou ainda a duplicação de 26 quilômetros da rodovia Rio-Santos, entre Santa Cruz e Itacuruçá, obras que se arrastaram por quatro anos. Lula acompanhou ainda pelo telão a entrega de 144 unidades habitacionais e das obras de reurbanização da Rua 4 da Rocinha. Transformada de um beco de 60 centímetros para uma via de até 12 metros de largura, a rua tem uma das maiores incidências de tuberculose do País.

● Um projeto de lei aprovado ontem em segunda votação na Assembleia Legislativa do Rio garante a permanência das Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) pelos próximos 25 anos. Ele transforma o programa de governo em política de Estado, limita o remanejamento de policiais e torna obrigatória a instalação de iniciativas sociais. O governador tem 15 dias para sancionar ou não o projeto.

● O deputado Luiz Sérgio (PT-RJ), ex-prefeito de Angra ligado a José Dirceu, será ministro de Relações Institucionais. É o 4º do Rio no governo Dilma. Para a Secretaria de Portos vai o desconhecido prefeito de Sobral (CE), Leônidas Cristino, do PSB.

● O presidente Lula ficou contrariado ao saber que a relatora do Orçamento, senadora Serys Slhessarenko (PT-MT), cortou R$ 3,3 bilhões do PAC. Ele ligou para o ministro Paulo Bernardo reclamando e ameaçou vetar a mudança: "Ela (Serys) não pode torcer para as coisas darem errado, ou tentar desmentir o presidente. Vocês sabem que tenho poder de veto." Serys recuou e mexeu em seu parecer, autorizando o governo a recompor os R$ 3,3 bilhões por decreto.

● O cineasta iraniano Jafar Panahi, 50, afirma em entrevista que o Brasil privilegia as suas relações econômicas com o Irã, em detrimento dos direitos humanos. Panahi, um dos mais destacados opositores do regime de Mahmoud Ahmadinejad, foi condenado anteontem a seis anos de prisão.

● Golpistas usaram número do benefício do presidente Lula no INSS para fazer em 2007 dois empréstimos consignados, de R$ 600 e R$ 4.000, no Banco PanAmericano em Uruguaiana (RS). As 36 parcelas sairiam da pensão recebida por Lula como anistiado político - a primeira chegou a ser descontada antes de a Casa Civil notar a fraude.

● O caos aéreo na Europa já cancelou quase 12 mil voos e afetou cerca de 1 milhão de pessoas. A União Europeia considera que a neve não é desculpa para o problema e tachou a situação de “inaceitável".

● O futuro ministro do Turismo no governo de Dilma Rousseff, deputado Pedro Novais (PMDB-MA), pediu à Câmara a ressarcimento de R$ 2.156 gastos em um motel de São Luís, informa o repórter Leandro Colon do Estadão. A nota foi apresentada na prestação de contas de junho da verba indenizatória - dinheiro que paga despesas relativas "ao exercício da atividade parlamentar". A suíte mais cara do motel tem garagem dupla e custa até R$ 392 (24 horas). Segundo a gerente do local, o deputado, de 80 anos, alugou um quarto para fazer uma festa. "Eram vários casais, várias pessoas. A gente cobra por casal. E tinha muita gente, a suíte era uma das mais caras. Tem piscina, banheira, sauna, tem tudo", disse a gerente. Novais, aliado do senador José Sarney (PMDB-AP) e indicado ao Turismo pelo comando do PMDB, vai chefiar um ministério envolvido no escândalo de desvios de verbas de emendas parlamentares.

● O Brasil atrairá, em 2010, US$ 38 bilhões, 3,4% do fluxo de investimento produtivo global, a maior taxa da década. Mas mesmo essa injeção de capital não compensará o déficit nas contas externas, que pode chegar a US$ 49 bilhões no ano.

● Com o verão, cidades paulistas correm para preparar planos de combate à dengue. Em regiões como a de Sorocaba, o número de pessoas contaminadas já é 50 vezes maior do que o registrado em 2009.

● Dois vereadores e ao menos outras 23 pessoas acusadas de integrar uma milícia foram presos ontem no Rio. Segundo a polícia, o grupo especializado em explorar comunidades pobres vendia armas para traficantes.

● Ontem foi um dia de vergonha para o Senado. Estudantes protestaram do lado de fora do Congresso contra o aumento de 61% que os parlamentares aprovaram para si próprios. Mais contundente foi o bispo de Limoeiro do Norte (CE), dom Manuel Edmilson Cruz, que receberia a comenda Dom Helder Câmara de direitos humanos e, no plenário, recusou-a diante de constrangidos senadores.

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

DICA DO DIA
Pense em si. Mas, procure pensar muito mais nos outros, que precisam de você. Quando estiver pensando em si, não se esqueça de sair um pouco para que possa olhar ao seu redor e tomar conhecimento das necessidades do seu próximo, as quais, ao contrário do que você supõe, são muito mais de natureza moral e espiritual do que material. Não fique em si, como se somente você existisse, ou como se nada valesse o seu irmão. A melhor recompensa que recolhe para o seu coração é a que vem de uma boa ação praticada. Toda vez que se surpreender triste é porque se dobrou sobre si mesmo. (J.S.Nobre)

NOTÍCIA DE CAIR O QUEIXO
O advogado Mark Moody entrou com um processo contra a polícia depois que foi detido porque estava sentado no parapeito da janela de seu apartamento em Nova York (EUA). Ele sentou na janela para fumar e falar ao celular, mas a polícia pensou que Moody iria cometer suicídio.De acordo com o jornal inglês "Daily Mail", dois policiais perguntaram se ele estava tentando se matar, apesar de o apartamento ficar no primeiro andar. Moody disse que não, mas os agentes continuaram a fazer perguntas. Ambulâncias e equipes de emergência chegaram a ser chamadas. Os policiais não acreditaram em suas alegações e invadiram o apartamento. Após ser algemado, o advogado foi levado para um hospital psiquiátrico, onde os médicos perceberam o erro. Moody entrou com um processo contra o Departamento de Polícia de Nova York, no qual pede uma indenização de US$ 40 mil. "Eu não estava fazendo nada", afirmou Moody. O porta-voz da polícia de Nova York, Paul Browne, disse que a polícia respondeu a uma chamada de emergência de que havia uma pessoa emocionalmente perturbada no local. (contaoutra.com)

COMENTANDO AS NOTÍCIAS

● Conforme o jornal O Estado de S. Paulo, a partir de agora, não será mais necessário ter um fiador, contratar um seguro-fiança ou fazer um cheque caução para alugar uma residência. O inquilino poderá pedir um cartão aluguel em uma das imobiliárias cadastradas. O produto funciona como um cartão de crédito e oferece metade das taxas praticadas no mercado de locação.

● Quinze dias após o presidente Lula afirmar que "nenhum centavo" seria cortado das obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), a relatora-geral do Orçamento, senadora Serys Slhessarenko (PT-MT), fechou seu parecer estabelecendo um corte de R$ 3,3 bilhões nas verbas do programa em 2011. O texto destina ao PAC R$ 40,15 bilhões, frente aos R$ 43,5 bilhões previstos na proposta orçamentária enviada pelo governo ao Congresso. O ministro da Fazenda, Guido Mantega, tinha sido o primeiro a falar em redução no ritmo das obras do PAC. Mas o presidente Lula, mesmo estando a dias de deixar o cargo, entrara na discussão afirmando que “se tiver que mexer em alguma coisa vai ser em custeio e não em obras para investimento”.

● O Palácio do Planalto reuniu ministros e secretários para escrever textos e alinhavar dados contestando informações contidas no caderno que O GLOBO publicou domingo sobre os oito anos do governo Lula. Segundo o "Blog do Planalto", o jornal fez análise parcial do governo.

● A presidente eleita, Dilma Rousseff, convidou a cantora e atriz Ana de Hollanda, irmã do compositor Chico Buarque, para o comando do Ministério da Cultura. Ana aceitou a oferta, formalizada ontem. O nome da artista, ex-diretora de Musica da Funarte, havia sido sugerido pelo PT do Rio. Outros seis nomes foram confirmados para o governo; Alexandre Padilha (Saúde), Orlando Silva (Esporte), Tereza Campelo (Desenvolvimento Social), Luiza Bairros (Igualdade Racial), Mario Negromonte (Cidades) e Luis Inácio Adams (Advocacia-Geral da União). Faltam sete indicações.

●Os EUA se valeram de diplomatas brasileiros para pressionar o Judiciário a permitir que os pilotos americanos Joseph Lepore e Jan Paladino fossem liberados para voltar a seu país, segundo telegramas vazados pelo site WikiLeaks.

● embaixada do Brasil em Honduras foi alvo de ameaça de atentado na crise do golpe contra o presidente Manuel Zelaya, abrigado no local. É o que mostram documentos diplomáticos dos EUA vazados pelo WikiLeaks. Os textos afirmam que o Brasil não tinha estratégia para o caso, que estava "perdido" e que esperava ação americana mais efetiva.

● O governo usou para financiar o seu déficit R$ 43 bilhões do setor de telecomunicações que deveriam custear fiscalização, pesquisas e oferta de serviço telefônico em locais remotos e para a população de baixa renda, informa Elvira Lobato. Segundo o próprio governo, desde 1997 foram arrecadados R$ 48 bilhões em três fundos públicos do setor. Só R$ 4,9 bilhões (cerca de 10%) tiveram o destino previsto; os outros 90% estão retidos no Tesouro para financiar contas públicas. De acordo com as teles, as taxas de contribuição para os fundos são repassadas ao consumidor. Quem tem celular ativo paga R$ 13 por ano para o Fistel, o maior dos fundos, que deve chegar ao final de 2010 com saldo de R$ 36 bilhões.

● Mais de 60 redes de lanchonetes e restaurantes, por acordo com o governo, divulgarão informações nutricionais dos alimentos a partir de 2011. Cardápios e embalagens trarão dados como quantidade de sódio e de outros itens.

● Na última reunião do ano com a Executiva Nacional do PT, o presidente Lula pediu ao partido que, no primeiro ano do governo Dilma Rousseff, dedique-se ao marco regulatório dos meios de comunicação. O projeto ainda não foi enviado ao Congresso, mas desperta desconfianças sobre o interesse do governo em relação ao controle social da mídia - o presidente negou que se trate de censura. As outras prioridades, segundo Lula, são reforma política e programas para a juventude.

● Os contribuintes vão gastar quase R$ 21 bilhões ao ano com os subsídios embutidos nos empréstimos do Tesouro para o BNDES. Esse subsídio serve para pagar a diferença entre o juro que o Tesouro paga para captar os recursos (até 12,5% ao ano) e o que cobra para emprestar ao BNDES (6%).

● O Brasil conseguiu ontem a condenação, na Organização Mundial do Comércio, das barreiras ao suco de laranja nacional impostas pelos EUA. O tema é antigo ponto de discórdia entre os dois países - os produtores da Flórida são os principais concorrentes do Brasil, que é o maior exportador do produto. O Itamaraty espera que a disputa não apenas traga alívio aos produtores no Brasil, mas também contribua para frear a prática americana de impor barreiras em outros setores.

● O trem-bala entrou no radar do empresário Eike Batista, controlador do grupo EBX. O Valor Econômico apurou que executivos que representam seus negócios já analisam propostas de consórcios para se engajar na disputa pela obra de R$ 33,1 bilhões. Embora ainda não haja acordo formalizado, a equipe de Eike tem mantido relação próxima com o consórcio coreano, o único pronto para apresentar uma proposta comercial no leilão que ocorreria dia 16, mas que foi adiado para 29 de abril de 2011.

● O peso que Eike Batista pode adicionar à disputa do trem-bala não é pequeno. Os movimentos recentes do empresário aproximam seus interesses aos dos coreanos. Em setembro, ele surpreendeu o mercado ao anunciar a venda de 11% de sua mineradora MMX para o conglomerado coreano SK Networks, numa transação de US$ 700 milhões. Na lista das 22 empresas que hoje compõem o consórcio coreano para a disputa do trem-bala, um dos principais parceiros é a SK C&C, divisão do conglomerado sócio da MMX.

● A forte demanda por automóveis levou a General Motors a reformular a linha de produção em sua unidade de Mogi das Cruzes (SP), inaugurada em 1999. Voltada à fabricação de peças estampadas de reposição para carros que saíram de linha, como o Monza e o Chevette, passou a fabricar portas, capôs e para-lamas também para veículos em produção. É um exemplo de como montadoras desenvolveram métodos para aumentar o ritmo de produção antes de investir em ampliação industrial. A maior vantagem de usar as instalações de Mogi das Cruzes para ajudar no processo de montagem de outras fábricas é sua localização - ela fica entre duas importantes unidades da GM, em São José dos Campos e São Caetano do Sul, no ABC.

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

DICA DO DIA
A inveja é sentimento negativo que vem de dentro para fora, como uma força que explode em subtância de maldade. Se lhe deve ser aconselhado que fuja de todos os inverjosos, pois eles só lhe trazem a imagem de perigoso prejuízo, é também muito importante que você lute por não invejar o bem, nem a felicidade de quem quer que seja. Convença-se de que só vale realmente para você aquilo que foi conquistado com o seu esforço pessoal ou lhe tenha vindo coma dádiva da bondade divina. Não queira outros bens que não esses. (J.S.Nobre)

NOTÍCIA DE CAIR O QUEIXO
Calvino Inman chamou a atenção da comunidade médica por "chorar" sangue várias vezes ao dia. Dois anos atrás, médicos começaram a investigar o caso dele. Após esse tempo, nada foi descoberto e Calvino continua um mistério. Os médicos simplesmente não sabem o que leva o adolescente de 17 anos a essa estranha condição. O "choro" de sangue às vezes chega a durar mais de uma hora. "As pessoas ainda dizem que estou possuído. O sangramento ocorre todo o tempo: na escola, em casa, quando estou deitado. Quando está para começar sinto sempre uma queimação", disse Calvino, segundo reportagem do jornal "Sun". Calvino, que mora em Knoxville (Tennessee, EUA), passou por inúmeros exames que tentaram identificar possíveis tumores, problemas nos dutos lacrimais e anomalia genética. Nada foi detectado."Nós sentimos que os médicos não têm mais ideia do que fazer", lamentou a mãe dele, Tammy Mynatt, de 35 anos. (contaoutra.com)

COMENTANDO AS NOTÍCIAS

● Conforme o jornal O Estado de S. Paulo, empresários e sindicalistas deixam as diferenças de lado para traçar estratégias que impeçam a invasão dos importados e a desindustrialização no País. A aliança deve ganhar força no governo Dilma Rousseff. A ideia do movimento é convencer o governo a adotar medidas de proteção contra importações, além de incentivo fiscal e tributário a setores afetados pela substituição da produção local por produtos estrangeiros.

● Perto da cassação, o ex-ministro-chefe da Casa Civil José Dirceu teria admitido a diplomatas americanos ter feito caixa 2 em sua campanha, negado participação no escândalo do mensalão e criticado petistas. Segundo telegramas revelados pelo WikiLeaks, Dirceu teria afirmado que Lula deveria ter "prestado atenção" às origens dos fundos de campanha. Ele também teria culpado líderes do PT por um esquema ilegal de financiamento "louco e perverso", dizem documentos de 2005.

● Multas e acordos firmados pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM), órgão que controla o mercado de capitais brasileiro, aumentaram 113% este ano. A punição em dobro por mau comportamento de empresas, executivos e investidores chegou a R$ 236 milhões, até o último dia 14, envolvendo casos de uso de informação privilegiada, negligência de administradores, falta de transparência de empresas e erro de contabilidade em balanços.

● A nevasca na Europa dificultou a vida de brasileiros que tentam ir para lá ou voltar a tempo do Natal. Ontem o Aeroporto de Heathrow, em Londres, fechou, e cerca de 40% dos voos previstos para os aeroportos Charles de Gaulle, em Paris, e de Frankfurt, na Alemanha, foram cancelados. No Brasil, 19% dos voos internacionais atrasaram, segundo dados da Infraero. Mas no Galeão a proporção era de 25%, e em Guarulhos, de 21,3%.

● A diretora de Relações Públicas do Senado, Juliana Rebelo, teve ontem seu dia de presidente da República. Ela foi a dublê de Dilma Rousseff no ensaio da cerimônia de posse, dia 1º de janeiro. Um dos primeiros desafios de Dilma será unificar a base na eleição do presidente da Câmara e na fixação do novo valor do salário mínimo. Hoje, ela deve anunciar Alexandre Padilha para o Ministério da Saúde.

● O presidente Lula, 65, disse que poderá ser candidato ao Palácio do Planalto, informa Kennedy Alencar, da Folha de S. Paulo. "A gente nunca pode dizer não", afirmou Lula em entrevista ao programa “É Notícia", da RedeTV!. "Fico até com medo. Alguém vai assistir à entrevista e dizer que 'Lula diz que pode ser candidato'. Eu não posso dizer que não porque sou um político nato", acrescentou. "Vamos trabalhar para a Dilma fazer um bom governo e, quando chegar a hora certa, a gente vê o que vai acontecer", relativizou.

● Análise feita pela Folha de S. Paulo nos dados das dez universidades que lideram ranking educacional mundial mostra que elas recebem muita verba para pesquisa, apostam na internacionalização de alunos e professores e cobram anuidades dos estudantes. Harvard, nos EUA, encabeça lista.

● Indústria luta contra medidas que visam informar nos rótulos o que os brasileiros de fato comem A Anvisa e a indústria alimentícia travam uma batalha na qual o governo tenta mudar as regras da publicidade de alimentos danosos à saúde. A disputa deve ser decidida no Congresso, onde pelo menos cinco projetos sobre o tema aguardam votação. Eles preveem desde a obrigatoriedade de informações claras sobre os níveis de gorduras dos produtos até a proibição de venda dos que contém substâncias perigosas.

● A entrada da China como compradora no mercado internacional de milho e a manutenção dos subsídios ao etanol à base do grão nos Estados Unidos devem manter as cotações da commodity em patamares elevados, favorecendo as exportações brasileiras. De um lado, a demanda chinesa por milho ajuda a sustentar os preços e atrai exportadores americanos, abrindo espaço para os brasileiros em outros mercados, e de outro o subsídio ao etanol também eleva a demanda por milho no mercado americano.

domingo, 19 de dezembro de 2010

DICA DO DIA
Por que está pensando que pelo fato de ter errado tantas vezes, não vê o caminho da sua conversão? Não se atormente com isso. Mire-se no exemplo de um bebê. Ele tenta caminhar. Cai muitas vezes. Tenta de novo. Cai mais vezes. Mas, não desanima, vai tentando até que caia menos e até que não caia mais. Vá procurando caminhar sem cair, você também. Este é o seu verdadeiro destino e o que lhe dará o prêmio de que lutou e venceu por si mesmo. (J.S.Nobre)

NOTÍCIA DE CAIR O QUEIXO
A Chinavasion criou um combo muito legal, para quem está preocupado com a sustentabilidade: mouse e teclado feitos em bambu. Os dispositivos possuem todas as características necessários para que você faça seu trabalho normalmente, apesar da matéria-prima ser diferente. Praticamente artesanais, eles custam US$ 33,44. Lá na China, é claro... (contaoutra.com)

CRÔNICA DE DOMINGO
Alô gente! Bom domingo! Este poema o escrevi já faz um bocado de tempo. Mas ele ainda é atual, e acho que vai continuar sendo por longo tempo... Boa leitura!

Meditação de Natal

Pois então, Ele nasceu.
Como luz... apareceu,
Ensinou, pregou, morreu...
Pra salvar o povo seu!

Assim é que nos lembramos,
E em dezembro meditamos,
Sobre histórias que aceitamos,
Do menino que adoramos!

Porém, nos outros dias,
Quando em meio às alegrias,
Por não ter melancolias,
Esquecemos as profecias!

De repente, num momento,
Surge na vida um tormento,
Que traz aborrecimento,
E aparece o desalento!

Só nessa hora então,
Erguemos a nossa mão,
Buscamos a mansidão,
Fazemos nossa oração!

Anote em preto ou carmim:
Não é bom agir assim,
Só lembrar de orar, enfim,
Quando tudo está ruim!

Tente então ser diferente,
Deste Natal para frente,
Ore mais, seja frequente,
Para ter paz, realmente!

COMENTANDO AS NOTÍCIAS

● Da Folha de S. Paulo: Luiz Inácio Lula da Silva, 65 anos, encerrará seus oito anos na Presidência com 83% de aprovação, segundo o Datafolha. Nenhum presidente eleito diretamente deixou o cargo tão bem avaliado no período após a ditadura. A popularidade se explica pela melhora de vários indicadores. De 2003 a 2010, criaram-se 14 milhões de vagas formais, e a classe C se tornou majoritária. A transferência de renda via Bolsa Família e salário mínimo contribuiu para o resultado. Educação e saúde, porém, não evoluíram no mesmo ritmo. Além disso, a carga tributária deve atingir o recorde de 37% do PIB, o que faz da gestão Lula a que mais elevou o peso dos impostos na história recente. O petista, apesar de arrecadar mais, investiu em infraestrutura tanto quanto o antecessor, FHC. Seu governo foi também marcado por escândalos como o do mensalão.

● Editorial da Folha de S. Paulo, sob o título de “Saldo Favorável” - Prestes a encerrar seus oito anos de mandato, o presidente Lula apresentou quarta-feira um extenso balanço da gestão. Como era de esperar, o relato contém abundantes autoelogios, algumas fantasias e nenhuma atocrítica. No entanto, ao observador isento o exame dos resultados durante os dois governos consecutivos indica um saldo muito favorável. Político intuitivo, Lula descartou a tentação do manejo demagógico da economia. Manteve a política econômica responsável iniciada por seu antecessor e colheu os frutos dessa sábia decisão.

● O Nordeste, pela primeira vez, ultrapassou o Centro-Oeste no crédito à pessoa física, mostram os dados do Banco Central. O aumento no financiamento ao consumo deixou a região atrás apenas do Sudeste e do Sul. Essa ascensão veio acompanhada de 40% de queda na inadimplência entre 2004 e 2010, a maior entre todas as regiões.

● A média de atrasos em voos superior a 30 minutos, que até novembro era de 12,6% nos 12 aeroportos mais movimentados do País, saltou para 20,7% na primeira quinzena de dezembro. O índice é 1,5 ponto porcentual superior ao de igual período de 2009. As empresas e a Infraero só divulgam atrasos superiores a 30 minutos. Mas relatórios reservados trocados entre as companhias e as autoridades do setor indicam aumento em outras faixas de tempo. O crescimento mais expressivo é no patamar até 15 minutos, em que houve um salto de 35,1%, nos primeiros 15 dias de dezembro de 2009, para 37,3%, em igual período deste ano. A principal explicação dos especialistas para a piora está no aumento da quantidade de voos.

● Como manda a lei, a Fazenda Mandaguari, em Mato Grosso, preserva a vegetação nativa em 80% do seu território, no bioma Amazônia. Para o Incra, no entanto, o imóvel é uma “grande propriedade improdutiva”. Os donos têm até o mês que vem para entregar a área, desapropriada em 2004.

● Documentos revelam o desvio do dinheiro do Orçamento supostamente investido em eventos culturais, informa o repórter Leandro Colon do Estadão. A movimentação bancária de empresa em nome de laranjas mostra que parte do dinheiro liberado a partir das emendas foi parar na conta pessoal de dirigentes de institutos fantasmas.

● As bancadas suprapartidárias do Congresso, pressionadas pelos governadores que querem mais verba em 2011, podem provocar uma reviravolta na promessa de veto do presidente Lula à Emenda Ibsen - que redistribui para todo o país os royalties de exploração de petróleo – feita ao governador do Rio, Sérgio Cabral. Congressistas garantem que vão se unir para derrubar o veto em futura sessão.

● Está no Correio Braziliense de hoje: Qual é o caminho para a felicidade? A pergunta, antes menosprezada por estudiosos, hoje inspira projetos científicos e preocupa governos no mundo todo. Contra o avanço da depressão e do estresse, países como Inglaterra e França encomendam pesquisas para medir o grau de satisfação das populações. Consultados pelo Correio, especialistas indicam os atalhos para o bem-estar: 1 Tenha amigos; 2 Pratique uma religião; 3 Evite se comparar aos outros; 4 Escreva um diário; 5 Escute música; 6 Faça exercícios físicos; 7 Defina planos; 8 Seja gentil; 9 Trabalhe com o que gosta; 10 Perdoe; 11 Abrace o otimismo; 12 Procure ajuda.

DESTAQUES DAS PRINCIPAIS REVISTAS SEMANAIS BRASILEIRAS

Veja

□□□ Vergonha - Os parlamentares se deram um aumento real que nenhum brasileiro teve.
□□□ Consumo - Por que não haverá mais Natal tão bom quanto o de 2010.

Época

□□□ Este homem se curou da aids - O mistério e a esperança levantados pelo caso do primeiro doente de aids que se livrou do HIV.
□□□ Exclusivo - Os 11 caminhões de presentes que Lula vai levar para casa

ISTOÉ

□□□ As batalhas navais de Torben - Ele é o principal medalhista brasileiro em olimpíadas e um dos maiores velejadores da história, mas a Rio 2016 está dando um nó em sua garganta. O que enfurece este imperador dos mares?
□□□ Exclusivo - Ex-primeiro-ministro britânico Tony Blair traz as lições de Londres para o Brasil.
□□□ Personagem - A intimidade de Carlos Arthur Nuzman, o todo-poderoso da Rio 2016.

CartaCapital

□□□ Ideias para Dilma
Delfim Netto - Economia. Adib Jatene - Saúde. Vladimir Safatle - Educação. Fábio Konder Comparato - Democracia e Direitos Humanos. Armando Monteiro Neto e Rodrigo da Rocha Loures - Impostos. Fausto Matin de Sactis e Fernando Figueiras - Corrupção. Alfredo Bosi e Emanoel Araújo - Cultura. Antônio M. C. Costa - Diplomacia. Renato Sérgio de Lima - Segurança. Paulo Godoy - Infraestrutura. Marco Antônio Raupp - Ciência e Tecnologia.
□□□ O mistério e a esperança levantados pelo caso do primeiro doente de aids que se livrou do HIV.
□□□ Exclusivo - Os 11 caminhões de presentes que Lula vai levar para casa