sábado, 1 de janeiro de 2011

DICA DO DIA
O Jornal da Cidade de Bauru, que circula aqui por São Manuel também, traz uma chamada de capa interessante hoje: “Vamos fazer de 2011 um ano mais humano.
Nossa tradicional edição temática de 1 de janeiro desta vez tem como 'gancho' a vida. Nos demais 364 dias do ano, retratamos a economia, a política, o cotidiano, o País, o mundo etc. Hoje, fazemos uma pausa para reflexão. Até que ponto estamos abandonando os valores primordiais do ser humano em nome da busca interminável das conquistas materiais e do sucesso a qualquer preço?” – Sugerimos a leitura do jornal em
www.jcnet.com.br. E desejamos um Feliz Ano-Novo a todos que acompanham este Blog!

NOTÍCIA DE CAIR O QUEIXO
Um homem que estava saindo de Cardiff, no País de Gales, para ir a Espanha, teve seu peru de Natal confiscado pela fiscalização do aeroporto. Ele tinha uma ave de quase 5 kg dentro de sua bagagem de mão, que foi encontrada pelos funcionários. O homem ficou muito irritado. - Por que vocês estão fazendo tanta algazarra? Ele vai descongelar quando estivermos voando? Disseram para ele que é ilegal levar comida perecível no avião sem permissão. A desculpa dele foi de que não tem peru bom na Espanha... (contaoutra.com)

O QUE DIZEM OS JORNAIS DE HOJE

O Estado de S. Paulo: Dilma Rousseff assume hoje como a primeira mulher presidente do Brasil. O mandato da petista, que quer ser chamada de “presidenta”, começa sob a sombra do enorme carisma de seu antecessor e padrinho político, Lula. “Eu não posso errar”, diz Dilma – que, fiel a sua fama de durona, já planeja reuniões de trabalho para “ontem”. Após oito anos, Lula passará a faixa à sua criatura deixando um legado de acertos e descompassos políticos, econômicos e sociais. Lula teve como marca os solavancos de sérias crises políticas, como a do mensalão, mas também a inegável redução da desigualdade social e a manutenção da estabilidade econômica. Para compensar o peso dessa herança, Dilma terá a maior base de apoio já formada em torno de um presidente desde a redemocratização do Brasil.

Folha de S. Paulo: Dilma Rousseff, 63, que será empossada hoje como a primeira mulher presidente do Brasil, vai lançar um plano nacional de erradicação da miséria a fim de tentar cumprir sua principal promessa de campanha. A ideia é reunir os programas sociais existentes e lançar novos, como iniciativas de financiamento e formação profissional, portas de saída do Bolsa Família. O objetivo é tirar da miséria 18 milhões de brasileiros. Dilma, a 40ª pessoa a assumir a Presidência da República, destacará no discurso de posse que pretende promover um governo de “continuidade, mas aprofundado e avançado” as políticas de seu antecessor, Luiz Inácio Lula da Silva. A ideia será sintetizada no mote “um Brasil que apenas começou”.

● O Globo: Após décadas de tiros e balas traçantes no reveillon, apenas fogos de artifício coloriram o céu do Complexo do Alemão e da Vila Cruzeiro, na Penha, Zona Norte do Rio, aos primeiros minutos de hoje. Com as favelas ocupadas pela polícia e pelo Exército desde novembro, ao fim de uma das maiores ações de retomada de áreas antes dominadas pelo tráfico, a imagem da Igreja da Penha na chegada de 2011 traduz o espírito de fraternidade e esperança de novos tempos no Rio. O secretário de Segurança, José Mariano Beltrame, virou o ano com a família no morro do Chapéu Mangueira – uma das 16 favelas pacificadas – no Leme. O reveillon 2011 no Rio marca também o início de uma época que está sendo chamada de “a década de ouro” por causa da Copa em 2014 e das Olimpíadas em 2016, cuja logomarca foi revelada ontem, nas areias de Copacabana. O Rio vive um momento histórico com grandes projetos e investimentos. O clima de paz na orla de Copacabana, onde dois milhões de pessoas festejaram o Ano Novo, consagrou mais uma das maiores e mais bonitas festas de reveillon do mundo.

● Jornal do Brasil: O último dia do presidente - Lula visitou Dilma, ameaçou fugir com a faixa presidencial hoje e manteve o ex-guerrilheiro italiano Cesare Battisti no país como exilado.

● Correio Brasiliense: Feliz 2011 - Lorenzo Damasceno tem apenas um ano de idade.Vive numa cidade moderna que nasceu para desafiar o mundo,construída no meio do Cerrado e contestada pelos céticos e pessimistas. Mas Brasília cresceu.Hoje, enfrenta os mesmos problemas dos grandes centros urbanos. Anacláudia, 42 anos, a mãe de Lorenzo, está entre os brasilienses que acreditam ser possível resgatar a qualidade de vida que projetou a capital para o mundo. “Sonho com uma cidade sem violência, onde as crianças possam brincar tranquilas nos parques e as casas não necessitem de grades e muros altos para proteger as famílias”, imagina. O Correio ouviu pais de jovens candangos para saber o que eles esperam do DF nos próximos 50 anos.

● Estado de Minas: Antonio Augusto Anastasia (PSDB) toma posse hoje, às 14h30, como governador reeleito de Minas Gerais, com o compromisso de aumentar a participação popular na sua gestão. Em entrevista ao Estado de Minas, diz esperar um bom relacionamento com a presidente Dilma Rousseff (PT). “Haverá um entendimento administrativo, o que não significa que não haverá oposição. Isso se fará em razão dos programas, dos projetos, dos princípios e dos valores”, afirma. Ele promete um governo de continuidade ao do antecessor, o senador Aécio Neves, com avanços em áreas fundamentais, como saúde e educação.

sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Brindemos a chegada do novo ano, pensando positivamente, transmitindo energia uns para os outros, sempre confiantes em que teremos dias melhores! Feliz Ano-Novo!!!


DICA DO DIA
O sol de esconde atrás das montanhas. Pingos de luz começam a enfeitar o firmamento... Mais uma página da história foi escrita. O ano chega ao seu final. Ano que nunca mais há de voltar. Para aqueles que têm fé, as falhas serviram de lição. E o que se fez de bom já está escrito no céu... (Vicente Carvalho)

NOTÍCIA DE CAIR O QUEIXO
Uma apostadora dos Estados Unidos foi excluída de receber parte do prêmio de US$ 16 milhões por não ter pago sua contribuição de US$ 1 ao grupo do trabalho. Os outros membros reivindicam que, como Jeanette French, de 72 anos, não pagou pela aposta, ela não teria direito de receber parte do prêmio da loteria. Por nove anos, Jeanette faz parte do grupo de funcionários de um clube da Flórida que junta dinheiro toda semana para comprar bilhetes de loteria. Jeanette alega que não estava no clube no dia em que os colegas fizeram a aposta. Porém, ela afirma que outro funcionário teria colocado US$ 1 no nome dela. Agora, a disputa chegou aos tribunais e os outros membros do grupo foram impedidos de colocar a mão no dinheiro até que a briga fosse resolvida. A propósito, você já pagou sua parte na mega-sena da virada? (contaoutra.com)

COMENTANDO AS NOTÍCIAS

● O presidente Luiz Inácio Lula da Silva, na despedida do cargo, fixou ontem o novo salário mínimo em R$ 540. O valor, segundo o Dieese, não repõe a inflação: a entidade calculou que o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) a ser aplicado fechará em 6,47%. Com isso, o mínimo deveria ser de R$ 543. O ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse que a gestão Lula foi o período em que o salário mínimo “mais cresceu na História deste País”. As centrais sindicais queriam R$ 580 e vão tentar mudar o valor no Congresso. Para a Força Sindical, “Lula quer que Dilma esqueça o que ele fez pelos trabalhadores em oito anos”.

● No penúltimo dia no cargo, Lula conseguiu estar em vários lugares ao mesmo tempo, com “inaugurações” on-line. Hoje, anuncia que não extraditará Cesare Battisti, o que já provoca reações da Itália.

● Mas, o presidente do Supremo Tribunal Federal, Cezar Peluso, confirmou que, antes de definir o destino do terrorista italiano Cesare Battisti, a corte vai analisar os argumentos do Presidente Lula, que deve negar sua extradição. O relator do caso será o ministro Gilmar Mendes. O presidente adiou para hoje, último dia de governo, o anúncio sobre o italiano, condenado à prisão perpétua por quatro homicídios.

● Um dia depois de o presidente Lula dizer que acha “gostoso” terminar seu governo vendo os EUA em crise, a Casa Branca divulgou comunicado indicando que tem pressa para trabalhar com o governo Dilma. Na nota, que confirma a vinda da secretária Hillary Clinton para a posse de Dilma amanhã, Lula nem é citado.

● Dilma Rousseff assume amanhã com uma decisão tomada: vai aceitar a concessão de aeroportos à iniciativa privada, informa Ancelmo Góis em O Globo. Lula era contra. O assunto já foi tratado com o ministro Nelson Jobim.

● Nos últimos oito anos, a Bolsa teve ganho real de 295% no Ibovespa, permitindo a 210 empresas captarem R$ 352,6 bilhões com venda de ações. A Bolsa superou até a renda fixa, que acompanha nos juros da dívida pública brasileira, os mais altos do mundo. A valorização da Bolsa, porém, se deve mais ao resultado de uma conjuntura global com excesso de capital e valorização de commodities – várias exportadas pelo Brasil – do que a um esforço do governo Lula para fomentar os negócios no mercado de capitais.

● Futuros ministros de Dilma Rousseff gastaram verba pública para agradecer a eleitores. Garibaldi Alves (Previdência), enviou 22 mil cartões e fez anúncio na TV. Luiz Sergio (Relações Institucionais) gastou R$ 11,2 mil da cota de correio. Maria do Rosário (PT), dos Direitos Humanos, usou informe parlamentar. Todos negam ilegaldiade.

● Dilma Rousseff e os 37 ministros receberão hoje da Casa Civil um exemplar do Livro da Transição com a “Agenda 120”, na qual estão listadas as atividades obrigatórias da Presidência durante os primeiros 120 dias de governo. Na agenda consta, por exemplo, a formulação do Plano Plurianual (PPA), que terá de ser apresentado até 31 de agosto. O PPA estabelece medidas, gastos e objetivos a serem seguidos pelo governo ao longo de quatro anos.

● Mahmud Abbas, presidente da Autoridade Nacional Palestina, defendeu, em entrevista a Samy Adghirni, a participação militar do Brasil em missões de paz para proteger um Estado palestino independente. Ele disse que o governo brasileiro deve tentar convencer o Irã a não apoiar radicais do Hamas.

● Em um dos últimos atos de seu governo, o presidente Lula lançou ontem o Registro de Identidade Civil (RIC), cuja emissão começa por Brasília, Rio e Salvador. Com 17 itens de segurança, o RIC unifica documentos como CPF, RG e título eleitoral.

● Antes de terminar, dezembro já é o melhor mês da história em vendas de carros novos. Até quarta-feira, foram licenciados 363,7 mil veículos. No acumulado do ano, o resultado também é recorde, com 3,497 milhões vendidos até agora. O ano foi bom também para o setor de helicópteros – as vendas do chamado “mercado executivo” quintuplicaram.

● A procura de investidores por ativos mais seguros, provocada pela crise global, fez com que as aplicações em ouro superassem as demais em 2010. O metal acumulou 31,13% no ano, ante um desempenho quase nulo da Bovespa, de 0,83%.

● O prêmio da Mega-Sena da Virada aumentou para R$ 200 milhões, segundo a Caixa Econômica Federal. O valor é recorde. As apostas seguem até as 14h de hoje (horário de Brasília), e o sorteio ocorre às 20h, com transmissão pela TV.

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

DICA DO DIA
Não percas a tua fé entre as sombras do mundo. Ainda que os teus pés estejam sangrando, segue para frente, erguendo-a por luz celeste, acima de ti mesmo. Crê e trabalha. Esforça-te no bem e espera com paciência. Tudo passa e tudo se renova na terra, mas o que vem do céu permanecerá. De todos os infelizes os mais desditosos são os que perderam a confiança em Deus e em si mesmo, porque o maior infortúnio é sofrer a privação da fé e prosseguir vivendo. Eleva, pois, o teu olhar e caminha. Luta e serve. Aprende e adianta-te. Brilha a alvorada além da noite. Hoje, é possível que a tempestade te amarfanhe o coração e te atormente o ideal, aguilhoando-te com a aflição ou ameaçando-te com a morte. Não te esqueças, porém, de que amanhã será outro dia. (Chico Xavier)

NOTÍCIA DE CAIR O QUEIXO
A cidade de Ibi, no sudeste da Espanha, foi palco de uma guerra de farinha no dia 28 de dezembro. A festa, que poderia ser traduzida como "Os Enfarinhados", acontece há mais de duzentos anos e as únicas armas dos participantes são ovos e farinha. Na Espanha, 28 de dezembro é o Dia dos Inocentes, data de brincadeiras e trotes, semelhante ao 1º de abril. Os participantes recolheram doações das pessoas que acompanhavam e que observavam a guerra de farinha. O dinheiro recolhido foi doado a uma instituição de caridade. Muitos estão tomando banho até hoje para tentar limpar-se da farinhada... (contaoutra.com)

COMENTANDO AS NOTÍCIAS

● O Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M), o mais usado nos contratos de aluguel no País, fechou o ano em 11,32%, o maior nível desde 2004. Altas de preços de produtos básicos (como minério de ferro e algodão) acabaram influenciando o índice. Mas, como o mercado imobiliário está aquecido, sobretudo no Rio, além do repasse da inflação, está havendo negociação para renovação de contratos. Nestes casos, há preços dobrando, como o de um apartamento de quarto e sala em Botafogo, que passou de R$ 730 para R$ 1.500. “O mercado está aquecido e como os aluguéis representam entre 0,5% e 1% do valor de compra, os reajustes estão sendo muito acima do IGP-M”, disse Pedro Carsalade, presidente da Associação Brasileira das Administradoras de Imóveis (Abadi).

● O presidente Lula não só conseguiu garantir a permanência de José Sérgio Gabrielli à frente da Petrobras como antecipou-se à presidente eleita, Dilma Rousseff, e anunciou ontem a escolha. Horas depois, a equipe de Dilma confirmou. No mesmo dia, a Petrobras formalizou: o Campo de Tupi passará a se chamar Campo de Lula, como antecipara a coluna Negócios & Cia. A estatal argumenta, porém, que o nome é uma referência ao molusco e não ao presidente.

● A presidente eleita, Dilma Rousseff, decidiu unificar as ações de repressão e prevenção às drogas. A Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (Senad), hoje chefiada por militares, passará para o Ministério da Justiça. Ontem, foi anunciado o futuro diretor da Polícia Federal: o superintendente do órgão em São Paulo, Leandro Daiello Coimbra, afinado com a atual direção.

● Dilma Rousseff, convidou 11 antigas militantes de esquerda e ex-companheiras de cela para sua posse, dia 1º. “Nem em sonho imaginava que alguém da luta armada chegaria um dia a esse posto”, disse a socióloga Lenira Machado.

● Está praticamente definida a estratégia do novo governo para os dois primeiros meses de mandato. Em janeiro, a agenda será ocupada pelo programa fiscal da presidente Dilma Rousseff, que será oficializado no decreto de contingenciamento do Orçamento e no anúncio do compromisso com uma meta de superávit primário “cheia”. Em fevereiro, com a posse do novo Legislativo, a presidente definirá os projetos prioritários que serão enviados ao Congresso Nacional, assim como os que já estão em tramitação, mas que devem receber um renovado sopro político para serem aprovados.

● A dona de casa Dilma Jane da Silva Rousseff, 86 anos, será a primeira mãe de um governante a morar na residência presidencial desde 1961, quando Jânio Quadros morou por sete meses com a mulher, Eloá, a filha, Dirce, e a mãe, Leonor, no palácio da Alvorada. A mãe da presidente declarou logo após a vitória da filha que não deverá exercer papel algum em Brasília, o que tem sido a regra na história republicana, em que as primeiras-damas é que são encarregadas de cumprirem ritos cerimoniais e tarefas assistenciais.

● Eleita presidente da República há dois meses, Dilma Rousseff mostrou, no período de transição de governo, traços da liderança com que exercerá o principal cargo político do país a partir de sábado. Montou seu ministério ao estilo de um CEO, em etapas pré-definidas, estabelecendo hierarquias e não abrindo mão de autoridade. Fez concessões aos partidos e atendeu a pedidos do presidente Lula, mas não aceitou imposições nem fatos consumados.

● O presidente Lula anuncia hoje que o ex-ativista italiano Cesare Battisti ganhará a condição de refugiado político e poderá ficar no País. O governo da Itália, que acusa Battisti de envolvimento em assassinatos, pedira sua extradição.

● Isso ainda vai dar muito pano pra manga...

● Fábio Luiz, o Lulinha, filho do presidente, mora há três anos em apartamento alugado por R$ 12 mil em São Paulo, relatam José Ernesto Credendio e Andreza Matais da Folha de S. Paulo. A conta é paga pelo Grupo Gol, que vendeu livros didáticos ao governo. Lulinha diz que quem paga é Jonas Suassuna, seu sócio na Gamecorp e dono do Grupo Gol. “Ele arcava com o aluguel e eu entrei com os meus móveis e assumi as despesas”. Segundo Lulinha, o contrato será transferido para seu nome.

● Geraldo Alckmin, governador eleito de SP, deu mais espaço no governo a Gabriel Chalita, seu ex-secretário e deputado federal eleito pelo PSB. O titular do Desenvolvimento será Paulo Alexandre, ex-adjunto de Chalita, que já tinha apoiado Herman Voorwald (Educação). O tucano Edson Aparecido irá para o Desenvolvimento Metropolitano; o petebista Jorge Pagura, para Esporte. Andréa Matarazzo continua na Cultura.

● O consumidor brasileiro descobriu este ano que comprar produtos no exterior pode representar uma economia de até 50%. Com o dólar convidativo, cresceu o número de pessoas que preferem encomendar importados a quem viaja ou ir pessoalmente às compras em outras terras. O Banco Central calcula que, no ano que começa neste sábado, brasileiros gastarão R$ 12 bilhões em compras feitas em outros países.

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010


Minha neta Lívia Maria posou para o fotógrafo, seu pai, com todo o seu charme


DICA DO DIA
Seus fracassos e decepções estão todos no passado. Eles nada têm a ver com o que você deseja conquistar a partir de hoje. Você começa cada dia como uma folha em branco. Cada momento é uma oportunidade de começar a transformar seus sonhos em realidade. O que já passou, não importa mais. Sim, o passado trouxe você até aqui. Mas agora seu caminho se divide em infinitas direções, e você pode escolher qual delas seguir. Aprenda com o passado e deixe-o para trás. Desejar que tivesse sido diferente é perda de tempo e energia.Continuar convivendo com as limitações do passado é desperdiçar o enorme potencial da sua vida. Seu passado não define quem você é ou o que você pode conquistar. Quem decide isso é você. Portanto, olhe para frente! (diabetenet.com)

NOTÍCIA DE CAIR O QUEIXO
Um homem condenado por canibalismo resolveu fazer greve de fome em na cadeia Wakefield, localizada em West Yorks, na Inglaterra. Desde novembro, Stephen Griffiths, que fez 41 anos na semana passada, está sem comer. Ele cumpre prisão perpétua em uma cela especiaL. Nela, é monitorado 24 horas por dia, igualzinho ao Hannibal Lecter (o vilão canibal vivido por Antony Hopkins, no filme O Silêncio dos Inocentes). Recentemente, furou a vigilância ao engolir quatro pilhas. Ele matou, e depois comeu, três prostitutas. Revoltado porque deseja voltar para a prisão comum, ele já tentou se matar outras quatro vezes. Mas... vaso ruim não quebra fácil não... (contaoutra.com)

COMENTANDO AS NOTÍCIAS

● O superávit primário (economia para abater a dívida pública) do governo federal caiu 86% em novembro na comparação com outubro. O resultado levou integrantes da equipe econômica a jogarem a toalha quanto ao cumprimento, sem artifícios contábeis, da meta fiscal da União, de Estados e municípios, que é economizar 3,1% do Produto Interno Bruto. O ministro da Fazenda, Guido Mantega, admitiu pela primeira vez a possibilidade de descontar investimentos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) do cálculo do superávit. “Estamos trabalhando para o governo cumprir a meta cheia, mas há dificuldades para Estados e municípios. A União vai cumprir os 2,15% (objetivo definido para o governo central), mas não sei se serão atingidos os 3,1%.” Até a semana passada, Mantega garantia que a meta cheia seria alcançada por todas as esferas de governo.

● Embora tenha aumentado a verba prevista para investimentos no País e livrado de cortes obras do PAC, o governo não consegue efetivamente tirar esses projetos do papel. Levantamento feito no Siafi pelo site Contas Abertas, a pedido do Globo, mostra que, até 25 de dezembro, apenas 26% do total de investimentos previstos no Orçamento da União para este ano foram executados. Com os restos a pagar – despesas de anos anteriores liquidadas este ano -, chega a 58,6%. Entre os ministérios que menos investiram estão Esporte e Turismo, responsáveis por projetos da copa de 2014 e das Olimpíadas de 2016.

● Depois de concluir a escolha de seu Ministério, a presidente eleita, Dilma Rousseff, se concentra agora na montagem do segundo escalão. A ministros, elas avisa que o critério será técnico, numa tentativa de evitar aparelhamento como o que ocorreu nos Correios. Ontem, Dilma chamou a Brasília o presidente da Petrobras, Sérgio Gabrielli, que deverá ser mantido no cargo.

● O concurso realizado anualmente pelo Itamaraty para selecionar diplomatas, um dos mais disputados do País, vai ter cota racial a partir do ano que vem. Na segunda das quatro fases do concurso, 10% das vagas serão destinadas a afrodescendentes.

● O futuro ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, disse que o governo proporá às operadoras de telecomunicações que dividam com a Telebrás o comando do PNBL (Plano Nacional de Banda Larga). Para isso, as operadoras terão de apresentar proposta com preço “razoável” e serviço de “boa qualidade”. Bernardo se reuniu com executivos das teles, que se comprometeram a retirar ações questionando a forma de atuação da Telebrás.


● Ontem, Bernardo tratou do assunto com a presidente eleita, Dilma Rousseff. Segundo ele, caso as teles apresentem ao governo uma proposta convincente, a ideia é manter a Telebrás operando em parceria com o setor, sem exclusividade. O PNBL prevê a cobertura de 68% dos domicílios com internet até 2014. O governo havia anunciado R$ 8,9 bilhões para o setor. Com a parceria, “poderemos reduzir os investimentos nessa área e aplicar em outras”, disse Bernardo.

● A Gamecorp, que tem entre os sócios Fábio Luiz, o Lulinha, acumulou prejuízo de R$ 8,7 milhões e dívida superior a R$ 5 milhões até 2009, quando sua associação com a gigante de telefonia OI fez quatro anos. Desde 2007, o aporte da tele à empresa do filho do presidente Lula subiu 28%. Beneficiada por decisão do governo que a transformou na maior telefônica do País, a operadora é a principal cliente da Gamecorp. Segundo Lulinha, a receita de sua empresa vem da produção de conteúdo, interatividade com SMS e publicidade privada. A OI não quis comentar.

● Paulo Ribeiro, cunhado do governador eleito Geraldo Alckmin (PSDB), é investigado pela Promotoria sob acusação de intermediar propinas a políticos e servidores que contratavam empresas de merenda em SP. Os advogados de Ribeiro não foram encontrados. Alckmin decidiu que não comentará o caso.

● Para a diplomacia americana, o Brasil é peça central na rota do tráfico de drogas no mundo, segundo uma série de telegramas enviados de diversas embaixadas dos Estados Unidos e vazamentos pelo site WikiLeaks. Os documentos ainda mostram como o Itamaraty estaria “preocupado” com a “conexão entre o governo boliviano e os produtores de coca”.

● Os três aumentos promovidos na taxa básica de juros em 2010 (de 8,75% para 10,75%) não conseguiram salvar a poupança do pior resultado dos últimos seis anos. A expectativa é de que a caderneta feche o ano com rentabilidade de apenas 1%.

● Pesquisa do Ministério da Saúde mostra que o Brasil levará 14 anos para corrigir o déficit de próteses dentárias entre a população idosa. Sete milhões de pessoas entre 65 e 74 anos precisam do tratamento, mas o atendimento não ultrapassa 500 mil.

● O que fazer com as mais de 200 milhões de lâmpadas fluorescentes consumidas anualmente no Brasil? Apenas 6% delas recebem destinação correta. Falta estrutura de coleta e não mais que uma dezena de empresas são capacitadas para a reciclagem, informa a repórter Andrea Vialli do Estadão. Regulação do Estado de São Paulo para o setor, prometida para 2010, deve ficar para fevereiro.

● O Banco Central e a Casa da Moeda utilizaram tecnologias inéditas de segurança para a nova edição das cédulas do real, que começaram a circular neste mês com notas de R$ 50 e R$ 100, como faixa holográfica, elementos fluorescentes, quebra-cabeça e elementos escondidos. O método de impressão também foi renovado para reduzir os riscos de falsificação das “onças pintadas” e “garoupas”. “O processo de fabricação passou por inovações tecnológicas, mas talvez a mais marcante seja a impressão”, afirma o vice-presidente de tecnologia da Casa da Moeda do Brasil, Carlos Roberto de Oliveira. Segundo ele, a fabricação de uma cédula, desde a concepção gráfica até a impressão final, pode levar de dois a seis meses.

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

DICA DO DIA
A sinergia é a atividade mais dinâmica de toda a vida – o verdadeiro teste e a manifestação de todos os outros hábitos vistos em conjunto. A sinergia é a essência da liderança baseada em princípios. Ela catalisa, unifica e libera os poderes existentes dentro das pessoas.Mas, afinal, o que é sinergia? Em uma resposta simples, significa que o todo é maior do que a soma das partes. Ou seja, a relação estabelecida entre as partes é, em si, também uma parte; não apenas é uma parte, mas, sim, a parte mais poderosa, mais unificadora e mais excitante.O processo criativo é a parte mais terrível, porque você não sabe o que vai acontecer ou aonde chegará. Não sabe quais os perigos e desafios que encontrará pela frente. Para se ter espírito de aventura, de descoberta e criatividade, é preciso contar com um bocado de segurança interna. Sem dúvida, você precisará deixar o conforto de sua casa e enfrentar a imensidão do desconhecido, totalmente novo, para tornar-se um pioneiro, um descobridor. Abrir novas possibilidades, novos territórios, novos continentes, para que os outros possam segui-lo.A sinergia está em toda parte, na natureza. Se você colocar duas plantas lado a lado, as raízes se misturam e melhoram a qualidade do solo, de modo que as duas plantas crescem melhor do que se estivessem separavas. Se você coloca duas peças de madeira juntas, elas aguentarão muito mais do que o peso suportado por cada uma individualmente. Enfim, o todo é maior do que a soma das partes. Nesse caso, um mais um é igual a três. O desafio disso tudo está em aplicar os princípios de cooperação criativa, aprendidos na natureza, em nossas relações sociais; e a vida familiar nos fornece muitas oportunidades para observar e praticar a sinergia. A essência da sinergia é valorizar as diferenças – respeitá-las. Investir nos pontos fortes e compensar as fraquezas. (Stephen R. Covey, em "Os 7 hábitos das pessoas altamente eficazes")

NOTÍCIA DE CAIR O QUEIXO
Foram, no total, mais de dez tiros com um rifle de chumbinho. Dessa a destemida gatinha Tinsel, de 4 anos, se safou. O que seus donos não esperavam é que ela teria de passar por uma outra prova de fogo. Um mês depois do lamentável tiroteio, perto de sua casa, em Staffordshire (Inglaterra), e depois de todo o tratamento veterinário para recuperá-la, Tinsel acabou se metendo em outra aventura. E das grandes: ela foi atingida em cheio por um carro na rua e teve que implantar alguns pinos de metal em seu corpinho. Mas, acreditem, ela sobreviveu. De novo. O seu dono, Tim Gable, pensou até em mudar o nome da bichana para "Exterminadora do Futuro", segundo o site inglês Metro, em homenagem ao filme de Arnold Schwarzenegger, de 1984.- Hoje você olha pra ela e não consegue nem imaginar tudo o que ela passou. Tinsel é realmente impressionante! Mas não há nenhuma novidade nisso. Afinal de contas, os gatos têm 7 vidas não é mesmo?... (contaoutra.com)

COMENTANDO AS NOTÍCIAS

● A quatro dias do fim do mandato, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva tentou ontem desfazer o mal-estar causado pela afirmação de que pode disputar o terceiro mandato em 2014, feita em entrevista na semana passada. Em conversa no Palácio do Planalto, disse a jornalistas que fará campanha por Dilma Rousseff. “A Dilma será minha candidata”, garantiu. Lula preferiu atribuir a antecipação do debate sucessório à oposição. “Cabe a quem está no governo governar e não ficar preocupado com a pauta de 2014.” Ele disse ainda que não será copiloto de Dilma. “Ficarei na torcida, na arquibancada”.

● O presidente Luiz Inácio Lula da Silva administrará sua atuação fora do cargo a partir de dois endereços. O primeiro, que terá sede provisória no antigo Instituto Cidadania, na zona sul de São Paulo, vai tratar da cooperação para o desenvolvimento da África, integração da América do Sul, combate à pobreza, novas matrizes energéticas e reforma política. O segundo, que ficará em São Bernardo do Campo e será vinculado à Universidade Federal do ABC, é um memorial interativo do seu governo, como os Museus da Língua Portuguesa e do Futebol.

● A segurança no Palácio do Planalto foi posta em xeque ontem, quando cerca de 100 de estudantes driblaram os soldados e ocuparam a rampa para protestar contra o aumento salarial dos parlamentares, dos ministros e do presidente. Para a posse de Dilma Rousseff, no sábado, a promessa é de que 3 mil homens vigiem a Esplanada.

● Juíza da 13ª Vara da Fazenda Pública determinou a quebra dos sigilos bancário e fiscal de 11 pessoas e uma empresa investigadas sob suspeita de receber propina da Alstom em troca de contratos do governo paulista. A medida atinge Robson Marinho, atual conselheiro do Tribunal de Contas do Estado e um dos principais assessores de Mário Covas. Marinho nega irregularidade. Cabe recurso.

● Um bebê nascido na noite de Natal em Belém (PA) sobreviveu por cerca de 12 horas dentro de saco plástico, após ter sido arremessado pela mãe por um muro de pouco mais de dois metros. A mãe, de 20 anos, e o filho foram internados, mas passam bem. De acordo com conselheiros tutelares, ela disse que queria esconder a gravidez da família e pariu sozinha.

● Este blogueiro acha que essa mulher é maluca...

● O Tribunal Regional Federal da 1ª Região cassou liminar obtida pelo Ministério Público da Bahia e liberou a exploração de petróleo na região do arquipélago de Abrolhos, no litoral baiano. A decisão preocupa ambientalistas, que temem impactos negativos na região com a maior biodiversidade do Atlântico Sul. Segundo a Agência Nacional do Petróleo, as concessionárias precisam agora buscar no Ibama licenças para iniciar as operações.

● Dos 628 inscritos, só 2 passaram no teste piloto criado pelo governo para validar diplomas de médicos formados no exterior. Graduados em Cuba, na Bolívia e na Argentina eram maioria entre os candidatos no teste piloto, concebido para uniformizar a validação do diploma – requisito básico para que os profissionais formados no exterior exerçam a Medicina no País. O governo já estuda mudar a nota mínima. O vice-presidente do Cremesp, Renato Azevedo Junior, é contra. “Os critérios têm de ser firmes”.

● Será mais um exame igual ao da OAB?

● Investigação do governo da Argélia mostra que, para passar pelo norte da África em direção à Europa, droga procedente do Brasil pagaria pedágio à rede terrorista Al-Qaeda. Um dos principais grupos beneficiados seria a AQMI, no Magreb Islâmico, com membros na Argélia, Marrocos e Tunísia.

● O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento investirá R$ 59 milhões para tentar erradicar a febre aftosa do rebanho brasileiro em 2011. O aumento de 1.693,9% em relação aos R$ 3,3 milhões investidos em 2003 visa a entrada em mercados ainda restritivos, como o dos Estados Unidos e da Coreia do Sul. A arroba do boi gordo valorizou 32% no País este ano.

● Decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) proibiu o Fisco de inscrever na dívida ativa o contribuinte que discute na Justiça o pagamento de tributos tendo efetuado o depósito judicial do valor questionado. Atualmente, apesar de muitos contribuintes realizarem esse depósito como forma de garantir o pagamento do débito - caso venham a perder a disputa -, tanto a Receita Federal quanto as Fazendas estaduais mantêm a prática de mover ações de execução fiscal e inscrever as empresas na dívida ativa. Esse procedimento traz uma série de problemas para as companhias, que têm dificuldades até mesmo para obter financiamentos.

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

DICA DO DIA
O otimismo é o retrato de quem procura estar de bem com a vida e faz com que os outros também assim estejam. Coisa triste e ruim é o contato com uma pessoa para quem tudo vai mal e todas as pessoas estão erradas. Há um verdadeiro mal estar em tal companhia. Quem assim vive só pode estragar o dia dos que tiveram a desventura de o encontrar. Você, como tem procedido em relação á vida? Será que aprendeu a ver ao seu redor o horizonte mais claro e mais belo? È importante! (recolhido na internet)

NOTÍCIA DE CAIR O QUEIXO
O menino Michael Helms, que virou sensação na internet no ano passado depois que ficou com raiva ao descobrir que havia recebido livros de presente de Natal, em vez de brinquedos, voltou a deixar sua mãe constrangida durante entrevista à emissora de TV "NBC". Durante a entrevista ao programa "Today Show", Michael fez caretas inusitadas, enquanto sua mãe, Antoinette, tentava insistir que ele era uma criança "disciplinada". Ele só fez peraltices, a gente imagina... (contaoutra.com)

COMENTANDO AS NOTÍCIAS

● Levantamento da Confederação Nacional dos Municípios indica que, em 2013, o número de vereadores do país vai saltar dos atuais 51.992 para 59.708. As 7.716 novas vagas, a serem oferecidas já nas eleições municipais de 2012, serão justificadas pelo aumento populacional constatado pelo Censo 2010, do IBGE, e pela emenda constitucional que mudou o cálculo do tamanho das Câmaras. O aumento das vagas vai coincidir com o reajuste salarial para os vereadores de todo o país, num efeito cascata provocado pelo reajuste de 62% de deputados e senadores, este mês.

● O comércio ainda não fechou as contas, mas já comemora o melhor Natal dos últimos anos. As previsões variam de 13% a 19% de aumento no faturamento. Lojas e grandes redes de varejo já antecipam a liquidação do estoque de Natal, mas a maioria das promoções começa no dia 6 de janeiro, com a promessa de descontos de até 70%.

● O Sindicato Nacional do Aeronautas informa que atrasos e cancelamentos de vôos nos aeroportos do país devem se intensificar a partir de hoje, devido ao excesso de jornada de trabalho da categoria na semana de Natal. A legislação do setor impede que as tripulações voem nessas condições. Ontem, 19,1% dos vôos saíram atrasados, segundo a Infraero.

● A futura ministra da Secretaria de Políticas para as mulheres, Iriny Lopes, 54, defendeu em entrevista a Johanna Nublat da Folha de S. Paulo, o respeito à decisão das mulheres sobre aborto. “Não vejo como obrigar alguém a ter um filho que ela não se sente em condições de ter”. Ela frisa que é posição pessoal e diz que cabe ao Congresso decidir sobre políticas públicas.

● O aborto foi um dos temas centrais da campanha presidencial. A então candidata Dilma Rousseff, que defendera o direito de escolha pela mulher, adotou posição mais cautelosa para agradar a católicos e evangélicos. A nova ministra é militante dos direitos da mulher e defendeu a descriminalização do aborto no 3º Congresso do PT, três anos atrás. Para Lopes, o governo precisa cumprir a legislação, que prevê o aborto em caso de risco à saúde: “É o princípio que vai vigorar no próximo governo. É garantir atendimento a todas as mulheres que procurem a rede pública de saúde para casos relativos a essa gravidez”. A prioridade da pasta, de acordo com ela, será o combate à miséria.

● Pesquisa Datafolha revela que o brasileiro está mais otimista com a economia ao final dos oito anos de governo Lula. As expectativas sobre o poder de compra e o desemprego atingiram os melhores índices desde a chegada de Lula ao governo e superam os registrados ao final do governo FHC. Para 46% dos entrevistados, o poder de compra vai aumentar – eram 36% há oito anos. E o desemprego vai cair, dizem 41%.

● Com 5,7% de desemprego, menor índice já medido pelo IBGE, setores de serviços que dependem intensamente de mão de obra enfrentam a dificuldade de recrutar empregados até em níveis iniciais de carreira. Após escassez de engenheiros, profissionais de finanças e executivos causada pelo aquecimento da economia, já faltam trabalhadores nas áreas de construção, telemarketing, supermercados, restaurantes e bancos.

● Uma onda de frio que levou fortes nevascas à Costa Leste dos EUA gerou o cancelamento de centenas de voos ontem, prejudicando a volta de milhares de pessoas que viajaram no Natal. Os aeroportos de Nova York tiveram de suspender mais de 1.400 voos ao longo do dia. De acordo com a Infraero, 3 dos 11 voos que deveriam decolar ontem do aeroporto de Guarulhos rumo aos EUA também foram cancelados.

● A presidente eleita, Dilma Rousseff, herdará a partir do dia 1º uma máquina federal com quase metade da cúpula dos cargos de confiança, sem concurso público, dominada por sindicalistas. Segundo estudo, 42,8% dos ocupantes desses postos são filiados a sindicatos. São 1.305 cargos dessa natureza, e a remuneração chega a R$ 22 mil mensais.

● Um estudo do próprio governo alerta para a vulnerabilidade das fronteiras do Brasil ao contrabando e ao narcotráfico e expõe a carência de políticas públicas para a região. O trabalho, coordenado pelo Ministério da Integração Nacional, propõe a adoção de 34 medidas. As propostas incluem desde os pedidos de reforço de efetivo policial e de capacitação de agentes, fiscais e outros profissionais para atuar em ações especiais até a criação de gratificações especiais para incentivar a ocupação dos postos de trabalho. A faixa de fronteira abrange 588 cidades, espalhadas por 11 Estados, envolvendo cerca de 10 milhões de habitantes.

● O potencial econômico dos idosos cada vez mais vem sendo cobiçado por vários setores da economia – especialmente o de turismo. Prova disso é que, em plena alta temporada, o Ministério do Turismo lança, no dia 9, o programa Viaja Mais, Melhor Idade, de cruzeiro no navio Imperatriz, da CVC, do qual participarão cerca de 500 idosos. A gerência nacional do programa diz que não haverá prejuízo porque a demanda está altíssima.

● O expressivo aumento das transferências de renda para as famílias foi a principal característica do gasto público durante o governo Lula, que passaram de 6,8% do Produto interno Bruto em 2002 para 9% do PIB neste ano. Na prática, essas transferências – benefícios previdenciários e assistenciais, seguro desemprego, abono salarial e Bolsa Família – representam dinheiro que o governo coloca diretamente n a mão do cidadão.

domingo, 26 de dezembro de 2010




O NATAL EM CASA
Passamos o Natal juntos neste dezembro de 2010. Deixamos de lado por algum tempo os problemas que cada um tem e vivemos momentos alegres, com ceia de Natal, distribuição de presentes para a criançada, o tradicional amigo secreto e o almoço do dia 25. Nas fotos, alguns momentos dessa confraternização familiar aqui em São Manuel. Na primeira foto, minhas sobrinhas, juntas. Na segunda, Lívia Maria, minha neta, recebe o presente de sua amiga secreta, a tia Sônia.

DICA DO DIA
Muita gente transforma seu hobby num trabalho em tempo integral, e essa transição de hobby a ganha pão é muitas vezes gradual. Imagine alguém que gosta de fotografia e dedica seu tempo livre a ela. Essa pessoa começa fotografando casamentos e festinhas de parentes e amigos. De vez em quando ganha um concurso de amadores. Pouco a pouco, vai obtendo mais trabalho e, em alguns anos, está ganhando mais nos fins de semana do que no escritório... Outra pessoa gosta de idiomas. Fala italiano e inglês e decide aprender espanhol. Faz uma viagem de férias a Barcelona para aprimorar o aprendizado e passa a dar aulas de inglês de graça depois do trabalho. Em poucos anos, ela estará falando fluentemente três idiomas e decide fazer um curso de tradução para se aperfeiçoar... Depois de um tempo, ela tenta e consegue uma colocação numa escola de idiomas.Um outro fulano gosta muito de caminhar e acampar e tem todo o equipamento necessário para o hobby: botas especiais, barraca, mochila. Ele percebe que outras pessoas gostariam de acampar, mas não têm o material. Ele passa a alugar o seu. Às vezes organiza uma viagem, leva pessoas em sua perua – e cobra... Com o tempo, muda de profissão...Aí eu pergunto: o que aprendemos com essas pessoas?- aprendemos que é possível ganhar a vida fazendo uma coisa que a gente gosta;- que o mundo é um mercado; e assim, quem desenvolve uma habilidade encontra gente disposta a pagar por ela.Aprendemos também que a vida real é bem diferente da ficção – dos filmes e novelas. Nesses casos, os personagens conseguem tudo o que querem e precisam como que num toque de mágica... A vida real é mais frustrante. Nela, as coisas demoram um pouco para acontecer, mas acontecem... E mais, pessoas que transformam seu hobby em profissão não passam muito tempo assistindo a novelas. Viver a vida dos outros não se compara a viver nossa própria vida.Em poucas palavras: se você quer ganhar a vida fazendo o que gosta, o seu passatempo é uma possível fonte de renda. Enquanto não tiver interesses nas horas vagas, suas opções ficam limitadas. (Andrew Matthews, em "Siga seu coração")

NOTÍCIA DE CAIR O QUEIXO
O dono da revista "Playboy", Hugh Hefner, 84 anos, anunciou pelo Twitter que vai se casar pela terceira vez. Desta vez, com a atual namorada, a modelo Crystal Harris, 24 anos. "Depois do cinema, Crystal e eu trocamos presentes. Eu dei um anel a ela. Foi uma noite de Natal verdadeiramente memorável", escreveu Hefner em seu Twitter na noite da última sexta-feira. Hefner foi casado até 1959 com Mildred Williams. Depois, ele se casou com Kimberly Conrad, com quem ficou casado até 1998. Agora, com essa idade toda, ele tenta outra vez! (contaoutra.com)

CRÔNICA DE DOMINGO
Alô gente! Bom domingo! Ainda falando de Natal, esta é a crônica deste domingo. Boa leitura!

UMA HISTÓRIA DE NATAL
Chegou-me por e-mail, pela Internet, a história. Uma história de Natal, como tantas outras que podemos encontrar nos livros, nos jornais e revistas, e, hoje em dia, na grande rede mundial de computadores. O interessante é que eu não a busquei. Alguém resolveu colaborar com o cronista, enviando o tema, prontinho, lapidado, pronto para ser digerido. Eis a história, cujo autor não cito, por desconhecê-lo:
Certo homem, chamado Mogo, costumava olhar o Natal como uma festa sem o menor sentido. Segundo ele, a noite de 24 de Dezembro era a mais triste do ano, porque várias pessoas se davam conta de quão solitárias eram, ou da pessoa querida que havia morrido naquele ano. Mogo era um homem bom. Tinha uma família, procurava ajudar ao próximo, e era honesto nos seus negócios. Entretanto, não podia admitir que as pessoas fossem tão ingênuas a ponto de acreditar que um Deus havia descido à Terra só para consolar os homens.
Sendo uma pessoa de princípios, não tinha medo de dizer a todos que o Natal, além de ser mais triste que alegre, também estava baseado numa história irreal – um Deus se transformando em homem. Como sempre, na véspera da celebração do nascimento de Cristo, sua esposa e seus filhos se prepararam para ir à igreja. E como sempre, Mogo resolveu deixá-los ir sozinhos, dizendo que seria hipócrita de sua parte acompanhá-los, já que pensava daquela maneira. Ficaria esperando por eles em casa.
Quando a família saiu, Mogo sentou-se em sua cadeira preferida, acendeu a lareira, e começou a ler os jornais daquele dia. Entretanto, logo foi distraído por um barulho na sua janela, seguido de outro, e mais outro. Achando que era alguém jogando bolas de neve, Mogo pegou seu casaco e saiu, na esperança de dar um susto no intruso.
Assim que abriu a porta, notou um bando de pássaros, que haviam perdido seu rumo por causa de uma tempestade, e agora tremiam sob a neve. Como tinham notado a casa aquecida, haviam procurado entrar, mas ao se chocarem contra o vidro, machucaram as asas, e só poderiam voar de novo quando elas estivessem curadas.
O bom homem sentiu que não poderia deixar aquelas criaturas ao relento. Tinha que ajudá-las. Foi até a porta de sua garagem, abriu-a e acendeu a luz. Os pássaros, porém, não se moveram. Mogo achou que eles estavam com medo. Fez então uma trilha com pedacinhos de miolo de pão em direção à garagem, mas também não deu certo. Abriu os braços e tentou conduzi-los com gritos carinhosos, empurrou-os delicadamente, mas os pássaros ficaram ainda mais nervosos. Começaram a se debater, andando sem direção pela neve, e gastando inutilmente o pouco de forças que ainda possuíam.
Mogo já não sabia mais o que fazer. “Vocês devem estar me achando uma criatura aterradora”, disse, em voz alta. “Será que não entendem que podem confiar em mim?!”, gritou desesperado. “Se eu tivesse, neste momento, uma chance de me transformar em pássaro só por alguns minutos, vocês veriam que eu estou realmente querendo salvá-los!”.
Naquele momento, o sino da igreja tocou, anunciando a meia-noite. Um dos pássaros transformou-se em anjo, e perguntou a Mogo: “Agora você entende por que Deus precisava transformar-se em homem? Com os olhos cheios de lágrimas, ajoelhando-se na neve, Mogo respondeu:
”Perdoai-me, anjo. Agora eu entendo que só podemos confiar naqueles que se parecem conosco, e passam pelas mesmas coisas que nós passamos”...

COMENTANDO AS NOTÍCIAS

● Idealizado como sistema de atendimento universal, o SUS revela um pouco do abismo racial no país. Dados do Relatório das Desigualdades Raciais, estudo produzido pelo economista Marcelo Paixão, da UFRJ, mostram que brancos e negros têm acesso desigual à saúde pública. Entre mães de filhos brancos, 71% fizeram mais de 7 consultas pré-natais. No caso de mães de filhos pretos e pardos, o percentual cai para 42,6%. A incidência de tuberculose e hanseníase entre homens pretos e pardos é 45% maior que entre brancos. Beneficiários de 55,2% dos atendimentos do SUS, pretos e pardos se dizem mais insatisfeitos – embora, para esta população, normalmente mais pobre, o sistema tenha importância 19,5% maior do que a declarada pelos brancos. O relatório se baseia nos resultados do Pnad.

● Além da ameaça de greve no setor aéreo que pairou às vésperas do Natal, a qualidade dos serviços prestados também é motivo de insatisfação por parte dos passageiros. Em cinco meses de atuação, os juizados especiais nos aeroportos só conseguiram acordo em 33% dos seis mil atendimentos. O restante foi parar nos tribunais.

● A desigualdade salarial entre o setor público e a iniciativa privada aumentou durante a gestão do presidente Lula, mostra levantamento feito pela Folha de S. Paulo a partir das pesquisas mensais de emprego do IBGE. As diferenças de rendimentos se acentuaram a partir de 2006, quando o governo lançou o primeiro pacote de reajustes para funcionários do Executivo. Às vésperas do primeiro governo Lula, o rendimento médio mensal no setor privado era, em valores corrigidos, R$ 1.173. Em novembro deste ano, atingiu R$ 1.323, com um aumento de 13%. Já a renda média no serviço público apresentou, no mesmo período de oito anos, aumento de 31% acima da inflação, passando de R$ 1.909 para R$ 2.494. Os salários de advogados da União, auditores-fiscais, diplomatas e gestores do Executivo federal, por exemplo, subiram 70% no governo Lula.

● A presidente eleita, Dilma Rousseff, tem na formação literária uma das mais marcantes diferenças em relação a seu antecessor, Lula. Em entrevista para compor o perfil biográfico, Dilma citou Proust e autores que vão de Jorge Amado ao poeta japonês Bashô.

● A emissão de passaportes bateu recorde em São Paulo com a ascensão da classe C. Até o dia 16, a Polícia Federal havia expedido 557 mil documentos, 38% mais que em 2009. A demora para marcar a ida à PF, porém, irrita quem quer viajar: a espera varia de 15 a 20 dias. A PF atribuiu o prazo à explosão da demanda, mas dificuldades com a licitação pra contratar empresa terceirizada aumentaram o problema.

● Após 4 anos, a ferrovia Transnordestina tem os primeiros 20km prontos – até 2013 serão 1.728km, ligando Pecém (CE) e Suape (PE) ao sertão do Piauí. A obra vai ficar R$ 1 bi mais cara.

● Principal executivo do Grupo Silvio Santos até o mês passado, Luiz Sandoval aponta, pela primeira vez, os nomes de dois supostos responsáveis pela fraude bilionária no Panamericano: o ex-vice-presidente financeiro Wilson Roberto de Aro e o contador Marco Antônio Pereira da Silva. Em entrevista aos repórteres David Friedlander e Fausto Macedo do Estadão, Sandoval conta que, quando o caso foi descoberto pelo Banco Central(BC), o contador admitiu ter maquiado os balanços para esconder o rombo de R$ 2,5 bilhões e disse ter agido a mando de Aro. Ao ser confrontado, afirma Sandoval, o ex-vice admitiu ter dado a ordem “para salvar o banco”. Procurado, Aro não se pronunciou. Pereira da Silva não foi localizado.

● O Brasil tinha 3,94 milhões de estudantes no ensino superior em 2003, no início do governo Lula. Hoje o contingente já chega perto dos 6 milhões. Desse total, com a ajuda das bolsas do Programa Universidade para Todos (ProUni), 75% estão nas instituições privadas. Na rede pública, o acesso melhorou com o Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais (Reuni).

DESTAQUES DAS PRINCIPAIS REVISTAS SEMANAIS BRASILEIRAS

Veja

□□□ 2010 2011 - O ano que Lula não queria ver terminar.□□□ Balanço - O Brasil depois de 8 anos de lulismo,□□□ À espera do desafio,□□□ Infraestrutura - O Brasil que Dilma terá de construir.


Época

□□□ A década do Brasil - 10 artigos exclusivos revelam por que 2011 representa a oportunidade para o nascimento de um novo país. □□□ Retrospectiva 201010 boas notícias10 escândalos10 desastres10 descobertas10 negócios10 apagões10 vexames... e muito mais

ISTOÉ

□□□ As mulheres de Jesus - Saiba quem são as mulheres e qual o papel delas ao longo da história de Jesus Cristo, e como elas ajudaram a definir os rumos do cristianismo.