sábado, 2 de abril de 2011

sexta-feira, 1 de abril de 2011


DICA DO DIA

Em lembrança de Maria do Carmo Luizetto Grava, que faleceu nesta semana

A morte não existe. Se você perdeu um ente querido, não se desespere: tenha a certeza de que ele não morreu. Apenas mudou de estado e, mais cedo ou mais tarde, você o irá novamente encontrar. Não dê a ele, pois, a decepção de querer fugir da luta. Não pretenda ser superior a Deus: aceite o que Deus determinou em Sua Sabedoria, e será imensamente feliz. 
(autor desconhecido)


NOTÍCIA DE CAIR O QUEIXO
Uma moradora da região de Nova Jersey, nos Estados Unidos, está processando um cirurgião plástico que a teria operado e a deixado impossibilitada de fechar os olhos. O fato foi tema de reportagem da rede norte-americana de televisão CBS na terça-feira (29/3). De acordo com a CBS, Marilyn Leisz procurou o cirurgião Paul Parker para corrigir uma operação feita anteriormente por outro médico. Após a cirurgia, ela alega ter ficado sem poder fechar os olhos.
"Para piscar eu tenho de espremer as pálpebras. Só assim consigo fechá-las", afirmou. "Coisas que eu tinha o costume de fazer, como jogar tênis, nadar, andar de bicicleta e cuidar do jardim, ficaram impossíveis de serem desempenhadas".
A mulher afirma ter de usar gel e vaporizador sobre os olhos para não coçá-los à noite, e teme perder a visão. (contaoutra.com)

O QUE DIZEM OS JORNAIS

O Globo

O Conselho Nacional de Justiça aprovou novo horário de atendimento ao público para tribunais e varas no país: das 9h às 18h, no mínimo. A decisão deve vigorar em duas semanas. Hoje, o horário é de meio expediente. Servidores divulgaram nota de protesto. O Judiciário não cumpriu as metas de 2010 - entre elas, julgar todos os processos iniciados naquele ano.

O ditador Muamar Kadafi enviou, segundo o jornal "Guardian", um emissário para negociar com o governo britânico, que é criticado por abrigar o ex-chanceler desertor ligado ao atentado de Lockerbie.

Folha de S. Paulo

● Pela 2ª vez, leilão para trem-bala deve ser adiado. Governo considera que é necessária mais tempo para atrair novas concorrentes em licitação de R$ 33,1 bi. O governo federal já admite informalmente adiar por 90 dias o leilão do trem-bala, marcado para o próximo dia 11. Será o segundo adiamento da licitação. Na semana que vem, a presidente Dilma Rousseff se reúne com técnicos do governo para acertar detalhes e a nova data.

Entre as 3.500 escolas estaduais paulistas com o nono ano do ensino fundamental, só 5 estão no patamar considerado ideal pela Secretaria da Educação. No ensino médio, 4 alcançaram nível como o da Finlândia (líder de vários rankings). Todas estão no interior. A capital fica fora até se levado em conta o grupo dos 20 melhores colégios do Estado em cada grau, mostra levantamento da Folha a partir dos dados do Idesp, índice oficial que considera o desempenho dos alunos em exames de português e matemática.

Partidos da base do governo Dilma Rousseff estudam como restringir as atribuições do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) na fixação das regras das eleições. Segundo o líder do PT na Câmara, Paulo Teixeira (SP), "o exagerado poder" da Justiça Eleitoral causa insegurança política.

O Estado de S. Paulo

O Planalto determinou à Fazenda que estude uma forma de taxar fortemente a exportação de minério de ferro e desonerar a do aço. A ideia é reduzir a venda de minério e elevar a de produtos siderúrgicos no exterior. O objetivo é forçar a Vale a investir mais em produtos de maior valor. A ideia foi criticada por representantes da mineração. Para Marco Polo de Mello Lopes, do Instituto Aço Brasil, a desoneração deveria atingir toda a cadeia produtiva, e não só parte dela. A tentativa de forçar as mineradoras a investir na produção e venda de aço está na agenda presidencial há anos. Um dos motivos dos choques entre o então presidente Lula e o presidente da Vale, Roger Agnelli, era a demora da mineradora em aplicar seus recursos no setor siderúrgico. A presidente Dilma Rousseff tem a mesma visão e definiu como uma de suas prioridades obter da Vale a construção de uma siderúrgica em Carajás.

Palocci diverge de Mantega. Os dois principais ministros discordam da fórmula de combater a inflação: Palocci quer retomada da política de alta de juros e Mantega insiste no corte de crédito.

Deputado mais votado do País, Tiririca (PR-SP) emprega, com salário pago pela Câmara, José Américo Niccolini e Ivan de Oliveira, humoristas do programa A Praça é Nossa. Criadores do slogan "Vote no Tiririca, pior do que tá não fica", eles foram nomeados secretários parlamentares. Ambos moram em São Paulo e recebem R$ 8 mil mensais. Por meio de sua assessoria, o deputado informou que contratou os humoristas para ajudá-lo no mandato.

Correio Braziliense

No primeiro 31 de março do Brasil sob a presidência de Dilma Rousseff, ex-presa política torturada pela ditadura, Clube Militar celebra a data com uma nota amena. A entidade, que durante anos foi a porta-voz da insatisfação da caserna, evitou críticas e não falou de revanchismo.

O corpo do ex-vice-presidente chegou ao crematório de Contagem depois de quatro horas de velório e um cortejo por Belo Horizonte. O adeus a José Alencar levou milhares de pessoas às ruas, além de reunir na capital mineira familiares, políticos e amigos, como Dilma e Lula.

Valor Econômico

O governo vai adiar o leilão do trem-bala pela segunda vez. A decisão foi tomada pelo Ministério dos Transportes e encaminhada à Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), responsável pela concorrência. O adiamento, segundo fonte do ministério, deverá ser de três meses, embora os empresários estejam pressionando por mais tempo. A abertura da proposta, que seria em 29 de abril, passa agora para julho.

Estado de Minas

O sol ainda não tinha nascido quando o cozinheiro Alexandro Carlos parou junto ao portão do Palácio da Liberdade para participar do velório de José Alencar. Conseguiu ser o primeiro da fila. “Vim porque ele inspirou muita gente a lutar contra as adversidades”, disse. Como milhares de brasileiros de várias idades, profissões e classes sociais, Alexandro não conhecia pessoalmente o ex-vice-presidente. Mas enfrentou horas de espera e homenageou o homem público que considerava fazer parte da própria família.

Jornal do Commercio

● Remédio sobe 4,69%. Percentual é a média do reajuste anual regulado pelo governo de 24 mil apresentações de medicamentos. Consumidor do Estado (de Pernambuco) deve começar a pagar mais caro dentro de 15 dias, tempo estimado para reposição de estoques das farmácias.

Zero Hora

● Alta nos combustíveis revela distorções de preço entre cidades. Comparação a partir de pesquisa da ANP em 43 municípios mostra que a gasolina, ao se aproximar de R$ 3, tem valores discrepantes mesmo entre vizinhos.

quinta-feira, 31 de março de 2011

DICA DO DIA

Pode-se confiar e até admirar uma pessoa que conhecemos há longos anos. Mas só saberemos quem ela realmente é, na convivência íntima do dia a dia, ou se, guindada ao poder ou tornando-se rica, mantiver-se coerente com sua conduta e fiel a seus princípios.

(B.Calheiros Bomfim)


NOTÍCIA DE CAIR O QUEIXO

Um rebanho de vacas inglesas recebeu um acessório inusitado. Colares especiais com microfones foram colocados em seus pescoços para gravar sons de seus estômagos. De acordo com reportagem do jornal britânico "The Sun", as informações coletadas pelos colares serão usadas como base para um estudo sobre como as vacas digerem a comida e produzem gás metano. O estudo, desenvolvido em Liverpool, faz parte do programa de um supermercado para diminuir os impactos ao ambiente. A cada duas horas, é feito um relatório sobre a digestão de cada uma das 200 vacas monitoradas. Os animais estão recebendo diferentes tipos de alimentos para ver como afetam o nível de emissão dos gases. (contaoutra.com)


O QUE DIZEM OS JORNAIS


O Globo


O Banco Central jogou a toalha e admitiu ontem que não tem como atingir o centro da meta de inflação de 4,5% este ano. A previsão é que o custo de vida chegue a 5,6% em 2011. Pela regra atual, a inflação pode oscilar até dois pontos para cima ou para baixo, de 2,5% a 6.5%. O alerta foi feito na divulgação do primeiro Relatório de Inflação deste ano em que o BC adverte para um choque "gigantesco" de preços das commodities (matérias-primas). O diretor de Política Econômica do BC, Carlos Hamilton, disse que o objetivo agora é impedir que o custo de vida ultrapasse 6%. Apenas em junho de 2012 poderia convergir para 4,4%. O Banco Central também enfatizou que a cultura da indexação ainda é forte no Brasil: "O Copom entende que há resistências importantes à queda da inflação no Brasil. Existem mecanismos quase automáticos de reajustes”.

O fulminante contra-ataque de Kadafi no Leste da Líbia, retomando cidades perdidas, levou mais países da coalizão internacional a reforçar a ideia de armar os rebeldes. Ontem, líderes do Reino Unido e do Qatar mencionaram a possibilidade, já cogitada por EUA e França. Espiões da Agência Central de Informações dos EUA estariam na Líbia em contato com os rebeldes, o que pode abrir caminho à entrega de armas. O chanceler líbio abandonou Kadafi e se refugiou em Londres.

Com honras de chefe de Estado, o corpo do ex-vice-presidente José Alencar foi velado ontem no Palácio do Planalto. Quase cinco mil pessoas e uma centena de autoridades e políticos de vários partidos passaram pelo Salão Nobre para se despedir de Alencar, sempre destacando sua lealdade e seu exemplo na luta contra o câncer. Em Portugal, o ex-presidente Lula dedicou a Alencar o título de doutor honoris causa que recebeu da Universidade de Coimbra. Depois, com a presidente Dilma Rousseff, voltou ao Brasil a tempo de ir ao velório do amigo.

Folha de S. Paulo

Os EUA autorizaram missões secretas na Líbia para ajudar rebeldes contra o ditador Muammar Gaddafi. O serviço secrete britânico MI6 também está envolvido. As informações foram divulgadas pelo jornal "The New York Times" e pela agência Reuters. A Casa Branca e a CIA (agência de inteligência dos EUA) não se manifestaram.

Raul Cutait: Em 14 anos de convívio com Jose Alencar, em que histórias intermináveis se mesclavam a discussões sobre suas doenças, aprendi a estimá-lo e a respeitá-lo. Seu comportamento influenciou milhões, que viam nele um porta-bandeira de fé, esperança e determinação.

● BC prevê um PIB menor e inflação maior para este ano. O Banco Central reduziu de 4,5% para 4% sua previsão para o crescimento da economia neste ano e elevou a sua estimativa da inflação de 5% para 5,6%.

O Estado de S. Paulo

A CIA iniciou operação clandestina na Líbia para auxiliar os rebeldes que lutam contra o ditador Muamar Kadafi, revelou o jornal The New York Times, citando funcionários do governo americano. A ação, segundo a agência Reuters, é resultado de ordem assinada pelo presidente Barack Obama para dar apoio secreto dos EUA aos insurgentes. As informações surgem no momento em que a coalizão em ação na Líbia discute se fornecerá armas aos rebeldes - que ontem sofreram diversas derrotas. O chanceler líbio, Moussa Koussa, foi para Londres e desertou, informou a governo britânico.

Levantamento do Conselho Nacional de Justiça mostra que, mesmo gastando acima do previsto, o Judiciário acumulou 989.321 novos processos sem julgamento em 2010 - a meta era zero. O total de casos deve superar os 86,5 milhões do ano passado. A avaliação da produtividade da Justiça será divulgada hoje, 27 dias antes da greve marcada por juízes federais. A categoria quer reajuste salarial de 14,79%, que seria estendido aos magistrados que tiveram desempenho avaliado.

José Alencar é velado por parentes no Palácio do Planalto: até o início da noite, 4,5 mil pessoas haviam enfrentado pequenas filas e um forte esquema de segurança para se despedir do ex-vice-presidente, que morreu anteontem. O corpo de Alencar vai ser levado hoje para Belo Horizonte e, após velório no Palácio da Liberdade, será cremado. 'Para José, fomos além do limite. Demos a ele tempo e qualidade de vida, e as condições para se despedir', disse o cirurgião Raul Cutait.

Correio Braziliense

Mais de 6 mil pessoas subiram ontem a rampa do Palácio do Planalto para o adeus a José Alencar. Diante do corpo, reverenciado com honras de chefe de Estado. O Brasil testemunhou mais uma obra da engenharia política e da civilidade que ele tanto cultivou em vida: estavam lá, lado a lado, o cidadão comum e a elite política e econômica do país. Sem choro nem histeria. Nos rostos, o sentimento predominante durante todo o velório foi de admiração, diante do guerreiro que parecia não temer a morte. Um clima quebrado apenas em momentos como o do desmaio de um guarda de honra do funeral e o do alvoroço causado pela chegada de Dilma e Lula. Muito abatido, o ex-presidente não conseguia conter o choro e dirigiu-se diretamente para o caixão. Hoje, o corpo de Alencar segue para Belo Horizonte, onde será velado e cremado, atendendo a um desejo do ex-vice-presidenteda República.

Valor Econômico

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva recebeu ontem o título de doutor honoris causa da Universidade de Coimbra. Lula disse que o Brasil fez uma "revolução econômica e social".

Estado de Minas

● PIB rural é o melhor da história – Renda do agronegócio em Minas disparou e somou R$ 105 bi em 2010. Turbinado pela alta de preços no mercado internacional e puxado por café, soja, milho e produção animal, resultado cresceu 16,2% em relação a 2009. Ao comparar com 2001, a expansão foi de 77,4%.

Jornal do Commercio

● Despedida – Multidão invade Palácio para ver José Alencar.

Zero Hora

● Jogo de empurra deixa ambulâncias paradas em 51 municípios. Por falta de entendimento entre prefeituras, Estado e União, 85 veículos de socorro estão abandonados em depósitos municipais, apesar de prontos para uso.

quarta-feira, 30 de março de 2011

DICA DO DIA

Uma caravana de camelos atravessava o deserto. Chegou a hora do descanso e o cameleiro preparava-se, como habitualmente, para prender os camelos às estacas, quando verificou que faltava uma estaca.
Não sabendo como resolver o problema, perguntou ao mestre da caravana:
- Mestre, falta uma estaca para um camelo. Como fazer?
- Não terás problema. Eles estão tão habituados a ficar presos que, se tu fingires que atas o camelo com a corda, ele pensará que está preso e nem sequer tentará sair do lugar.
O cameleiro assim o fez e o camelo ali ficou, toda a noite.
No dia seguinte, quando se preparavam para partir, o mesmo camelo simplesmente recusou-se a sair do lugar, mesmo quando o cameleiro o puxava com toda a força. Sem saber que atitude tomar, dirigiu-se de novo ao mestre, contando-lhe o sucedido.
- Homem! - respondeu-lhe o mestre - Que fizeste ontem? Não fingiste que o ataste à estaca? Então, faz o mesmo hoje. Finge que o desamarra.
O camelo, mal o cameleiro fingiu que o desatava da estaca imaginária, recomeçou a caminhada.
Moral da história:
Muitas vezes não avançamos devido às nossas "estacas mentais". É o desconforto da acomodação.

(Portal Diabetes)


NOTÍCIA DE CAIR O QUEIXO

O adolescente russo Daniil Korotkikh, de 13 anos, estava caminhando com seus pais em uma praia na vila de Morskoye, a 80 km de Kaliningrado, na Rússia, quando encontrou uma garrafa com uma carta dentro dela. A carta tinha sido enviada por um alemão há 24 anos. Não foi divulgado o teor da correspondência que, evidentemente, tinha outro destinatário... (contaoutra.com)

O QUE DIZEM OS JORNAIS

O Globo

Só este ano, o preço do álcool nas bombas já subiu 13,42%. Numa diferença que nunca foi tão apertada, chega a custar 93% do valor da gasolina, num mesmo posto do Rio. Em vários bairros da cidade, o consumidor também está pagando mais de R$ 3 pelo litro da gasolina. Segundo especialistas, o impacto dessa disparada nos combustíveis já afeta os índices de inflação e pode puxar outras altas de preços. Para tentar controlar a situação, o governo anunciou na semana passada a importação de gasolina e de álcool, mas os distribuidores e produtores não dão sinal de que haverá trégua nos preços. Nem com a entrada da safra da cana em abril.

O descanso do guerreiro: O ex-vice-presidente da República José Alencar morreu ontem em São Paulo, aos 79 anos, em decorrência de um câncer de abdômen. A presidente Dilma Rousseff soube da notícia em Portugal, ao lado do ex-presidente Lula, e decretou luto de sete dias. Alencar será velado no Planalto, com honras de chefe de Estado. Lula e Dilma choraram ao lembrar Alencar - um Silva que nasceu pobre, tornou-se empresário bem-sucedido e, na política, aliado fiel do governo do PT, apesar de crítico da política de juros altos. Para o país, virou símbolo da luta contra o câncer.

Reunidos em Londres, representantes de mais de 40 países e organizações internacionais foram categóricos na exigência de que Muamar Kadafi renuncie, se quiser por fim ao bombardeio da Líbia. Mas a conferência deixou aberta a porta para que o ditador siga rumo ao exílio, possibilidade mencionada pelos chanceleres de Reino Unido e Itália. A secretária Hillary Clinton disse que os EUA podem armar os rebeldes.

Duramente criticado no Parlamento pela reação à crise nuclear - tachada de fraca - o premier japonês, Naoto Kan, disse que pode ampliar a zona de retirada obrigatória, perto da usina de Fukushima, de um raio de 20 para 30 quilômetros. Mais 130 mil pessoas seriam removidas.

Folha de S. Paulo

Apesar das medidas tomadas pelo governo federal desde o fim do ano passado - como o aumento da taxa de juros e restrições no financiamento de veículos -, o crédito no país cresceu 21% nos 12 meses encerrados em fevereiro, segundo dados do Banco Central. Ao favorecer o consumo, essa expansão preocupa, pois contribui para alimentar a inflação. O governo espera que a decisão de taxar em 6% empréstimos com prazo inferior a um ano tomados fora do país ajude a limitar o avanço do crédito a apenas 13% neste ano.

O ex-vice-presidente da República José Alencar Gomes da Silva, 79, morreu ontem em São Paulo, vítima de câncer. Ele lutava contra a doença desde 1997. Passou por 17 cirurgias em 15 anos. O corpo será velado hoje em Brasília e amanhã em Belo Horizonte. A presidente Dilma Rousseff e seu antecessor, Luiz Inácio Lula da Silva, anteciparam a volta de Portugal. Lula chorou ao saber da notícia. Foi decretado luto oficial de sete dias.

O STJ (Superior Tribunal de Justiça) decidiu, pela primeira vez, que avós maternos também podem ser incluídos como responsáveis pelo pagamento de pensão alimentícia para os netos. A decisão abre precedente para que outros tribunais apliquem o mesmo entendimento quando pais não pagarem pensão.

O Estado de S. Paulo

Chanceleres de mais de 40 países, reunidos ontem, em Londres, discutiram formas de armar os rebeldes líbios para que eles possam derrubar o regime de Muamar Kadafi - agora, um dos objetivos declarados da coalizão. A discussão, ainda travada nos bastidores, foi admitida por representantes dos EUA e da França, dois países líderes da operação militar iniciada no dia 19. Segundo americanos e franceses, os insurgentes provavelmente não conseguirão derrubar o ditador líbio por conta própria. Para Washington, o fornecimento de armas não extrapola a resolução da ONU que autorizou a operação militar. O enviado especial à Líbia, Lourival Sant'Anna, relata que as tropas leais a Kadafi conseguiram retomar duas cidades em poder dos rebeldes.

O gabinete ministerial da Síria apresentou ontem a sua renúncia ao presidente Bashar Assad. Buscando conter a crise após protestos de opositores, o líder sírio deve dar mais um passo hoje ao anunciar o fim do estado de emergência em discurso para a nação. Assad deve oferecer “significantes concessões políticas", segundo autoridades do país.

● José Alencar: Morre um lutador - A longa guerra de José Alencar contra o câncer terminou ontem. O ex-vice-presidente morreu aos 79 anos, após sensibilizar o País por sua resistência, sempre com bom humor. Empresário, Alencar foi fiador da aliança que elegeu Lula em 2002.

Correio Braziliense

● Alencar, um brasileiro - Durante 13 anos, José Alencar travou uma luta obstinada contra o câncer.“Não tenho medo da morte”, disse certa vez. E não tinha mesmo. Passou por 17 cirurgias sem que ninguém nunca o tivesse visto perder o bom humor. O Brasil acompanhou comovido essa batalha que chegou ao fim às 14h41 de ontem quando o Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, informou que ele havia morrido. Em Portugal, ao saber da notícia, a presidente Dilma e Lula caíram em prantos. Imediatamente, decidiram interromper a viagem e voltar ao Brasil. Empresário bem-sucedido, Alencar tinha 79 anos. Ele escreveu o nome na história política brasileira ao aceitar ser vice de Lula para quebrar resistências da elite econômica do país ao ex-metalúrgico. O corpo chega às 9h15 de hoje a Brasília para ser velado com honras de chefe de Estado no Palácio do Planalto. Amanhã, segue para funeral em Belo Horizonte.

Valor Econômico

O ex-vice-presidente da República e empresário José Alencar morreu ontem às 14h41, depois de lutar 14 anos contra o câncer. Ele será velado hoje com honras de chefe de Estado no Palácio do Planalto, em Brasília. Seu enterro será amanhã, em Belo Horizonte. Alencar foi o industrial brasileiro que mais próximo esteve da Presidência da República e também o primeiro, entre os presidentes e vices, que não tinha diploma universitário, assim como Lula. Empresário e político, uma de suas maiores batalhas foi contra os juros altos. Não viu o Brasil com os "juros civilizados" que reivindicava.

Estado de Minas

● Adeus, guerreiro: 'Eu não tenho medo da morte. Da desonra, sempre tive' - Na longa e penosa batalha contra o câncer, José Alencar repetidas vezes recuperou no vocabulário da política brasileira o esquecido valor da honra. Com admiração, o Brasil acompanhou a coragem com que o ex-vice-presidente enfrentou a doença durante mais de 13 anos. Foram 17 cirurgias. Ontem, o organismo não aguentou mais. E o país parou em luto pela sua morte, por falência múltipla de órgãos.

Jornal do Commercio

● Morre o guerreiro José Alencar - Acabou ontem, após 13 anos, a luta do ex-vice-presidente contra o câncer. Empresários, políticos, aliados e adversários lamentaram a perda.

Zero Hora

● A República chora por Alencar - Em Portugal, Lula e Dilma se emocionam ao falar da morte do ex-vice-presidente, que ontem encerrou 13 anos e meio de luta contra o câncer e deixou exemplo de otimismo.

terça-feira, 29 de março de 2011

DICA DO DIA
Quando der uma esmola, não anuncie a todos. "Não saiba sua mão direita o que faz a esquerda". Ajude sem alarde, para não humilhar aquele a quem sua generosidade ajudou. Respeite o próximo e ajude sempre, mas em silêncio, porque o Pai, que vê no segredo, o recompensará muito mais do que o reconhecimento público que tiverem seus atos. (recolhido na internet)


NOTÍCIA DE CAIR O QUEIXO

Dois passageiros terminaram atrás das grades em Jacarta (Indonésia). Yaqub Ebrahim e Ali Hasan foram presos ao tentarem embarcar com 40 cobras píton reticuladas nas bagagens de mão! Os répteis estavam sedados, mas, para as autoridades locais, só a presença delas no voo já seria capaz de provocar pânico, comprometendo seriamente a segurança. Os detidos disseram que já haviam acertado a venda das cobras nos Emirados Árabes Unidos, para onde pretendiam decolar. O sudeste da Ásia tem sido "exportador" de grande número animais, incluindo cobra, papagaio e até esquilo. (contaoutra.com)


O QUE DIZEM OS JORNAIS


O Globo


● Diante das fraudes na Saúde, o ministro da Controladoria-Geral da União, Jorge Hage, admitiu ontem que o problema se repete na Educação. Para ele, falta fiscalização, e estes ministérios não agem para coibir irregularidades. Na Saúde, R$ 662 milhões foram desviados em quatro anos, como mostrou reportagem do GLOBO. Há dois anos, a CGU, órgão ligado à Presidência da República, apontou falhas na Saúde, mas nada do recomendado foi feito. "Educação e Saúde têm a pior fiscalização", afirmou Hage. Após as denúncias, o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, disse que fará recadastramento geral de unidades, médicos e prestadores de serviço do SUS.

● Pressionado pela opinião pública, o presidente Obama anunciou ontem a transferência das operações militares na Líbia para a Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) - já a partir de amanhã. Obama frisou que a resolução que autorizou a ação militar não tem como objetivo derrubar Muamar Kadafi, mas sim evitar a morte de civis na Líbia.

● O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, demitiu o diretor da Polícia Rodoviária Federal, Hélio Derenne, após denúncias feitas pelo "Fantástico" sobre o descontrole das rodovias federais brasileiras. O programa mostrou venda de cocaína num posto de gasolina e críticas de um inspetor ao governo federal. A superintendente da PRF no Paraná comandará interinamente a corporação.

Folha de S. Paulo


● Sob o pretexto de defender civis, aliança ataca cidade natal do ditador, considerada estratégica para conquistar capital. Os países que lideram a ação militar na Líbia começaram a debater planos para depois da eventual saída do ditador Muammar Gaddafi. Na TV, Barack Obama (EUA) defendeu a transição, embora tenha negado que essa seja a meta das operações da aliança militar Otan.

● O presidente da Fifa, Joseph Blatter, disse que, a três anos da Copa, o Brasil está mais atrasado na organização do torneio do que a África do Sul em 2007. O presidente da CBF, Ricardo Teixeira, não comentou. Blatter tenta se reeleger na Fifa em junho. Teixeira apoia a oposição ao suíço. O ministro Orlando Silva Jr. (Esporte) admitiu problemas em Natal e SP, mas disse que nas outras sedes as obras vão bem.

● Autoridades japonesas detectaram vazamentos de água com o maior índice de radiação desde o acidente nuclear de Fukushima 1. Vazamentos de plutônio também foram localizados fora da área dos reatores. O saldo de mortos no terremoto e no tsunami ultrapassou 10,8 mil pessoas. O total de desaparecidos passou de 16,2 mil.

● O TJ-SP vai investigar disciplinarmente desembargadores responsáveis por processos que estão há pelo menos três anos sem julgamento. Mais de 47 mil causas estão nessa condição. Os processos parados serão distribuídos para magistrados com melhor desempenho, que terão 120 dias para julgá-los.

O Estado de S. Paulo


● Juízes federais marcaram uma paralisação nacional para o dia 27 de abril, para forçar a aprovação de um reajuste de 14,79% para os magistrados que, afirmam, tem base na Constituição. Paralelamente, a Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe) protocolou uma ação no Supremo Tribunal Federal pedindo que o tribunal reconheça suposta omissão do Congresso, ao não aprovar o reajuste, e determine a revisão. Segundo a Ajufe, há no STF defensores da tese de que a própria corte pode conceder o reajuste diante de omissão do Congresso. Se o aumento for definido nos moldes do que foi pedido ao Legislativo, o salário dos ministros da STF, que é o teto do funcionalismo, passará dos atuais R$ 26.723 para R$ 30.675. Como a remuneração dos juízes é toda escalonada com base no teto, um reajuste do salário do STF representará imediato aumento para toda a categoria.

● Apesar das medidas dos últimos meses do Banco Central para reduzir o crédito, pesquisas mostram que os financiamentos para consumidores e empresas subiram em fevereiro em ritmo insuficiente para conter o consumo e a inflação.

● A Rússia criticou ontem as operações da coalizão militar sob mandato da ONU que permitiram o avanço dos rebeldes da Líbia. Para Moscou, essa interferência na guerra civil líbia não está autorizada. Londres e Paris exigiram a saída de Kadafi.

Correio Braziliense


● O corte, agora, está no papel. Portaria que o Ministério do Planejamento publicou no Diário Oficial suspende, por tempo indeterminado, concursos públicos e nomeações na administração direta, nas autarquias e fundações. A decisão atinge pelo menos 12.413 vagas distribuídas entre seleções previstas, em andamento e já realizadas. Mas nomeações publicadas até ontem e seleções para cargos temporários não serão afetadas. Órgãos que iniciaram cursos de formação também poderão concluí-los, mas dependerão de uma nova autorização para nomear os aprovados. Até mesmo a realização de cursos ou de programas de formação que ainda não começaram ficará condicionada a autorização específica da ministra Miriam Belchior.

Valor Econômico


● A energia eólica chega finalmente ao mercado livre neste ano. Duas grandes empresas de energia, a CPFL e a Tractebel, anunciaram investimentos de R$ 1,2 bilhão em parques eólicos, cuja produção será exclusivamente negociada nesse mercado. A CPFL Energia investirá R$ 600 milhões em cinco parques geradores que terão capacidade para 150 megawatts, previstos para entrar em operação no terceiro trimestre de 2012, diz Wilson Ferreira Junior, presidente da companhia.

Estado de Minas


● Com a elevação significativa das vagas de hospedagem visando ao Mundial, Belo Horizonte corre risco de superoferta de quartos quando a bola parar de rolar, segundo estudo do Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil. Empresários do setor apontam que, para manter a média de ocupação, hoje em torno de 66%, a capital precisa expandir os espaços de feiras, convenções e outros eventos, além de melhorar a capacidade e as condições de operação do aeroporto de Confins.

Zero Hora


● Álcool no RS é o mais caro do país. Em um mês, o litro do etanol subiu em média 10,79% nos postos gaúchos, que passaram da sétima à primeira posição no ranking de preços da ANP.

segunda-feira, 28 de março de 2011

DICA DO DIA

Quando as noites da vida ferirem a tua paz, olha para o firmamento. Deus criou a lua e as estrelas para iluminá-las e te indicarem a estrada. Estrada que conduz a um novo dia. Iluminado pela radiante lua do sol. (Vicente Carvalho)


NOTÍCIA DE CAIR O QUEIXO

Um homem que comprou 6 toneladas e meia de sal na esperança de revender a preços altos por causa do pânico que o acidente nuclear em Fukushima (Japão) provocou na população chinesa está agora em apuros. Ele não tem para quem vender. Aconselhado por um parente, Guo investiu as economias na compra de 260 sacos de sal, cujo preço disparara, em Wuhan, capital da província de Hubei, relata o "China Daily". O iodo presente no sal ajudaria os moradores a se protegerem da radiação. O chinês viu a possibilidade de alto lucro. Fretou três caminhões e estocou os sacos no apartamento em que mora. Poucos dias depois, o governo da China acalmou a população, dizendo que não havia risco. O pânico se dissipou. Obviamente, o preço do sal despencou. E Guo ficou com toneladas encalhadas. E, na verdade, Guo não pode revender o produto oficialmente. Sua operação de compra e revenda é considerada ilegal. E sequer pode levar o sal para outra província, já que o governo tem muitas restrições para o transporte do produto. Sua vida vai ficar muito salgada daqui pra frente... (contaoutra.com)


O QUE DIZEM OS JORNAIS

O Globo

Além de contratar uma consultoria externa para reavaliar a segurança de suas encostas, a Eletronuclear, que opera as usinas Angra 1 e 2, estuda a construção de dois píeres nas imediações da central, na Baía da Ribeira e na Praia Brava, para criar uma alternativa de evacuação por mar, em caso de acidente. Embora as obras não sejam obrigação da empresa, a direção está preocupada com os deslizamentos constantes na rodovia Rio-Santos, que seria a rota natural de fuga numa emergência.

● O líder do governo na Câmara, deputado Cândido Vaccarezza (PT-SP), disse que, embora o governo ainda não tenha uma posição definida sobre o assunto, o projeto que prevê o pagamento de royalties aos estados e municípios com usinas nucleares, e também aos que receberão no futuro o depósito final de lixo atômico, deverá ser debatido pelo Congresso a partir do segundo semestre deste ano.

● A Itália, que ainda busca o apoio da Alemanha, vai apresentar amanhã um plano para estabelecer cessar-fogo na Líbia, que inclui uma alternativa de exílio para o ditador Muamar Kadafi. Segundo a Itália, essa possibilidade está sendo trabalhada também com a União Africana e a Liga Árabe. A proposta vem no momento em que a Otan assume o comando das operações militares, responsáveis pela zona de exclusão aérea, e quando os rebeldes seguem de forma acelerada rumo ao Oeste após conquistarem quatro cidades em dois dias - entre elas, os enclaves petrolíferos do Leste do país.

Pesquisa da USP mostra que o risco de morrer no trânsito do Brasil é 13 vezes maior do que na Suécia e sete vezes do que na França. O levantamento concluiu ainda que, nas ruas e estradas dos estados mais pobres, a violência também cresce: o risco de morrer no Piauí é quatro vezes maior do que nas vias de São Paulo.

Folha de S. Paulo

Apoiados pelos ataques aéreos internacionais, rebeldes líbios tomaram as principais cidades petrolíferas do país e avançavam rumo a Sirte, cidade natal do ditador Muanunar Gaddafi, relata Samy Adghirni. A batalha pelo controle de Sirte será o principal teste até agora para os rebeldes, que eram esmagados pelas forças de Gaddafi até o começo dos bombardeios aliados, no último dia 19.

● A presidente Dilma Rousseff quer que o Itamaraty mude seu foco e implante uma diplomacia de resultados, com ganhos reais para o país. Na visita de Barack Obama, a Presidência viu muita retórica e poucos resultados no encontro. Dilma não gostou de receber críticas de rebeldes líbios. Para eles, a posição do país, pró-cessar-fogo, equivale a tolerar um ditador. Ela já havia mudado a política externa de Lula, ao criticar países que violam os direitos humanos.

● Sem componentes cruciais e chips, a indústria de carros no Japão paralisou a produção. A perda diária é estimada em US$ 200 milhões (cerca de R$ 330 milhões) pelo banco de investimentos Goldman Sachs. Com as perdas, os preços devem subir e o número de modelos, cair.

O Estado de S. Paulo

Rebeldes líbios retomaram ontem os complexos petrolíferos de Brega e Ras Lanuf, avançaram 270 km para o oeste e recuperaram o território ocupado antes da ofensiva das tropas do ditador Muamar Kadafi.

● Segundo o enviado especial Lourival Sant'anna, o recuo das forças de Kadafi reflete o estrago causado pelos bombardeios da coalizão internacional: só no trajeto entre as cidades de Ajdabiya e Brega, de 70 km, havia mais de 90 veículos militares destruídos, entre tanques, blindados e caminhões. "Vamos lutar por Sirt", disse em Bin Jawad o civil Youssef Ahmed, de 22 anos. Sirt, que fica a 438 km de Trípoli, tem peso simbólico: é a terra natal de Kadafi. A Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) concordou em assumir o controle total das operações da coalizão na Líbia.

● No ano da eleição da presidente Dilma Rousseff, o governo federal acelerou a liberação de verbas livres de obrigação constitucional para Estados e municípios. A distribuição de recursos cresceu 51% ante 2009 em termos reais, descontada a inflação, e atingiu R$ 13,9 bilhões.

Correio Braziliense

Violência: GDF quer fechar bares mais cedo para reduzir criminalidade.

Valor Econômico

As emissões de letras financeiras dispararam neste ano. Até 23 de março, os bancos captaram R$ 19,7 bilhões com o lançamento dessa espécie de debênture bancária ante R$ 30 bilhões obtidos em todo o ano passado, segundo dados da Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima).

● As letras foram criadas em janeiro de 2010 para permitir o alongamento dos passivos bancários - o prazo mínimo de vencimento é de dois anos. Elas não decolaram até que, em dezembro, o Banco Central isentou-as do recolhimento de depósito compulsório. Ao mesmo tempo, o governo elevou o recolhimento compulsório sobre os depósitos a prazo de 23% para 32%.

Estado de Minas

Caldeiras, reatores, equipamentos mecânicos, borracha, fibras usadas no setor têxtil e material elétrico para geladeiras e fogões com bandeira vietnamita entram em ritmo acelerado no mercado mineiro. As compras do estado no país do Sudeste asiático triplicaram no ano passado. Ainda longe de se posicionar entre os grandes parceiros comerciais, o que chama a atenção é o fato de ter sido o maior salto das importações de Minas.

Jornal do Commercio

Novo terremoto e alerta de Tsunami assustam o Japão.

Zero Hora

● Definido o trajeto do metrô de Porto Alegre. Rosane de Oliveira revela que o projeto, concluído ontem à noite, se inicia na Esquina Democrática, vai até Triângulo da Assis Brasil por via subterrânea e, em elevada, até a Fiergs. Proposta será cadastrada às 10h30min de hoje.