sábado, 18 de junho de 2011

DICA DO DIA
Qual é a chave do sucesso? Qual é a melhor estratégia para se extrair o melhor da vida? Depende.
Depende do momento, de suas habilidades, da sua personalidade, do que você quer, do que você sabe e de quem você conhece. Não existe uma resposta certa para todos, mas existe uma resposta certa para você.
Ninguém pode dizer o que é certo para você neste momento. Não existe nenhuma fórmula secreta que funcione para todos. Depende de você ser responsável pelo seu destino, pelas suas ações, pelo seu futuro, pelo seu próprio sucesso e realização.
Assuma a responsabilidade por sua vida e você começará a realizar o seu destino.
(diabetenet.com.br)

NOTÍCIA DE CAIR O QUEIXO
O governo da província canadense de Terra Nova e Labrador enviou por engano um e-mail com link para um site pornográfico, segundo o site de notícias "Canoe News".
O texto com informações de educação em tribos esquimós, que deveria mostrar o atalho para o site do programa educacional, teve três letras da URL trocadas por XXX, sigla usada internacionalmente em referência a conteúdo pornográfico.
Cerca de 15 minutos depois da divulgação do informativo governamental, o departamento de assuntos indígenas canadense reenviou o e-mail com o link corrigido.
(contaoutra.com)

O QUE DIZEM OS JORNAIS

O Globo

● Ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) já se preparam para evitar que manobras de réus no processo do mensalão atrasem ainda mais o julgamento dos envolvidos no maior escândalo de corrupção do governo Lula e levem à prescrição de alguns crimes. Um dos mais fortes temores do ministro relator, Joaquim Barbosa, é que, depois de reunir 600 depoimentos de testemunhas e produzir 45 mil páginas, tudo seja posto a perder com uma possível renúncia dos deputados João Paulo Cunha (PT-SP) e Valdemar Costa Neto (PR-SP). Eles são hoje os únicos entre os 38 réus que ainda têm direito a foro especial - e, por causa deles, o caso é mantido no STF. Na hipótese de renúncia, ainda que às vésperas do julgamento marcado para 2012, o processo teria de ser transferido para a primeira instância do Judiciário e totalmente refeito. Seis ministros ouvidos pelo GLOBO se mostraram dispostos a mudar a norma atual para evitar um possível golpe como a renúncia, impedindo que todo o trabalho volte à estaca zero e que o escândalo acabe impune.

● Oito anos e meio após deixar o Planalto, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso completa hoje 80 anos com um único arrependimento político: o de não ter sido mais suave nas reformas que fez. E uma certeza sobre o país que o PT desde então administra: falta estratégia para se chegar lá, ao primeiro mundo. O caminho, diz, passa por educação, inovação e tecnologia. Seu balanço é de que o Brasil mudou muito, e para melhor, nestes 80 anos. Mas houve, no governo Lula, retrocessos, especialmente na questão do Estado. Sociólogo engajado em causas pelo mundo, retomou a vida intelectual praticamente abandonada nos palácios de Brasília e vê hoje com mais distância a política. Mas se ressente de como foi tratado por Lula, a quem chama de mesquinho. Com sua campanha pela descriminalização da maconha, aproxima-se dos jovens e cria problemas com o PSDB.

● A presidente Dilma Rousseff admitiu ontem que mudou de opinião e passou a defender o sigilo eterno para dados que ameacem a segurança e a soberania nacionais.

Folha de S. Paulo

● O ministro do Esporte, Orlando Silva, comprometeu-se a tornar públicas todas as despesas associadas a obras da Copa e da Olimpíada. A divulgação incluirá os novos contratos, que o governo ameaçava excluir das prestações de contas, conforme a Folha revelou.

● Enquanto as ações das maiores empresas de energia da América do Norte registram alta superior a 20% desde novembro, o valor dos papéis da Petrobras recuou nos EUA e no Brasil. Investidores têm dúvidas sobre a ingerência do governo na companhia. A Petrobras não se manifestou. A empresa adiou pela segunda vez a divulgação do plano de negócios.

● O vazamento de detalhes sobre o programa nuclear do país é uma das principais razões para o Itamaraty e a Defesa apoiarem o sigilo eterno de certos papéis, informa Eliane Cantanhêde. Exercícios militares com países vizinhos e possíveis práticas ilegais ao definir fronteiras, em especial no Acre, também preocupam os ministérios.

O Estado de S. Paulo

● As regras para apressar licitações e contratações de serviços e obras serão aplicadas na organização da Copa de 2014 e da Olimpíada de 2016, mas a intenção do governo é que, caso a experiência seja bem-sucedida, o Regime Diferenciado de Contratações (RDC) passe de provisória a definitivo. Após os eventos esportivos, o Planalto pretende extinguir a Lei das Licitações, informa Rui Nogueira. O ministro do Esporte, Orlando Silva, afirmou que o RDC faz parte da proposta de "aperfeiçoamento das regras de compras governamentais com mais competitividade". Em Ribeirão Preto, a presidente Dilma Rousseff disse que o regime especial foi discutido com órgãos reguladores.

● O prefeito Gilberto Kassab liberou, em um único decreto R$ 50 milhões em emendas parlamentares. O objetivo é acelerar a votação do pacote que concede isenção fiscal de até R$ 420 milhões ao Corinthians para a construção do estádio de abertura da Copa de 2014 em Itaquera.

● O Brasil registrou a maior revisão nas estimativas do Fundo Monetário Internacional entre os países emergentes. A previsão de crescimento passou de 4,5% para 4,1% em 2011 e de 4,1% para 3,6% em 2012.

Correio Braziliense

● Três anos após entrar em vigor, legislação que estabelece tolerância zero para a combinação entre álcool e direção pune uma média de três condutores a cada duas horas. Mas lentidão na análise dos processos gera sensação de impunidade e total de mortes no trânsito cresce 2,4%.

Estado de Minas

● PF apreende leite com soda cáustica - Amostras das marcas Fazenda Mineira e Lac tinham mistura de água, açúcar e soda cáustica, tornando o produto impróprio para consumo. Os federais esperam pelo resultado de exames de contraprova, para dar prosseguimento à investigação.

Jornal do Commercio

● Mães entregam filhos acusados de crime - Mulheres levaram à polícia os jovens de 13 e 16 anos, que confessaram a morte do chefe de padaria do Bompreço, durante assalto. Uma das mães justificou o gesto por medo de o filho ser morto.

Zero Hora

● TJ estuda só criar comarca em cidade que aceite presídio.
Sugestão de levar em conta a necessidade de penitenciárias na hora de aumentar a estrutura judiciária de municípios será analisada no Pleno do Tribunal.

sexta-feira, 17 de junho de 2011



MUNICÍPIO DE SÃO MANUEL COMEMORA 141 ANOS HOJE

Com Desfile Cívico, que já é tradicional, realização da X Festa do Peão e apresentação da Esquadrilha da Fumaça, entre outras atrações para o público, o município de São Manuel comemora os seus 141 anos de existência neste dia 17 de junho. Na foto ao alto, uma visão aérea de São Manuel.



DICA DO DIA
Você já viu um carro atolado na ilha central de uma rodovia? Geralmente se trata de alguém que tentou retornar, mas estava com pressa demais para ir até a próxima saída. Decidiu então cortar caminho pelo meio da estrada e ficou atolado na lama ou em uma vala. Como resultado, em vez de gastar mais 5 minutos até o próximo retorno, terá de gastar horas para encontrar um guincho e desatolar o carro.
Pense nisso na próxima vez que se sentir tentado a tomar um atalho em seu trabalho, em seus relacionamentos, em sua saúde ou em qualquer outra situação. A maneira mais fácil e rápida frequentemente tem um alto custo.
O valor que você extrai da vida é equivalente ao esforço que você dedica. No final, procurar atalhos geralmente demanda mais tempo e energia do que fazer o trabalho em primeiro lugar.
Não se consegue algo em troca de nada. Porque o que você conseguir de graça, não importa o valor de mercado, não significará nada para você.
(Portal Diabetes)

NOTÍCIA DE CAIR O QUEIXO
Sean Murphy, de 38 anos, tinha uma verruga na mão que não queria sair. Cremes não funcionaram, tratamentos médicos não funcionaram. O que fazer? Dar um tiro de espingarda na mão (provavelmente) não é a solução mais inteligente...
Ele, que é de Doncaster, na Inglaterra, resolveu que faria uma cirurgia sozinho, em casa. Anestesia: alguns copos de cerveja. Bisturi: uma Beretta calibre 12.
Sean Murphy deu um tiro na própria mão e removeu, finalmente, a verruga - além de remover, é claro, quase metade do próprio dedo...
Acha que a situação poderia piorar? Sim, é claro que sim. Segundo o jornal britânico Telegraph, o método heterodóxo de cirurgia (e barulhento) atraiu a atenção da polícia.
Quando os oficiais chegaram, descobriram que o sujeito não tinha permissão da lei para ter aquela espingarda calibre 12.
A acusação poderia dar até 15 anos de cadeia, mas, graças ao advogado dele, serão apenas 16 dias sendo monitorado pela lei e trabalho comunitário.
Richard Hiagh, o advogado, disse que Sean Murphy foi "uma vítima de sua própria estupidez". O doidão comemorou a liberdade.
- Eu estou feliz com isso. A melhor coisa é que a verruga já era. Estava me dando muito trabalho. (contaoutra.com)

O QUE DIZEM OS JORNAIS

O Globo

●O Ministério da Defesa manifestou apoio ao projeto original do Planalto que mantém o sigilo eterno de documentos oficiais. No Congresso, as Forças Armadas e o Itamaraty comandam o lobby para retirar as limitações ao sigilo, que já haviam sido aprovadas na Câmara. O ministro da Defesa, Nelson Jobim, disse que apoiará o que for decidido pelo Planalto. O vice-presidente Michel Temer também defendeu a manutenção do segredo para documentos ultrassecretos. Mas a presidente Dilma Rousseff vai ser muito pressionada por entidades da sociedade civil a mudar de posição e, com isso, derrubar o sigilo eterno. Por outro lado, não quer contrariar aliados importantes como os ex-presidentes José Sarney (PMDB-MA) e Fernando Collor (PTB-AL). Nas bancadas, não há consenso. Por enquanto, o Planalto tentará esfriar o debate sobre o tema, para evitar desgaste.

● Incertezas políticas na Grécia e temor de calote da dívida derrubaram as Bolsas globais. No Brasil, a Bovespa caiu 1,17% e o dólar subiu a R$ 1,610. O premier Papandreou alertou que há risco de a UE fracassar.

● Pressionado por déficit público e inflação crescente - alimentos aumentaram 50% e a gasolina, 80% - o presidente da Bolívia, Evo Morales, enfrenta agora passeatas e greves, relata José Casado.

● A OIT aprovou normas que dão direitos iguais a empregados domésticos, como jornada de trabalho. No Brasil, é necessário mudar a lei trabalhista.

Folha de S. Paulo

● Medida, que também terá de ser aprovada na Câmara, prevê cortar subsidio do governo ao etanol americano. O Senado dos EUA aprovou emenda que elimina subsídio ao álcool americano e tarifa sobre o produto importado, medidas que dificultam a entrada do combustível brasileiro no país.
É a primeira vez que cortes em incentivos e tarifas são aprovados em plenário.

● O governo recuou da promessa inicial e não divulgará mais na internet todos os gastos com obras e serviços para a Copa, relata Dimmi Amora. A medida vale para novos contratos, com valor estimado de R$ 10 bilhões. Em ofício para o Tribunal de Contas da União, o Ministério do Esporte disse que a prestação de contas dependerá da "conveniência" do Executivo.

● O ministro da Educação, Fernando Haddad, disse a dirigentes do PT que está disposto a ser candidato a prefeito de São Paulo, informa Vera Magalhães. Sem fixar prazos, Haddad afirmou ainda que, mesmo que não dispute a eleição, planeja deixar o governo Dilma Rousseff por ter a sensação de que cumpriu a sua missão. Segundo ele, e hora de alguém com "ideias novas" no MEC.

● Habeas corpus libera Edmundo após sua prisão em São Paulo

O Estado de S. Paulo

● A Fifa e o Comitê Olímpico Internacional terão superpoderes na definição dos gastos com as obras para a Copa de 2014 e a Olimpíada de 2016. As duas entidades poderão exigir reajustes nos valores dos contratos das obras para os dois eventos que o Brasil abrigará. Os governos federal, estaduais e municipais brasileiros e as empresas responsáveis pelas construções não terão esse poder. A proposta está no texto básico de medida provisória, em tramitação na Câmara, que cria regras especiais de licitação para apressar a contratação da infraestrutura nos locais onde os dois eventos serão realizados.

● Responsável no governo de Dilma Rousseff pela interlocução com os movimentos sociais, o ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência, Gilberto Carvalho, ficou "muito triste" e lamentou a prisão, pela Polícia Federal, do líder sem-terra José Rainha Júnior, ontem, em São Paulo. Rainha é acusado de desvio de dinheiro público destinado a programas de reforma agrária. Segundo Carvalho, a prisão “tumultua o processo de reforma agrária" e “a relação com os movimentos”.

● Ata do Comitê de Política Monetária do Banco Central divulgada ontem mostra melhora no quadro inflacionário, sem, no entanto, abandonar a preocupação com o crescimento da demanda de bens e serviços acima da capacidade de oferta, além dos possíveis excessos de aumentos nos salários e no crédito. O mercado aposta em mais uma elevação na Selic em julho, de 0,25 ponto porcentual, para 12,50% ao ano.

Correio Braziliense

● Presidente da República de 1995 a 2002, Fernando Henrique Cardoso completa 80 anos amanhã. O sociólogo voltou a ser destaque nos noticiários após iniciar uma cruzada pela descriminalização das drogas. Mas FHC ainda é um político influente e um acadêmico requisitado. “Faço palestras em quatro línguas, sem tradutor”, avisa. Em entrevista aos repórteres Denise Rothenburg e Ullisses Campbell, ele relembra sua vida e fala até sobre namoro. Aproveita para criticar o PT, mas elogia Dilma.

Valos Econômico

● Políticos conservadores venceram duas importantes votações ontem no Congresso americano pelo corte de subsídios agrícolas. Foi o primeiro passo de um processo legislativo que poderá ser benéfico ao Brasil, com a eliminação de barreiras comerciais impostas pelos Estados Unidos a produtos brasileiros. No Senado, foi aprovada emenda que derruba os subsídios de US$ 0,45 por galão aos produtores americanos de etanol e também a tarifa de importação de US$ 0,54 por galão do produto. Para entrar em vigor, o dispositivo ainda precisa passar pela Câmara.

Estado de Minas

● Levantamento do Estado de Minas em três das maiores agências de emprego da Região Metropolitana de BH constatou 5.967 oportunidades de trabalho em aberto, à espera de candidatos. Os salários variam do mínimo de R$ 545 à faixa de R$ 20 mil. Os postos oferecidos vão de faxineiro a gerente de projetos de construção civil. As dificuldades em preenchê-los são, por um lado, o desinteresse por remunerações mais baixas e, por outro, a falta de qualificação para funções de alta complexidade.

Jornal do Commercio

● Mobilização dos motoristas, na quarta-feira, apenas agravou o que nunca foi corrigido no transporte do Grande Recife. Falta de conforto, superlotação, calor e longa espera nas paradas são alguns dos problemas enfrentados no dia a dia dos passageiros.

Zero Hora

● Bombeiros reiniciam mobilização para se separar da Brigada. Tarso Genro anuncia grupo de trabalho para estudar reivindicação da categoria.

quinta-feira, 16 de junho de 2011

DESTAQUES DOS JORNAIS LOCAIS DESTA SEMANA

Jornal O DEBATE, de São Manuel, edição de 15 de junho de 2011

□□□ São Manuel completa 141 anos.
□□□ Enfeites de Corpus Christi chegam à 63ª edição.
□□□ Falta de água – Sabesp afirma que vai adquirir geradores de energia elétrica.
□□□ 2ª Conferência Municipal de Saúde dias 1º e 02 de julho.
□□□ Comemorações religiosas do aniversário da cidade.
□□□ Opinião: Câmara terá mais vereadores na próxima legislatura.
□□□ Ponto de Vista: Vitor Magalhães Lima começou a trabalhar na Rádio Clube AM com 15 anos de idade. Na entrevista, ele conta sua história na emissora.
□□□ Os pioneiros – Nesta edição o jornalista Miguel Roberto Nítolo conta a história da Família Catalan.
□□□ COLUNAS: Esporte (Osmar Corrêa), Bloco de Notas (coluna deste blogueiro), Direito em Debate (drª. Edilaine Rodrigues de Góis Tedeschi), Casual (Letícia Castaldi), Motivação (Bene Bassetto), Cornetando (Sandro Dálio).
□□□ Flash – as personalidades da cena de nossa região.
□□□ Badalação – moças e rapazes da cidade em fotos coloridas.
□□□ Classificados – os melhores classificados da cidade.

CADERNO ESPECIAL – em homenagem aos 141 anos de São Manuel, com mensagens de empresários e artigos sobre coisas e acontecimentos da cidade, relacionados abaixo.
□□□ A história do mártir São Manuel.
□□□ O “Vai-e-Vem” e o “Caramanchão” do Jardim Público (autor: José Boato).
□□□ Quando a chuva não vinha... (autor: Sandro Dálio).
□□□ A Estação Ferroviária (autor: Gildo Sanches).
□□□ O Mercado Municipal e a Estação de Tratamento de Águas (autor: Alceu Rosolino).
□□□ O Alegre Assobiador (autora: Nair Lara).
□□□ A grande xícara que marcava a chegada em São Manuel (autora: Tânia Casquel).
□□□ As gloriosas camisetas rubro-negras (autor: Flávio Renato Sanches – Shã)

Jornal O PRATIANO, de Pratânia, edição de 15 de junho de 2011

□□□ Drª. Jane: julgamento e condenação do réu causam perplexidade.
□□□ Festa Junina do Núcleo ‘Ângela Martin Bassetto”.
□□□ Agradecimentos: Adilson Blanco agradece o apoio que recebeu durante sua permanência como diretor do Projeto Luz.
□□□ Beleza & Saúde: Números que conferem longevidade – descubra – Parte I (terapeuta Everaldo Andrade) /// Hidratantes e Protetores Labiais /// Tratamentos para engravidar – Especialista explica métodos existentes e as novidades na área.
□□□ ARGB: Confraternização marca comemorações pelo 7º aniversário de fundação.
□□□ Dupla sertaneja João Neto & Frederico se aparentou na Terra Country.
□□□ Coluna “Em Dia com as Notícias” e a Crônica “Retalhos da história de São Manuel”, ambas de autoria deste blogueiro, estão na página 05.
□□□ Pratânia sedia partidas de bocha do campeonato regional.
□□□ Pingo no I (resenha escrita por Gaudério).
□□□ Programa Escola da Família realiza Campanha do agasalho.
□□□ Câmara Municipal de Pratânia – Resumo da 9ª Sessão Ordinária de 13/06/2011.
□□□ Sessão solene para entrega de título de cidadania de Pratânia terá data marcada brevemente.
□□□ Alunos do Anglo realizam o projeto “Respeito ao Idoso e sua inclusão na sociedade”.
□□□ Agradecimento do NAEEJA à ABBAS – Associação Banespiana de Assistência Social.
□□□ III Festival do Morango foi realizado pela Panificadora Prata.
□□□ 1ª Copa de Futsal Nordeste será realizada em breve.
DICA DO DIA
Faça de conta que a tristeza não existe e que seu coração pode se consolar facilmente com qualquer coisa.
Faça de conta que os problemas só aparecem de vez em quando e são solucionados num piscar de olhos, sem muito esforço.
Desafie o tempo e corra de peito aberto ao encontro da vida e da felicidade como um todo.
Desafie os inimigos, seja superior a todos eles e marque um encontro com seu verdadeiro eu, se possível todos os dias.
Faça de conta que o mundo escuro pode ser claro, límpido, transparente, como as almas dos anjos que olham por nós.
(diabetenet.com.br)

NOTÍCIA DE CAIR O QUEIXO
Matt Stutzman nasceu sem os braços, mas faz tudo tão bem ou melhor que uma pessoa "normal". Com as pernas e os pés, ele dirige carro, moto, come e pratica arco e flecha.
Agora, o atleta conseguiu mais uma façanha: entrou para a equipe olímpica dos Estados Unidos e, em julho, na Itália, ele vai disputar a seletiva que vai classificar para as Olimpíadas de Londres-2012! Olimpíadas, e não Paraolimpíadas!!!
Na verdade, o problema físico de Matt o "favorece": há mais massa muscular nos pés e nas pernas que nos braços e nas mãos. De acordo com técnicos, a determinação do atleta ainda lhe confere uma vantagem emocional e mental sobre os demais.
O americano, que foi um dos melhores nas disputas preliminares, está confiante em conquistar o ouro na terra da rainha Elizabeth.
(contaoutra.com)

O QUE DIZEM OS JORNAIS

O Globo

● Em nome da liberdade de expressão, o Supremo Tribunal Federal liberou a realização da Marcha da Maconha e de protestos similares que defendem a descriminalização do uso de drogas. Foi uma decisão unânime dos 8 ministros que participaram da sessão. O argumento central do relator, ministro Celso de Mello, é que o Estado não tem direito de proibir o livre pensamento: "Nada se revela mais nocivo e perigoso que a pretensão do Estado de proibir a livre manifestação. O pensamento deve ser livre, sempre livre." Para o ministro Ayres Britto, não se pode impedir uma discussão alegando que ela trata de algo proibido: "Nenhuma lei pode se blindar contra a discussão de seu conteúdo, nem a Constituição está livre de questionamento." Os ministros entenderam que as manifestações não fazem apologia ao crime e ressaltaram que, durante os atos, não serão permitidos o consumo de drogas ou o estímulo ao uso. A ação foi proposta pela vice-procuradora geral da República Deborah Duprat. Novas marchas pela descriminalização de drogas estão previstas para sábado.

● Em resposta à base aliada no Congresso, que pressiona pela liberação de R$ 3,3 bilhões para emendas parlamentares, o governo avisou que a prioridade é conter os gastos e manter o equilíbrio fiscal. O recado foi dado pela ministra Ideli Salvatti, mas os líderes da base deram 15 dias de prazo para o pedido começar a ser atendido, sob pena de as votações de interesse do governo ficarem ameaçadas.

● A presidente Dilma Rousseff determinou ontem a governadores de Norte e Nordeste que fechem um acordo com Rio e Espírito Santo para evitar a derrubada, no Congresso, do veto do ex-presidente Lula a redistribuição dos royalties do petróleo.

● O Planalto enquadrou a bancada do PT no Senado, que, agora, diz que precisa ouvir o governo antes de decidir como votará sobre o sigilo eterno de documentos públicos. A ministra Ideli Salvatti disse que não será negado acesso a documentos da ditadura.

Folha de S. Paulo

● A Câmara aprovou o texto básico de medida provisória que permitirá ao governo manter secretos orçamentos de obras para a Copa-2014 e a Olimpíada-2016, relatam José Ernesto Credendio e Maria Clara Cabral. O texto final pode ser mudado por destaques que serão avaliados no dia 28. A decisão do governo de ocultar dados entrou na última hora na MP sobre contratações para esses eventos, que altera a Lei de Licitações.

● O ex-presidente Lula defendeu ontem o projeto que prevê o fim do sigilo eterno para documentos oficiais. A posição contrária o texto enviado por Lula ao Congresso em 2009 e a nova orientação da presidente Dilma, que quer os papéis em segredo para sempre. "Não existe nada eterno, o povo tem mais é que saber", disse Lula à colunista Mônica Bergamo.

● Por unanimidade, o STF liberou ontem a realização das marchas da maconha, atos que reúnem pessoas favoráveis a legalização da droga em várias cidades do país. Três ministros não estiveram na votação. A decisão não permite que os manifestantes fumem a droga durante as passeatas nem incitem seu uso com cantos, cartazes ou camisetas.

O Estado de S. Paulo

● O diretor da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Nelson Hubner, disse que as interrupções no fornecimento de energia elétrica na Grande São Paulo são reflexos da crescente falta de manutenção na rede da Eletropaulo. Hubner afirmou, porém, que há outras concessionárias de energia elétrica com índices bem piores que as da Eletropaulo. "Se fôssemos pegar os indicadores, teríamos de fazer intervenção em metade das empresas (que têm índices piores que a da Eletropaulo", afirmou a diretor, referindo-se ao pedido de intervenção do Procon na companhia paulista. Hubner comprometeu-se a aumentar a fiscalização na Eletropaulo, que não se pronunciou.

● O Planalto tentou reduzir ontem o desgaste causado por declaração da ministra Ideli Salvatti (Relações Institucionais) em defesa do sigilo eterno de documentos oficiais ultrassecretos. Na prática, porém, o governo voltou a insistir na manutenção do segredo indefinido de certos documentos.

● O Supremo Tribunal Federal decidiu que as "marchas da maconha" podem ser organizadas livremente. Proibi-las seria violar a liberdade de reunião e a de expressão. A polícia só poderá vigiá-las, para garantir a segurança e o direito dos manifestantes de expressarem suas opiniões de forma pacífica.

Correio Braziliense

● Adelino Porto e Bruno da Cruz, que na última terça-feira mantiveram quatro mulheres como reféns por seis horas na 711 Sul, estavam em liberdade amparados pela chamada progressão penal. Assim como eles, outros 2,2 mil bandidos estão em regime semiaberto, ou seja, passam o dia soltos e somente dormem na cadeia. Eles equivalem a 31,7% do total de 7 mil condenados sob custódia do sistema penitenciário do Distrito Federal. Bruno, por exemplo, só foi recolhido a uma cela após ser condenado por quatro diferentes crimes. Ainda assim, há dois meses recebeu o benefício da liberdade condicional. Vítimas do sequestro relatam ao Correio os momentos de terror e levantam a suspeita de que uma terceira pessoa comandou o assalto por telefone. Em reação à onda de violência, Secretaria de Segurança anuncia mais 1,3 mil policiais militares nas ruas até o fim do ano.

Valos Econômico

● Em meio à crise política que resultou no afastamento de Antonio Palocci da Casa Civil, o PMDB surgiu como o partido que é: poderoso e capaz de mudar a agenda do governo, como ficou demonstrado na votação do Código Florestal. Apontado como o aglutinador de um centro alternativo do poder, o vice-presidente, Michel Temer, nega conflitos com a presidente Dilma Rousseff e diz que seu partido está onde sempre esteve: como fiador da governabilidade.

● Em entrevista ao Valor, o vice-presidente fala abertamente sobre as suspeitas levantadas em relação a ele e ao partido. Identifica entre aliados a tentativa de imprimir ao PMDB a pecha de partido "vocacionado para o mal", quando a sigla - faz questão de ressaltar - "sempre foi pelo bem do país". Cita como exemplos a redemocratização, a aprovação do Plano Real e a sustentação de políticas como o Bolsa Família. "Antes se criticava o PMDB porque ele era dividido. Agora, critica-se porque ele é unido", diz.

Estado de Minas

● O baixo estoque de lacres começa a impossibilitar a oficialização de placas de veículos zero quilômetro em Minas. Há apenas 15 mil selos no estoque e são emplacados 2 mil carros por dia no estado. Betim, na Grande BH, já sofre com o desabastecimento. O Detran-MG abriu licitação para a compra de 2 milhões de lacres. As propostas serão abertas na próxima semana, mas qualquer atraso pode agravar a situação, já classificada como "caótica" por delegados do órgão de trânsito.

Jornal do Commercio

● Greve enfraquecida - Mobilização dos motoristas só afetou os usuários no início da manhã. Temporários e funcionários com medo de demissão garantiram 80% da frota ao longo do dia. Responsáveis pelo transporte em Suape devem parar amanhã.

Zero Hora

● Critério de promoção dos professores será alterado por decreto. Novas regras para avaliar mérito dos professores serão implantadas em 2012, e magistério será convocado a discutir propostas do Piratini.

quarta-feira, 15 de junho de 2011

DICA DO DIA
A gente cresce e amadurece não pelas vitórias conseguidas, mas pelas decepções sofridas. São as derrotas que apontam o caminho da conquista. (Vicente Carvalho)


NOTÍCIA DE CAIR O QUEIXO
Parece que o futuro já chegou para o australiano Chris Malloy, que acaba de criar uma espécie de moto voadora. Em seu site, o inventor afirma que o projeto é único. De acordo com Chris, a "Hoverbike" poder chegar a 3.000 metros de altura e atingir uma velocidade de 270 km/h. Feita de fibra de carbono, a moto pesa apenas 110 kg e segundo o criador pode carregar até 270 kg. O protótipo é feito com hélices que são movimentadas pelo motor da moto. Nos primeiros testes o veículo levantou apenas alguns centímetros do chão. O preço está estimado em US$ 40 mil.
(contaoutra.com)

O QUE DIZEM OS JORNAIS

O Globo

● Mais um trabalhador foi assassinado no Pará, na quinta morte em três semanas na Amazônia - uma onda de violência que nem a presença da Força Nacional de Segurança conseguiu conter. Morador do Acampamento Esperança, em Pacajá, Obede Souza, de 31 anos, foi morto com um tiro no ouvido. O crime estaria ligado a conflitos por terra, mas a motivação exata ainda não está clara. A Polícia Civil suspeita de disputas entre acampados. A Comissão Pastoral da Terra, porém, sustenta que Obede Souza teve desavenças recentes com madeireiros por causa da extração ilegal de árvores nativas. Homens da Força Nacional de Segurança estão em Altamira, perto de Pacajá, para acelerar inquéritos sobre mortes na região. O coordenador nacional da CPT, Dirceu Luiz Fumagalli, diz que a Força Nacional não intimida mandantes de crimes: "Eles sabem que o Estado não tem projeto de se fazer ali presente. Não vão se intimidar. Há impunidade aberta".

● A ministra de Relações Institucionais, Ideli Salvatti, teve ontem uma reunião de emergência para tentar conter a insatisfação da base aliada na Câmara, que exige a liberação de 50% das emendas parlamentares aprovadas para este ano, o equivalente a R$ 3,3 bilhões. O governo só liberou 5% do valor de todas as emendas parlamentares. No Senado, o descontentamento também é grande.

● Apenas quatro municípios (Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre e Vitória) entre 75 cidades analisadas alcançaram nível médio de desenvolvimento digital. Ou seja, têm cobertura total de internet pública, mas ainda há dificuldades para os menos instruídos.

Folha de S. Paulo

● A bancada do PT no Senado decidiu ontem defender o projeto que acaba com o sigilo eterno de documentos oficiais classificados como ultrassecretos, contrariando a presidente Dilma Rousseff e a orientação da nova ministra das Relações Institucionais, Ideli Salvatti. Ideli reafirmou a intenção do Planalto: derrubar no Senado a mudança que a Câmara realizou no projeto original, retirando do governo o direito de manter os papéis em segredo para sempre. Pela alteração, fica estabelecido um limite de 50 anos para o sigilo.

● Em entrevista a Folha, a ativista Shirin Ebadi, Nobel da Paz de 2003, acusou o regime do presidente iraniano Mahmoud Ahmadinejad de enviar tropas para ajudar na repressão a atos pró-democracia na Síria. A Embaixada do Irã não se manifestou. O chanceler brasileiro, Antonio Patriota, negocia para que o Conselho de Segurança da ONU evite texto com brechas para ação militar na Síria.

● A Agência Nacional de Vigilância Sanitária aprovou o uso de injeções de botox para tratar a enxaqueca crônica. O Brasil é o terceiro país a autorizar o uso do produto para esse fim. Os outros são os EUA e a Inglaterra. Além do uso estético, a toxina botulínica tipo A atua contra estrabismo e sequelas de derrames.

● Com autorização dos responsáveis, jovens de 16 e 17 anos poderão doar sangue. A restrição a menores existia devido a questões biométricas, como o peso menor. O governo determinou que a orientação sexual não defina doadores. Mas persiste o veto a homem que fez sexo com homem nos últimos 12 meses.

O Estado de S. Paulo

● Na tentativa de se aproximar do Congresso, a presidente Dilma Rousseff ativou seu “rádio de negócios", que inclui distribuir cargos, cortejar líderes partidários e liberar emendas parlamentares. O objetivo é facilitar a aprovação de projetos como a criação de regime diferenciado de licitação para as obras da Copa e da Olimpíada. Dilma prometeu bem mais do que as nomeações, que foram retomadas na semana passada. Ela instruiu as ministras Ideli Salvatti (Relações Institucionais) e Gleisi Hoffmann (Casa Civil) a receber parlamentares sempre que houver pedido de audiência, a responder a telefonemas e a manter as portas abertas para todos.

● Funcionários da Prefeitura de São Paulo estão recolhendo assinaturas de eleitores para a criação do Partido Social Democrático (PSD), nova sigla do prefeito Gilberto Kassab. O Estado teve acesso a e-mail enviado a amigos por uma assessora de uma subprefeitura: "Meu chefe-mor passou uma missão. Kassab fundou um partido e precisa do maior número de pessoas que aceitem essa fundação". A Prefeitura nega ter feita o pedido.

● O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), que defende sigilo eterno para documentos ultrassecretos, sugeriu que alguns podem causar atritos com vizinhos. “Não podemos fazer o WikiLeaks da História do Brasil." A decisão do governo de trabalhar para manter o sigilo eterno - revelada pelo Estado na segunda - foi classificada de "grande equívoco" pelo ex-ministro Paulo Vannuchi (Direitos Humanos).

Correio Braziliense

● Armados, drogados e violentos, Bruno Leonardo Vieira da Cruz, 28 anos, e Adelino de Souza Porto, 54, invadiram a casa por volta das 9h30, quando uma freira chegava ao local para uma visita. Além da religiosa, eles renderam a dona da casa e duas filhas, uma delas grávida de seis semanas. Avisada pela empregada, que conseguiu fugir, a Polícia Militar chegou logo depois. Após tensa negociação, somente às 15h46 os bandidos, que libertaram aos poucos as reféns, se entregaram. Ninguém ficou ferido. O secretário de Segurança Pública, Sandro Avelar, e o próprio comando da PM reconheceram um déficit de policiais para fazer a segurança ostensiva no DF. Segundo Avelar, faltam pelo menos 4 mil homens. De janeiro a abril, somente a 711 Sul registrou 15 ocorrências de roubos e furtos.

Valos Econômico

● A rede americana de lanchonetes Burger King, controlada pela 3G, dos empresários brasileiros Jorge Paulo Lemann, Marcel Telles e Carlos Alberto Sicupira, tem planos de abrir 900 lojas nos próximos cinco anos no Brasil, com investimentos entre R$ 600 milhões e R$ 900 milhões. A estratégia agressiva de expansão é o fio condutor da associação fechada ontem entre a gestora de recursos Vinci Partners e a Burger King Corporation para criar uma joint venture no país que funcionará como master franqueada e também terá lojas próprias.

Estado de Minas

● As dívidas estão crescendo mais do que a capacidade dos consumidores de honrá-las. Dados da Serasa mostram que em maio a taxa de inadimplência no país subiu 8,2% em relação ao mês anterior. Foi a maior variação desde março do ano passado. Em comparação com maio de 2010, o aumento do calote atingiu 21,7%. Especialistas apontam o encarecimento do crédito, com alta de juros e redução dos prazos de pagamento, como o vilão do fenômeno, que preocupa famílias, comércio e a economia como um todo.

Jornal do Commercio

● Grande Recife sem ônibus por 24 horas - Em assembleia realizada ontem, motoristas e cobradores de coletivo aprovaram greve de advertência por todo o dia de hoje. Eles pedem reajuste de 22% e empresas oferecem 5%. Sindicato avisa que não será garantida a circulação de 30% da frota.

Zero Hora

● Internet tira até duas horas de sono dos jovens por dia. Pesquisa inédita, a ser apresentada em congresso que se inicia hoje em Gramado, mostra que adolescentes necessitam dormir nove horas por noite em média.

terça-feira, 14 de junho de 2011

DICA DO DIA
É fácil fazer o que os outros esperam de você. Afinal, as pessoas esperam que você seja você mesmo, e você é bom nisso. Agora pense no que aconteceria se você fizesse um pouco mais do que o esperado...
Você já está fazendo o que as pessoas esperam. Com um pouco mais de esforço, você poderá fazer além do que elas esperam de você. Apesar de o esforço adicional ser mínimo, ele produz resultados impressionantes. Você deixa de ser “mais um” e passa a ser “um dos que vão além”. Seja você um funcionário, um vendedor ou o proprietário da empresa, dar mais do que o esperado vai levá-lo longe.
Não é preciso um grande esforço para deixar de ser “comum” e passar a ser “extraordinário”. Apenas faça o que você faria normalmente e mais um pouco.
(portaldiabetes.com)

NOTÍCIA DE CAIR O QUEIXO
Um morador do distrito de Matinha, que fica em Feira de Santana, a 108 km de Salvador, Bahia, foi surpreendido com a cria de uma galinha. Uma das aves do criatório dele nasceu com quatro pés. O animal tem menos de uma semana e está chamando bastante atenção na comunidade de Olhos D’água das Moças, em Matinha. Segundo especialistas trata-se de uma anomalia que acontece quando o embrião está sendo formado e pode comprometer o tempo de vida da ave.
(contaoutra.com)

O QUE DIZEM OS JORNAIS

O Globo

● Criadas com o objetivo de evitar fraudes e donas de um selo de qualidade emitido pelo Ministério da Justiça para receber recursos públicos, as Oscips (Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público) se transformaram em um negócio lucrativo. Na internet, anúncios oferecem: "Passo a presidência e diretoria de Oscip com 4 anos, devidamente registrada no Ministério da Justiça, sem pendência. R$ 25.000". No endereço desta Oscip, em Ceilândia, bairro pobre de Brasília funciona uma pizzaria. Muitas Oscips anunciadas na internet são organizações de fachada, que existem só para receber o dinheiro dos convênios com o governo federal. A fiscalização é falha. Segundo o Tribunal de Contas da União (TCU), é de R$ 120 milhões o total de verba federal repassado a Oscips por intermédio de parcerias cujas prestações de contas estão pendentes: não foram apresentadas ou analisadas.

● Classe C começa a atrasar prestações. Em maio, pelo quarto mês consecutivo, a inadimplência cresceu, e 75,74 dos atrasos estão em prestações de até R$ 250, segundo pesquisa da Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas. A confiança e a intenção de compra desses consumidores também caíram. Pesquisa Mensal do Comércio, do IBGE, que apontou a primeira queda nas vendas em 11 meses, reforça essa tendência.

● As estatísticas do crime no Estado do Rio, divulgadas pelo Instituto de Segurança Pública, revelam mais uma queda dos homicídios (-6,7%) - o menor índice no mês de abril em 20 anos. Mas os encontros de cadáver (quando não se pode, a princípio, dizer se foi assassinato) subiram 33%.

Folha de S. Paulo

● A Previdência Social poderá ter gasto adicional superior a R$ 1 bilhão por ano se o pagamento de auxílio-doença continuar a crescer. De novembro de 2010 a abril deste ano, o número de concessões a trabalhadores afastados aumentou 16% em relação ao mesmo período anterior - a alta foi de 4% na totalidade de benefícios e de 6,6% na população com carteira assinada.

● Os senadores Fernando Collor (PTB-AL) e José Sarney (PMDB-AP) reclamaram, e a presidente Dilma Rousseff desistiu de dar prioridade à votação no Congresso Nacional do projeto de lei sobre a divulgação de documentos oficiais.
O Planalto decidiu tirar a urgência do texto até que aliados no Senado cheguem a consenso. Para Sarney, o fim do sigilo eterno pode "abrir feridas". Antes, Collor havia defendido que os congressistas debatessem mais o assunto.

● Os italianos impuseram o segundo revés ao primeiro-ministro Silvio Berlusconi em duas semanas. Planos do governo para imunidade judicial do gabinete e para a energia nuclear foram derrotados em referendo. Votaram 57% dos eleitores - pelo menos 95% deles contra Berlusconi. O premiê amargou mau desempenho em eleições locais duas semanas atrás.

● Um apagão no Speedy, da Telefônica, deixou sem conexão parte dos 3,5 milhões de clientes no Estado de São Paulo entre as 17h45 e as 18h30 de ontem. Depois do apagão, usuários ainda enfrentaram lentidão para navegar. A Anatel informou que o problema foi causado por uma falha em estações de rádio da Telefônica.

O Estado de S. Paulo

● A presidente Dilma Rousseff será a articuladora política do governo no Congresso. Ela aproveitou a posse dos novos ministros das Relações Institucionais, Ideli Salvatti, e da Pesca, Luiz Sérgio, para dizer que comandam as negociações necessárias para a aprovação dos projetos de interesse do Planalto. Na tentativa de deixar claro o recado sobre a nova forma que pretende dar ao governo, após mudar a Casa Civil e a coordenação política, afirmou que não vê "dicotomia entre governo técnico e governo político", E acrescentou: “A afinidade do meu governo com a política se manifesta no imenso respeito pelo Congresso e pelo Judiciário". Ela disse ter convicção de que as decisões políticas são a base das opções governamentais. Lembrou que o governo é sustentado por ampla maioria partidária e prometeu respeitar as minorias.

● A Universidade de São Paulo, a Universidade Estadual de Campinas e a Universidade Estadual Paulista querem integrar seus períodos de inscrições e matrículas a partir do ano que vem. As universidades estão estudando uma forma de ter mais controle sobre os processos, para evitar matrículas em mais de uma instituição. Uma das propostas é que as matrículas sejam feitas num só dia ou num mesmo período.

● O empresário e ciclista Antonio Bertolucci, de 68 anos, morreu na manhã de ontem após ser atropelado por um ônibus de turismo em alça de acesso à Avenida Paulo VI, na zona oeste. Bertolucci era presidente do Conselho de Administração do Grupo Lorenzetti. Segundo testemunhas, o executivo teria caído ao perder a equilíbrio. À noite, ciclistas fizeram uma homenagem a Bertolucci no local do acidente.

Correio Braziliense

● Revoltados com os serviços prestados pelas operadoras, os consumidores aumentaram o número de denúncias e pedidos de orientação feitos à Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), responsável pela fiscalização do setor. Nos dois primeiros meses deste ano, foram 28.318 queixas. Esse número é bem maior que o registrado no mesmo período de 2010 (24.166) e quase o dobro que há dois anos (14.372).

● A negativa de pedidos de cobertura e o aumento sem justificativa das mensalidades são os problemas mais comuns enfrentados pelos usuários. Segundo o Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), as recusas na autorização de procedimentos ocorrem justamente nos exames mais caros. Além da ANS, os associados dos planos de saúde podem recorrer ao Procon e à Justiça.

Valos Econômico

● O governo brasileiro começou a colocar em prática medidas para proteger o país no ciberespaço. As ações, que já vinham sendo planejadas há mais de um ano, ganharam corpo em meio à recente escalada dos ataques de hackers a redes públicas, empresas privadas e organismos internacionais, como o FMI. Na prática, o tema assume contornos de segurança nacional. As medidas de proteção serão coordenadas pelo Centro de Defesa Cibernética (CDciber), uma unidade subordinada ao Exército cuja função é integrar as ações defensivas e de contra-ataque das Forças Armadas. Concebido em 2010, o CDCiber tem previsão de entrar em funcionamento efetivo no próximo semestre.

Estado de Minas

● Travessia de risco – Os casos de dois meninos atropelados em BH no fim de semana – um dos quais por motorista inabilitado que fugiu sem prestar socorro – acenderam o alerta para o perigo que os cruzamentos representam para os pequenos pedestres. O HPS atende em média seis crianças e adolescentes por dia vítimas de acidentes, boa parte atropelamentos. Em 2010, foram 2.159 casos de pacientes com até 19 anos. De janeiro a abril deste ano já são 739. “Observamos um aumento dos atropelamentos, principalmente por motos, com lesões cada vez mais graves”, afirma a coordenadora da Clínica de Pediatria do hospital, Eliana de Souza. Nas férias escolares, o número de ocorrências tende a se elevar.

Jornal do Commercio

● Corte Especial do TJPE seguiu orientação do CNJ e, a partir de julho, todas as unidades judiciárias do Estado funcionarão das 9h às 18h, ampliando o expediente forense em três horas por dia.

Zero Hora

● Jovem brasileiro sonha com emprego e boa formação profissional. Pesquisa que ouviu quase 3 mil jovens pelo país também aponta casa própria, ficar rico ou ter estabilidade financeira como prioridades dos brasileiros.

segunda-feira, 13 de junho de 2011

DICA DO DIA
Fracassamos quando enxergamos a derrota antes da batalha.
Quando abandonamos a luta, com medo da discórdia.
Quando ouvimos o Não antes da pergunta.
Quando silenciamos, com medo da resposta.
Fracassamos quando o dia amanhece na hora em que deitamos.
Quando o sono vem e não nos entregamos.
Quando o medo de sonhar se transforma em pesadelo.
Quando a vida se dilui na busca que fazemos.
Fracassamos quando a chave da verdade abre as portas da mentira.
Quando lamentamos, na chegada, a hora da partida.
Quando o amor vai a leilão, no martelo da cobiça.
Fracassamos quando choramos a morte, diante da vida.

(diabetenet.com.br)

NOTÍCIA DE CAIR O QUEIXO
Quem disse que beleza e inteligência não se davam bem estava errado. Pois um estudo feito na London School of Economics, na Inglaterra, afirma que a beleza tende a vir acompanhada da inteligência. Os testes foram realizados com homens e mulheres. Os homens mais bonitos tinham QI 13,6 pontos mais alto do que a média. Já as mulheres bonitonas tinham 11,4 pontos de vantagem.
Segundo os pesquisadores essa conclusão é chegada a partir de quatro pontos. 1) Os homens mais inteligentes são mais propensos a alcançar um status mais elevado do que os homens menos inteligentes. 2) Homens de status mais alto são mais propensos a copular com mulheres mais bonitas do que os homens de status inferior. 3) A inteligência é hereditária. 4) Beleza é hereditária.
Se você não entendeu os quatro pontos, a ideia é a seguinte. Um homem inteligente fica rico, se casa com uma mulher bonita, eles têm filhos, e os filhos herdam a inteligência do pai e a beleza da mãe. Ou seja, beleza e inteligência andando juntos.
Segundo o líder do estudo, Satoshi Kanazawa, a conclusão é puramente científica, e não uma forma de "preconceito" ou "estereótipo" com os feios. Então pegue leve com os feios. Afinal, se ele for homem e inteligente, ele pode ser o rico de amanhã.
(contaoutra.com)


O QUE DIZEM OS JORNAIS

O Globo

● A nova ministra da Secretaria das Relações Institucionais, Ideli Salvatti, que toma posse hoje, disse ontem que uma de suas primeiras providências para melhorar a relação com o Congresso, após a crise que levou à saída de Antonio Palocci do governo, será obter a liberação de R$ 250 milhões para emendas parlamentares. Também acenou com o preenchimento de cargos no Executivo, mas frisou que os aliados precisam ter paciência. Referindo-se especialmente ao PT, disse que será preciso “capacidade política para organizar a fila" porque "não tem espaço para todos". E sinalizou uma aproximação maior com o PMDB, dizendo que um de seus primeiros encontros será com o vice-presidente Michel Temer. Ela ainda se comprometeu a adotar estilo mais ameno do que na época em que era senadora, quando travou vários embates com a oposição: "Em minha nova tarefa, o comportamento é outro".

● A recente crise política não afetou a popularidade do governo, considerado ótimo ou bom por 49% dos ouvidos pela última pesquisa Datafolha (eram 47% na sondagem anterior). A imagem da presidente é que ficou arranhada: antes, 79% a consideravam "decidida", agora são 62%. Em carta publicada no site que homenageia os 80 anos do ex-presidente Fernando Henrique, Dilma o elogiou por consolidar a estabilidade econômica e combater a hiperinflação.

● Em desvalorização desde o ano passado, as ações da Petrobras estão no patamar de março de 2009, quando o mercado vivia a fase aguda da crise financeira mundial. No mesmo período, o Ibovespa, referência da Bolsa paulista, subiu 72%. Para analistas, no entanto, os papéis só devem voltar a dar retorno aos investidores a longo prazo.

Folha de S. Paulo

● A Fifa e o comitê que representa a entidade no Brasil estão pressionando cidades-sedes da Copa-2014 a contratar empresas patrocinadoras da entidade, informam Filipe Coutinho e Fernanda Odilla.
Em e-mail, o diretor de marketing da Fifa no Brasil, Jay Neuhaus, diz esperar que um fabricante de brindes faça parte de todas as licitações e avisa que, se outra firma for contratada, haverá um custo extra de 17%.
Documentos obtidos pela Folha mostram lobby também em favor de um fornecedor de energia solar e de uma companhia de seguros.
A Fifa confirmou que mandou comunicados às sedes oferecendo os parceiros, mas afirma que seu objetivo não é forçá-las a adotá-los e sim "usar a sinergia e as vantagens deles". Segundo as 12 cidades-sedes, nenhum dos indicados pela entidade foi contratado até agora.

● A nova ministra de Relações Institucionais, Ideli Salvatti, afirmou que fará uma "operação limpa prateleira", liberando verbas de emendas parlamentares e cargos represados. "Tem muita coisa parada no Planalto acumulando poeira e gerando insatisfações nos aliados.

● As ações contra enchentes anunciadas pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB) no início do ano estão atrasadas e não serão concluídas até o verão. A retirada de sedimentos do Tietê e do Pinheiros não vai conseguir atingir as metas prometidas. O governo paulista culpa contestações na Justiça e no TCE (Tribunal de Contas do Estado) pelos atrasos.

O Estado de S. Paulo

● A presidente Dilma Rousseff vai patrocinar uma mudança no projeto que trata da lei de acesso a informações públicas, de modo a manter a possibilidade de sigilo eterno para documentos oficiais. Segundo a ministra Ideli Salvatti (Relações Institucionais), o governo vai atender à reivindicação dos ex-presidentes Fernando Collor (PTB-AL) e José Sarney (PMDB-AP), da base aliada no Senado. A proposta tem como fundamento o projeto encaminhado em 2009 pelo então presidente Lula e modificado na Câmara para limitar a apenas uma vez a possibilidade de renovação do sigilo - com isso, documentos ultrassecretos seriam divulgados no máximo 50 anos após sua elaboração. É essa limitação que se pretende derrubar agora.

● Estudo em análise no Ministério de Minas e Energia mostra que a renovação das concessões do setor elétrico, a partir de 2015, é mais vantajosa que a realização de novas licitações. Uma das vantagens dessa opção, segundo o documento, seria a redução das tarifas de eletricidade. O governo, no entanto, teria de alterar a lei que impede prorrogações de contratos. As empresas que detêm as concessões querem a renovação, mas pedem garantias de que não terão de reduzir as tarifas de forma drástica.

● Mulher síria com crianças em campo na Turquia, onde mais de 5 mil sírios já procuraram refúgio; forças leais ao ditador da Síria, Bashar Assad, atacaram ontem a cidade de Jisr al-Shughour, cujos 50 mil habitantes haviam fugido.

Correio Braziliense

● Concursos em alta, apesar dos cortes - A decisão do governo de reduzir gastos ainda não desacelerou a corrida por cargos no setor público: só nesta semana, quatro certames encerram as inscrições.

Valos Econômico

● Com demanda firme e expansão da oferta afetada por limitações naturais e, em alguns casos, redução do ritmo de aumento da produtividade, as principais commodities agropecuárias negociadas no mercado internacional terão pela frente uma década de preços altos e grande volatilidade. Essa é a principal conclusão de um estudo conjunto realizado pela Organização para Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE) e a Agência das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO), que será apresentado na sexta-feira em Paris, ao qual o Valor teve acesso. O texto também reserva ao Brasil um papel ainda mais relevante como fornecedor mundial de alimentos.

Estado de Minas

● ‘Minha casa’ corre risco de novo fracasso. Capital mineira pode ficar outra vez sem imóveis para faixa de zero a três salários mínimos. Segunda versão do programa federal prevê valor máximo de R$ 56 mil para essas construções. Mas as empreiteiras alegam que o valor mínimo viável é de R$ 65 mil.

Jornal do Commercio

● Desordem e perigo na areia da praia - Prefeitura promete para hoje o recadastramento dos ambulantes. Enquanto isso, no Pina e Brasília Teimosa, garrafas, frituras e bagunça.

Zero Hora

● Cinzas voltam a cancelar vôos. Resíduos de vulcão levam companhias aéreas a suspender viagens para Buenos Aires e Montevidéu. Nuvem de fuligem pode chegar ao Estado hoje.

domingo, 12 de junho de 2011

DICA DO DIA
Conta a lenda que um rico mandarim chinês encheu-se de tédio pela sua vida faustosa e pelo seu poder sem limites. Nada mais despertava seu interesse, não sentia prazer por coisa alguma. Seus desejos mal eram formulados e já estavam realizados. Tinha perdido sua ligação com a vida e não havia nele a vontade de viver. Percebeu a insensatez e a inutilidade de sua existência e temeu ficar louco. Para acabar com o sofrimento, o rico mandarim ordenou ao seu barbeiro que, num dia qualquer, sem nenhum aviso, ao fazer-lhe a barba, lhe cortasse a garganta. Era uma ordem e tinha de ser obedecida.
Nos primeiros dias, o mandarim se fez barbear com toda tranquilidade, pois não esperava que a ordem fosse cumprida de imediato, mas, à medida que o tempo avançava, começou a se perguntar se o dia seria amanhã.
O mandarim passou então a viver cada dia como se fosse o último. Livre da obrigação de viver, o rico mandarim se permitia ver como era lindo o amanhecer, como eram diferentes os tons de verde dos seus campos, como era alegre o canto dos pássaros e como eram belas as suas cores, como eram imponentes e cheios de força os rios que cortavam suas propriedades. Viu também toda a beleza de uma tormenta, numa exibição gratuita de energia e violência. Viu também que tinha um corpo e se deu conta de que, só tendo um corpo capaz de sentir, podia viver a beleza da vida. Por tudo isso valia a pena viver!
Agora o barbear era uma agonia e, embora tivesse dado uma contra-ordem ao barbeiro, trocou de barbeiro, por via das dúvidas...
(diabetenet.com)

NOTÍCIA DE CAIR O QUEIXO
Um passageiro alemão ficou nu em um voo da Iberia entre Madri e Frankfurt, o que obrigou o piloto a voltar ao aeroporto para expulsar o nudista do avião, informou a companhia aérea.
"Um passageiro de nacionalidade alemã se despiu a bordo do avião em pleno voo, na noite de quinta-feira", explicou um porta-voz da Iberia à France Presse.
"A tripulação tentou dissudi-lo, mas ele ficou agressivo. Depois, ele se trancou em um dos banheiros. O piloto decidiu voltar para Madri", acrescentou.
Em seguida, a polícia civil tirou o passageiro do avião e o levou para interrogatório. O porta-voz da Iberia admitiu não ter ideia do motivo do gesto.
(contaoutra.com)

CRÔNICA DE DOMINGO
Você já percebeu que o jeans praticamente virou um uniforme? Veja nesta crônica que escrevi, publicada recentemente pelo jornal O PRATIANO. Boa leitura!

Jeans, o uniforme de quase todo mundo
Curinga do guarda-roupas, o jeans é popular no mundo inteiro. Experimente dar uma olhada ao seu redor e preste atenção na roupa das pessoas. Mais especificamente, repare nas calças que as pessoas vestem. Se o grupo que você observar for formado por umas dez pessoas, é bastante provável que ao menos metade delas esteja vestindo calças jeans. É quase que um uniforme.
O jeans começou a ser fabricado em 1872 em Nimes, na França. O nome "tecido de Nimes" acabou sendo abreviado por apenas "denim". Em princípio, quem importava esse tecido era a Itália, para confeccionar os uniformes dos marinheiros que trabalhavam no porto de Gênova.
Esses genoveses, chamados de "genes" pelos franceses, acabaram também ganhando créditos dos norte-americanos, que os apelidaram de "jeans". Os rebites de reforço foram patenteados em 1873 por Levi Strauss e Jacob David. Tachinhas de cobre foram utilizadas para dar uma maior resistência aos bolsos que não estavam resistindo ao peso colocado neles. Os pontos críticos das calças foram reforçados, tornando-as mais duráveis
Peças de jeans são artigos de confecção têxtil destinado ao vestuário que usam como matéria-prima tecidos Denim. Muito populares na atualidade, as calças jeans evoluíram com o tempo e hoje são indispensáveis no mundo da moda. Tudo começou quando um século atrás Levi-Strauss criou roupas resistentes para mineiros nos Estados Unidos.
No início foi tudo uma experiência. Levi Strauss confeccionou duas ou três peças reforçadas com a lona que possuía, deu-as aos mineradores e o sucesso foi imediato. Altamente resistente, as peças não estragavam com facilidade. Estava criado o jeanswear, o estilo reforçado de confecção, o qual foi originalmente destinado a roupas de trabalho.
A partir de então, cada vez mais os trabalhadores utilizavam o jeans para exercer suas tarefas mais árduas e de exigência física. Entretanto, o jeans só passou a ser utilizado no dia a dia, já no século XX.
O primeiro estilista a colocar os jeans na passarela foi Calvin Klein, já na década de 1970. Podemos considerar que o grande feito do jeans foi a inclusão social do produto, tanto um simples operário quanto pessoas ricas usufruem do tecido azul.
Mas o jeans só chegou a conquistar o restante da população após a proliferação social do seu conceito como roupa despojada e do cotidiano, sem perder seu charme e elegância.
O estilo de calças rasgadas também é conhecido como "Bear Wear Band". É um estilo que visa unir o novo ao velho. A parte frontal da calça passa por um teste de desgaste e depois é unida a parte traseira intacta. Celebridades como: Britney Spears, Jessica Simpson, Christina Aguilera e Jennifer Lopez também ajudaram a popularizar o jeans.
Há vários tipos de lavagem na fabricação do jeans. Uma delas e a mais clássica é a utilização de pedras vulcânicas para dar o ar de gasto. Essas pedras são especiais e porosas e são colocadas junto com o jeans dentro da máquina de lavar industrial.
A propósito, essa calça jeans que você está usando é de marca ou você nem liga pra isso?...


O QUE DIZEM OS JORNAIS

O Globo

● Independentemente da crise no Corpo de Bombeiros do Rio, 33 tenentes-coronéis viajarão em agosto para a Europa, com recursos da taxa de incêndio, num roteiro que inclui Paris, Roma, Berlim e Lisboa, com R$ 14,3 mil para cada um durante a estadia. Outros 42 capitães embarcarão no mesmo mês para Atlanta, nos EUA, cada um com R$ 5.232 para as despesas do período. Os gastos, sem incluir passagens aéreas, chegarão a R$ 694 mil, revelam Antonio Werneck e Fábio Vasconcellos. A taxa de incêndio, criada para equipar o Corpo de Bombeiros, agora paga, além das viagens, construção de pontes no interior do estado. A corporação diz que os oficiais farão cursos e as despesas estão previstas em lei.

Folha de S. Paulo

● Crise política não abala imagem do governo, mas país está pessimista com a economia, indica Datafolha. A crise ministerial que levou a demissão de Antonio Palocci (Casa Civil) na última terça e a alta da inflação no país não tiveram impacto negativo na aprovação do governo de Dilma Rousseff.
É o que aponta pesquisa do Datafolha realizada na quinta e na sexta-feira.

● Para 64% dos brasileiros, Lula deveria participar das decisões da presidente Dilma, aponta a pesquisa Datafolha. E quatro de cada cinco entrevistados acham que ele já participa das decisões. No auge do caso Palocci, Lula foi a Brasília tentar socorrer o governo.

● FHC recebe carta da presidente com elogios.

O Estado de S. Paulo

● Pressionada pela desaceleração econômica e pelo avanço dos importados, a indústria brasileira de transformação deverá reduzir seus investimentos neste ano, menos em inovação. Pesquisa da Fiesp indica que os investimentos das empresas do setor deverão somar R$ 167,15 bilhões, o que representará redução de 4,7% em relação aos R$ 175.4 bilhões do ano passado. Os recursos destinados à inovação de processos e produtos, no entanto, deverão dar um salto de 16,6%, de R$ 17,4 bilhões, no ano passado, para R$ 20,3 bilhões, agora. Das empresas pesquisadas pela Fiesp, 33% disseram que não pretendem fazer nenhum investimento em 2011. No ano passado, eram 23,6%.

● Ao nomear, na sexta-feira, um aliado para a estratégica presidência do Banco do Nordeste, a presidente Dilma Rousseff procurou mostrar o restabelecimento do fluxo de negociação do governo. A medida é parte do esforço de retomada da articulação política na semana em que Antônio Palocci deixou a Casa Civil e Luiz Sérgio foi substituído por Ideli Salvatti na Secretaria das Relações Institucionais.

● Quando se trata da ética do homem público, o que prevalece, a transparência perante os cidadãos ou a confidencialidade que interessa à clientela? O jurista Walter Maierovitch analisa o enriquecimento de Antonio Palocci: "Ganhou proporcionalmente mais que Al Capone. Palocci embolsou R$ 20 milhões em dois meses, contra US$ 60 milhões do mafioso em 13 anos".

Correio Braziliense

● Brasil cresce, mas ainda é o país da desigualdade.
Mesmo com a economia em boa fase e com os avanços sociais, o abismo entre as regiões está longe de ser reduzido. Ao longo da última década, as diferenças apenas ganharam novos formatos.

Estado de Minas

● As motocicletas já são usadas em 60% dos assaltos na Grande BH, conforme registros da Polícia Civil. Para os assaltantes, o veículo garante agilidade na fuga, driblando engarrafamentos e transpondo obstáculos como canteiros centrais. Além disso, o capacete impossibilita a identificação dos criminosos. Os roubos com moto também são frequentes no interior. Para reduzí-los, cidades como Montes Claros aprovaram leis que proíbem a entrada de pessoas com capacete em prédios comerciais e residenciais. Projeto de igual teor tramita na Assembleia Legislativa e pode estender a medida a todo o estado.

● O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) apresenta em agosto o primeiro mapa arqueológico de Minas. O trabalho aponta 1.053 sítios que abrigam vestígios da vida humana no período pré-colonial. São pinturas rupestres, panelas de barro, urnas funerárias e outros artefatos, como os encontrados na Serra de Santo Antônio, em Andrelândia.

Jornal do Commercio

● Sobram vagas, faltam médicos. Portaria que proíbe profissionais de terem mais de dois vínculos públicos afasta médicos do interior. Tem cidade que perdeu quase todos os médicos do SUS de uma só vez.

Zero Hora

● Lei polêmica dificulta a prisão de suspeitos. A partir de 5 de julho, prisão preventiva só será admitida em casos excepcionais ou de clamor público.

● Especialistas temem mais criminalidade.

O QUE DIZEM AS PRINCIPAIS REVISTAS SEMANAIS BRASILEIRAS

Veja

□□□ Longevidade - Os donos do tempo - Os suplementos, as dietas, os exercícios e os estilos de vida dos primeiros seres humanos que estão conseguindo retardar o relógio biológico.
□□□ 10 mitos da vida longa.
□□□ Battisti - Perigo, terrorista à solta.
□□□ Vida digital - O que muda com a "computação em nuvem".
□□□ Gleisi Hoffmann - A nova cara do governo Dilma.

Época

□□□ Estado Ltda. - Um levantamento inédito destrincha 675 empresas com participação do governo federal - e comprova a necessidade urgente das privatizações.
□□□ Dilma reage - Depois de demitir Palocci, ela dará conta do desafio?
□□□ Férias escolares - Um guia de viagem e diversão para as crianças.
□□□ Pornografia digital - Um nova pesquisa revela o que os homens procuram na internet.

ISTOÉ

□□□ O casal mais poderoso da República - Ele, ministro das Comunicações. Ela, nova ministra da Casa Civil. Casados, Paulo Bernardo e Gleisi Hoffmann formam agora um par com força inédita na história política do País. Quem são, como devem agir e qual a trajetória pessoal e profissional de ambos para chegar onde chegaram.
□□□ Os evangélicos e a ditadura - Como os militantes montaram uma rede de informantes nas igrejas para perseguir fiéis que lutavam contra o regime.
□□□ Exclusivo - A empresária Lucília Diniz revela que sofreu abuso aos 7 anos e foi obrigada a conviver com o agressor.

Carta Capital

□□□ 7 de junho de 2011 - Com a demissão de Palocci, Dilma Rousseff de fato toma posse.
□□□ Battisti e Satiagraha - A Justiça brasileira ofende o direito, a moral e a razão.
□□□ The Economist - 30 anos depois, avanços animadores no combate à Aids.