sábado, 9 de junho de 2012

DICA DO DIA
O objetivo é aquilo que nos faz seguir adiante. Quando perdemos nosso momento e nossa direção, estamos simplesmente perdidos! Você já notou que, em geral, o período em que ficou mais feliz foi no meio de um projeto, e não no fim? Já percebeu que assim que termina alguma coisa, fica logo ansioso procurando outra? Pois então...
É próprio de nossa natureza ter objetivos. Não podemos viver sem eles, pelo menos, não por muito tempo. Por isso, se você não tem uma lista deles em mão, está precisando de uma. O tipo de objetivo não é tão importante, desde que você tenha um! Algumas pessoas conseguem adiar continuamente a realização daquilo que elas consideram que devem fazer na vida. Elas não têm certeza de que o objetivo que têm em mente é o mais perfeito para elas, por isso nunca fazem nada!... Vale lembrar que as pessoas bem-sucedidas encaram uma escolha errada como uma valorosa experiência de aprendizado. Isso é o que chamamos de “precessão”, ou seja, o princípio que sempre nos assegura de que ganhamos muitas coisas além do próprio objetivo em si.
De fato, o mais importante não é alcançar o objetivo, mas aprender e crescer ao longo do processo. Se você decide que vai atravessar a Europa a pé, ou que vai ter uma Ferrari, ou se decide começar o seu próprio negócio, a coisa mais importante não é a caminhada, o carro ou o negócio – mas o tipo de pessoa que você precisa se tornar para atingir o seu objetivo. Enquanto persegue seus objetivos, você pode desenvolver mais coragem e determinação, refinar seus poderes de persuasão, aprender sobre disciplina pessoal, desenvolver sua resistência, adquirir mais autoconfiança, encontrar seu parceiro na vida, ou apreender a preencher um cheque.
Quando estamos elaborando um objetivo, é válido lembrar de como as coisas funcionam neste planeta. Nada por aqui percorre linhas retas; portanto, nenhum objetivo é alcançado sem reveses – os reveses fazem parte do plano das coisas. As pessoas bem-sucedidas não são tão brilhantes, talentosas e únicas assim. Elas apenas têm um certo conhecimento sobre a maneira como as coisas funcionam e percebem que seu progresso pessoal se dá de acordo com os princípios que governam tudo em torno delas. Elas percebem que nós alcançamos nossos objetivos por meio da correção contínua. Nós nos desviamos do caminho, corrigimos o curso e voltamos para ele. Os navios fazem isso. Portanto, corrigir é a ordem.

(
Andrew Matthews, no livro "Seja Feliz")

NOTÍCIA DE CAIR O QUEIXO
O chinês Tang Shuquan, que mora em Chengdu, entrou para o Guinness, livro dos recordes, após vencer um concurso de caretas na Itália. Ele exibiu nas ruas de Chengdu algumas das caretas que lhe garantiram o título, segundo o jornal "Daily Telegraph". E olha, são caretas muito impressionantes mesmo!
(contaoutra.com.br)

AS MANCHETES DOS JORNAIS DE HOJE

O Globo: Atraso em obras faz governo mudar prioridades para Copa

Folha de S. Paulo: Espanha deve ser o quarto europeu a ser resgatado

O Estado de S. Paulo: Europa prepara pacote para socorrer economia da Espanha

Correio Braziliense: Brasileiros cobram penas mais rígidas para criminosos

Estado de Minas: Um transporte leve para BH

Jornal do Commercio: Falta polícia nas estradas

Zero Hora: Alta do dólar muda comportamento de gaúchos no Exterior

QUER MAIS DETALHES DOS PRINCIPAIS JORNAIS BRASILEIROS? CLIQUE NO SITE ABAIXO:


NOTÍCIAS LOCAIS E REGIONAIS

Quermesse de Santo Antônio em Agudos faz 90 anos

A tradicional Quermesse de Santo Antônio, em Agudos, completa 90 anos. O evento começou dia 26 e prosseguirá até 24 de junho. Na quarta-feira, 13 de junho, dia dedicado ao padroeiro Santo Antônio, acontecerá a missa dos benfeitores e bênção do bolo às 8h. Às 19h, missa festiva e procissão com distribuição dos pães. Além disso, a 90º Quermesse de Santo Antônio ainda faz parceria com 11 entidades agudenses, as quais recebem parte do dinheiro arrecadado com a festa e também participam da festividade montando barracas de jogos e alimentos. Segundo o prefeito de Agudos, Everton Octaviani (PSDB), é uma festa para a família e tem apoio da administração municipal. Hoje prossegue o evento no município.
(do JORNAL DA CIDADE, de Bauru)

Quer mais detalhes? Acesse o site da Rádio Clube AM ou o do jornal O Debate:

sexta-feira, 8 de junho de 2012

DICA DO DIA
Assim como as empresas são obrigadas a parar um dia por ano e fazer um balanço de suas atividades, para saberem se cresceram ou deram prejuízo, todos nós deveríamos parar pelo menos alguns minutos, semanalmente (de preferência, no mesmo dia), para avaliarmos o impacto das nossas atitudes e pensamentos na qualidade da nossa vida.
Vou mais longe... Existem pessoas que têm uma vida tão agitada, tão doida, que deveriam fazer esse balanço diariamente. Não deveriam ir para a cama sem, antes, fazer uma auto-análise sobre o momento que estão atravessando e sair do turbilhão de pensamentos e problemas.
Assim como as empresas promovem, por vezes, medidas drásticas para sanear as finanças e obter lucro em caso de balanço negativo, todos nós deveríamos manter algumas atitudes como padrão para obtermos "lucros" em nosso dia a dia. Afinal, cada dia é um momento único e determinante na nossa qualidade de vida.
Então, na nossa "empresa" interior, deveriam existir normas como essas:
- Todo amor vale a pena quando a encrenca é pequena. (Tem gente que adora amores complicados... Fuja!)
- Todo sorriso é parte da alma feliz, menos quando é falso. (Afaste-se de gente falsa, seja sincero com todos, pelo menos tente!)
- Toda traição tem um dedinho da nossa desatenção! (duro de engolir, mas é verdade: em algum momento deixamos de prestar atenção em nossa relação e a deixamos "solta" demais, mas o negócio é "rodar a baiana" ao menor sinal de fuga)
- Tudo deve ser prazeroso. Abaixo o mau-humor! (trabalhar onde você não se sente bem e estudar onde não quer é dureza. O negócio é lutar para sair dessa situação. Acomodar-se, jamais!).
- Tenha fé. (Isso é fundamental, mas viva uma fé consciente, não fanática. Ninguém vai ser médico se não estudar Medicina; então, esforço e fé devem andar juntos. Mexa-se!)
- Onde está a sua alegria? (Se você fizer o balanço e descobrir que anda mais triste do que alegre, mude tudo, comece pelo físico, emagreça ou engorde uns quilinhos, corte ou pinte o cabelo - pode ser de laranja -, compre pelo menos uma camiseta nova - sem deixar estourar o cartão de crédito -, vá ao cinema, teatro ou circo e procure uma boa comédia, procure viver um grande amor, mesmo que seja com o velho amor).
- Ame muito! Comece por amar a pessoa mais importante, mais bacana, inteligente, maravilhosa, poderosa, gentil, bondosa, dedicada, trabalhadora, estudiosa, amorosa, carinhosa, amiga, simpática e humilde que existe: VOCÊ! Se você se amar, amar ao próximo vai ser fichinha!
Confira, agora, o resultado do balanço:
Felicidade......100% de Lucro
Tristeza........ 0% de participação
Acredite em você.
(diabetenet.com.br)

NOTÍCIA DE CAIR O QUEIXO
Arqueólogos encontraram dois esqueletos da Idade Média em escavações na cidade de Sozopol, na Bulgária, que apresentavam barras de ferro encravadas no peito, com o objetivo de que eles não se transformassem em vampiros.
Segundo as crenças pagãs, as pessoas que eram consideradas ruins durante sua vida, podiam se transformar em vampiros após a morte. Para impedir que isso acontecesse, era preciso cravar uma estaca de ferro ou de madeira no peito da pessoa antes de ela ser enterrada. Essas que foram encontradas com estacas no peito, supõe-se, estavam nesse rol de pessoas más...
(contaoutra.com.br)

AS MANCHETES DOS JORNAIS DE HOJE

● O Globo: TCU investiga convênios da UNE com o governo federal

Folha de S. Paulo: Subsídio via BNDES foi de R$ 28 bilhões em três anos

O Estado de S. Paulo: Missão da ONU é alvo de tiros na Síria e crise se agrava

Correio Braziliense: Cresce adesão contra mordomia de salários

Valor Econômico: Crise assusta e empresas adiam ofertas de ações

Estado de Minas: Erros fatais

● Jornal do Commercio: João da Costa resiste em apoiar Humberto

Zero Hora: Estado investiu só 13,5% do necessário para prevenir a seca


QUER MAIS DETALHES DOS PRINCIPAIS JORNAIS BRASILEIROS? CLIQUE NO SITE ABAIXO:


NOTÍCIAS LOCAIS E REGIONAIS

● Vacinação contra poliomielite na zona rural de São Manuel

A partir de 12 de junho terá início a campanha de vacinação contra a poliomielite. Até o dia 15, equipes da Diretoria de Saúde passarão pela área rural da cidade aplicando a vacina Sabin. Veja a programação:
1º Dia – dia 12: Fazenda Santo Antônio do Sobrado, Fazenda Sobrado, Fazenda Serrinha, Fazenda Salles, Fazenda Morro Azul, Fazenda Capim Fino, Fazenda São José do Lajeado, Fazenda Santa Margarida e Fazenda Conceição.
2º Dia – dia 13: Fazenda Santa Maria do Rodrigues Alves, Fazenda Saltinho, Fazenda Cantílio, Fazenda Conquista, Bairro da Pedreira, Fazenda São Nicolau, Recanto do Pavão, Sítio São Sebastião, Fazenda Boa Esperança, Fazenda Fidenza, Granja Santa Emília e Estância 3 Lagoas.
3º Dia- dia 14: Fazenda Bonim, Chácara Portal da Primavera, Bairro dos Machados, Estrada da Cohab, Bairro do Pimenta, Bairro do Campinho, Fazenda Palmeiras e Bairro de Toledo.
4º Dia dia 15: Catâneo Angelo, Bairro Igualdade, Sítio Primavera, Fazenda Califórnia, Fazenda Santa Maria do Araquá e Fazenda São João do Araquá.

Quer mais detalhes? Acesse o site da Rádio Clube AM ou o do jornal O Debate:

quinta-feira, 7 de junho de 2012

DICA DO DIA
Meu coração e minha língua fizeram um trato: quando meu coração estiver enfurecido, minha língua guardará silêncio.
As palavras respondem aos sentimentos, e os sentimentos às ideias. Por isso, é impossível dominar nossas palavras se não somos senhores de nossos sentimentos; e estes sentimentos irão se acalmando segundo a força de nossas ideias.
A um coração que não se domina, responderão palavras violentas e ferinas; a um coração fechado em si, sucederão palavras e atitudes que depreciam os demais.
Por conseguinte, calarei quando meu coração não estiver sossegado e em calma; não falarei, pois seguramente me arrependerei do que disser ou, pelo menos, do modo como o disser ou do momento em que o disser.
Se o coração não costuma ser bom conselheiro, menos o será quando não estiver em paz e não se sentir senhor de si mesmo.
(diabetenet.com.br)

NOTÍCIA DE CAIR O QUEIXO
Proibido de entrar em um tribunal britânico por estar vestindo um short, David Jeffries-Tipton, de 47 anos, voltou à Corte usando uma blusa e uma saia depois de comprar as peças em uma loja de caridade.
Ele havia sido impedido de entrar de short porque a vestimenta foi considerada inadequada. No entanto, quando retornou ao tribunal usando saia, Tipton teve a entrada permitida.
Tipton tinha participado na terça-feira de uma audiência na Corte de Cannock, no Reino Unido, após ser acusado pela ex-namorada de ter danificado a televisão e o cesto do cachorro da ex.
O acusado admitiu ter danificado a cama do cão, mas negou ter quebrado a TV. E assistiu tudo no tribunal vestindo saia e blusa...
(contaoutra.com.br)

AS MANCHETES DOS JORNAIS DE HOJE

O Globo: STF marca mensalão para agosto e põe fim a pressões

Folha de S. Paulo: STF começará a julgar mensalão em 1º de agosto

O Estado de S. Paulo: Supremo vai julgar mensalão na reta final das eleições

Correio Braziliense: STF começa a julgar mensalão em agosto

Estado de Minas: Tragédia no Sion

Jornal do Commercio: Humberto reage a rótulo de “biônico”

Zero Hora: Taxas do Detran para carro zero sobem 61%

QUER MAIS DETALHES DOS PRINCIPAIS JORNAIS BRASILEIROS? CLIQUE NO SITE ABAIXO:


NOTÍCIAS LOCAIS E REGIONAIS

São Manuel cancela enfeites de Corpus Christi

A Diretoria Municipal de Cultura e Turismo de São Manuel resolveu, em comum acordo com os párocos responsáveis pelas paróquias São Manuel, Consolata e do distrito de Aparecida de São Manuel e ainda com as equipes responsáveis pela confecção dos enfeites das ruas  de Corpus Christi que seriam realizados nesta quinta-feira  dia 7, em virtude da previsão dos serviços meteorológicos, que indicam probabilidades de chuvas, que os mesmos não serão realizados neste ano.
As dificuldades alegadas pelas equipes que não teriam pessoal disponível para a confecção dos tapetes e passadeiras, para as novas datas que foram sugeridas (dias 10 e 17), pesaram na decisão da não realização dos festejos ornamentais.  A responsabilidade final da decisão ficou para as equipes, já que a parte religiosa será mantida, com as missas que serão realizadas as 7h00 na igreja Matriz, as 10h00 no santuário de Santa Teresinha, seguida de Adoração do Santíssimo até as 15h00, seguida também de missa, também no santuário.

Quer mais detalhes? Acesse o site da Rádio Clube AM ou o do jornal O Debate:

quarta-feira, 6 de junho de 2012

DICA DO DIA
Mostre-me alguém que diga que não quer se sentir importante e eu lhe apontarei um mentiroso. Todos nós precisamos de reconhecimento e de elogios. Nosso apetite para receber elogios é como nosso apetite para nos alimentar, nunca fica satisfeito por muito tempo... Até mesmo os ricos e famosos gostam de ouvir regularmente que eles são ótimos e estão se saindo bem. Se você assistir a entrevistas com estrelas de cinema, do mundo do esporte ou com altos executivos, vai notar que eles adoram ouvir elogios tanto quanto qualquer outra pessoa... tanto quanto você... Então, se você quiser influenciar outras pessoas, elogie-as!
Claro que não precisa se tornar um puxa-saco. E muito menos enchê-las de elogios falsos. Apenas reconheça as características positivas das pessoas e diga isso a elas. Elas se lembrarão de você. Às vezes acontece de você elogiar uma pessoa e deixá-la sem jeito ou embaraçada; mas tenha certeza de que, por dentro, ela estará feliz da vida. Exteriormente, algumas pessoas podem até parecer confiantes, seguras e satisfeitas consigo mesmas, mas quando você fala com uma pessoa bem-sucedida, de boa aparência e impressionante, não parece ser assim que ela se vê exatamente... Só ela conhece aquela parte dela mesma que diz: “eu gostaria de ter olhos azuis, de ser um pouco mais alto e não haver cometido tanto erros na vida”. Dessa forma, quando você diz algo a ela, que para você parece evidente, isso surte o efeito de uma tomada de ar fresco, e a pessoa se sente nas nuvens.
Uma outra opção é o elogio de segunda mão; ou seja, dizer a alguém as coisas boas que você ouviu a respeito dela. As pessoas sempre ficam satisfeitas ao saber que os amigos e parentes falam bem delas. O elogio de segunda mão também é eficaz quando você está contratando os serviços de alguém pela primeira vez. Se você precisa dos serviços de um profissional, é comum pedir recomendação a alguém. Assim, uma boa maneira de começar uma amizade e garantir um excelente serviço é dizer à pessoa contratada que você recebeu ótimas recomendações a respeito do trabalho dela. Primeiro porque elas apreciam o reconhecimento, depois para fazer jus à reputação.
Em poucas palavras: as pessoas anseiam por reconhecimento. Se você optar por ver o lado positivo delas e elogiá-las quando for adequado, elas se sentirão maravilhosas e você também sairá ganhando com isso.

(
Andrew Matthews, no livro "Faça Amigos")

NOTÍCIA DE CAIR O QUEIXO
Uma pedra na bexiga de mais de um quilo foi retirada de um paciente chamado Zhang, em Wuhan, na província de Hubei, na China. A equipe médica ficou surpresa quando descobriu a massa em um raio-X realizado no paciente de 43 anos, que vinha se queixando de dores urinárias. De acordo com o jornal, a pedra pesa 1,025 kg. Apesar do tamanho, ela não é recorde. Em 2009, médicos retiraram uma pedra de 2,4 quilos de uma mulher de 40 anos, também na China.
(contaoutra.com.br)
AS MANCHETES DOS JORNAIS DE HOJE

O Globo: Ruralistas dominam comissão que definirá o Código Florestal

Folha de S. Paulo: Caixa amplia para 35 anos prazo para casa própria

O Estado de S. Paulo: Caixa dá 35 anos para pagar imóvel

Correio Braziliense: Casa com juro menor e 35 anos para pagar

Valor Econômico: Cruzeiro do Sul vende ações pouco antes da intervenção

Estado de Minas: Reféns da impunidade

- Jornal do Commercio: PT intervém no Recife e impõe nome de Humberto

Zero Hora: Novo empurrão na economia – Até 35 anos para pagar casa própria


QUER MAIS DETALHES DOS PRINCIPAIS JORNAIS BRASILEIROS? CLIQUE NO SITE ABAIXO:


NOTÍCIAS LOCAIS E REGIONAIS

Enfeites das ruas serão realizados no dia 17

A Diretoria Municipal de Cultura e Turismo de São Manuel resolveu em comum acordo com os párocos responsáveis pelas paróquias São Manuel, Consolata e do distrito de Aparecida de São Manuel, que os enfeites das ruas de Corpus Christi que seriam realizados no último dia 7, em virtude da previsão dos serviços meteorológicos, que indicam probabilidades de chuva até o próximo dia 11, foram transferidos para o domingo, dia 17 de junho, aniversário da cidade.    Fica, entretanto, mantido o novo trajeto da procissão de Corpus Christi, que sairá do Santuário de Santa Terezinha, que irá percorrer um trajeto que vai desde  a rua Duque de Caxias, passando ainda pela Epitácio Pessoa, Batista Martins, até a rua 7 de Setembro, terminando em frente ao Altar.

A organização e planejamento da parte artística ficarão a cargo do artista plástico Ricardo Rosa Lima, que trabalhou na elaboração dos desenhos das 11 passadeiras, 14 tapetes, encenando a via Sacra e ainda o palco, do altar monumento. Os tapetes irão se inspirar em obras do renomado artista sacro Claudio Pastro, responsável por diversos projetos artísticos, dentre eles, a Capela Cristo Rei da Fazenda Santa Fé de São Manuel; do interior da capela de Bento XVI em seu aposento no Seminário Bom Jesus em Aparecida, em sua última visita ao Brasil.

Claudio Pastro é um dos mais renomados nomes da arte sacra no Brasil, trabalhou na construção de cerca de 200 igrejas nos últimos 20 anos. É também o responsável por toda parte de arte que está sendo realizada no interior da Basílica do Santuário de Nossa Senhora Aparecida. O artista confirmou que estará presente na procissão de Corpus Christi que comemora 64 anos de existência.

DESFILE
O desfile cívico em comemoração ao aniversário da cidade será realizado no dia 24 de junho, a partir das 9h00, na avenida José Horácio Mellão e contará com as presenças das escolas da rede municipal de ensino e também das escolas estaduais e particulares.

Quer mais detalhes? Acesse o site da Rádio Clube AM ou o do jornal O Debate:

terça-feira, 5 de junho de 2012


Preservar o meio ambiente é muito importante para que possamos ter um planeta saudável e rico em recursos naturais no futuro. Vamos aproveitar este dia e listar quantas ações podemos fazer para colaborar na preservação do meio ambiente. Se todo mundo fizer um pouquinho, podemos contribuir um montão para o mundo!
Veja algumas medidas que podemos facilmente tomar em casa e na escola, no site:


DICA DO DIA
Tudo o que hoje preciso realmente saber sobre como viver, o que fazer, como ser, eu aprendi no jardim de infância. A sabedoria não se encontrava no topo de um curso de pós-graduação, mas no montinho de areia da escola de todo dia.

Estas são as coisas que aprendi lá:

1. Compartilhe tudo.
2. Jogue dentro das regras.
3. Não bata nos outros.
4. Coloque as coisas de volta onde pegou.
5. Arrume a sua bagunça.
6. Não pegue as coisas dos outros.
7. Peça desculpas quando machucar alguém.
8. Lave as mãos antes de comer e reze antes de deitar.
9. Dê descarga.
10.Biscoitos quentinhos e leite fazem bem para você.
11.Respeite o outro.
12.Leve uma vida equilibrada: aprenda um pouco, pense um pouco... e desenhe.. e pinte... e cante... e dance... e brinque... e trabalhe um pouco  todos os dias.
13. Tire uma soneca às tardes.
14.Quando sair, cuidado com os carros.
15.Dê a mão e fique junto.
16.Repare nas maravilhas da vida.
17.O peixinho dourado, o hamster, o camundongo branco e até mesmo a sementinha no copinho plástico, todos morrem... nós também.

Pegue qualquer um desses itens, coloque-os em termos mais adultos e sofisticados e aplique-os à sua vida familiar, ao seu trabalho, ao seu governo ou ao seu mundo, e verá como ele é verdadeiro, claro e firme.
Pense como o mundo seria melhor se todos nós, no mundo todo, tivéssemos biscoitos e leite todos os dias por volta das três da tarde e pudéssemos nos deitar com um cobertorzinho bem macio para uma soneca. Ou se todos os governos tivessem como regra básica devolver as coisas ao lugar em que elas se encontravam e arrumassem a bagunça ao sair.
Estas são verdades, não importa a idade. Ao sair para o mundo, é sempre melhor darmos as mãos e ficarmos juntos.
(diabetenet.com.br)

NOTÍCIA DE CAIR O QUEIXO
Ex-vice-presidente de banco Sovereign, Christopher Toole está sendo processado pelo prédio em que mora no Bronx, em Nova York (EUA), por criar peixes em seu apartamento. Vizinhos alegam que isso provocou vazamentos de água no apartamento de baixo e o corredor fede como se fosse um mercado de peixes durante o verão.
Toole, de 47 anos, fundou a "aquaponic", uma empresa sem fins lucrativos que encoraja os cidadãos urbanos a criar tilápias e outros peixes em seus apartamentos na cidade.
No entanto vizinhos se queixam de que Toole constantemente arrasta equipamentos de piscicultura nos pisos de madeira de seu apartamento localizado no 14º andar durante a noite.
"É irritante, porque você ouve barulho o tempo todo. É 3h30, e você ouve ele arrastando seu aquário ou outra coisa no chão", reclama Roch McDowell, cujo apartamento fica abaixo do piscicultor excêntrico. O ex-nanqueiro está ferrado com esse processo...
(contaoutra.com.br)

AS MANCHETES DOS JORNAIS DE HOJE

O Globo: Dia Mundial do Meio Ambiente – Congresso desafia Dilma com 620 emendas a Código Florestal

Folha de S. Paulo: Principal alvo da ‘faxina’de Dilma, PR se alia a Serra

O Estado de S. Paulo: Delta tenta evitar falência e se diz vítima de “bullying”

Correio Braziliense: Solto o espião que grampeou a República

Valor Econômico: Vale abre disputa judicial contra taxas de mineração

Estado de Minas: Caloteiros vão às urnas

Jornal do Commercio: Professores da rede particular em greve

Zero Hora: IPI menor não basta para elevar consumo

QUER MAIS DETALHES DOS PRINCIPAIS JORNAIS BRASILEIROS? CLIQUE NO SITE ABAIXO:


NOTÍCIAS LOCAIS E REGIONAIS

Turismo fluvial tem início em Jaú

O primeiro passeio turístico religioso entre Jaú e Barra Bonita pelo rio Tietê, iniciando o turismo fluvial entre os dois municípios, começou domingo. A viagem foi feita por um grupo de 35 pessoas de Ibaté, cidade do Interior de São Paulo.
Os turistas saíram de Barra Bonita às 9h30. Fizeram a eclusagem, com duração aproximada de 1h30, e chegaram ao Porto Frei Galvão, no Distrito de Potunduva, em Jaú, às 12h30. Após a chegada, os visitantes foram para a capela de Frei Galvão, onde a freira Claudia Hodecker falou durante uma hora sobre a história e o milagre de Frei Galvão. Depois, os turistas foram levados por ônibus para o Território do Calçado, encerrando o roteiro da viagem. Após o término das compras, o ônibus que havia levado os turistas de Ibaté a Barra Bonita, fez a viagem de retorno para a cidade de Ibaté.
O passeio turístico teve custo de R$ 80 por pessoa, com almoço a bordo, que teve peixe ao molho, carne, arroz à grega, farofa, aperitivo e café. A viagem foi feita com o navio San Diego. A capacidade do navio é de 320 pessoas sentadas e 400 no total. Para os interessados em participar do passeio é necessário fazer a reserva pelo telefone (14) 3641-2422.
O Porto Frei Galvão foi inaugurado no dia 6 de maio, pela Prefeitura de Jaú em parceria com a Associação de Proprietários do Condomínio Frei Galvão, no Distrito de Potunduva, e a Navegação Fluvial Médio Tietê Ltda, com sede em Barra Bonita.  A inauguração do Porto Turístico em Jaú tem por objetivo atrair maior número de turistas para visitação do patrimônio histórico e cultural da cidade, além de movimentar a economia local. 
(extraído do JORNAL DA CIDADE, de Bauru)

Quer mais detalhes? Acesse o site da Rádio Clube AM ou o do jornal O Debate:

segunda-feira, 4 de junho de 2012

DIA HISTÓRICO
Pouca gente sabe, mas o historiador Luiz Sicchiera pesquisou e descobriu que, para se tornar município de direito, São Manuel teve que "brigar" durante dois anos. A Lei Provincial nº 26, de 10 de março de 1885, elevou São Manuel à categoria de município, mas, o ato causou forte reação das forças políticas de Botucatu, que não concordavam com a separação do antigo distrito. Isso provocou o retardamento da promulgação da citada lei.
A luta contra as adversidades e as hostilidades políticas da época continuou, sem esmorecimento, tendo como meta a emancipação, por mais dois anos. Finalmente, aos 4 dias do mês de junho de 1887, aconteceu a aprovação definitiva da lei de 10 de março de 1885, e São Manuel se tornou município. Isso aconteceu há exatos 125 anos. No alto, o Brasão do município de São Manuel.  

DICA DO DIA
A essência das melhores idéias na área de administração do tempo pode ser capturada em uma única frase: “organize e execute conforme a prioridade”. O gerenciamento pessoal se desenvolveu de acordo com um padrão similar a muitas outras áreas do conhecimento humano.
Saltos importantes em termos de desenvolvimento sucedem-se periodicamente, acrescentando uma nova dimensão vital. Por exemplo, no desenvolvimento social, a revolução agrícola foi seguida pela revolução industrial, que foi seguida pela revolução da informática. Cada “onda” que chega cria um momento de progresso social e pessoal. Na área da administração do tempo, as coisas acontecem de maneira similar – cada geração se apóia na geração anterior, cada uma delas se move em direção a um controle maior da vida. A primeira geração se caracterizou por bilhetes e listas, a segunda pelos calendários e agendas, e a terceira reflete o campo de administração do tempo atual.
Ela adiciona às gerações anteriores a importante idéia de prioridade, de esclarecimento de valores e comparação do peso relativo das atividades. Além disso, ela se concentra em estabelecer metas específicas de curto, médio e longo prazo, em cuja direção o tempo e a energia são direcionados. Inclui também o conceito do planejamento diário, da elaboração de um plano específico para a conquista dessas metas e as atividades consideradas mais valiosas. Mas apesar de sua contribuição significativa, as pessoas começaram a perceber que a elaboração de agendas eficientes e o controle excessivo do tempo são improdutivos. Isso porque a concentração frequente na eficácia gera expectativas que entram em conflito com as oportunidades de desenvolver relacionamentos mais ricos, de satisfazer as necessidades humanas e de desfrutar momentos espontâneos diariamente.
Assim, começa a surgir uma quarta geração cujo desafio não é gerenciar o tempo, mas a pessoa. Em vez de focalizar a atenção nas coisas e no tempo, as atenções da quarta geração se voltam para a preservação e melhoria dos relacionamentos e a obtenção de resultados.

(Stephen R. Covey, no livro "Os 7 Hábitos das pessoas altamente eficazes")

NOTÍCIA DE CAIR O QUEIXO
Cassandra Garcia foi premiada na escola. Mas a menina de 8 anos e os pais dela não têm motivos para se orgulhar. Na verdade, a premiação precisa de aspas. A professora de Cassandra em uma escola de Tucson (Arizona, EUA) entregou à aluna um certificado de "Prêmio Catástrofe".
O certificado foi dado a Cassandra como um "reconhecimento" pelo maior número de desculpas para não fazer o dever de casa de toda a turma.
A mãe da criança, Christina Valdez, ficou furiosa com a "premiação" e classificou a atitude da professora como bullying.
"Nenhuma criança fica animada ou feliz por receber um prêmio como esse. Todas as crianças riram dela (de Cassandra)", reclamou Christina à Fox. A professora disse ter feito apenas uma brincadeira.
"É difícil dizer se a intenção da professora foi humilhar ou fazer da aluna um exemplo a fim de motivar as outras crianças", comentou Sheri Bauman, psicóloga da Universidade do Arizona. Só não se sabe se a menina começou a fazer os deveres escolares depois dessa tragédia pessoal e familiar...
(contaoutra.com.br)
AS MANCHETES DOS JORNAIS DE HOJE

O Globo: Lojas burlam lei e vendem agrotóxicos sem receita

Folha de S. Paulo: Nordeste sofre com falta de água em área urbana

O Estado de S. Paulo: Crédito nos bancos estatais cresce 2 vezes mais que nos privados

Correio Braziliense: Preso há nove dias, Brunelli é indiciado por quatro crimes

Valor Econômico: Erros impedem consertos em 30 mil km de rodovias

Estado de Minas: A mais longa das filas

Jornal do Commercio: CTTU reforça fiscalização a partir de hoje
Zero Hora: RS é o Estado que menos investe em educação no Brasil

QUER MAIS DETALHES DOS PRINCIPAIS JORNAIS BRASILEIROS? CLIQUE NO SITE ABAIXO:


NOTÍCIAS LOCAIS E REGIONAIS

COHAB vende terrenos
A Companhia de Habitação Popular de Bauru (Cohab) irá realizar a venda de terrenos em São Manuel.
A venda será por licitação na modalidade de concorrência pública. O edital já está  disponível no site www.cohabbauru.com.br/imoveis.
Segundo a COHAB, um total de 15 terrenos serão vendidos na cidade, com preços que variam entre R$ 24 mil a R$ 270 mil reais.  A Cohab informa que não aceitará propostas de parcelamento.
Segundo Cleber Speri, presidente da Comissão de Licitações, poderão participar pessoas físicas e jurídicas. Para pessoas físicas, exige-se cópias do  RG, CPF e comprovante de endereço; para pessoa jurídica, cópia do contrato social ou documento constitutivo atualizado e do cartão de CNPJ.  Para ambos, é necessário o depósito de uma caução, no valor de 5% do imóvel posto à venda, em cumprimento à exigência da Lei de Licitações.
Speri esclarece que, caso o licitante venha a ganhar o processo, o valor depositado a título de caução é abatido do valor da compra; se perder a licitação, a Cohab devolve o dinheiro da caução.
A sessão do processo licitatório será no dia 11 deste mês, às 9h, na sede da Companhia, na avenida Nações Unidas, 30-31, em Bauru.
O presidente da comissão de licitação informa ainda que os recursos arrecadados com a venda dos lotes serão repassados, diretamente, à  Caixa Econômica Federal (CEF) para amortização da dívida referente aos resíduos habitacionais. Vale lembrar que esses resíduos recaem sobre as contas da Cohab em razão do acúmulo, nos governos anteriores, de prestações que não foram pagas.
Outras informações podem ser obtidas pelo email: licitação@cohabbauru.com.br ou pelo telefone (14) 3235-9209.

Quer mais detalhes? Acesse o site da Rádio Clube AM ou o do jornal O Debate:

domingo, 3 de junho de 2012

DICA DO DIA
Esta é a história de um fazendeiro bem-sucedido.
Ano após ano, ele ganhava o troféu "Milho Gigante" da feira da agricultura do município. Entrava com seu milho na feira e saía com a faixa azul recobrindo seu peito.
E o seu milho era cada vez melhor...
Numa dessas ocasiões, um repórter de jornal, ao abordá-lo após a já tradicional colocação da faixa, ficou intrigado com a informação dada pelo entrevistado sobre como costumava cultivar seu qualificado e valioso produto.
O repórter descobriu que o fazendeiro compartilhava a semente do seu milho gigante com os vizinhos, então perguntou:
- Como pode o senhor dispor-se a compartilhar sua melhor semente com seus vizinhos, quando eles estão competindo com o seu?
O fazendeiro pensou por um instante e respondeu:
- Você não sabe? O vento apanha o pólen do milho maduro e o leva através do vento, de campo para campo. Se meus vizinhos cultivam milho inferior, a polinização degradará continuamente a qualidade do meu milho. Se eu quiser cultivar milho bom, tenho que ajudar meus vizinhos a cultivar milho bom.
Ele era atento aos laços da vida. O milho dele não poderia melhorar se o milho do vizinho também não tivesse a qualidade aprimorada.
Assim é também em outras dimensões da nossa vida. Aqueles que escolhem estar em paz devem fazer com que seus vizinhos estejam em paz. Aqueles que querem viver bem têm que ajudar os outros para que vivam bem. E aqueles que querem ser felizes têm que ajudar os outros a encontrar a felicidade, pois o bem-estar de cada um está ligado ao bem-estar de todos.
(diabetenet.com.br)

NOTÍCIA DE CAIR O QUEIXO
Pequenos monstros podem parecer seres de outro planeta, mas eles são de fato criaturas de nossos mais profundos oceanos, também sendo chamados de seres abissais. Em termos zoológicos são  conhecidos como poliquetas. Eles sobrevivem sob as enormes pressões do fundo do mar, onde a luz solar nunca penetra. Desde os anos 1970, os cientistas revisaram suas idéias sobre o fundo do oceano. Em vez de um território árido, como se acreditava antigamente, descobriram diversas comunidades de criaturas que vivem em torno de fontes hidrotermais, que são rachaduras no fundo do mar, normalmente encontradas  em torno de zonas de terremoto, vulcões e nas bordas das placas tectônicas. Elas liberam água superaquecida e um coquetel de produtos químicos que servem de abrigo para criaturas como as poliquetas, a mais de um quilômetro abaixo da superfície. 
Veja as criaturas no site:
http://gente-estranha.blogspot.com.br/2012/05/monstros-dos-mares-que-voce-nunca-viu.html
(contaoutra.com.br)

AS MANCHETES DOS JORNAIS E REVISTAS DE HOJE

● O Globo: Novo pacote do governo vai reduzir tarifas de telefone

Folha de S. Paulo: Governo quer proibir venda de horário na TV

O Estado de S. Paulo: Investimento da indústria deve cair R$ 35 bi, prevê BNDES

Correio Braziliense: Fantasmas da Delta financiaram políticos

● Estado de Minas: As novas famílias mineiras

● Jornal do Commercio: Oferta de imóvel explode com bairros planejados

Zero Hora: Por que a água é intragável

Veja: Um tiro no pé

Época: Quem somos nós?

IstoÉ: Existe amizade entre homem e mulher?

IstoÉ Dinheiro: Uau!

CartaCapital: As mil faces de Gilmar Mendes

CRÔNICA DE DOMINGO
Escrita há muitos anos, esta crônica relata a história da literatura de cordel, algo muito divulgado no Nordeste brasileiro. Foi publicada pelo jornal O PRATIANO em maio de 2006. Boa leitura!

HISTÓRIAS E LENDAS DA LITERATURA DE CORDEL
Lembro-me que, quando criança, na fazenda onde moravam meus pais, eu via sempre uns livrinhos interessantes, com textos versejados, contando histórias as mais curiosas possíveis. Muito tempo depois vim saber que aquilo era literatura de cordel. Hoje – pasmem! – existe aqui no Brasil a Academia Brasileira de Literatura de Cordel. Mas não vejo mais, por aqui, há anos, nenhum desses livrinhos, antigamente vendidos em bancas de revistas. Porém, há pouco tempo, dois ministros brasileiros entraram em conflito por causa do que se escreveu num deles: Gilberto Gil e Hélio Costa.
Em texto de Herbert de Carvalho (O Brasil retratado nos versos de poetas e repentistas), lê-se que da Guerra de Canudos aos dólares na cueca da era "mensalão", os principais fatos da história do Brasil têm chegado às populações marginalizadas, rurais e periféricas, em especial da região nordeste, por meio de uma mídia que, embora alternativa, figura entre as mais antigas: a literatura de cordel, derivada da cantoria popular dos poetas repentistas.
Herdeira dos menestréis da Idade Média, essa tradição, presente nas feiras nordestinas, tem para seu público fiel, por vezes, mais credibilidade que a informação distante e fria dos grandes veículos de comunicação. "Aqui foi outro resgate/ do poeta cordelista/ que também é um repórter/ igual a um jornalista/ mas narrando diferente/ do jornal e da revista", define a estrofe final de um cordel, evidenciando que o autor anônimo, líder de sua comunidade, apreende o acontecimento a partir de uma sensibilidade e visão do mundo própria, e o reformula e retransmite em saborosa linguagem popular.
O baixo preço dos folhetos e o tom humorístico da maioria deles são outros atrativos para que algumas tiragens cheguem aos milhares. O poeta que alcança êxito, com títulos vendidos e revendidos no mercado, em geral é aquele que informa, ensina e diverte. Na década de 1950, no auge do gênero, foram impressos e vendidos dois milhões de folhetos apenas sobre a morte de Getúlio Vargas, num total de 60 títulos.
Foi dessa maneira que muito sertanejo nada ou pouco alfabetizado tomou conhecimento, desde as aventuras de Carlos Magno e os doze pares de França, até a chegada do homem à Lua, passando pelos milagres do padre Cícero e as lutas reais ou imaginárias de cangaceiros, como Lampião. Sobre o processo de transmissão oral, o escritor paraibano F. Coutinho Filho, em seu livro antológico Violas e Repentes, relata: "Quantas vezes fiquei a ouvir trabalhadores do eito, homens analfabetos, cantando primorosas sextilhas e outras estrofes populares, que aprendiam de cor".
Em suas diferentes métricas – quadra, sextilha, septilha, décimas ou martelo (assim chamado quando a torrente de rimas "martela" sem parar), de um total que ultrapassa 30 gêneros –, a poesia popular com freqüência contém uma surpreendente erudição, que alguns estudiosos chamam de "classicismo sertanejo":
Voltemos a 1986 e vejamos como os cordelistas cantaram o “Plano Cruzado”: A nova reforma faz/ Todo povo dançar tango/ Breve iremos comer/ Rato, lagarto ou calango/ Porque não se encontra mais/ Carne, nem ovos, nem frango...
Os livrinhos, romances ou simplesmente folhetos, são encontrados com facilidade em feiras e mercados públicos nordestinos. Também são vistos nos grandes centros urbanos, para onde afluem permanentemente pessoas originárias daquela parte do País.
Vistos como fonte de saber e de informações, e também como divertimento, têm como autores os chamados poetas de cordel, que crescem ouvindo a poesia dos cantadores e dos folheteiros, compartilhando tradições, valores e padrões estéticos. Chama-se literatura de cordel porque os livrinhos ficam expostos dependurados em barbantes, para serem vistos pelo publico. Impressos aos montes ainda hoje, continuam contando as histórias e fazendo parte da nossa história.


QUER MAIS DETALHES DOS PRINCIPAIS JORNAIS BRASILEIROS? CLIQUE NO SITE ABAIXO:


NOTÍCIAS LOCAIS E REGIONAIS

“Chupa-cabras” leva três para prisão em Botucatu
Dois homens e uma mulher foram presos em flagrante ontem (2), em Botucatu, por tentativa de furto mediante fraude. Eles tentavam instalar um equipamento popularmente conhecido como “chupa-cabras”, capaz de capturar códigos e senhas bancárias. Com eles, os golpistas conseguem retirar dinheiro em qualquer agência do mesmo banco usando um cartão clonado. A ação acontecia numa agência situada na rua Major Mateus e levantou suspeitas de um policial que utilizava o banco.
Segundo a Policial Militar, ele acionou o 190. Aldecir Simão Alves Nascimento, 42 anos, e Alan dos Santos Costa Nascimento, 29 anos, foram presos ainda dentro da instituição bancária. Graziela Bastrechi dos Santos Nascimento, 26 anos, que estava no lado externo da agência, também foi detida. O trio veio de São Paulo e isolou os outros caixas da agência em Botucatu para obrigar os correntistas a utilizar o equipamento.
(do Jornal da Cidade, de Bauru)

Quer mais detalhes? Acesse o site da Rádio Clube AM ou o do jornal O Debate: