sábado, 23 de fevereiro de 2013



DICA DO DIA
Se há alguma coisa que você não quer na vida, pare de se preocupar com ela e pare de falar nela! É a energia que você investe que a mantém viva. Retire essa energia, e o problema desaparecerá. A briga é o exemplo perfeito: se o seu companheiro voltar para casa procurando briga e você se recusar a discutir, o que acontecerá? Só restará ao companheiro brigar consigo mesmo!
Sempre que você estiver preocupado, constrangido ou simplesmente pensando em alguma coisa, as outras pessoas continuarão falando nela. Quando a gente de fato abre mão de uma coisa emocionalmente, ela se evapora. Isso leva a outro princípio: quando largamos uma coisa, ela nos larga. Ou seja: enquanto você estiver se defendendo, as pessoas o atacarão. Por quê? Porque nós só nos defendemos quando estamos inseguros quanto à nossa situação. Verdade!
Quer um exemplo? Digamos que você seja objeto de fofocas no escritório. Se começar a fazer declarações públicas afirmando a sua inocência, só estará botando lenha na fogueira. Basta não fazer caso para que tudo passe. Não estou dizendo que você não deva se defender. Não. O que quero dizer é que, enquanto protestamos e sofremos, enquanto estivermos saltando de um lado para outro, manteremos o problema vivo. Eu me lembro de ter visto passeatas de protestos nos anos 60. Perguntei ao meu pai: “Por que eles se espancam assim?”. E ele respondeu: “Porque querem a paz!”. A gente não combate a guerra. Concentra-se na paz.
Em poucas palavras: se você transformar a vida numa campanha contra o que quer que seja, as coisas que combate se expandirão. Decida do que você está a favor.
(Andrew Matthews, no livro "Siga seu coração")

NOTÍCIA DE CAIR O QUEIXO
Um carro projetado pelo britânico Martin Bacon bateu o recorde mundial de veículos movidos a café. Sim, café!
De acordo com o jornal "Daily Mail", a picape Ford 89 atingiu a velocidade de 110km/h, durante experimento em uma base aérea em Manchester (Inglaterra). O carro é equipado com um sistema gaseificador que queima o material orgânico em alta temperatura. Impossível? Parece que não...
(contaoutra.com.br)

AS MANCHETES DOS JORNAIS DE HOJE

O Globo: Sem competitividade – Após greve ilegal, governo adia privatização de portos

Folha de S. Paulo: Comércio corta vagas, e emprego perde força

O Estado de S. Paulo: Lula garante Temer como vice de Dilma, diz Alves

Correio Braziliense: Denúncias de homofobia crescem 400% em Brasília

Estado de Minas: Martírio Mineiro – Governo suspende duplicação da 381

Jornal do Commercio: Mulher morta em ônibus trabalhou com o assassino

Zero Hora: Carro cedido à BM some em depósito


QUER MAIS DETALHES DOS PRINCIPAIS JORNAIS BRASILEIROS? CLIQUE NO SITE ABAIXO:


NOTÍCIAS LOCAIS E REGIONAIS

● Polícia apreende 1 kg de maconha com adolescente de São Manuel

São Manuel – A Polícia Civil de São Manuel (69 quilômetros de Bauru) apreendeu ontem um adolescente de 14 anos com pouco mais de um quilo de maconha. Ele foi ouvido na delegacia e conduzido a uma cela especial na Cadeia Pública de Itatinga.
Segundo informações da Polícia Civil, o adolescente é conhecido nos meios policiais e já vinha sendo investigado há alguns meses por suspeita de envolvimento com a venda de drogas no bairro Santa Mônica.
Ontem de manhã, ele foi abordado pelos policiais Bola, Malta, André, Guiari, Vô e Luis, sob o comando do delegado José Mário Toniato. Com o garoto, foram localizadas quatro porções de maconha prontas para a venda.
Além das porções individuais, o adolescente indicou à polícia onde escondia mais um quilo do entorpecente. Ele foi apreendido em flagrante e permanecerá à disposição da Vara da Infância e da Juventude.
(Jornal da Cidade, de Bauru)
Quer mais informações? Acesse o site da Rádio Clube AM ou o do jornal O Debate:

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013



DICA DO DIA
Os conselhos ajudam, não há dúvida...
Mas não se esqueça de que a solução de nossos problemas está dentro de nós mesmos, na voz silenciosa de nossa consciência, que é a voz de Deus dentro de nós.
Não se deixe enganar: só você será o responsável pelo caminho que escolher. Ninguém poderá prestar contas por você. Procure, portanto, viver acertadamente, de acordo com sua consciência.
(Minutos de Sabedoria)

NOTÍCIA DE CAIR O QUEIXO
A neozelandesa Kathie Warren recuperou sua carteira intacta dois anos depois de tê-la perdido em um parque em Blenheim, na Nova Zelândia.
Kathie havia perdido a carteira em fevereiro de 2011 enquanto assistia a um show no local. Ela chegou a procurar pela carteira, mas não a achou. Na época, ela comunicou para a polícia e cancelou todos seus cartões, temendo que alguém pudesse usá-los.
No entanto, no último domingo, durante um show no mesmo parque, um espectador acabou achando a carteira. Ele a entregou em um local de achados e perdidos, e os organizadores localizaram a mulher.
A carteira ainda guardava seus cartões, documentos e cerca de 14 dólares neozelandeses. Quanta sorte não?
(contaoutra.com.br)

AS MANCHETES DOS JORNAIS DE HOJE

O Globo: Escândalos no Vaticano – Papa mandou investigar rede de sexo e corrupção

Folha de S. Paulo: Governo dará recursos para banco privado financiar obra

O Estado de S. Paulo: Brasil se omitiu sobre direitos humanos em Cuba, diz Yoani

Correio Braziliense: Salário dos novos marajás do DF chegará a R$ 31 mil

Valor Econômico: Economia reaqueceu em janeiro

Estado de Minas: Deputado emprega vereadores

Jornal do Commercio: Cenas de um reencontro

Zero Hora: Ofensivas de PT e PSDB precipitam a campanha

QUER MAIS DETALHES DOS PRINCIPAIS JORNAIS BRASILEIROS? CLIQUE NO SITE ABAIXO:


NOTÍCIAS LOCAIS E REGIONAIS

Jovem atira na ex-namorada e depois se mata em Pratânia

Pratânia – Ontem de manhã, em Pratânia (70 quilômetros de Bauru), um jovem de 25 anos atirou na cabeça da sua ex-namorada, de 18 anos, e depois cometeu suicídio. Até o fechamento desta edição, a jovem permanecia internada no Hospital das Clínicas (HC) em estado grave.
Segundo informações da Polícia Militar (PM), a tentativa de homicídio ocorreu por volta das 5h, no cruzamento entre as ruas João Vieira da Maia e 13 de Maio.
Por não concordar com o fim do relacionamento, E.A.S. discutiu com a ex-namorada B.A. e, durante a briga, atirou na cabeça dela com um revólver calibre 22.
Após o disparo, ele fugiu. A PM foi acionada e, durante as diligências, encontrou o jovem em um clube na rua Capitão João Batista, no Centro, com um tiro na cabeça. Ele chegou a ser levado ao Hospital das Clínicas (HC) de Botucatu, mas morreu antes de chegar à unidade. B.A. também foi conduzida pela ambulância da cidade ao HC.
A jovem passou por cirurgia e, até o final da tarde, segundo a superintendência do hospital, permanecia na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).
(Jornal da Cidade, de Bauru)

Quer mais informações? Acesse o site da Rádio Clube AM ou o do jornal O Debate:

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013



DICA DO DIA
Não deixe que a calúnia o perturbe!
Todos nós estamos sujeitos à calúnia.
Mas saiba superá-la, vivendo de tal maneira que o caluniador não tenha razão.
Não revide um ataque com outro ataque.
Não se magoe com o caluniador.
Perdoe sempre.
Apenas viva de tal maneira, que jamais o caluniador tenha razão.
(Minutos de Sabedoria)

NOTÍCIA DE CAIR O QUEIXO
Bratislav Stojanovic vive literalmente entre os mortos. Aos 42 anos, ele mora há mais de 15 em um túmulo vazio em cemitério de Nis (Sérvia).
O sérvio fez da tumba úmida o seu lar. Para ele, a experiência é confortante.
"É quieto aqui. Não tenho medo dos mortos, eles não podem me ferir. Os vivos, podem", disse ele, segundo o site "IOL News".
Na "casa", Bratislav mantém um colchão e alguns cobertores - úteis especialmente em dias de inverno rigoroso. O sérvio também guarda garrafas e velas retiradas de outros jazigos.
O cemitério está fechado desde meados dos anos 70, quando a prefeitura abriu um novo nos arredores de Nis.
"Dificilmente alguém vem aqui. Estou completamente sozinho", disse o cidadão morador de lá.
No início dos anos 90, Bratislav perdeu o emprego na construção civil, não quis mais morar com o pai e foi parar nas ruas após o conflito étnico que varreu do mapa a Iugoslávia.
A prefeitura chegou a oferecer a Bratislav um lugar em uma residência para sem-teto, mas ele se recusa a deixar o túmulo. Diz que vai ficar por lá até morrer... E depois também...
(contaoutra.com.br)

AS MANCHETES DOS JORNAIS DE HOJE

O Globo: 2014 já começou – Lula lança Dilma, e Aécio parte para o ataque

Folha de S. Paulo: Lula lança Dilma à reeleição; Aécio diz que ‘Brasil parou’

O Estado de S. Paulo: Em ato, PT ataca tucano e reforça Dilma candidata

Correio: Acredite! R$12,8 mil

Valor Econômico: Lista para novas concessões em portos surpreende setor

Estado de Minas: Guerra de discursos dá largada para 2014

Jornal do Commercio: Fogo no Recife Antigo

Zero Hora: Em uma hora, chuva para 19 dias


QUER MAIS DETALHES DOS PRINCIPAIS JORNAIS BRASILEIROS? CLIQUE NO SITE ABAIXO:


NOTÍCIAS LOCAIS E REGIONAIS

● SAP tem estudo para presídio em Avaí
Secretaria Estadual da  Administração Penitenciária admite que analisa algumas áreas para instalação de penitenciária

Avaí – A Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) confirmou que está analisando algumas áreas para a instalação de penitenciárias em Avaí (39 quilômetros de Bauru). Ontem, o JC divulgou reportagem sobre mobilização de vereadores e produtores rurais contrários à vinda das unidades prisionais.
De acordo com a assessoria de comunicação da SAP, a medida integra o Plano de Expansão de Unidades Prisionais do Governo Estadual criado para combater a superlotação das unidades prisionais. Dentro desse plano, dez novas prisões já foram inauguradas – incluindo a Penitenciária Feminina de Pirajuí.
Além disso, 13 novas penitenciárias estão sendo construídas e outras dez encontram-se em fase de trâmites preparatórios que antecedem a licitação. Também foi aberto edital de concorrência para a construção do Centro de Detenção Provisória (CDP) de Itatinga, cujas propostas estão em fase de análise.
“O governo do Estado de São Paulo está buscando solução para o problema da superlotação carcerária. Porém, existe, de fato, uma enorme resistência das comunidades, que não aceitam a construção de presídios em seus municípios, o que tem sido frequentemente publicado pela mídia estadual”, declara a SAP.
“Conjugada com a ampliação de penas e medidas alternativas, além da realização de mutirões judiciários, a continuidade do Plano de Expansão de Unidades Prisionais é de fundamental importância para combater o quadro de superlotação atual”, salienta.

Resistência
O movimento contrário às penitenciárias é encabeçado pelo produtor rural Evaldo Rino Ribeiro, que é vice-presidente da Associação Rural do Centro-Oeste (Arco), diretor-presidente da Associação Paulista de Criadores de Nelore (APCN) e dono de fazenda de criação de gado em Avaí há trinta anos.
Além de reunir assinaturas para protocolar na Câmara de Avaí uma moção de repúdio à iniciativa, ele entregou 3.500 panfletos na cidade visando alertar moradores sobre o fato.
Três vereadores também se posicionaram contra as unidades prisionais.  Na próxima sessão, o parlamentar Danilo Cezar de Freitas Tieppo (PSDB) vai propor a realização de plebiscito para que a população seja consultada sobre o assunto.
O prefeito de Avaí, Celso Roberto de Faveri (PTB), diz que foi procurado por representantes da Secretaria da Segurança Pública (SSP). Porém, ele declarou que é contrário à instalação de penitenciárias no município.
(Jornal da Cidade, de Bauru)

Quer mais informações? Acesse o site da Rádio Clube AM ou o do jornal O Debate:

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013



DICA DO DIA
Todos nós sabemos o que é uma conta bancária financeira. Fazemos depósitos e acumulamos reservas que nos permitem realizar saques quando necessário. Uma conta bancária emocional é uma metáfora que descreve a quantidade de confiança que se acumulou em um relacionamento. Cuida da sensação de segurança que se tem com outro ser humano. Se eu fizer depósitos nessa conta – através de cortesia, gentileza, honestidade e observação dos compromissos que assumo com uma determinada pessoa, estou fazendo uma reserva.
Assim, a confiança dessa pessoa em mim torna-se maior e eu posso contar com esta confiança sempre que for preciso. Posso até cometer erros que o nível de confiança – a reserva emocional – compensará. Quando a conta de confiança é alta, a comunicação é instantânea, fácil e eficaz. Mas, se eu tiver o costume de demonstrar falta de cortesia, desrespeito, desatenção, desconsideração e arbitrariedade; se eu trair a confiança dessa pessoa, minha conta bancária emocional com ela vai ficar no vermelho. Ou seja, o nível de confiança atinge um nível muito baixo e, a partir daí, estou andando em terreno minado. Preciso ser cuidadoso com tudo o que falo, medir cada palavra, viver tenso, fazendo média, evitando ser pego de surpresa. Muitas organizações, muitas famílias, muitos casamentos estão cheios disso.
Tomamos por exemplo um casamento. Se uma reserva de confiança abundante não recebe depósitos contínuos, as relações de deterioram. Em vez de uma comunicação rica, espontânea e de entendimento, a situação cai na acomodação e as pessoas simplesmente tentam viver – cada um em seu estilo – e de modo relativamente respeitoso e tolerante. Mas, esse relacionamento pode se deteriorar ainda mais, chegando à hostilidade e à atitude defensiva. As respostas de confronto ou afastamento provocam guerras verbais, portas batidas, recusa em conversar, distanciamento emocional e autocomiseração. Isso pode acabar numa guerra fria dentro de casa, que não explode apenas por causa das crianças, sexo, pressão social ou proteção da imagem. Pode acabar em guerra total declarada – nos tribunais onde as batalhas legais dos egos feridos podem ser levadas adiante durante anos...
Por isso, nossos relacionamentos mais constantes – como o casamento ou uma grande amizade – exigem depósitos mais freqüentes. Isso porque, devido às expectativas permanentes, os antigos depósitos se evaporam. Sua conta com as pessoas que se relacionam com você regularmente exige um investimento mais constante. Isso porque, no dia a dia, há saques automáticos sem que você sequer perceba.
(Stephen R. Covey, no livro "Os 7 hábitos das pessoas altamente eficazes")

NOTÍCIA DE CAIR O QUEIXO
Um casal de Chalmette, no estado da Luisiana (EUA), invadiu um bar para cometer um roubo, mas deixou uma pista importante para os investigadores encontrarem e prenderem a dupla: a chave do apartamento no qual moravam.
Robert J. Clark III e Jaime Schlosser, de 35 e 37 anos, respectivamente, foram presos depois de invadirem um estabelecimento para roubar cigarros, de acordo com o jornal “The Times-Picayune”. Entretanto, um dos indivíduos deixou cair a chave de casa no local do crime, pista que contribuiu para as investigações.
Os oficiais da polícia conseguiram reunir diversas informações que levaram ao casal, que foi preso sob fiança de R$ 20 mil. Ambos negaram envolvimento no roubo, mas não souberam explicar como a chave da casa deles foi achada no local do crime. Então. Vão ser trancafiados...
(contaoutra.com.br)

AS MANCHETES DOS JORNAIS DE HOJE

O Globo: Combate ao vício – Rio abre internação por crack só com 40 vagas

Folha de S. Paulo: Após ofensiva do governo, Caixa obtém lucro recorde

- O Estado de S. Paulo: Dilma anuncia fim da pobreza extrema e PT dá início à campanha

Correio Braziliense: O descaso que põe vidas em risco na Esplanada

Valor Economico: BC acena com alta moderada para os juros

Estado de Minas: Autoescolas e Detran na contramão

Jornal do Commercio: Tiro em torcedor foi acidente, diz acusado

Zero Hora: Indústria gaúcha prevê compensar neste ano a estagnação de 2012

QUER MAIS DETALHES DOS PRINCIPAIS JORNAIS BRASILEIROS? CLIQUE NO SITE ABAIXO:


NOTÍCIAS LOCAIS E REGIONAIS

● Duke Energy solta 200 mil pacus em Chavantes

Nos dias 26 e 27 deste mês, a Duke Energy soltará 200 mil pacus juvenis no reservatório da usina hidrelétrica Chavantes, operada pela companhia. Dois lotes de 100 mil alevinos serão colocados em pontos estratégicos, em Timburi (SP) e Siqueira Campos (PR), que por oferecerem boas condições alimentares e de abrigo, favorecem o rápido crescimento dos peixes.
Em janeiro, a Duke Energy já havia iniciado as ações de repovoamento do Paranapanema deste ano, soltando 30 mil piracanjubas e 30 mil pacus nos reservatórios de Canoas I e II, hidrelétricas também sob concessão da empresa. Até dezembro, completará sua meta anual de 1,5 milhão de peixes soltos.
Desde que o programa de repovoamento foi iniciado, mais de 19 milhões de exemplares de espécies nativas foram colocados pela Duke Energy na Bacia do Paranapanema, contribuindo para a preservação de sua biodiversidade e recuperação do estoque pesqueiro.
O biólogo da Duke Energy e coordenador do programa, Norberto Vianna, conta que as espécies selecionadas para o repovoamento são: pacu-guaçu, curimbatá, piracanjuba, piapara, piava-três-pintas e dourado. “Todas têm capacidade de formar populações sustentáveis, reproduzindo-se e adaptando-se plenamente à vida no ambiente. Além disso, são espécies de grande apelo social, que pescadores e populações ribeirinhas estão acostumados a capturar”, exlica. Desta forma, são importantes para a economia e cultura de pesca local, tanto amadora como profissional.
(Jornal daCidade, de Bauru)
Quer mais informações? Acesse o site da Rádio Clube AM ou o do jornal O Debate: