sábado, 31 de maio de 2014



DOMINGÃO DO FAUSTÃO VIRA DOMINGUINHO...

Com a programação da Rede Globo dos jogos da Copa do Mundo, o
Domingão do Faustão e o programa de Caldeirão do Huck ficarão mais curtos em dois finais de semana. Cada um vai durar apenas 20 minutos.

DICA DO DIA

É mais fácil ser sincero que fingir. É mais fácil ser verdadeiro que sustentar a mentira. É mais fácil agir que conviver com o arrependimento. É mais fácil fazer direito que voltar atrás e consertar.
É mais fácil planejar com antecedência que tentar recuperar o tempo perdido. É mais fácil alcançar a excelência que tolerar a mediocridade. É mais fácil viver com propósito e determinação que deixar que outros controlem sua vida.
É mais fácil acabar o trabalho agora que voltar a ele mais tarde. É mais fácil trabalhar com cooperação e respeito que com trapaças e brigas.

É mais fácil falar o que pensamos que conviver com a injustiça. É mais fácil perguntar e aprender que viver na ignorância.
Depois que tudo está dito e feito, a vida é mais fácil quando a vivemos como deve ser vivida: com propósito, honestidade, esforço, respeito e foco.


(diabetenet.com.br)

NOTÍCIA DE CAIR O QUEIXO

Um vídeo postado no YouTube pelo usuário 235FireFly está deixando internautas intrigados: o que será aquele objeto branco acima do iceberg?
"Quando estava dirigindo por Salvage, Newfoundland e Labrador (Canadá) observei os icebergs. Percebi o que parecia ser um bloco de gelo girando acima de um iceberg e mudando de forma", escreveu o autor das imagens.
Muitos internautas apostam em um disco voador.

(contaoutra.com.br)

 

AS MANCHETES DOS JORNAIS DE HOJE

Jornal do Commercio: Ritmo lento na economia

O Povo: Supersimples - Vai ficar mais difícil ser microempresário

Correio Braziliense: Servidores proibidos de aceitar ingresso da Copa

O Estado de S. Paulo: PIB cresce 0,2% e Mantega culpa Cãmbio, seca e inflação

Folha de S. Paulo: Consumo das famílias cai e PIB cresce só 0,2%

O Globo: PIB sobe apenas 0,2% e Mantega culpa inflação

Zero Hora: O que emperrou o PIB brasileiro

NOTÍCIAS LOCAIS E REGIONAIS

Ladrões furtam R$ 15 mil em roupas

Desconhecidos arrombaram a porta de uma loja e levaram mais de trezentas peças

Ladrões arrombaram anteontem à noite a porta de uma loja de roupas localizada na rua Sete de Setembro, no Centro de São Manuel (69 quilômetros de Bauru), e furtaram cerca de R$ 15 mil em peças de roupas. Os autores do crime fugiram sem serem identificados.
A Polícia Militar (PM) foi acionada para atender a ocorrência por volta das 22h20. Quando a equipe chegou ao local, encontrou a fechadura da porta violada.
Da loja de grife, de acordo com o proprietário, foram furtadas cerca de trezentas peças de roupas, entre blusas femininas e calças jeans masculinas e femininas.
(Lilian Grasiela – Jornal da Cidade – Bauru)
Quer mais informações? Acesse o site da Rádio Clube AM ou o do jornal O Debate:

sexta-feira, 30 de maio de 2014



MUDANÇA NA URNA ELETRÔNICA NÃO SERÁ ESTE ANO

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu nesta quinta-feira (29) que a Lei 12.976/2014, que mudou a ordem de votação na urna eletrônica, não pode ser aplicada nas eleições de outubro deste ano.
Os ministros entenderam que as alterações nos sistemas de votação não seriam feitas a tempo da eleição. De acordo com pareces técnicos, seria preciso alterar os programas de informática que geram a lista de candidatos e as campanhas institucionais de esclarecimento do eleitor.
A lei mudou a ordem de votação para que os deputados federais constem como o primeiro voto. Conforme a regra, a ordem de votação começa com o voto para deputado federal, seguido por deputado estadual ou distrital, senador, governador e presidente da República. Nas eleições gerais de 2010, o primeiro voto era para deputado estadual.

DICA DO DIA
Você se torna responsável quando age com responsabilidade. Você se torna maduro quando age com maturidade. Você se torna inteligente quando você age com inteligência.
Você se torna confiante quando age com confiança. Você se torna criativo quando age com criatividade.

O que você faria, agora, se fosse exatamente a pessoa que você quer ser? Faça-o e você será essa pessoa. O que você faria se tivesse tudo que sempre quis? Faça-o e você terá tudo isso.

Suas ações definem a pessoa que você é. Vencedores são pessoas que tomam as atitudes específicas que as tornam vencedores. Seja qual for seu desejo, não perca seu tempo tentando alcançá-lo. Em vez disso, “seja” seu desejo, ”realize” seu desejo. Seja uma pessoa capaz de conseguir o que for que você deseje. Faça o que for preciso para alcançar seus desejos.

Não espere a realização aparecer de repente em sua vida. Isso nunca vai acontecer. Em vez disso, faça aquilo que traz realização e você a alcançará.

NOTÍCIA DE CAIR O QUEIXO
A mais nova investida para tornar Seul (Coreia do Sul) a capital mais amigável para as mulheres alterou os estacionamentos da cidade. A partir de agora, elas têm vagas 20 centímetros maiores do que as vagas normais. A medida segue o exemplo de algumas cidades da China, Kuwait, Malásia, Indonésia, Áustria, Itália e Alemanha que também reservam vagas especiais para mulheres.
O projeto sul-coreano inclui ainda melhoria das calçadas para que as mulheres possam transitar tranquilamente, mesmo usando saltos, instalação de mais 7 mil cabines de banheiro feminino e a instalação de câmeras nas creches para que os pais possam monitorar seus filhos direto do trabalho. Com esta medida, as autoridades esperam influenciar as mulheres a buscar por oportunidades de trabalho.
As melhorias deverão ser feitas nos próximos quatro anos a um custo de pouco mais de R$ 1,5 bilhão, de acordo com o "Fusion.net".
Os espaços chamados "vagas para elas" são demarcados com tinta rosa e destacados por bonecos de saias no chão. Não está claro se homens que estacionarem nas vagas destinadas às mulheres serão multados.
Cho Eun-hee, auxiliar da secretaria do bem-estar da família e da mulher, defendeu as medidas em entrevista ao "Korea Times":
"Quando uma mulher está feliz todo mundo está feliz".
As críticas à medida, chamada de paternalista e sexista, são muitas, mas as autoridades sul-coreanas consideram as vagas especiais um importante recurso para garantir mais segurança às mulheres. Os espaços estão localizados perto das lojas, onde há menos iluminação
(contaoutra.com.br)

 AS MANCHETES DOS JORNAIS DE HOJE


O Estado de S. Paulo: Barbosa anuncia que deixa STF e partidos disputam seu apoio

Folha de S. Paulo: Barbosa decide deixar o Supremo

O Globo: Ameaças precipitaram saída de Barbosa do STF

● Correio Braziliense: Como será a blindagem ao Mané Garrincha durante a Copa

Zero Hora: É ela que todos vão quere

Jornal do Commercio: Mangue de mão única

MAIS DETALHES DOS PRINCIPAIS JORNAIS BRASILEIROS? CLIQUE NO SITE ABAIXO:

NOTÍCIAS LOCAIS E REGIONAIS

● Navegação tem hoje nova restrição

Hidrovia Tietê-Paraná tem interrupção no trecho do Canal de Nova Avanhandava por causa da estiagem; medida deve paralisar o transporte fluvial 

A estiagem volta a provocar a interrupção da navegação na hidrovia Tietê-Paraná. A partir de hoje tem nova redução do calado (a distância entre a parte mais submersa do navio e a superfície da água) para 1 metro no Canal de Nova Avanhandava. A determinação vai provocar praticamente a paralisação das embarcações por causa da redução da profundidade do rio.
O Departamento Hidroviário do Estado de São Paulo (DH) informou ontem à noite que mantém entendimentos com o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), Agência Nacional de Águas (ANA) e DAEE com objetivo de encontrar uma solução para que a navegação seja restabelecida o mais urgente possível. “A retomada da navegação é muito importante para que a safra de soja, que foi recorde em 2014, possa ser escoada pela hidrovia.  Caso isto não aconteça, a soja terá que ser transportada pela rodovia, por caminhões”, informou.
O calado mínimo exigido para a navegação é de 2,20 metros, abaixo disso a operação dos comboios fica prejudicado. No dia 9, o calado da hidrovia passou para 2 metros com ondas de vazão - manobra onde se turbina a geração de energia em Nova Avanhandava para aumentar o nível do rio e auxiliar na passagem do comboio pela eclusa. Com isso apenas 7 das 21 embarcações que utilizam a hidrovia neste trecho de longo percurso conseguiam passar pelo ponto crítico, localizado entre a usina de Três irmãos e Nova Avanhandava.
No dia 16, a Marinha determinou nova redução de calado, de 2 metros para 1,70 metro com onda de vazão. Mas, apesar da mudança, a operação das sete embarcações se manteve até ontem, quando o calado foi reduzido para 1 metro, sem onda de vazão e a operação foi interrompida. “É importante ressaltar que a movimentação da hidrovia está restrita, desde fevereiro de 2014, em função da crise no setor energético - comandado pelo governo Federal - que está direcionando a água para geração de energia em detrimento da navegação. O fato é agravado também pela estiagem que afeta todo o Estado”, informa o DH.
Já o governo federal atribui a redução da capacidade da hidrovia à falta de investimentos do Estado no canal de transporte fluvial. Segundo o DH, desde setembro de 2011, o Estado investiu R$ 250 milhões em obras de ampliação da hidrovia.
A seca está tão grave, que se os reservatórios de Jupiá e de Porto Primavera, que estão abaixo de Ilha Solteira, sofrerem reduções, implicará na mortandade de peixes. O DH está negociando vazões mínimas para que não exista este impacto, para restabelecer o nível de Ilha Solteira e Três Irmãos.
(Lilian Grasiela e Aurélio Alonso – Jornal da Cidade – Bauru)

Quer mais informações? Acesse o site da Rádio Clube AM ou o do jornal O Debate:

quinta-feira, 29 de maio de 2014



ADMITINDO CULPA

A 14 dias da Copa do Mundo, o secretário-geral da Fifa, Jerôme Valcke, admitiu em entrevista exclusiva à BBC News que a entidade cometeu um erro nos preparativos finais do evento.
Valcke apontou que não ter deixado claro desde o início quem pagaria pelas instalações temporárias em estádios privados gerou uma "discussão interminável".
Ele ainda afirmou que este ponto precisará ser revisto para a próxima edição do Mundial, a ser realizada em 2018, na Rússia.

DICA DO DIA
Algumas coisas podemos mudar e outras coisas devemos suportar. Crescemos através da nossa persistência. A força vem da adversidade.

Muitas vezes, as coisas que queremos conseguir na vida dependem de trabalho árduo. Precisamos passar por tempos difíceis e de extremo empenho para atingir nosso objetivo. Quase tudo que vale a pena não se obtém facilmente, e o esforço envolvido é o que agrega valor.

A persistência nos permite chegar onde queremos. Quanto mais difícil de alcançar for o seu objetivo, mais demorado e árduo será o caminho. Quanto mais persistência tivermos, mais seremos capazes de alcançar.

Enxergar claramente o final do caminho e manter o objetivo em vista torna a persistência possível. Podemos suportar dificuldades extremas se soubermos que existe um propósito além delas.

Mantenha sua cabeça levantada, olhe adiante e suporte o que vier pela frente. Isso fará de você o que você quer ser

(diabetenet.com.br)

NOTÍCIA DE CAIR O QUEIXO
Taxistas russos decidiram castigar clientes inadimplentes e "reclamões" de um modo, no mínimo, inusitado. Os passageiros que não pagam ou questionam o valor cobrado pela corrida estão sendo obrigados a pintarem o próprio corpo com tinta azul e a carregarem uma placa com os dizeres "Tarifa do Avatar". A mensagem faz referência à animação Avatar (2009) na qual os personagens são azuis.
A retaliação está sendo realizada na cidade Nizhny Novgorod (Rússia), onde os taxistas se dizem desprotegidos pela lei. Um dos motoristas profissionais ouvidos pelo jornal "Oddity Central" reclamou da polícia:
"Quando pegamos um passageiro que não quer pagar, nós o levamos para a delegacia, mas nada acontece. Depois de um tempo eles são liberados. Cansamos disso e decidimos agir com as próprias mãos".
Um dos clientes ficou furioso com o "castigo" dos taxistas. Ele teve que correr completamente nu e com o corpo pintado de azul até a sua casa. Tudo porque ele não tinha o dinheiro suficiente para pagar a corrida.

(contaoutra.com.br)

AS MANCHETES DOS JORNAIS DE HOJE

Folha de S. Paulo: Após 11 altas consecutivas BC mantém juros em 11%

O Estado de S. Paulo: Operação Ararath vê ‘supostos pagamentos a promotores de Justiça do MT

O Globo: PAC do Saneamento tem 54% de suas obras atrasadas ou paradas

Correio Braziliense: Protestos levam governo a rever segurança da Copa

Zero Hora: Os milhões (de reais) em ação na Copa

Brasil Econômico: Ciclo de alta de juros chega ao fim e Selic fica em 11%

MAIS DETALHES DOS PRINCIPAIS JORNAIS BRASILEIROS? CLIQUE NO SITE ABAIXO:

NOTÍCIAS LOCAIS E REGIONAIS
● Bem público não pode ter nome de vivo
Esse é o entendimento do MP, que ajuizou ação civil para que prefeitura de Agudos seja obrigada a retirar nomes de pessoas que não morreram
A prefeitura de Agudos (13 quilômetros de Bauru) poderá ser obrigada pela Justiça a mudar as denominações de uma praça e de uma unidade de saúde. Os dois espaços públicos receberam nomes de pessoas vivas o que, segundo o Ministério Público (MP), representa uma violação à Lei Orgânica e Constituições Estadual e Federal.
Em 2009, o MP instaurou inquérito civil para investigar supostas irregularidades nas nomeações de espaços públicos pelo Executivo. Segundo a Promotoria, em 2002, uma lei municipal havia dado o nome de “Valter Ribas”, que estava vivo, a uma praça. Atendendo a recomendação do MP, a prefeitura revogou a lei e o inquérito foi arquivado.
Como o fato voltou a ocorrer, em 2011, a Promotoria instaurou novo inquérito, desta vez para apurar o caso de uma praça no parque Pampulha, nomeada de “João Pereira Pardim” por meio da lei 3.736/2007, e de unidade de saúde no Centro, que passou a se chamar “Centro de Saúde Integrado Elza Apparecida Silva” através da lei 4.267/2011.
“Referida postura desencadeou representação desta Promotoria ao Exmo. Procurador-Geral de Justiça para que manejasse ação direta de inconstitucionalidade (Adin), o que efetivamente foi feito sob fundamento de que havia vício de iniciativa, eis que, em suma, a regulamentação acerca de bens públicos era ato privativo do Executivo, não podendo ser regrado por Lei”, traz a ação civil.
Em novembro de 2012, o Tribunal de Justiça (TJ) julgou procedente a Adin e anulou as duas leis. De acordo com o MP, a questão da eventual violação ao princípio da impessoalidade não foi analisada pela Adin. Mesmo com a decisão do TJ, segundo a Promotoria, a prefeitura teria insistido em dar nome de pessoas vivas a bens públicos.
“Através dos Decretos 4235/14 e 4236/14, o senhor prefeito, então, manteve o nome de pessoas vivas, nos exatos termos das leis municipais 3.736/2007 e 4.267/2011, já declaradas inconstitucionais”, ressalta o promotor de Justiça titular de Agudos, Neander Antônio Sanches, na ação civil.
“Assim agindo ao longo do tempo e por reiteradas oportunidades, o município, nos atos de atribuir nomes de pessoas vivas a bens públicos, vem afrontando artigo 167 da Lei Orgânica de Agudos e vulnerando o princípio da impessoalidade, bem como desobedece a orientação do art. 1º da Lei Federal 6.454/77”.
Liminar
Liminarmente, o MP requer que a prefeitura de Agudos seja obrigada a retirar os nomes das pessoas vivas dos dois bens públicos e de outros eventuais espaços de uso comum existentes na cidade. Além disso, a Promotoria quer que o município seja impedido de denominar outros bens públicos com nomes de pessoas vivas, sob pena de multa diária de R$ 50 mil. Até o fechamento desta edição, a Justiça não havia analisado o pedido.
O prefeito de Agudos, Everton Octaviani (PMDB), informou que ainda não foi notificado sobre a ação, mas ressaltou que, se a liminar pleiteada pelo MP for concedida, irá cumprir a decisão. Segundo ele, o primeiro inquérito civil, instaurado em 2009, questionava o “vício de iniciativa”, já que, de acordo com o MP, os bens públicos deveriam ser nomeados por meio de decreto e não de lei municipal. O prefeito alega que, por essa razão, após julgamento da Adin pelo TJ, que determinou a anulação das leis, o município publicou os decretos dando os mesmos nomes à praça e à unidade de saúde. Segundo ele, João Pereira Pardim, que dá nome ao espaço de lazer, tem mais de 80 anos, é morador do Parque Pampulha e doou terrenos para a construção de praça, escola e posto de saúde no bairro.
(Jornal da Cidade – Bauru)
Quer mais informações? Acesse o site da Rádio Clube AM ou o do jornal O Debate: